Lava Jato driblou lei para ter dados da Receita, mostram mensagens.  Procuradores estabeleceram relação próxima com Roberto Leonel, depois levado por Sergio Moro ao Coaf

Lava Jato driblou lei para ter dados da Receita, mostram mensagens. Procuradores estabeleceram relação próxima com Roberto Leonel, depois levado por Sergio Moro ao Coaf

Notícias


Procuradores da Operação Lava Jato contornaram limites legais para obter informalmente dados sigilosos da Receita Federal em diferentes ocasiões, segundo mensagens obtidas pelo site Intercept Brasil e analisadas em conjunto com a Folha.

Os diálogos mostram que integrantes da força-tarefa no Paraná buscaram informações da Receita várias vezes sem que a Justiça tivesse autorizado a quebra do sigilo fiscal das pessoas que eles pretendiam investigar.

Para tanto, contaram com a cooperação de Roberto Leonel, que chefiou a área de inteligência da Receita em Curitiba até 2018 e assumiu o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), por indicação de Sergio Moro, no início do governo Jair Bolsonaro (PSL).

Força-tarefa e Receita Federal afirmam que suas interações são executadas dentro dos limites da legislação. Leonel e Coaf não responderam aos questionamentos da reportagem.

 

Clique aqui e leia a íntegra na Folha de São Paulo.

Porto Alegre: Arcione Piva é o palestrante do Entrenos.zs dia 28 de maio

Porto Alegre: Arcione Piva é o palestrante do Entrenos.zs dia 28 de maio

Agenda Cidade Destaque Porto Alegre

A 22 Edição do Entre Nós, dia 28 de maio,  vai contar com a participação do empresário Arcione Piva. Ele falará sobre a trajetória de sucesso da  Elevato, a empresa está presente na zona sul de Porto Alegre desde 1999. O evento idealizado pelas profissionais Roberta Sanzi e Ana Paula Casagrande tem a intenção de unir a zona sul de Porto Alegre e promover conexões e relacionamentos, através da  troca de ideias e experiências.

Arcione Piva é graduado em Administração de Empresas pela Faculdade São Judas Tadeu, pós-graduado em Finanças Empresariais pela FGV e com MBA em Gestão Comercial pela Fundação Dom Cabral. Sócio proprietário do Grupo Elevato Material de Construção, desde sua fundação em 1988. Participa ativamente de entidades empresariais como membro de suas diretorias, tais como: Vice-Presidente do Sindilojas Porto Alegre, Vice-Presidente de Relações com a Comunidade da ACOMAC (Associação dos Comerciantes de Materiais de Construção de Porto Alegre) e Vice-Presidente Executivo do Porto Alegre & Região Metropolitana Convention & Visitors Bureau (POACVB).

O evento acontece a partir das 20h, no Barcelos Beer  & Food, na Tristeza. Os ingressos à venda no Instagram e Facebook.
.

Porto Alegre: Lucy Copstein apresenta MEMÓRIAS EMPRESTADAS no Centro Histórico-Cultural Santa Casa. Exposição está aberta até 7 de julho de 2019

Porto Alegre: Lucy Copstein apresenta MEMÓRIAS EMPRESTADAS no Centro Histórico-Cultural Santa Casa. Exposição está aberta até 7 de julho de 2019

Cidade Comportamento Comunicação Cultura Destaque Notícias

A exposição Memórias Emprestadas da artista Lucy Copstein propõe um questionamento sobre a verdade, a ilusão, a realidade e a memória. Lucy entrevistou pessoas amigas e conhecidas para estabelecer um lugar de escuta das memórias mais emocionantes, ou importantes de cada um dos entrevistados e criou pinturas que ilustram cada narrativa. Durante dois anos, Lucy convidou artistas, amigos e conhecidos para relatarem uma memória sua, a primeira que viesse na cabeça, ou uma que tivesse marcado a vida da pessoa. Neste momento ela cria uma situação de escuta, provocando o reavivamento da memória e da emoção que a registrou em seu inconsciente, além da entrega de algo muito pessoal e íntimo. Ela faz algumas anotações com algumas palavras chaves e rascunha imagens que poderiam servir de interpretação da história contada.

O resultado gerou pinturas que estão expostas sobre a forma de tela e também de impressões em voal. Juntamente com as pinturas, um áudio com narrativas sobrepostas e algumas palavras em destaque complementam o trabalho da série como vestígios do processo criativo evidenciando o poder da narrativa e da escuta.

Lucy Copstein
Lucy Copstein

 

Lucy Copstein, nasceu em Rio Grande em 1955, mas vive e trabalha em Porto Alegre. Inicia seus estudos em pintura no ano de 1980, depois aprimorou seu conhecimentos com a artista visual Vera Wildner, também frequentou o atelier de Glênio Biachetti em Brasília, sob orientação de Elder Rocha e cerâmica com Walter Py. Possui um trabalho voltado a narrativas do cotidiano e desenvolve alguns trabalhos em fotografia além da pintura e do desenho. Realizou sua primeira exposição individual na galeria Arte & Fato, teve seu trabalho selecionado para o 20º Salão de Artes Plásticas da Câmara Municipal de Porto Alegre. Participou de exposições coletivas no MACRS, na Câmara Municipal de Porto Alegre, no Memorial do Ministério Público e em galerias comerciais de Porto Alegre.

Visitação: até 07 de julho de 2019

Entrada franca

Realização: Centro Histórico-Cultural Santa Casa

detalhe-da-obra-de-Lucy-Copstein

IEE seleciona 10 negócios para participarem do Start Hub – Conectando Empreendedores

IEE seleciona 10 negócios para participarem do Start Hub – Conectando Empreendedores

Agenda Cidade Destaque Economia Trabalho Vídeo

O Instituto de Estudos Empresariais (IEE) selecionou os dez negócios que irão participar da primeira edição do Start Hub – Conectando Empreendedores. São eles: Portal do Médico, Doc9, Cap Table, Clube do Valor, Pulsus, Vinci Shoes, Eyxo, Todo Cartões, Essent Jus e Arco. A iniciativa é destinada a negócios, startups e scaleups, que buscam mentoria, capacitação e aceleradores para desenvolvimento de projetos. O Start Hub é patrocinado pela Ipiranga; e apoiado pela Amcham Brasil, AnLab, Ciclo Empreendor, Endeavor, Souto Correa Advogados, Tecnopuc e Wow Aceleradora.

“O objetivo foi selecionar empreendedores de alto potencial e proporcionar um momento exclusivo de conexão com agentes do ecossistema local de negócios. Além disto, o intuito foi oferecer uma dinâmica de mentoria com um time extremamente qualificado de profissionais e propiciar um bate papo com um empreendedor de sucesso que já passou pela trajetória que eles estão começando a traçar. A oportunidade de exporem suas iniciativas para todo público do Fórum da Liberdade também é um diferencial”, afirma o diretor de Relações Institucionais e Fórum da Liberdade, Caio Rizk.

O Instituto de Estudos Empresariais foi fundado em Porto Alegre há mais de 30 anos por 20 integrantes. A entidade tem como intuito a formação de jovens lideranças empresariais que se comprometam com um modelo de organização social e política para o Brasil baseado no ideal democrático de liberdades individuais e orientado à defesa e manutenção dos valores da economia de mercado e da livre-iniciativa. Desde 1988 o IEE promove anualmente o Fórum da Liberdade – consagrado nacionalmente e considerado o maior evento liberal da América Latina.

Os vencedores, eleitos por Banca Avaliadora, receberão: mentorias da Wow Aceleradora, da Endeavor Brasil e do Ciclo Empreendedor; vaga na semi-final da Amcham Arena; participação em um encontro do comitê estratégico da Amcham em 2019; dois ingressos para o CEO Forum da Amcham; assinatura premium do Innovation Club da AnLab; horas em assessoria jurídica da Souto Correa Advogados; e divulgação do projeto em Colóquios do Fórum da Liberdade.

*CLIQUE AQUI E CONFIRA A ENTREVISTA DA PRESIDENTE DO IEE, GIOVANA STFANI, NO BAHTCHÊPAPO !!

 

Ex-frei da Paróquia de Santo Antônio Irineu Costella se casa com pastora Ana Reis

Ex-frei da Paróquia de Santo Antônio Irineu Costella se casa com pastora Ana Reis

Destaque Notícias

O ex-frei Irineu Costella, conhecido em Porto Alegre pela participação em diferentes programas de rádio e TV e que durante muitos anos foi pároco da igreja de Santo Antônio, no Partenon se casou com a pastora Ana Isa dos Reis, 39, na Igreja de Confissão Luterana do Brasil, no município de Timbó/SC, terra natal da pastora.

Frei Irienu CostellaCostella se licenciou da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos no fim do ano de 2018, e vai acompanhar a esposa na evangelização.

Fico aqui pensando, quantas vezes o Frei Irineu Costella aconselhou ou mesmo auxiliou pessoas querendo arrumar um amor na oração de Santo Antônio:

“Santo Antonio, eu sei que o casamento é uma vocação abençoada por Deus. É o sacramento do amor, comparado ao amor que Cristo tem para com a Igreja. Eu me sinto chamado(a) para o casamento: por isto, Santo Antonio, ajuda-me a encontrar um namorado(a) bom, amável, sério e sincero, que tenha os mesmos sentimentos de afeto que eu sinto. Faze que nos completemos um ao outro e formemos uma união abençoada por Deus, para que nós dois, juntos, sejamos capazes de vencer possíveis problemas familiares e conservemos sempre vivo o nosso amor, para que nunca falte a compreensão e a harmonia familiar. Santo Antonio, abençoa-nos a mim e a meu namorado; acompanha-nos até o altar e conserva-nos unidos pelo resto da nossa vida. Santo Antonio, rogai por nós. “ O casamento do Ex-Frei e da Pastora aconteceu dia 17 de fevereiro. Viva os Noivos !!!!

RS: Os Serranos comemoram 50 anos de história nesta quarta e quinta-feira no palco do Theatro São Pedro

RS: Os Serranos comemoram 50 anos de história nesta quarta e quinta-feira no palco do Theatro São Pedro

Agenda Cidade Cultura Destaque Notícias

 

Conheci pessoalmente Edson, Toco e outros Serranos da época… na década de 1980. Já havia me divertido ao som deles em fandangos, quando meu parceiro de Rádio Sobral, Alfeu de Oliveira pediu que eu entrevistasse o Edson para um programa especial do Entardecer na Querência, na Rádio SOBRAL, de Butiá. Lá fui eu, fã do maior grupo musical do Rio Grande do Sul conversar com eles durante um ensaio na Lomba do Pinheiro. Fiz uma entrevista que me deixou muito contente e uma edição mesclando grandes sucessos deles, que lembro recebeu elogios do Alfeu e ouvintes – infelizmente não tenho ela arquivada -. Pela atenção que me deram, cheguei fã e sai mais fã. Desde então entrevistei e bailei com eles várias outras vezes. Por isso, estou muito contente que os irmãos Dutra e seus parceiros subam ao palco sagrado do Theatro São Pedro para celebrar 50 anos de uma carreira vitoriosa. Onde em cinco décadas receberam inúmeras condecorações e premiações de órgãos públicos, entidades privadas, mas principalmente o respeito e admiração de milhares de pessoas que seguem lotando CTGs, Ginásios, Clubes… no Brasil e Exterior para ouvi-los interpretar clássicos da música como: Criado Em Galpão, Mercedita, Tertúlia, De Chão Batido…

9fd8da4f70bbf24b6b1f9027e25d6d72
Os Serranos em seu primeiro baile na Capital.

A plateia do Theatro São Pedro, vai ter uma oportunidade única nestas quarta e quinta-feira, cinquenta nos depois Edson Dutra e Frutuoso Luis de Araújo estarão juntos de novo.  Em Bom Jesus, no ano de 1968 a dupla de gaiteiros criou o que hoje é o grupo que leva a cultura gaúcha do Rio Grande do Sul para o mundo. Em 1969, apadrinhados por Honeyde Bertussi a dupla gravou o seu primeiro álbum, um compacto duplo pela gravadora Copacabana. Foi Bertussi quem escreveu uma carta de recomendação à gravadora Copacabana de São Paulo e dali Os Serranos conseguiram uma façanha para a época, gravar seu primeiro disco. Neste álbum constam o chote Minha Querência e a valsa Suspiro de uma Saudade, além de outras duas músicas, todas compostas pelos então meninos.

Em 1972, já como Conjunto Os Serranos, voltaram a São Paulo e, pela gravadora Califórnia, gravaram o primeiro LP – Nostalgia Gaúcha, com os sucessos Terol do Tio Domingos e Chimarreando. Nos anos seguintes gravaram nove LPs pela Chantecler, seguida pela RGE, Som Livre, ACIT e Galpão Crioulo Discos.

Sua discografia é composta por 29 discos inéditos, sendo um dos conjuntos que mais vende discos no seu gênero no país. Entre suas conquistas estão três discos de ouro: “Isto é… Os Serranos”, “Bandeira dos Fortes” e “Os Serranos Interpretam Sucessos Gaúchos”. Em 2009 foram indicados ao Grammy Latino, na categoria de melhor álbum de música de Raízes Brasileiras – com o CD – Os Serranos – 40 anos – Sempre Gaúchos! Em 2013 foram indicados novamente ao Grammy Latino na categoria de melhor álbum de música de raízes Brasileiras – pelo CD – Os Serranos Interpretam Sucessos Gaúchos Vol. 3.

Além do encontro entre Edson e Frutuoso, os shows terão as participações mais do que especiais de Francisco de Assis Dutra Becker, o Chicão, e José Gentil de Jesus. Por tudo isso, a minha certeza que o Theatro São Pedro, que recebe pela primeira vez Os Serranos viverá duas noites de muita história e alegria e sua plateia e galerias vão se transformar em uma grande Festa Gaúcha, como em todos os lugares por onde passam Os Serranos.

 

VIDA LONGA AO CONJUNTO OS SERRANOS.

 

Duas noites com Os Serranos

O quê: dois shows de Os Serranos
Quando: nesta quarta (21), às 21h e nesta quinta (22), às 21h
Onde: Theatro São Pedro, Praça Marechal Deodoro, s/nº
Quanto: ingressos a R$ 35 (galerias), R$ 60 (camarote lateral) e R$ 100 (camarote lateral, camarote central e plateia), à venda nas bilheterias do Theatro, ou no site theatrosaopedro.com.br.

Dois projetos do Grupo RBS são reconhecidos em prêmio internacional de mídia. Iniciativa para as Lojas Lebes e aplicativo Pelas Ruas foram destaque na 83ª edição do INMA Global Media Award

Dois projetos do Grupo RBS são reconhecidos em prêmio internacional de mídia. Iniciativa para as Lojas Lebes e aplicativo Pelas Ruas foram destaque na 83ª edição do INMA Global Media Award

Comunicação Cultura Economia Negócios Notícias Tecnologia Trabalho

Entre concorrentes de todo o mundo, duas iniciativas do Grupo RBS foram reconhecidas na 83ª edição do INMA Global Media Award: a empresa recebeu os prêmios de Melhor Projeto na América Latina e Melhor Relações Públicas ou Campanha de Serviço Comunitário, com o aplicativo Pelas Ruas, e Melhor Solução de Marketing para Anunciante, com o projeto de mídia para as Lojas Lebes. O anúncio ocorreu na noite dessa segunda-feira (4), durante cerimônia em Washington (EUA). Desde 1935, a International News Media Association (INMA) promove uma premiação com o objetivo de destacar as principais iniciativas de comunicação capazes de aumentar receita e audiência e inovar com o desenvolvimento de novos produtos.

– Estamos muito felizes com o reconhecimento. O aplicativo Pelas Ruas é uma bela ação colaborativa com os gaúchos, em que buscamos levantar os problemas e achar soluções para o dia a dia – destaca a vice-presidente de Produto e Operações do Grupo RBS, Andiara Petterle.

Resultado de uma parceria entre marcas do Grupo RBS, o aplicativo Pelas Ruas é uma ferramenta que auxilia a população a compartilhar e discutir problemas hiperlocais. Com um smartphone ou tablet em mãos, os usuários podem apontar as falhas da Grande Porto Alegre e de algumas cidades do litoral norte gaúcho em um mapa colaborativo, bem como informar se os problemas postados já foram solucionados. Dessa forma, buracos de rua, fios e energia elétrica, problemas de esgoto e outras demandas das regiões podem se tornar reportagens de GaúchaZH, Zero Hora, Rádio Gaúcha e RBS TV.

Já o case Lebes trata-se de um projeto comercial realizado pelos times de Field Marketing, Mercado e Produto da RBS, em parceria com a agência Matriz e o cliente para o lançamento da nova Lebes Life Store. Para a inauguração do prédio no centro de Porto Alegre, foi utilizada a solução integrada no modelo de risco compartilhado. A oferta contou com entrega de anúncios, ações com a presença de comunicadores, spots e comerciais nas mídias da RBS sobre a loja recém-aberta. Em apenas uma semana de funcionamento, o projeto atingiu a meta de vendas do mês e superou todas as previsões históricas do anunciante. A iniciativa exemplifica o novo modelo de negócio do Grupo RBS, implementado no início de 2017. Inspirada nas mudanças do consumo de mídia e nos desafios de negócio de cada cliente, a estratégia visa oferecer soluções criativas e integradas que engajem o público para alcançar os resultados esperados.

– O case com a Lebes mostra a força das mídias do Grupo RBS e a coragem de um anunciante em apostar no nosso formato. É um projeto diferenciado, aliando o que há de mais moderno em termos de estratégias integradas de mídia. Usamos tudo o que existe de disponível no mercado (influenciadores, display, rádio, TV, jornal etc.), em uma lógica 360º – aponta o vice-presidente de Mercado, Marcelo Pacheco.

Neste ano, outros dois projetos da RBS destacaram-se entre os finalistas: a plataforma GaúchaZH ficou entre as melhores ideias para aumentar a leitura e o engajamento digital e o Donna Beauty Pompeia foi reconhecido como um dos melhores novos conceitos para criar centros de lucro.

Em 2017, o Grupo RBS também esteve entre os vencedores INMA Global Media Awards com o prêmio de Melhor Uso de Redes Sociais e destaque da América Latina, no INMA Global Media Awards. Em 2016, os prêmios conquistados foram Melhor Conteúdo Pago ou Iniciativa para Novas Assinaturas, com ZH Tablet, e Melhor Ideia para Aumentar as Vendas de Publicidade, com a multiplataforma gastronômica Destemperados.

 

Marketing Esportivo: Goleiro do Santos reforça time da Poker

Marketing Esportivo: Goleiro do Santos reforça time da Poker

Economia Esporte Notícias Poder Política

O goleiro Vanderlei, do Santos, assinou contrato na noite de ontem com a marca de material esportivo Poker, que patrocina mais de 50 goleiros das séries A e B do Campeonato Brasileiro. Entre os principais, Jaílson e Weverton do Palmeiras, Sidão do São Paulo, Danilo Fernandes do Internacional, Paulo Victor do Grêmio, e Magrão do Sport. Nos próximos dois anos, o goleiro eleito o melhor da posição no Brasileirão do ano passado ( sofreu apenas 32 gols em 37 jogos ) vai entrar em campo com as luvas Poker que a partir do Campeonato Brasileiro de 2018, terão nova tecnologia, garantindo maior conforto e segurança aos atletas.
( Segue material de apoio com fotos de Vanderlei e das novas luvas Poker )

Em entrevista coletiva, o camisa 1 da Vila Belmiro, um dos grandes personagens do Peixe na temporada falou que “ a qualidade do material faz toda a diferença e voltar a trabalhar com as luvas Poker é certeza de alto nível. Então, tô muito feliz com esse acordo. Estou de volta e muito feliz “

“Plano de Recuperação Fiscal não é tudo, mas é um passo”, defende Sartori

“Plano de Recuperação Fiscal não é tudo, mas é um passo”, defende Sartori

Destaque Negócios Poder Política Sartori
 O governador José Ivo Sartori defendeu que adesão ao Plano de Recuperação Fiscal não ajudará somente as contas do Estado no seu último ano de mandato, 2018, mas também se refletirá na próxima gestão estadual. No entanto, admitiu que a adesão não se apresenta como a solução final para o Estado. ”O regime de recuperação fiscal não é tudo para o Rio Grande do Sul, mas é necessário, é um caminho para atender as necessidades fundamentais (da sociedade) e as prioridades de governar. Então, tudo isso, eu não posso dizer se vai ser amanhã, se vai ser depois, se vai ser bom”, argumenta.

Em entrevista à Rádio Guaíba, o governador evitou estipular um prazo para a adesão do Rio Grande do Sul ao Plano de Recuperação Fiscal, mesmo com a entrega da proposta de pré-acordo nessa quarta-feira, em Brasília. Sartori se limitou a dizer que ”quanto antes for, melhor é”. A expectativa de integrantes do governo gaúcho é a de que o pré-acordo seja assinado ainda neste mês, mas para a transação ser finalizada e ocorrer a adesão, a Assembleia Legislativa gaúcha precisa aprovar a medida.

O líder do Executivo Estadual citou ainda que os cortes de gastos durante a gestão foram muito importantes e ressaltou conquistas no que diz respeito ao rebaixamento da dívida com a União. “Em 2028, no estoque da dívida nós já vamos ter rebaixamento a mais de R$ 20 bilhões. Antes, eram quase R$ 55 bilhões”, ressalta. Mesmo assim, Sartori enfatizou que não está pensando nas eleições do ano que vem e não falaria sobre o assunto.

A proposta do Estado para aderir ao Plano está sendo discutida há meses com lideranças de Brasília e também com técnicos da Secretaria do Tesouro Nacional. No entanto, Sartori disse estar aliviado com a entrega e considera que não houve demora no processo. “Alguns até às vezes acham que foi demorado, mas nós precisamos fazer com seriedade e direito. Porque às vezes o que tu faz apressado, deixa questões de lado”. O governador destacou que, na reunião de ontem, a ministra Advogada-Geral da União, Grace Maria Fernandes Mendonça, estabeleceu a possibilidade de uma Câmara de Conciliação e Arbitragem da Administração Federal. ”É um dispositivo que significa que vai ter muita conversa, muito diálogo”, ressalta o governador. O presidente Michel Temer também participou do encontro.

Com a adesão, o governo espera ampliar a capacidade de endividamento do Rio Grande do Sul, hoje completamente esgotada, em pelo menos R$ 3 bilhões, e deixar de pagar o serviço mensal da dívida com a União. Os pagamentos estão suspensos desde agosto, em função de liminar concedida pelo ministro do Supremo Marco Aurélio Mello, mas há temor de que, a qualquer momento, a decisão seja cassada por recurso apresentado pela Advocacia-Geral da União. Se isso ocorrer, o Piratini terá que pagar os valores em atraso, referentes aos meses de suspensão.

Sem aumento para os servidores

O governador José Ivo Sartori adiantou que não haverá aumento salarial para o funcionalismo público em 2018. “Eu, como governador, não posso deixar nenhum reajuste para o outro governo pagar”, esclareceu. Sartori destacou é essa a previsão que consta na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), aprovada na Assembleia Legislativa. Além disso, aponte que quando houver equilíbrio financeiro, 25% do orçamento será destinado à administração e 75% para investimento. ( Daiane Vivatti/Rádio Guaíba com informações do Correio do Povo)

Multas de trânsito poderão ser pagas em parcelas e com cartão de crédito

Multas de trânsito poderão ser pagas em parcelas e com cartão de crédito

Destaque

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou nesta quarta-feira resolução que muda a forma de pagamento das multas de trânsito e demais débitos relativos aos veículos, em todo o Brasil. A partir de agora, os pagamentos poderão ser feitos em parcelas, por meio de cartão de crédito. Cartões de débito também poderão ser utilizados para pagamentos à vista.

O conselho explica que a medida objetiva aperfeiçoar o processo de cobrança e quitação. O parcelamento pode englobar uma ou mais multas de trânsito. O órgão de trânsito recebe o valor integral no momento da operação e, então, procede a regularização do veículo.

Caso a divisão do valor em parcelas gere cobrança de juros, o acréscimo deve ficar a cargo do titular do cartão, que deve ter acesso a informações sobre custos operacionais antes da efetivação da operação de crédito. Já as operadoras arcarão com possíveis atrasos no pagamento.

A resolução já está em vigor. Agora, para que essa alternativa venha a ser disponibilizada, é preciso que as entidades integrantes do Sistema Nacional de Trânsito, como Detrans, Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) firmem acordos com empresas para habilitá-las a oferecer esse serviço.

A resolução especifica que elas devem ser autorizadas por instituição credenciadora supervisionada pelo Banco Central do Brasil a processar pagamentos, sem restrição de bandeira.

De acordo com a norma, não poderão ser parcelados os seguintes tipos de débito: as multas inscritas em dívida ativa; os parcelamentos inscritos em cobrança administrativa; os veículos licenciados em outras unidades da federação; e multas aplicadas por outros órgãos autuadores que não autorizem o parcelamento ou arrecadação por meio de cartões de crédito ou débito. (Agência Brasil)