Após críticas de ministros, Moraes revoga censura a site Recuo três dias após decisão foi derrota para o presidente da Corte, Dias Toffoli. Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Após críticas de ministros, Moraes revoga censura a site

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, revogou, ontem no fim da tarde, a decisão de censurar reportagem de um site de notícias que citava o presidente da Corte, Dias Toffoli, em delação da Odebrecht. O despacho foi precedido de críticas contundentes de três outros ministros do Supremo: o decano Celso de Mello, a ex-presidente Cármen Lúcia e Marco Aurélio Mello. Eles questionaram a legalidade da ordem original, chamada de “mordaça”. O desfecho foi uma derrota para Toffoli, que insiste no inquérito para apurar ataques ao tribunal sem a chancela de boa parte dos colegas.

Leia mais em O Globo

Comunicação Destaque Notícias