Bope, da Brigada Militar, recebe 15 fuzis e munições do Exército no Comando Militar do Sul Termo de transferência foi assinado pelo vice-governador Ranolfo e pelo comandante militar do sul, general Miotto - Foto: Robson Alves / BM

Bope, da Brigada Militar, recebe 15 fuzis e munições do Exército no Comando Militar do Sul

Em duas fileiras, frente a frente, soldados da Polícia do Exército e agentes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Brigada Militar (BM) seguram o símbolo de uma nova etapa de parceria e integração entre a instituição federal e o órgão da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

A cerimônia foi a sequência da formalização de termo de transferência do material entre as instituições, assinado pelo vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, e pelo comandante militar do sul, general Antonio Miotto. São 15 fuzis 7,62 ParaFAL e 1,5 mil munições de mesmo calibre que irão reforçar a atuação do Bope.

O vice-governador ressaltou que o repasse de armamento entre instituições representa as premissas de integração e investimento qualificado, que ao lado do pilar da inteligência, orientam o programa RS Seguro.

“Essa transferência coloca na prática aquilo que buscamos com o RS Seguro. Não tenho dúvidas de que o Bope poderá fazer um trabalho muito mais qualificado com esses equipamentos”, disse Ranolfo.

O comandante-geral da BM, coronel Mário Yukio Ikeda, ressaltou a importância da boa relação entre Exército e Brigada Militar em prol da Segurança Pública gaúcha, tendo em vista que o armamento será utilizado pela batalhão que atua em ocorrências de maior periculosidade como roubo a bancos no Estado.

“O Bope atua na repressão a criminosos muito fortemente armados, que sitiam pequenos municípios e se escondem em áreas de mata. É o efetivo que faz esse tipo de enfrentamento que sai potencializado com esses fuzis transferidos pelo Exército. Agradecemos esse importante reforço”, declarou Ikeda.

Segundo o comandante militar do sul, essa ação abre caminho para novas parcerias entre Exército e Brigada, como já acontece no combate ao crime nas regiões de fronteiras do Estado. “Essa parceria também é um recado para aqueles que trilham o caminho do mal, de que estamos juntos para garantir a segurança da população”, acrescentou o general Miotto.

Também prestigiaram o evento o procurador-geral de Justiça do Estado, Fabiano Dallazen, o presidente do Tribunal de Justiça Militar do Estado, coronel Paulo Roberto Mendes Rodrigues, o presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, o subdefensor público-geral para Assuntos Administrativos da Defensoria Pública do Estado, Antonio Flávio de Oliveira, o ex-comandante do CMS, general de Exército da reserva Carlos Bolivar Goellner, a procuradora de Justiça Militar, Maria da Graça Oliveira de Almeida, e o procurador-chefe substituto da Procuradoria Regional da República da 4ª Região, Marcelo Veiga Beckhausen.

Comunicação Destaque Notícias