Livros: Ausentes marca a estreia de Manoel Madeira na literatura

Livros: Ausentes marca a estreia de Manoel Madeira na literatura

capa_grafica.cdrO livro conta a história de Juliette, jovem nascida na cidade de São José dos Ausentes, que se muda para Porto Alegre com o namorado, Pedro, para estudar. Um dia qualquer, dentro de um ônibus na capital gaúcha, ela recebe um telefonema de Pedro, que lhe avisa estar a caminho de Ausentes para o enterro de sua madrasta. Mas Pedro desaparece e sua ausência passa a guiar a vida de Juliette. Certa de que o namorado havia fugido para Paris, ela parte para lá, onde viverá os anseios de sua estranha imigração, se embrenhará em tramas que insistem fazer surgir em seu destino presenças ausentes ou ausências presentes, com as quais ela mesma se confunde. Um cachorro chamado Pessoa é o interlocutor de Juliette.

A trama contemporânea e o domínio de uma técnica narrativa apurada, como ressalta a crítica literária Léa Masina na apresentação da obra, introduz um novo autor no cenário das letras. Conhecimento para criar personagens intensos não lhe falta, apesar da pouca idade.

Nascido em 1982, o porto-alegrense Manoel Madeira é doutor em Psicanálise e Psicopatologia pela Université Paris-Diderot, onde também lecionou. Atualmente é professor adjunto do Departamento de Psicanálise da UFRGS.

Ausentes marca ainda a estreia da Diadorim em romance.

O lançamento será dia 11 de agosto, às 11h, no Baden Cafés Especiais (Av. Jerônimo de Ornelas, 431).

Comunicação Destaque Feira do Livro Notícias