Justiça nega novo pedido de liberdade de viúva da Mega Sena

Justiça nega novo pedido de liberdade de viúva da Mega Sena

Notícias
A Justiça do Rio negou, mais uma vez, o pedido de liberdade de Adriana Ferreira Almeida, conhecida como a “viúva da Mega Sena”, condenada a 20 anos de prisão por planejar o assassinato de Renné  Sena, em 2007, seu ex-marido, ganhador da loteria sozinho em 2005, que lhe rendeu um prêmio no valor de R$ 52 milhões. A decisão é do juiz titular da 2ª Vara Criminal de Rio Bonito, Pedro Amorim Gotlib Pilderwasser.

Desta vez, a defesa de Adriana Almeida entrou com um pedido de substituição da prisão preventiva por medidas cautelares, o que foi negado porque Adriana já havia conseguido esse benefício após seu segundo julgamento, porém descumpriu as medidas, ficando foragida após uma decisão posterior que determinava que ela voltasse para a prisão.

Segundo o juiz, a prisão preventiva decretada após o segundo julgamento já havia sido substituída por cautelares diversas da prisão, que a ré as descumpriu, tendo ficado foragida após a determinação de cumprimento de pena provisória.

“Tem-se então, por absolutamente incabível a substituição da prisão da ré por medidas cautelares que já não foram cumpridas em oportunidade anterior, sendo estapafúrdia a alegação de que o indeferimento do pleito de substituição, no caso em análise, configuraria crime de abuso de autoridade. Pelo exposto, mantenho a prisão preventiva”, disse o magistrado.

O crime

O lavrador Renné Senna ganhou sozinho R$ 52 milhões na Mega-Sena em julho de 2005, e foi assassinado quase dois anos depois, com quatro tiros, quando conversava com amigos na porta de um bar em Rio Bonito (RJ), onde morava. A viúva Adriana Almeida foi apontada pela polícia como a mandante do crime, supostamente motivada pela herança.

Cabeleireira na cidade, ela conheceu Renné em uma festa de Natal na casa que ele havia comprado em um condomínio de luxo no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio. Durante a festa, os dois se aproximaram e começaram a namorar. Ele decidiu voltar para Rio Bonito, onde nascera, e meses depois casou-se com Adriana. A vítima sofria de diabetes e teve de amputar as duas pernas, em consequência da doença. Ele andava em um quadriciclo pela cidade e tinha o hábito de, nos finais de semana, ir a um bar conversar e tomar cerveja com amigos, quando foi assassinado. Os matadores estavam em uma moto e fizeram diversos disparos contra Renné, que morreu na hora.(Agência Brasil)

Ministério determina recolhimento de todas as cervejas da Backer

Ministério determina recolhimento de todas as cervejas da Backer

Notícias
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento determinou que a cervejaria Backer retire de circulação todas as suas cervejas e chopes produzidos desde outubro do ano passado até hoje (13). A suspensão da venda se manterá até que fique assegurado que os outros produtos da Backer não estão contaminados. “A medida é para preservar a saúde dos consumidores”, disse o ministério, em nota.

Na semana passada, exames laboratoriais realizados pela Polícia Civil de Minas Gerais identificaram a presença da substância dietilenoglicol em amostras de ao menos dois lotes da cerveja Belorizontina, produzida pela Backer. Uma pessoa morreu e pelo menos dez pessoas foram intoxicadas após consumirem a cerveja.

Segundo a própria empresa, o dietilenoglicol não faz parte do processo de produção de suas cervejas. De acordo com o ministério, em nota, não existem evidências laboratoriais de presença da substância em outros produtos da Backer. “Estes produtos estão sendo analisados e, caso existam resultados positivos, novas medidas serão adotadas”, acrescentou a pasta.

A cervejaria foi interditada pelo ministério, e 139 mil litros de cerveja e 8,4 mil litros de chope já tinham sido apreendidos. Hoje a Polícia Civil informou que um terceiro lote da Belorizontina também está contaminado. Também foram encontrados vestígios das duas substâncias tóxicas nos equipamentos de resfriamento usados na produção da cerveja. (Agência Brasil)

Porto Alegre: Com o período de férias, Spaan tem baixa no número de doações de insumos. Itens são essenciais para a rotina dos mais de 130 moradores da instituição

Porto Alegre: Com o período de férias, Spaan tem baixa no número de doações de insumos. Itens são essenciais para a rotina dos mais de 130 moradores da instituição

Notícias

Os meses de janeiro e fevereiro, na maioria das vezes, são os mais aguardados pela população de uma forma geral. Mas, por conta das férias, onde muitos aproveitam o período para sair da cidade, a Sociedade Porto-alegrense de Auxílio aos Necessitados (Spaan) vem sentindo a baixa no seu estoque de insumos. Com mais de 130 moradores idosos, a equipe de nutrição estabelece seis refeições diárias, com dietas individuais conforme a patologia de cada um.

Por conta desse cenário, a Spaan está solicitando à população a doação de itens como leite, produtos de higiene pessoal e sacos de lixo. “Por dia, apenas em leite, são consumidos, aproximadamente, 100 litros. A doação de alimentos não-perecíveis, como café e feijão, por exemplo, também é sempre bem-vinda. São itens indispensáveis para a alimentação dos nossos idosos. Uma oferta digna de alimentos constitui parte do nosso trabalho de acolhimento, respeito e carinho”, destaca Gildásio Alves de Oliveira, presidente da Spaan.

Outra necessidade da instituição são as pilhas alcalinas, usadas nos rádios portáteis dos idosos, objetos que servem para o entretenimento de muitos deles. Além disso, dentre os moradores da casa, 45 são diabéticos. Dessa forma, a população também pode contribuir com a doação de produtos dietéticos.

Contudo, quem não tem condições de realizar nenhuma doação material, pode ajudar a equipe da Spaan a proporcionar mais alegria e bem-estar aos idosos. Nesses primeiros meses do ano são realizadas poucas atividades por voluntários, uma vez que os mesmos se encontram de férias. Apresentações, oficinas recreativas, visitas e passeios são ótimas opções para elevar o ânimo dos idosos. “Para os nossos moradores, receber visitas é motivo de muita alegria. Eles gostam de conversar e compartilhar suas histórias. Rostos novos circulando pela casa representa a oportunidade de novas relações”, ressalta o presidente Gildásio.

Fundada em 21 de agosto de 1931 pelo Rotary Clube Porto Alegre, a Spaan realiza um trabalho dedicado a proporcionar uma velhice digna, com conforto, atenção e qualidade de vida aos seus moradores.

A manutenção da sua estrutura administrativa e operacional é feita, principalmente, através de colaboração da comunidade, empresas parceiras e grupos de serviço.

São oferecidas diversas atividades de entretenimento, lazer, salão de beleza, artesanato, alfabetização, reciclagem de leitura, entre outras, com o objetivo de fortalecer a autoestima e a autoconfiança dos residentes da casa.

Como ajudar

Confira a lista dos principais insumos que podem ser doados diretamente na Instituição. A Spaan fica na avenida Nonoai, número 600 (com acesso pela Rua Frederico Etzberger, 635), no bairro Nonoai, zona sul de Porto Alegre. O telefone para contato é o (51) 3247-7400.

– Leite

– Produtos dietéticos

– Fralda geriátrica tamanho G

– Desodorante masculino e feminino em spray (a Spaan não utiliza o roll-on por questões de higiene, uma vez que os desodorantes podem ser compartilhados)

– Medicamentos dentro do prazo de validade

– Pilhas alcalinas

– Saco reforçado de 100 litros para o descarte adequado de lixo

Dez países já se ofereceram para ajudar a apurar queda de avião

Dez países já se ofereceram para ajudar a apurar queda de avião

Notícias
Vários países já se ofereceram como voluntários para ajudar a esclarecer as causas da queda do Boeing 737-800, da Ukraine International Airlines, que caiu quarta-feira (8) em Teerã, no Irã.

As causas ainda estão sendo apuradas, mas os Estados Unidos, a Austrália, o Canadá e Reino Unido, não têm dúvidas: um míssil foi a causa da tragédia, que provocou a morte de 176 pessoas.

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, vai discutir as circunstâncias da queda do avião com o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo.

Os dois têm conversa marcada para esta sexta-feira (10).

Zelensky reafirmou, nesta manhã, que é possível que o aparelho tenha sido abatido por um míssil.

No entanto, o chefe de Estado lembra que essa hipótese ainda não está totalmente confirmada.

O Irã desmente a teoria e convidou peritos norte-americanos para participar da investigação do desastre.

Na França, o ministro dos Negócios Estrangeiros diz que está disponível para colaborar na investigação das causas da queda do avião.

Quanto ao programa nuclear iraniano, Jean-Ives Le Drian, deixa, esta manhã, um alerta sério: se Teerã continuar a violar os termos do acordo, daqui a um ou dois anos, poderá desenvolver uma bomba nuclear.

Para discutir o conflito Irã-Estados Unidos, está marcada para hoje, em Bruxelas, um Conselho Extraordinário dos chefes da diplomacia europeia.

Estados Unidos

A Administração para a Segurança dos Transportes dos Estados Unidos diz que já recebeu convite do Irã para participar da investigação sobre a queda do avião ucraniano. Também a construtora norte-americana Boeing foi convidada a participar da investigação, diz a agência de notícias estatal iraniana Irna.

Citado pela Reuters, o representante do Irã na Organização Internacional de Aviação Civil, informa que a agência norte-americana vai enviar representante.

As dúvidas são muitas sobre o que teria provocado o acidente. A bordo seguiam 176 pessoas e todas morreram.

Nas últimas horas, representantes dos EUA e do Canadá levantaram a suspeita de que o avião tenha sido atingido inadvertidamente por um míssil. (RTP, Emissora pública de televisão de Portugal)

Porto Alegre: Espetáculo Homem de Lugar Nenhum volta ao Instituto Ling nos dias 15 e 16 de janeiro

Porto Alegre: Espetáculo Homem de Lugar Nenhum volta ao Instituto Ling nos dias 15 e 16 de janeiro

Notícias

A peça Homem de Lugar Nenhum volta ao Instituto Ling para sessões nos dias 15 e 16 de janeiro, às 20h. As novas apresentações contam com elenco formado por Renato Del Campão, João Petrillo, Artur Gaudenzi, Caio Lopes e Téo Schnack. A montagem é dirigida por Eduardo Kraemer, que concorre ao Prêmio Açorianos de Teatro 2019 de melhor produção por este trabalho.

A ideia de que política e amor são inconciliáveis é o ponto de partida para o espetáculo. O roteiro é uma colagem de textos de autores clássicos e contemporâneos sem uma linha dramática definida e, em alguns momentos, sem personagens perceptíveis. Em um embate nonsense, os atores se encontram e desencontram, dando voz, formas e construções estéticas aos temas propostos. As cenas, fragmentadas e costuradas, são montadas à vista do público.

As novas sessões fazem parte da Mostra Ponto de Teatro, que promove reapresentações das seis montagens que estiveram em cartaz durante o ano de 2019 no centro cultural, agora dentro da programação do Porto Verão Alegre. Os ingressos estão à venda em www.portoveraoalegre.com.br e em diversos pontos de venda espalhados pela cidade. As entradas antecipadas podem ser adquiridas com descontos especias, com preços de R$ 32,00 no valor inteiro, R$ 24,00 para clientes Banricompras e do Clube do Assinante e R$ 20,00 para quem tem direito à meia-entrada. Nos dias das apresentações também haverá venda na hora, na recepção do Instituto Ling, com preços de R$ 40,00 (inteira), R$ 32,00 (Banricompras e Clube do Assinante) e R$ 20,00 (meia-entrada).

Esta programação integra o projeto Ponto de Teatro, que tem patrocínio da Crown Embalagens, Fitesa e América Tampas, e financiamento do Ministério da Cidadania, Governo Federal.

SERVIÇO – MOSTRA PONTO DE TEATRO
Homem de Lugar Nenhum
Dirigido por Eduardo Kraemer, com atuação de Renato Del Campão, João Petrillo, Artur Gaudenzi, Caio Lopes e Téo Schnack
Dias 15 e 16 de janeiro
Quarta e quinta, às 20h
Instituto Ling (Rua João Caetano, 440 – Três Figueiras – Porto Alegre/RS)

Classificação indicativa: 16 anos
Duração: 60 minutos

Ingressos antecipados com descontos especiais
R$ 32,00 (inteira)
R$ 24,00 (Banricompras e Clube do Assinante)
R$ 20,00 (meia-entrada)

Ingressos na hora
R$ 40,00 (inteira)
R$ 32,00 (Banricompras e Clube do Assinante)
R$ 20,00 (meia-entrada)

Pontos de venda
Online: www.portoveraoalegre.com.br
Recepção do Instituto Ling: Rua João Caetano, 440: de segunda a sexta-feira das 10h30 às 22h; sábados, das 10h30 às 20h.
Lojas Claro, no Shopping Bourbon Country (Av. Túlio de Rose 80- 2º Piso) e no Shopping Praia de Belas Shopping (Av. Praia de Belas 1181- 2º piso): segunda a sábado, das 10h às 22h e domingos das 14h às 20h;
Shopping Total (Av. Cristóvão Colombo, 545), em frente à Panvel: segunda a sábado, das 10h às 22h e domingos, das 14h às 20h;
Casarão Verde, na Mezanino Produções, no DC Shopping (Rua Frederico Mentz, 1561, Navegantes): segunda a sexta, das 12h às 19h;
Theatro São Pedro, na Chapelaria, a partir do dia 07/01: terça a sábado das 15h às 21h e domingos das 15h às 18h.

Informações úteis
institutoling.org.br
www.facebook.com/InstitutoLing
www.instagram.com/Instituto.Ling
twitter.com/@InstitutoLing
Fone: 51 3533-5700
Email: instituto.ling@institutoling.org.br

Economista José Junior de Oliveira é eleito presidente do Corecon-RS

Economista José Junior de Oliveira é eleito presidente do Corecon-RS

Notícias

O economista José Junior de Oliveira foi eleito, na tarde desta quarta-feira, dia 8, presidente do Conselho Regional de Economia do RS (Corecon-RS). Para a vice-presidência, foi eleito o economista Aristóteles da Rosa Galvão. A eleição, para um mandato de um ano, ocorreu durante a primeira sessão plenária de 2020, na sede da Entidade, em Porto Alegre. Durante a reunião-plenária, também tomou posse o novo terço de conselheiros eleitos em outubro último, para o triênio 2020/22, composto pelos economistas Bruno Breyer Caldas, Janile Soares e João Carlos Medeiros Madail, como conselheiros titulares, e Giovana Menegotto, Leandro André Hoerlle e Mário Jaime Gomes de Lima, como conselheiros suplentes.

Em seu discurso de posse, José Junior agradeceu a confiança dos colegas conselheiros e falou dos grandes desafios programados para o ano de 2020, que é a continuidade e o avanço das ações que vêm sendo desenvolvidas pelos antecessores ao longo dos últimos anos, “na busca da qualificação e do fortalecimento da profissão do Economista”. O ex-presidente Rogério Tolfo falou das principais conquistas de sua gestão e agradeceu a todos os conselheiros o apoio recebido nesses últimos dois anos em que esteve à frente do Conselho. Parabenizou o seu sucessor e vice, assim como o novo terço que está assumindo e colocou-se à disposição da gestão.

José Junior de Oliveira possui graduação em Economia pela Pontifícia Universidade Católica do RS (PUCRS), Pós-Graduação em Administração Financeira pela Unisinos e Mestrado Profissional em Economia Aplicada pela UFRGS. Foi presidente da Seccional Sul da Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais (Apimec-Sul) de 2015 a 2018, Analista de Investimentos Sênior da Caixa de Assistência dos Empregados do Banco do Estado do RGS (Cabergs) e professor universitário na área de Finanças e Mercado Financeiro e de Capitais na ESPM-SUL. Professor de Finanças, Mercado de capitais e Governança Corporativa em cursos de Pós-Graduação e MBA em diversas instituições de ensino superior. Atua na área de Economia, Análise de Investimentos, com ênfase em Finanças e Gestão de Recursos no Mercado Financeiro e de Capitais. É Conselheiro do Corecon-RS e atual vice-presidente da Apimec-Sul.

Aristóteles Galvão é economista formado pela PUCRS em 1976, pós graduado em economia empresarial, atua como perito e na área de consultoria empresarial há mais de 30 anos, foco em perícia judicial, consultoria em gestão empresarial, avaliação de empresas, fusões e aquisições, dissoluções societárias, captação de novos sócios investidores, dentre outros. Possui trabalhos executados com sucesso para as empresas Quero Quero (RS), Tok (RS), Paquetá Calçados (RS), Gaston (RS), dentre outros. Conselheiro do Conselho Regional de Economia (Corecon) do RS nos exercícios 2008 a 2013. Atual Conselheiro dessa entidade desde 2015. É Perito e Avaliador dos poderes Judiciário Estadual e Federal e Vogal da Junta Comercial do Rio Grande do Sul (Jucergs).

Estiveram presentes na sessão-plenária os conselheiros Aristóteles Galvão, Bruno Breyer Caldas, Felipe Garcia Ribeiro, Filipe Grisa, Giovana Menegotto, Janile da Silva Pereira Soares, João Carlos Medeiros Madail, José Junior de Oliveira, Leandro André Hoerlle, Mário Jaime Gomes de Lima, Pedro Lutz Ramos, Vanessa Neumann Sulzbach. Também participaram da solenidade o ex-presidente do Corecon-RS e conselheiro do Cofecon, economista Clovis Meurer, o ex-presidente Rogério Tolfo, o ex-conselheiro Guilherme Steim e o delegado do Corecon em Pelotas, economista Castelar Braz Garcia.

Porto Alegre: EPTC começa sinalizar mais um trecho com faixa exclusiva para ônibus

Porto Alegre: EPTC começa sinalizar mais um trecho com faixa exclusiva para ônibus

Notícias

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) iniciou a sinalização viária de mais um trecho de faixa exclusiva. Serão 500m, que se estendem pela rua Paulo Gama e avenida Eng. Luiz Englert. A medida vai beneficiar 90 mil usuários que circulam pelo local em 40  linhas urbanas. Após a conclusão da sinalização, será anunciado o início da operação, previsto ainda para janeiro.

A faixa exclusiva vai funcionar das 6h às 9h e das 16h às 20h, com previsão de redução de 65% no tempo de viagem no trecho. Além da priorização do transporte, uma ciclovia será implantada. Ela conecta a rede da avenida Loureiro da Silva em direção à Ufrgs e Região Leste. “Essa ciclovia faz parte da malha do entorno universidade, da área central e das bikes compartilhadas. O fluxo de ciclistas é intenso. A estação de Arquitetura da Ufrgs é a mais utilizada durante a semana das 41 existentes no serviço BikePOA”, destaca o diretor técnico da EPTC, Marcelo Hansen.

Projeto de Priorização do Transporte Coletivo – O objetivo é ampliar o número de faixas exclusivas em Porto Alegre. O projeto foi pensado para qualificar o sistema de transporte, reduzir os tempos de viagem, dar mais eficiência ao serviço e reduzir custos. Serão beneficiados diariamente 450 mil usuários. Até março, serão implantados 22 quilômetros de faixas exclusivas em 16 trechos, o que representa um aumento de 130% em relação aos 17 quilômetros já existentes.

Desde o início do governo, foram instaladas faixas exclusivas nas seguintes vias: Ipiranga, rua da Conceição, Independência, Mostardeiro e Goethe.

Travel Box Brazil entra na line-up da Sky. Com parceria, canal ganha cinco milhões de assinantes

Travel Box Brazil entra na line-up da Sky. Com parceria, canal ganha cinco milhões de assinantes

Notícias
O canal Travel Box Brazil agora está disponível em HD e SD aos assinantes da Sky, na posição 483 do line-up. A programação fica sob o guarda-chuva da programadora independente Box Brazil, liderada pelo cineasta Cícero Aragon. É o terceiro canal do grupo a rodar na operadora: Prime Box Brazil e Fashion TV já foram disponibilizados no primeiro semestre de 2019.Com conteúdo voltado a viagens e turismo, o Travel tem como proposta principal mostrar o mundo através dos olhos dos brasileiros. Reúne séries e documentários que, diariamente, apresentam roteiros e experiências obtidas pelos viajantes. Cultura, lazer, esporte, fotografia, arquitetura e gastronomia também estão incluídos na oferta.

Na série “Sonho Americano”, por exemplo, são retratados os desafios e os prazeres de uma expedição de moto que atravessa os Estados Unidos de costa a costa. Já em “Vinhos.BR”, os telespectadores podem acompanhar o processo da produção vitivinícola no Brasil e histórias de empresas tradicionais do ramo.

A Box Brazil também possui um canal que roda em Angola e Moçambique, o Boom TV – tudo programado e transmitido a partir de Porto Alegre. A empresa tem mais de 50 milhões de espectadores e deve dobrar de tamanho no Tecnopuc ainda este semestre. Ao todo, os investimentos chegam a R$ 140 milhões em 177 produções. Desse total, R$ 28 milhões são aplicados em 30 séries gaúchas.

Sergius Gonzaga fala sobre obra de Erico Verissimo no Instituto Ling

Sergius Gonzaga fala sobre obra de Erico Verissimo no Instituto Ling

Notícias

Nos dias 15 e 16 de janeiro, Sergius Gonzaga estará no Instituto Ling falando sobre a obra de Erico Verissimo. Em dois encontros, com duração total de quatro horas, o professor analisará aspectos essenciais da trilogia O Tempo e O Vento, um dos romances mais representativos do Rio Grande do Sul. As inscrições para o curso custam R$ 199,60 e podem ser feitas no site www.institutoling.org.br ou na recepção do centro cultural.

O livro reconta a história das missões, do pampa e de um Estado desmedido e glorioso. Dividida em três partes – O Continente, O Retrato e O Arquipélago – a narrativa costura fatos históricos e ficcionais a partir da saga das famílias Terra Cambará e Amaral, cobrindo desde o Brasil Colônia até o começo da Quarta República, a partir de personagens como Capitão Rodrigo e Ana Terra.

SERVIÇO – LITERATURA
Curso O Essencial em O Tempo e O Vento
Com Sergius Gonzaga
Dias 15 e 16 de janeiro, quarta e quinta, das 19h30 às 21h30
Instituto Ling (Rua João Caetano, 440 – Três Figueiras – Porto Alegre/RS)

Inscrições
R$ 199,60

Pontos de venda
Online: www.institutoling.org.br/agenda-cultural
Instituto Ling: de segunda a sexta-feira das 10h30 às 22h; sábados, das 10h30 às 20h.

Produtores da Porto Alegre esperam colher 200 toneladas de uva e ameixa

Produtores da Porto Alegre esperam colher 200 toneladas de uva e ameixa

Destaque
Os pomares cultivados na Capital devem fornecer em torno de 100 toneladas de uvas e mais 100 toneladas de ameixas, segundo a estimativa dos agricultores, da CFA-EAGRO e do Escritório Municipal da Emater. A abertura da colheita para a 29ª Festa da Uva e da Ameixa ocorre nesta terça-feira, 7, a partir das 15h30, na propriedade do produtor Marco Balestrin – rua Giuseppe Salomoni, 1001, bairro Vila Nova.

O início da colheita será acompanhado pelo secretário municipal adjunto de Desenvolvimento Econômico, Leandro Balardin. Ele enaltece o trabalho dos fruticultores e o impacto das suas atividades para a economia da Capital. “É importante parabenizá-los pela dedicação em favor do cultivo e a mobilização pela manutenção da festa, que chega à 29ª edição. São abnegados e corajosos, dão seu suor pela atividade e merecem o nosso reconhecimento”, destaca Balardin.
Fatores climáticos impactaram as plantações. A alternância de clima em agosto do ano passado, por exemplo, prejudicou a produção de uva. Em contrapartida, favoreceu o desenvolvimento das ameixas. “Para este ano, teremos uma redução de 10% a 12% na colheita de uva em relação ao ano passado. No entanto, vamos verificar o crescimento do mesmo percentual na colheita da ameixa. Isso é resultado dos novos pomares que entraram em produção na região do Extremo Sul da cidade, no Lami”, explica o chefe da Coordenação de Fomento de Atividades (CFA) da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE), Oscar Pellicioli.
Festa –  A 29ª Festa da Uva e da Ameixa ocorre dias 11, 12, 18 e 19 de janeiro, com bancas de comercialização de frutas, no CTG Estância da Figueira (rua Doutor Vergara, 5.345, bairro Belém Velho), das 9h às 20h. O acesso ao evento será gratuito. A previsão é de que o quilo de uva e de ameixa seja vendido entre R$ 8,00 e R$ 9,00.
A fruticultura é uma das principais atividades agrícolas da Capital. O microclima da Zona Sul, aliado ao solo e à topografia, contribui para a produção de frutas de qualidade.