Prosul será “um fórum sem ideologias”, defende Piñera. Presidente do Chile se refere ao grupo que reunirá 12 países da região

Prosul será “um fórum sem ideologias”, defende Piñera. Presidente do Chile se refere ao grupo que reunirá 12 países da região

Agenda Destaque Mundo
Na abertura do fórum que discute a criação do Prosul, nova comunidade de países latino-americanos que deverá substituir a União das Nações Sul-Americanas (Unasul), o presidente do Chile, Sebastián Piñera, afirmou hoje (22) que o objetivo do encontro é criar um “fórum sem ideologias”.

“Queremos criar um fórum de diálogo”, disse Piñera, na abertura do encontro em Santiago. “Um fórum sem ideologias, sem burocracias, franco e direto com democracia e [preservação dos] direitos humanos”, acrescentou o presidente, informando que esses são “valores e princípios”

O Prosul será formado por 12 países: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai, Costa Rica, Nicarágua, Panamá e República Dominicana.

No encontro, Piñera destacou que a primeira ação do grupo deve ser uma análise sobre o que foi realizado e precisa ser aperfeiçoado. “[Temos de pensar] no desenvolvimento do nosso povo.” Ele lembrou que há cinco anos, os líderes da região não se reúnem em um fórum como o que ocorre hoje.

O presidente do Chile ressaltou que os objetivos do Prosul são o diálogo contínuo e a coordenação de ações conjuntas a para o desenvolvimento da região. Segundo Piñera, o segundo passo será a instituição de grupos de trabalho para elaborar as bases para a criação da comunidade comum.

O presidente Jair Bolsonaro viajou ontem (21) para Santiago e deve ficar lá até sábado (23). Além das reuniões do Prosul, ele conversa com presidentes de várias nações.

Participam das reuniões em Santiago, além de Bolsonaro, os presidentes do Chile, Argentina, Colômbia, Uruguai, Peru, Paraguai, Equador, Bolívia, Suriname e Guiana.

MPF: esquema envolvendo Temer e Moreira Franco movimentou R$ 1,8 bi.  Procuradores afirmam que grupo criminoso atua há mais de 40 anos

MPF: esquema envolvendo Temer e Moreira Franco movimentou R$ 1,8 bi. Procuradores afirmam que grupo criminoso atua há mais de 40 anos

Destaque
O ex-presidente Michel Temer e o ex-ministro Moreira Franco, junto com os demais presos nesta quinta-feira, teriam movimentado irregularmente, R$ 1,8 bilhão, envolvendo vários órgãos públicos e empresas estatais, segundo o Ministério Público Federal (MPF). A organização atuava há 40 anos, tendo entre os envolvidos, Temer e o amigo dele João Baptista Lima Filho, conhecido como coronel Lima, conforme os procuradores.

A procuradora Fabiana Schneider disse que a organização começou quando Temer era secretário de Segurança de São Paulo e coronel Lima como auxiliar imediato. “Coronel Lima e Temer atuam desde a década de 80 juntos, quando Temer ocupou a Secretaria de Segurança de São Paulo. Lima passou a atuar na Argeplan (empresa e engenharia), com vários contratos públicos. Houve crescimento de contratações da Argeplan quando Temer ocupou cargos públicos. Uma planilha identifica pagamentos e promessas ao longo de 20 anos para MT, ou seja, Michel Temer”, disse a procuradora.

O procurador regional da República, Eduardo El Hage, explicou que o valor de R$ 1,8 bilhão é fruto da soma de todos os crimes supostamente relacionados ao grupo, nos últimos 40 anos. “Existe uma tabela discriminando todos os valores de propinas na peça do MPF. Eles vêm assaltando os órgãos públicos há décadas”, disse El Hage, acrescentando que a Lava Jato continuará as investigações.

De acordo com o procurador da Lava Jato, Sérgio Pinel, o “grupo criminoso adotava como modus operandi o parcelamento da propina por vários anos. Todas as propinas que identificamos ou que estejam em investigação, promessas ou pagas, somamos e chegamos a esta cifra”.

Segundo a procuradora Fabiana Schneider, o caso da mala de dinheiro apanhada por Rodrigo Rocha Loures, que na época era assessor de Temer, propiciou a coleta de áudios, que apontam que coronel Lima atuava na intermediação para entrega de dinheiro. A reforma na casa de Maristela Temer, filha do ex-presidente, segundo a procuradora, usou dinheiro ilícito. “A reforma na casa de Maristela Temer não deixa dúvida de como o dinheiro entrava na Argeplan e saia em benefício da família Temer”, disse. De acordo com Fabiana Schneider, foi identificado pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) uma tentativa de depósito de R$ 20 milhões na conta da Argeplan, em outubro de 2018.

Presos

Temer e Moreira Franco, presos hoje (21), em um desdobramento da Operação Lava Jato, ficarão detidos em uma cela especial da Unidade Prisional da Polícia Militar, em Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro. A determinação é do juiz Marcelo Bretas, titular da 7ª Vara Federal Criminal, atendendo um pedido da Força-Tarefa da Operação Lava Jato do Ministério Público Federal. Os procuradores alegaram que, por ser ex-presidente da República, Michel Temer tem direito a tratamento especial, assim como Moreira Franco, que foi ministro até dezembro de 2018.

O coronel Lima também terá direito a cela especial no Estado Maior da PM, em Niterói. Segundo o MPF, o coronel é o operador do esquema de corrupção chefiado pelo ex-presidente.

Michel Temer foi preso em casa, em São Paulo, e Moreira Franco, ao desembarcar no Aeroporto Internacional Galeão-Tom Jobim, no Rio de Janeiro. Ambos devem passar por exame de corpo delito antes de serem levados para a unidade prisional.

O ex-presidente e o ex-ministro são investigados por recebimento de propina de obras relacionadas à Usina Nuclear Angra 3, no Rio de Janeiro.

Defesas

O advogado do ex-presidente, Eduardo Carnelós, disse, por meio de nota, que a prisão de Temer não tem fundamentos.

Em nota, a defesa de Moreira Franco manifestou “inconformidade com o decreto de prisão cautelar”. (Agência Brasil)

Cruz Alta forma mais uma turma no Curso Técnico em Agronegócio

Agronegócio Economia Educação Negócios Notícias

 

O Rio Grande do Sul contará com 85 novos técnicos em Agronegócio, formados pelo SENAR-RS, aptos a atuar em propriedades rurais, indústrias e serviços ligados ao meio rural neste mês. São duas novas turmas que concluíram a formação de dois anos nos polos de Cruz Alta, que ocorre nesta sexta, 22 e março e em São Sepé, que ocorre dia 29.

O principal objetivo do programa  é formar e qualificar profissionais para a aplicação dos procedimentos de gestão e comercialização do agronegócio, com ênfase na variedade de segmentos e cadeias produtivas do Brasil.

A formanda Karina Marques Wolf credita a entrada no mercado de trabalho ao fato de estar buscando mais qualificação: “Foi fundamental o fato de este curso ser realizado parcialmente à distância, porque eu não teria como frequentar diariamente o Polo e trabalhar em Santa Maria. O material fornecido para o estudo é de altíssima qualidade e os professores estavam sempre nos incentivando a ler e participar. É algo que a região estava precisando, porque existe muito potencial”, afirma Karina.

No polo de São Sepé será a primeira vez que uma turma conclui o curso, mas antes mesmo de receber o certificado, os formandos já estão colocando os conhecimentos em prática. Todos estarão aptos para exercer função técnica, e colocar em prática os conhecimentos adquiridos.

A formatura em São Sepé acontece na próxima sexta, dia 29 de março.

Porto Alegre: NASA Science Days aterrissa no Iguatemi

Porto Alegre: NASA Science Days aterrissa no Iguatemi

Agenda Cidade Cultura Destaque Porto Alegre Tecnologia

Quem for ao Iguatemi nos dias 27 e 28 de março vai se sentir em outro planeta. Pela primeira vez no Sul do Brasil, o NASA Science Days chega ao Shopping para proporcionar aos visitantes uma série de experiências ligadas ao universo científico e aeroespacial. Com entrada gratuita, este ano, a iniciativa tem uma motivação extra: a missão Apollo 11, quando dois astronautas pisaram na lua pela primeira vez, está completando 50 anos.

Inspirado no Dia do Espaço que acontece anualmente na Flórida, o Science Days tem como propósito educar e sensibilizar jovens, pais e educadores sobre a importância da ciência e da tecnologia por meio de oficinas interativas, palestras com profissionais das agências espaciais e exposição de artigos históricos e raros ligados a missões da NASA. Para realização das atividades, o evento conta com a parceria da NASA com a Agência Espacial Brasileira (AEB), a Agência Espacial Europeia (ESA) e a Fundação Astronauta Ian Ramon, parceira da Agência Espacial Israelense (ISA).

As palestras serão conduzidas por profissionais renomados ligados às agências. São eles: Jefferson Michaellis, Diretor de Educação Espacial da Kennedy Space Center International Academy, Vinicius Fantuchi, engenheiro responsável pelos programas educacionais entre Brasil-EUA da Kennedy Space Center International Academy, Dr. Gary Stutte, do Laboratório Espacial do Kennedy Space Center, e Jim Christensen, diretor executivo da Fundação Buzz Aldrin Share Space. Entre os temas abordados estão o desenvolvimento da próxima geração de educadores, inovadores e empreendedores globais, o impacto sobre as agências espaciais no planeta Terra, o futuro da ciência e da tecnologia, além das experiências e vivências de quem trabalha em uma das principais agências espaciais do mundo: a NASA.

E, para experimentar um pouquinho da sensação de ir para o espaço, os jovens poderão participar de oficinas e outras atividades realizadas no Pavilhão NASA. Os participantes poderão pilotar rovers – veículos de exploração espacial – em um ambiente que simula a superfície de um asteroide, já a atividade ‘My first Rover” busca ensinar a importância do trabalho em equipe ao montar uma réplica do modelo Curiosity, enviado em 2012 à Marte em missão exploratória. Em outras oficinas, as crianças e adolescentes conhecerão, ainda, o trabalho da Agência Espacial Brasileira.

Em parceria com a Junior Achievement e com o intuito de fomentar o empreendedorismo e estimular iniciativas no setor, o evento vai contar ainda com uma área para expor dez projetos inovadores de estudantes da Capital ligados a robótica e tecnologia.

Todas as atividades são gratuitas e possuem tradução simultânea. As vagas são limitadas, e o processo de inscrição será por ordem de chegada.

O NASA Science Days já passou, neste mês, por outros shoppings administrados pela Ancar Ivanhoe, uma das empreendedoras do Iguatemi. Os empreendimentos que receberam o evento foram o Rio Design Barra, no Rio de Janeiro, o Shopping Eldorado, em São Paulo, e o North Shopping Fortaleza, na capital cearense. Depois da sua permanência no Iguatemi Porto Alegre, a atração finaliza em Brasília, no Shopping Conjunto Nacional, de 30 a 31 de março.

Serviço:

Data: 27 e 28 de março de 2019

Horário: das 10h às 22h

Local: Praça Erico Verissimo do Shopping Iguatemi Porto Alegre

Acesso: gratuito

Programação dos 247 anos de Porto Alegre começa nesta quinta

Programação dos 247 anos de Porto Alegre começa nesta quinta

Agenda Cidade Cultura Destaque Educação Esporte

Porto Alegre vai comemorar os 247 anos com uma programação de 120 atividades, que começa nesta quinta-feira, 21, e se encerra no dia 31 de março. As comemorações contam com mais de 30 parceiros integrados e vão se espalhar por 38 bairros. Serão feitas quatro entregas, 81 ações de serviços e realizados 35 eventos. Este compromisso está estampado no lema da Semana de Porto Alegre: “Fazendo juntos uma cidade melhor”. Veja aqui a programação completa.

O prefeito Nelson Marchezan Júnior destaca que a Semana não será somente de festa, mas também de entregas. “Nossa meta este ano foi descentralizar os eventos e atingir todos os públicos e secretarias. Será uma semana de homenagem a todos os porto-alegrenses”, disse.

O secretário de Cultura, Luciano Alabarse, resumiu assim a ideia da agenda programada para toda a cidade: “Sou de Porto Alegre e amo esta cidade. Queremos com este evento reunir as pessoas para celebrarem a data”.

Entregas – A primeira entrega ocorrerá no dia da abertura da programação, nesta quinta-feira, 21, às 17h, com o início das atividades da Unidade de Saúde Ramos. Localizada no bairro Rubem Berta, na zona Norte de Porto Alegre, esta será a quarta unidade com atendimento até as 22h.

Na mesma data, haverá o lançamento da 3ª edição do Caminho de Porto Alegre, uma iniciativa da Frente Parlamentar do Turismo. Será uma caminhada contemplativa, inspirada no Caminho de Santiago de Compostela. O trecho é de 21 quilômetros, passando por pontos turísticos, religiosos e históricos da Capital.

A partir de sexta-feira, 22, e durante toda a semana seguinte, será desenvolvida a promoção Morador Paga Meia. Os moradores da Capital que comprovarem residência na cidade terão 50% de desconto nos roteiros da linha Turismo no Centro Histórico.

Baile da Cidade – No sábado, 23, o Baile da Cidade volta ao Parque da Redenção, depois de passar pela Prainha do Gasômetro, em 2013 e 2014, e pelo Largo Glênio Peres, em 2015. O início da programação musical está marcado para as 18h, com animação do DJ Kbção até a meia-noite. A entrada será gratuita. A partir das 14h, serão oferecidos serviços de saúde em parceria com o Hospital de Pronto Socorro. Também neste dia será realizada a 19ª edição do Torneio Internacional de Xadrez, no Metrópole Xadrez Clube, no Centro.

Para o domingo, 24, a partir das 8h, está prevista a tradicional Corrida do Aniversário de Porto Alegre, promovida em parceria com o Sesc. São esperados cerca de 3 mil participantes.

Na segunda-feira, 25, vai ser realizada a Gincana com jovens das instituições e associações comunitárias, com o título “Eu vivo, eu amo, eu ajudo minha cidade”. Será na escola Professor Afonso Guerreiro Lima (avenida Banco Inglês, 300), a partir das 13h. Às 14h, será a vez de 50 crianças passarem uma tarde na Cavalaria da Brigada Militar, assistindo a palestras e passeando a cavalo.

Pacto Alegre – Na terça-feira, 26, ocorre a formação da mesa do Pacto Alegre. O espanhol Josep Piquè conduzirá um debate sobre os desafios que Porto Alegre precisa superar de forma conjunta para se transformar em uma cidade inteligente.

Na quarta-feira, 27, o prefeito Nelson Marchezan Jr. será o palestrante do almoço Tá na Mesa, às 12h, no Palácio do Comércio, no Centro Histórico. Para fechar o dia, haverá uma apresentação da atriz, poeta e cantora Elisa Lucinda no Teatro do Bourbon Country. Será um evento em parceria com o Ministério Público do Trabalho.

O símbolo maior da Capital, a Estátua do Laçador, obra mais importante do escultor Antônio Caringi, ganhará uma estrutura de andaime ao redor, para que o público possa apreciar o monumento de perto. O lançamento oficial da intervenção será na quinta-feira, 28, às 15h.

Também dia 28, na Fundação Iberê Camargo (avenida Padre Cacique, 2000), haverá a cerimônia de entrega da Medalha de Porto Alegre, que vai homenagear personalidades que se distinguiram por relevantes serviços em prol do desenvolvimento cultural, social ou econômico da cidade.

O dia 29 marcará mais uma entrega na área da saúde, com a inauguração do Centro de Atenção Psicossocial voltado a usuários de Álcool e Drogas (CAPS AD IV  Céu Aberto). Será às 10h, na rua Comendador Azevedo, 97. No fim do dia, será realizado o coquetel de abertura da Exposição Foto POA 247, uma mostra fotográfica dos profissionais da Prefeitura, e lançamento de edital de concurso de fotografia homenageando Porto Alegre.

No dia 30, serão feitas duas entregas que vão melhorar a mobilidade urbana da cidade. A primeira será o lançamento da ciclovia nas avenidas Nilópolis e Nilo Peçanha, às 10h. Mais tarde, às 12h, será iniciada a implantação da sinalização provisória da rua João Alfredo, como parte do projeto Ruas Completas.

Encerrando a Semana em grande estilo, no dia 31 haverá uma maratona de dança, com várias apresentações ao longo do dia, no Centro Municipal de Cultura (Erico Verissimo, 307), de alunos das Escolas Preparatórias de Dança, da Cia. Musical de Dança e Cia. Jovem de Dança de Porto Alegre. Para concluir a programação, Sergio Rojas fará um show especial no Teatro Renascença, com entrada gratuita. Ainda no dia 31, com início às 9h, será celebrada Missa no Santuário Nossa Senhora dos Navegantes, com carreata da imagem para o Largo Elis Regina, na Usina do Gasômetro, onde também haverá missa, além de shows.

A programação completa de atrações está disponível no site do evento. Serão atividades descentralizadas e que vão atender toda a população, com opções para todos os gostos.

STF decide se MP pode obter dados da Receita sem autorização judicial

STF decide se MP pode obter dados da Receita sem autorização judicial

Destaque
O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir hoje (21) se o Ministério Público pode obter dados bancários e fiscais da Receita Federal sem autorização judicial. Em todo o país, procuradores usam o procedimento de compartilhamento de dados com o Fisco para embasar investigações criminais.

O caso será decidido em um recurso do qual o Ministério Público Federal (MPF) recorreu para derrubar a anulação de uma ação penal. A ação considerou ilegais provas obtidas a partir do compartilhamento de dados sigilosos da Receita com o MP.

Conforme decisão proferida pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), o contribuinte está protegido pelo sigilo de seus dados fiscais, e o repasse de informações ao MP somente pode ser feito com autorização judicial, mediante pedido de quebra de sigilo.

Em 2016, a Corte confirmou a previsão legal de a Receita poder acessar informações bancárias sem autorização judicial, com o objetivo de cobrar os devidos impostos. Diante da prerrogativa da Receita, o MP costuma pedir que órgão faça o compartilhamento para que os dados sejam usados em procedimentos preparatórios de investigações sobre determinados fatos.

O julgamento deve ter um novo debate sobre os casos envolvendo a Receita. Em fevereiro, a imprensa divulgou que haveria suposta apuração de eventuais atos ilícitos envolvendo o ministro Gilmar Mendes e sua esposa Guiomar Mendes. Após a divulgação, o órgão informou  que ambos não são investigados, e a corregedoria abriu um procedimento para avaliar a conduta do auditor responsável pelo caso, além do vazamento do documento sigiloso.  (Agência Brasil)

55512203_265253521069591_4086972629834006528_n

REDEMAC NA EXPO REVESTIR

Uma ampla comitiva da Redemac acaba de retornar de São Paulo onde conferiu de perto as novidades da 17ª Expo Revestir, a maior feira de soluções em acabamentos da América Latina. Considerada a “Fashion Week”da arquitetura e construção, a feira se tornou palco das novas tendências nos segmentos de cerâmicas, louças sanitárias, metais para cozinha e banheiro, entre outros.

A Redemac aproveitou o evento para estreitar o relacionamento com lideranças das indústrias do segmento e alinhou novas estratégias e oportunidades de participação com a rede para 2019.

 

 

 

 

 

Para Lasier a Reforma da Previdência não pode impedir CPI da Toga

Para Lasier a Reforma da Previdência não pode impedir CPI da Toga

Agenda Destaque Economia
O senador Lasier Martins (Pode-RS) afirmou hoje (20) que a tramitação da proposta de reforma da Previdência não pode ser “a justificativa da vez” para impedir a instalação de uma comissão parlamentar de inquérito (CPI). Em discurso, afirmou que a CPI para investigar supostos ilícitos cometidos pelos membros dos tribunais superiores, proposta pelo senador Alessandro Vieira (PPS-SE), pode ser levada adiante enquanto o projeto do governo não chega da Câmara dos Deputados.
“A imprensa e a sociedade cobram uma resposta do Senado, muitas vezes acusado de acobertar crimes”, afirmou. O senador também pediu a abertura do processo de impeachment do ministro Gilmar Mendes, a partir da denúncia protocolada pelo jurista Modesto Carvalhosa. “É de interesse do próprio ministro que se esclareça de uma vez por todas a procedência ou não de um longo rol de acusações contra ele”, sublinhou. Ele ainda lamentou que nove outros pedidos de impedimento de Mendes foram arquivados nos últimos três anos pela Presidência do Senado.

 

Nova Zelândia quer proibir, em abril, venda de armas do tipo militar.  Medida visa reduzir violência no país

Nova Zelândia quer proibir, em abril, venda de armas do tipo militar. Medida visa reduzir violência no país

Mundo Notícias
Após o duplo ataque a mesquitas na Nova Zelândia, a primeira-ministra Jacinda Ardern anunciou que armas semi-automáticas e automáticas de estilo militar não serão mais vendidas no país. O ataque provocou 50 mortos e muitos feridos.

Segundo Ardern, a lei deve entrar em vigor em 11 de abril. O governo estuda propostas para incentivar donos de armas deste tipo a entregá-las às autoridades.

AOS (Armed Offenders Squad) empurra para trás membros do público após um tiroteio na mesquita Masjid Al Noor em Christchurch, Nova Zelândia, 15 de março de 2019.
Atentados contra mesquitas levaram polícia a reforçar segurança na Nova Zelândia (Arquivo/REUTERS/SNPA/Martin Hunter)
 

“Toda arma semi-automática usada no ataque terrorista na sexta-feira será proibida”, disse ela.

No último dia 15, pela manhã, fiéis muçulmanos estavam reunidos em mesquitas quando atiradores entraram, utilizando armas semi-automáticas e automáticas de estilo militar.

Quatro homens foram presos e um deles é considerado o principal responsável pela violência.

A proibição será aplicada a todos os semi-automáticos estilo militar (MSSA) e rifles de assalto, juntamente com peças usadas para converter armas em MSSAs e todas as revistas de alta capacidade.

(Agência Brasil com informações da DW, agência pública de notícias da Alemanha)