Grupo de Lima pede libertação de presos políticos na Venezuela

Grupo de Lima pede libertação de presos políticos na Venezuela

Destaque
Em declaração conjunta divulgada nesta sexta-feira (8) em Brasília, os países que integram o Grupo de Lima pediram a imediata libertação dos presos políticos da Venezuela e reiteraram que somente o pleno restabelecimento da democracia “permitirá vencer a crise política, econômica, humanitária e de direitos humanos” no país.

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, aompanhado do deputado presidente da comissão, Evair de Melo, participa do lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Comércio Internacional e do Investimento.
O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

No final da reunião, o chanceler Ernesto Araújo agradeceu a contribuição “importantíssima” dada pela Argentina ao Grupo de Lima. Em uma referência à reunião do Brics, marcada para a próxima semana em Brasília, o ministro das Relações Exteriores disse esperar que os países que integram o bloco (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) possam “perceber de maneira mais profunda qual é a realidade do sofrimento do povo venezuelano”. O chanceler acrescentou desejar que os demais países do Brics “possam ser parte da solução desse problema”.

O Grupo de Lima – composto atualmente, além do Brasil, por Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Guiana, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru, Santa Lúcia e Venezuela – é o principal fórum regional de discussão sobre a crise venezuelana e de articulação de posições comuns dos países-membros em fóruns internacionais. Esta foi a primeira reunião do grupo realizada no Brasil.

Oposição venezuelana

O Grupo de Lima reiterou o apoio ao presidente da Assembleia Nacional da Venezuela e líder da oposição no país, Juan Guaidó. Em janeiro deste ano, Guaidó autoproclamou-se presidente interino da Venezuela e foi reconhecido como “presidente interino”, por vários países, incluindo os Estados Unidos e o Brasil.

Segundo o documento, diante da ausência de condições adequadas para a realização de eleições livres, o grupo apoia o acordo aprovado pela Assembleia Nacional em 17 de setembro, que ratifica a rota política proposta como saída para a crise e estabelece a permanência de Guaidó na presidência do país após 5 de janeiro de 2020 “e até o fim da usurpação e a realização de eleições presidenciais livres, justas, transparentes e com observação internacional”.

De acordo com a declaração, os países do Grupo de Lima decidiram renovar e ampliar os esforços conjuntos para expor e denunciar, em todos os foros multilaterais e regionais, “a situação produzida pelo regime ilegítimo de [Nicolás] Maduro”.

Migrantes e refugiados

O grupo decidiu também cooperar para apresentar à comunidade internacional a gravidade da situação econômica, política e humanitária na Venezuela, como, por exemplo, “recolhendo testemunhos de migrantes e refugiados venezuelanos sobre violações de direitos humanos naquele país”.

O documento condena os “vínculos explícitos do regime Maduro com grupos armados à margem da lei e com organizações terroristas”, assim como a proteção outorgada à presença de membros de grupos armados ilegais, que encontraram em território venezuelano “um santuário” para a realização de suas atividades terroristas e criminais.

Por fim, a declaração anuncia a intenção de convocar uma conferência internacional com o acompanhamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento, à margem de sua assembleia geral que se celebrará em março de 2020, em Barranquilla, Colômbia, para apoiar os esforços do legítimo governo de Juan Guaidó para implementação do “Plan País”, concebido para resgatar a Venezuela da grave crise econômica e do colapso social. (Agência Brasil )

Com base em decisão do STF, Lula pede à Justiça para ser solto

Com base em decisão do STF, Lula pede à Justiça para ser solto

Destaque

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva formalizou hoje (8) o pedido para que ele seja solto, depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) decidir, em julgamento concluído ontem (7), desautorizar o cumprimento de pena após condenação em segunda instância. O pedido foi feito à juíza Carolina Lebbos, da 12a Vara Federal de Curitiba, responsável por supervisionar a prisão de Lula.

O ex-presidente foi preso em 7 de abril do ano passado após ter a condenação por corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do tríplex do Guarujá (SP), confirmada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), segunda instância da Justiça Federal.

Lula foi preso após ter um habeas corpus preventivo negado pelo STF e com base no entendimento vigente à época, em que a Corte autorizava o cumprimento antecipado de pena, logo após a confirmação da condenação em segundo grau.

Na noite de quinta-feira, porém, o Supremo alterou sua jurisprudência, por 6 votos a 5, passando a prevalecer o entendimento de que a prisão para cumprimento de pena só pode ocorrer após o trânsito em julgado, quando não resta mais nenhum recurso possível, seja no Superior Tribunal de Justiça (STJ) ou no próprio Supremo.

Como o caso do tríplex ainda não transitou em julgado e Lula ainda tem uma apelação pendente de julgamento no STF, a defesa requereu “a expedição imediata de alvará de soltura, diante do resultado proclamado na data de ontem pelo Supremo Tribunal Federal”.

Os advogados destacaram que a decisão do Supremo possui caráter “público e notório”. Isso, em tese, dispensaria a necessidade de que se aguarde a publicação oficial do acórdão do julgamento sobre a segunda instância. Os defensores também informaram dispensar o exame de corpo de delito. A petição é assinada pos Cristiano Zanin Martins e mais três advogados.

Lula já teve uma apelação julgada em abril pelo STJ, que voltou a confirmar a condenação, ainda que tenha reduzido a pena de 12 anos e um mês para oito anos e 10 meses de prisão. Ainda há recursos pendentes de julgamento também no STJ. (Agência Brasil )

Porto Alegre: Hospital da Restinga promove mutirões de cirurgias e consultas pelo Novembro Azul

Porto Alegre: Hospital da Restinga promove mutirões de cirurgias e consultas pelo Novembro Azul

Agenda Notícias Saúde

O Hospital Restinga e Extremo-Sul (HRES) e a São Pietro Saúde promovem ações em prol da campanha Novembro Azul, iniciativa que busca combater o câncer de
próstata por meio da prevenção. No dia 9 deste mês, a partir das 8h, realizarão mutirão de cirurgias. No dia 12 de novembro, um mutirão de consultas médicas para homens está programado e no dia 19, a partir das 19h, no auditório do complexo hospitalar, acontecerá a palestra “Saúde do homem”.
A entrada é gratuita e a capacitação é aberta para toda a comunidade. O HRES está localizado na avenida João Antônio da Silveira, 3.700, em Porto Alegre, e tem atendimento 100% SUS.

Valvulados: Programa desta segunda-feira terá “os Vieiras”. Felipe e Fernando são os convidados de Julio Ribeiro

Valvulados: Programa desta segunda-feira terá “os Vieiras”. Felipe e Fernando são os convidados de Julio Ribeiro

Destaque
O programa Valvulados, que vai ao ar pelas redes sociais da PRESS, “Vai ser uma Vieirada”, segundo Julio Ribeiro. O publisher e apresentador, diz que: ” O Valvulados desta 2ª feira vai reunir dois dignos representantes da imprensa gaúcha e da família dos Vieira. Ambos são homens de televisão. Um deles com 45 anos de estrada, ou melhor de telinha, o outro também é precoce, começou a carreira na comunicação aos 13 anos. Ambos são profissionais pra lá de competentes e gente da melhor qualidade.””
julio
Julio Ribeiro

O programa VALVULADOS vai ao ar, ao vivo, das 16h às 17h, pelos canais da Rádio Press na Internet.  Clique nos links para acompanhar o programa na página do Facebook,  RÁDIO PRESS PORTO ALEGRE ou no canal YOUTUBE.COM/RADIOPRESS. Os ouvintes e internautas podem realizar perguntas nas lives ou pelo whatsapp (51) 99368.5150.


FELIPE VIEIRA, jornalista formado pela Famecos/PUC, enfrentou um microfone pela primeira vez aos 13 anos, na rádio Sobral, de Butiá/RS, sua cidade natal. Já passou por quase todas as redes de comunicação da capital: RBS, Band, Guaíba e agora SBT. Só lhe falta a Pampa. Já coleciona dez troféus do Prêmio Press, e neste ano concorre novamente na categoria de Apresentador de Televisão. Felipão nasceu no dia 27 de fevereiro, quase um bissexto. Tem 53 anos e é pai do Theo e da Laís.

FERNANDO VIEIRA, jornalista e empresário, começou como câmera-man na antiga TV Difusosa, em 1968. Ele já fez de quase tudo em televisão e em promoção de eventos no Rio Grande do Sul. Foram 45 anos com programas diários em diversas emissoras do Estado, cobrindo música e sociedade. Promoveu feiras, eventos e bailes, programou centenas de shows nacionais e internacionais e criou casas de espetáculos em Porto Alegre. Há 45 anos promove a Festa Nacional da Música.
Todas as edições do programa estão disponíveis nesses canais, além do portal www.revistapress.com.br e do Spotify, onde podem ser ouvidos na forma de podcasts.
Feira do Livro: Jorge Martins autografa a obra “Sentimentos” dia 10 de novembro

Feira do Livro: Jorge Martins autografa a obra “Sentimentos” dia 10 de novembro

Agenda Cultura Destaque Feira do Livro

O escritor Jorge Martins estará na Praça de Sessão de Autógrafos da 65ª Feira do Livro de Porto Alegre no próximo dia 10 de novembro, a partir das 16h30, autografando a sua 6ª obra – “Sentimentos”. Antes, a partir das 16h, o autor realizará um bate-papo com o público no Auditório do Memorial do RS.

Capa livro Sentimentos em alta resoluçãoJorge Martins é um obstinado na defesa da leitura como hábito, e do livro como objeto não apenas de transformação, mas de formação no caráter do jovem, que lhe exercita o senso crítico sobre a vida e lhe aponta caminhos longe da marginalidade. Segundo ele, este livro, direcionado ao público infantil, “tem a finalidade de transmitir que viver para os outros é uma regra da natureza, pois todos nós nascemos para ajudar uns aos outros”.

Autor de “Meu Nome é Jorge”, “O Menino da Caixa de Sapatos”, “O Menino e o Seu Segredo”, “A Amizade Torce por Todos os Times” e “Transformação”, Jorge Martins   nasceu em Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, é formado em Administração e Pós-graduado em Psicopedagogia e Educação Infantil.

Educação: Entenda as diferenças entre os modelos de escolas cívico-militares propostos pelo MEC

Educação: Entenda as diferenças entre os modelos de escolas cívico-militares propostos pelo MEC

Educação Notícias

O Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares engloba, na prática, dois modelos: um — prioritário — com militares da reserva das Forças Armadas e outro, onde não houver efetivo do Exército, da Força Aérea ou da Marinha, composto por policiais e bombeiros militares. A atuação de todos será a mesma, porém há diferenças em como o dinheiro será investido.

Para 2020, o Ministério da Educação (MEC) reservou R$ 54 milhões para levar a gestão de excelência cívico-militar para 54 escolas, R$ 1 milhão por instituição de ensino. A prioridade é usar o dinheiro em parceria com o Ministério da Defesa para pagar os militares das Forças Armadas. A duração mínima do serviço é de dois anos, prorrogável por até dez, podendo ser cancelado a qualquer tempo. Os profissionais vão receber 30% da remuneração que recebiam antes de se aposentar.

Em municípios nos quais não houver efetivo da Defesa, a solução é recorrer às corporações estaduais, ou seja, policiais e bombeiros. Neste caso, a União não é a fonte pagadora, e sim as unidades da Federação. Os recursos do MEC serão repassados ao governo local, que, em contrapartida, investirá na infraestrutura das unidades, com materiais escolares, uniformes e pequenas reformas.

“A ideia do programa é levar um modelo de gestão de excelência a escolas de todo o país, mas é importante ressaltar que o MEC mantém diálogo com os governos e prefeituras. Todo o processo é voluntário, nada é imposto”, enfatizou o subsecretário de Fomento às Escolas Cívico-Militares do MEC, Aroldo Cursino.

Adesão – O governo federal lançou o Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares em 5 de setembro, em cerimônia no Palácio do Planalto. Promessa de campanha do presidente Jair Bolsonaro, a iniciativa tem como objetivo implantar 216 escolas cívico-militares em todo o país até 2023.

A adesão é voluntária. O MEC abriu dois períodos para manifestação de interesse. O primeiro foi de 5 a 27 de setembro, destinado às unidades da Federação. Quinze estados e o Distrito Federal pleitearam participação. Em um segundo momento, de 4 a 11 de outubro, foi a vez das prefeituras — 643 municípios deram sinal verde à proposta do Executivo federal.

Atuação – A iniciativa é destinada a escolas públicas. Terão preferência:

  • as regulares que ofertem os anos finais (6º ao 9º) do ensino fundamental e ensino médio, preferencialmente com efetivo de 500 a 1.000 alunos;
  • as com estudantes em situação de vulnerabilidade social e Índice de Desenvolvimento de Educação Básica (Ideb) abaixo da média do estado;

O modelo de excelência vai abranger as áreas:

  • didático-pedagógica: com atividades de supervisão escolar e psicopedagogia para melhorar o processo de ensino-aprendizagem preservando as atribuições exclusivas dos docentes;
  • educacional: pretende fortalecer os valores humanos, éticos e morais bem como incentivar a formação integral como cidadão e promover a sensação de pertencimento no ambiente escolar;
  • administrativa: para aprimorar a infraestrutura e a organização da escola e, consequentemente, a utilização de recursos disponíveis na unidade escolar.

Os militares vão realizar as tarefas nas três áreas. O governo preservará a exclusividade das atribuições dos profissionais da educação previstas na Lei de Diretrizes e Bases (LDB).

Risorama: Porto Alegre recebe neste fim de semana, o maior festival de humor do País

Risorama: Porto Alegre recebe neste fim de semana, o maior festival de humor do País

Agenda Cidade Cultura Notícias

Nos dias 1º e 2 de novembro, Porto Alegre recebe a sua primeira edição do Festival Risorama, mostra de comédia stand-up em formato de bar que reúne grandes nomes do humor nacional, com apresentações no Bar Opinião (Rua José do Patrocínio, 834 – Cidade Baixa), a partir das 20h. Ingressos estão à venda.

O festival, que conta com mais de 16 anos de história com sessões lotadas em todas as suas apresentações, reúne, no primeiro dia (1º), sexta-feira, nomes como o humorista Victor Sarro (um dos maiores nomes do humor da atualidade, elenco fixo do programa “Anitta Entrou no Grupo”, do Multishow, passando como roteirista de programas como “Encontro com Fátima Bernardes”, “Tudo pela Audiência”, “Programa do Porchat”, entre outros); Cris Pereira (com o seu personagem “bagual” Gaudêncio, um típico morador do interior e, no caso gaúcho, em que faz um tradicionalista ferrenho que conta seus casos e acasos engraçados, prometendo levar o público para as gargalhadas); Osmar Campbell (que participou do “Bolada UOL”, com Bruno Motta, comentando com muito humor a Copa do Mundo, foi apresentador do “Cantadas VEVO”, para o portal VEVO, integrante do programa Fritada, no Multishow, e do “República do Stand-up”, do Comedy Central, além do “Maratona do Humor”, quadro de improvisação do programa “Tudo É Possível”); Gio Lisboa (de Porto Alegre, um dos novos talentos do humor nacional, passando pelos mais importantes comedys clubs do país, com participação no “Programa Stand-Up”, no Comedy Central), e Carol Zozzoli (um dos grandes nomes femininos na comédia, foi integrante do Transalouca, da Transamérica, participou de quadro na Rede Record, roteirista do É Tudo Improviso, da Band, entre outros renomados programas).

Já no sábado (2), a programação reúne Nando Viana (um dos principais nomes do humor da atualidade, com um dos canais no Youtube que mais crescem no páis, participante do “A Culpa É do Cabral, do canal Comedy Central, sucesso na Netflix com seu especial “Nando Viana – Da turma do Fundão desde 1981”); Nil Agra (que já passou pelos mais populares quadros de humor da TV brasileira, como o Humor na Caneca do Jô Soares e República do Stand up do Comedy Central, fez também parte do elenco principal do programa Estranho Show de Renatinho, no Multishow, ao lado dos também humoristas Tata Werneck, Maurício Meirelles, Murilo Couto e Marco Gonçalves, seus parceiros de banda do qual atuou como baterista, e atualmente está no ar com os programas A História Bêbada e Entre Risos no Comedy Central); Rodrigo Marques (um dos principais nomes do humor no país e apresentador do programa “A Culpa é do Cabral”, no Comedy Central, que conta com mais de 1,5 milhão de acessos no Youtube e 300 mil fãs no Facebook), Ed Gama e Marcos Castro (dupla conhecida por suas imitações e paródias, sucesso com o quadro “Famosos Cantam” e seus números inéditos em canal no Youtube), e Ursa Malgarizi (um dos grandes sucessos femininos no stand-up, fez parte do grupo Elas por Elas, fez parte do show de stand-up feminino Mamacitas, além da homenagem aos dez anos da morte de Dercy Gonçalves).

Pioneiro festival de stand-up no Brasil, Risorama reúne os maiores nomes do humor em um único show (Créd. Nilton Russo)
Pioneiro festival de stand-up no Brasil, Risorama reúne humoristas em show único. Foto: Nilton Russo

A curadoria do Festival Risorama é feita pelo humorista paranaense Diogo Portugal, que também será o mestre de cerimônias das duas noites, um dos pioneiros do stand-up no Brasil e que é sucesso em vários projetos na televisão e na internet. “Para o Risorama de Porto Alegre pensei em convidar diferentes perfis de humoristas. Temos nomes que são de destaque na televisão, no rádio e na internet, bem como uma mistura entre humoristas de projeção local e nacional. Assim é o risorama, um encontro do bom humor”, explica.

Festival Risorama Porto Alegre é apresentado pela Previsul, com patrocínio do Madero e apoio da Ticket Log. A realização da Secretária Especial da Cultura e o Ministério da Cidadania. Os ingressos estão disponíveis pelo site sympla.com.br/opiniao, a partir de R$ 25 (meia-entrada + taxa admistrativa). Confira também a opção de ingresso solidário, por R$ 30 (+ taxa administrativa). Todos os espetáculos são acompanhados de intérpretes de Libras.  Siga as novidades e informações do Risorama por meio das redes sociais oficiais, no Facebook @risoramaoficial e Instagram @risoramaoficial

 

Formato de Bar e de Comedy Club – Um dos diferenciais do Risorama é o seu formato. Considerada a “balada do humor”, o evento é produzido em espaços que se transformam em um grande bar, como um verdadeiro e amplo comedy club itinerante, com cadeiras e mesas compartilhadas, serviço de garçom e venda de bebidas e comidas de boteco. “O Risorama foi pioneiro em seu formato no Brasil. O público pode dar boas risadas, comer umas comidinhas de boteco, tomar uma boa cerveja com os amigos e aproveitar o show dentro desse clima. É essa a atmosfera da balada do humor”, completa Diogo Portugal.

Confira a programação:

1º de novembro
(Sexta)

– Diogo Portugal
– Cris Pereira
– Gio Lisboa
– Victor Sarro
– Carol Zoccoli
– Osmar Campbell

2 de novembro
(Sábado)

– Diogo Portugal
– Nando Viana
– Ursa Malgarizi
– Ed Gama e Marcos Castro
– Nil Agra
– Rodrigo Marques

 

Serviço:
Festival Risorama Porto Alegre | Tour 2019
Data: 1º e 2 de novembro (sexta e sábado)
Horário: A partir das 20 horas – Abertura da casa 18h30
Local: Bar Opinião (Rua José do Patrocínio, 834 – Cidade Baixa)
Classificação: 16 anos
Apresentação: Previsul
Patrocínio: Madero
Apoio: Ticket LOg
Ingressos: sympla.com.br/opiniao

“Não Vai Cair No Enem! Uma peça”: Peninha retorna ao palco do Theatro São Pedro entre sexta-feira e domingo

“Não Vai Cair No Enem! Uma peça”: Peninha retorna ao palco do Theatro São Pedro entre sexta-feira e domingo

Cultura Destaque Educação

Após o grande sucesso, volta ao palco do Theatro São Pedro o espetáculo que marca a chegada do jornalista e escritor Eduardo Bueno, o Peninha, aos palcos, saindo diretamente de seu bem-sucedido canal no Youtube “Buenas Ideias”. Com temas da história do Brasil, o espetáculo mistura irreverência e bom humor com muita informação. Peninha é o autor do roteiro, da pesquisa de conteúdo e, é claro, responsável pela condução do programa que agora é sucesso também no teatro. “A minha natureza é faladeira e falastrônica”, define-se Peninha, que é o autor do roteiro, da pesquisa de conteúdo, e é, claro, responsável pela condução do programa que agora chega ao teatro. Do Youtube para o palco era uma questão de tempo, já que apesar de monologar na tela, Eduardo Bueno se sente conversando com as pessoas.

blogpost_366801_img1_eduardobueno“Liberto das amarras do estúdio, conto algumas histórias conhecidas, outras desconhecidas. Mesmo os episódios clássicos de nossa história são mostrados por um viés diferente”, avalia. Ele interage com a plateia, que alguém o instigue, que faça uma provocação. “Provocações, desde que libertárias, são muito bem vindas.”

No palco, há uma arara com roupas de época, cubos com rostos da nossa história e objetos cênicos. Seis temas – do descobrimento até a República, para muita diversão e improviso. “O roteiro tem uns respiros para isso. Quando estou gravando, apesar de ser um gênio, de vez em quando eu erro, mas não conserto! É a mesma coisa no palco”, diverte-se.

Peninha iniciou sua carreira como jornalista em 1976 e trabalhou nos principais órgãos de imprensa do Brasil. Como autor da coleção Terra Brasilis, sobre a história do Brasil colônia, tornou-se um fenômeno editorial, vendendo quase um milhão de livros. O canal Buenas Ideias no Youtube, criado em 2017, já tem duzentos e sessenta mil seguidores, que geram cerca de um milhão de visualizações por mês.

FIERGS debate as oportunidades que surgirão com o acordo Mercosul-União Europeia

FIERGS debate as oportunidades que surgirão com o acordo Mercosul-União Europeia

Destaque Economia Negócios

Os principais impactos e as oportunidades proporcionadas pelo acordo Mercosul-União Europeia para a indústria e a agricultura foram tratados durante o 1º Encontro de Comércio Exterior, realizado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul, por meio do Conselho de Comércio Exterior (Concex), e a Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul), nessa terça-feira (29). Segundo o coordenador do Concex, Cezar Müller, o acordo vem respaldado por mais de 20 anos de negociações entre as partes, e é importante para abrir o mercado ao Brasil, que “ficou muito tempo parado e precisa se internacionalizar”. Müller destacou, porém, que junto com o acordo as reformas estruturais que começaram a ser implantadas pelo governo federal precisam continuar, entre elas a tributária, reduzindo custos para a indústria

IMG-20191029-WA0001
1º Encontro de Comércio Exterior Foto: Dudu Leal

O gerente de negociações internacionais da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Fabrizio Panzini, estima que o aumento esperado nas exportações brasileiras a partir do acordo com o bloco europeu chegue a US$ 9,9 bilhões, ou 23,5%, com a geração de 778,4 mil empregos. Ele destacou que a União Europeia é a maior economia e o maior exportador mundial, com US$ 18,8 trilhões de PIB e uma população superior a 513 milhões de pessoas. Entre os benefícios de acordos comerciais, aponta Panzini, estão o maior acesso a mercados externos, o estímulo ao aumento da competitividade e inovação e também o impulso a reformas no Brasil e no Mercosul.

Já a superintendente de Relações Internacionais da Confederação da Agricultura e Pecuária (CNA), Lígia Dutra, ressaltou que o acordo é o mais amplo já negociado pelo Mercosul e que 81,7% das tarifas de importação da UE serão eliminadas, zerando as tarifas para produtos brasileiros exportados como suco de laranja, frutas, café solúvel, óleo vegetal e peixes, entre outros. Além das cotas e redução de tarifas, o acordo prevê para o agronegócio brasileiro medidas sanitárias e fitossanitárias com menos tempo de burocracia para inspeção, aprovação e habilitação de estabelecimentos.

SÍTIO DE ATIBAIA: STJ suspende julgamento de questão de ordem

SÍTIO DE ATIBAIA: STJ suspende julgamento de questão de ordem

Notícias

Está suspenso o julgamento da questão de ordem no processo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva referente ao sítio de Atibaia (50213653220174047000), que ocorreria amanhã (30/10) às 13h30min, no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4).

O desembargador convocado Leopoldo de Arruda Raposo, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), deferiu habeas corpus impetrado pela defesa de Lula. A decisão foi publicada hoje (29/10) , às 15h51min. O TRF4 foi oficiado às 18h03min.