Aneel adia leilão de lote de obras no Rio Grande do Sul Setor de energia é um dos principais focos de interesse do exterior

Aneel adia leilão de lote de obras no Rio Grande do Sul

O atraso na formação da Sociedade de Propósito Específico (SPE) entre os chineses Shanghai Electric e Clai Fund e a brasileira Eletrosul para viabilizar a construção de várias obras de transmissão no Estado já está gerando impactos secundários no setor elétrico. Os próprios complexos sob o guarda-chuva dessas empresas, leiloados em 2014, já seriam de vital importância para a infraestrutura do Rio Grande do Sul. No entanto, a lacuna dessas obras está impendido que outras sejam licitadas também no território gaúcho.

Leia mais em Jornal do Comércio

Agenda Comportamento Comunicação Destaque Economia Mundo Negócios Notícias