Paraná Pesquisas divulgou os resultados da pesquisa de opinião pública

Paraná Pesquisas divulgou os resultados da pesquisa de opinião pública

O instituto Paraná Pesquisas divulgou os resultados da pesquisa de opinião pública realizada no Brasil, com o objetivo de consultar à população sobre a situação eleitoral para o Executivo Federal e potencial eleitoral dos(as) principais candidatos(as) a Presidente em 2018 e avaliação da administração Federal.

Pesquisa Brasil – Situação Eleitoral para o Executivo Federal/ Maio 2018
03.05.2018

De acordo com a Resolução-TSE n.º 23.549/2017, essa pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o n.º BR- 02853/2018 para o cargo de Presidente.

Os números mostram o deputado Jair Bolsonaro (PSL) na liderança com 20,5% das intenções de voto. Marina Silva (Rede) aparece em segundo com 12%, seguida por Joaquim Barbosa (PSB) com 11% e Ciro Gomes (PDT) com 9,7%. Os três estão em situação de empate técnico devido à margem de erro de 2% para mais ou menos.

Veja aqui a pesquisa completa

Slide 1 Slide 2 Slide 3 Slide 4

Slide 5 Slide 6 Slide 7 Slide 8

Slide 9

Ex-governador de São Paulo e candidato do PSDB, Geraldo Alckmin aparece em quinto com 8,1%, seguido por Alvaro Dias (Pode) com 5,9%. O ex-prefeito paulistano Fernando Haddad (PT) tem 2,7% à frente apenas de Manuela D’Ávila (PCdoB) com 2,1%, do presidente da República Michel Temer (MDB) com 1,7% e do empresário Flávio Rocha (PRB) com 1%.

Outros candidatos como o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles (MDB), João Amôedo (Novo) e Guilherme Boulos (Psol) foram citados, mas não atingiram 1% das intenções de voto.

Para 17,5% dos entrevistados, nenhum dos políticos acima merece o voto para presidente e 4,7% não souberam ou não quiseram opinar.

A pesquisa também questionou os eleitores sobre como um possível apoio declarado de Lula a algum candidato refletiria na intenção de voto. Nesse caso, 61,2% dos entrevistados afirmaram que não votariam no candidato apoiado pelo petista preso. Para 14,1% o voto ainda dependeria do candidato apoiado e 23,4% afirmaram que votariam em quem Lula indicasse. Apenas 1,3% não soube ou não quis responder.

 

Agenda Câmara dos Deputados Cidade Comportamento Comunicação Cultura Destaque dilma Direito Direito do Consumidor Economia Eleições 2018 Lula Negócios Notícias Poder Política Publicidade Segurança Tecnologia Temer Trabalho