A Dilma,Temer diz ser ‘vice decorativo’ e ‘menosprezado’

A Dilma,Temer diz ser ‘vice decorativo’ e ‘menosprezado’

O vice-presidente Michel Temer enviou carta ontem a Dilma Rousseff na qual se queixa de “absoluta desconfiança” em relação a ele e ao PMDB. Para o Planalto, foi mais um passo rumo ao rompimento. Em 11 pontos, Temer detalha o desgaste da relação desde 2011, alega que passou os quatro primeiros anos como “vice decorativo” e perdeu seu protagonismo político para afiançar o projeto de Dilma. Diz que o partido só se manteve na chapa por causa dele, mas, em troca, recebeu “menosprezo”. “Tenho mantido a unidade do PMDB apoiando seu governo, usando o prestígio político que tenho, advindo da credibilidade e do respeito que granjeei no partido. Isso tudo não gerou confiança em mim. Gera desconfiança e menosprezo.”O vice ainda se queixou da escolha de Leonardo Picciani na Câmara para indicar nomes à comissão que analisará o pedido de impeachment. Não se sabe qual dos lados deixou vazar a carta. O Planalto mandou o advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, telefonar para Temer, mas ele não atendeu. De manhã, Dilma havia dito que “sempre confiou” nele.  A reportagem completa está em O Estado de São Paulo.

Encontro com empresários: Em evento ontem em São Paulo, Michel Temer foi saudado como “presidente” e aplaudido por lideranças do setor produtivo. Ele se apresentou como “ponte”para o País crescer. 

Notícias Poder Política