Porto Alegre: BarraShoppingSul traz para Porto Alegre evento inspirado na série Valentins, do Gloob

Porto Alegre: BarraShoppingSul traz para Porto Alegre evento inspirado na série Valentins, do Gloob

Comportamento Crianças Cultura Negócios Notícias

A casa da família mais esperta do pedaço estará de portas abertas em janeiro no BarraShoppingSul. De 9 a 27/01, o shopping receberá o evento inédito inspirado na série Valentins, sucesso do Gloob, que reunirá atividades recreativas que estimulam a imaginação e a criatividade da criançada. Com uma estrutura de 110m², a atração é indicada para crianças de 4 a 10 anos e terá entrada gratuita, mediante distribuição de senhas e disponibilidade de lugares. “Buscamos sempre atividades inéditas para encantar nossos clientes. E o circuito Valentins é isso, uma experiência completa e cheia de atividades para garantir muita diversão nas férias”, comenta Tânia Nascimento, gerente de marketing do Barra.

valentins 4De acordo com Luciane Neno, gerente de marketing e plataformas digitais da Unidade Infantil da Globosat, composta pelos canais Gloob e Gloobinho, “o evento de Valentins foi sucesso em 2018 e é uma grande alegria dar continuidade a ele. As crianças entram no universo da série e vivem uma experiência completa, se sentindo parte dessa família incrível e dos seus personagens favoritos”. O circuito conta com sete áreas diferentes que ilustram os cenários da série. A aventura começa no hall de entrada da casa dos Valentins, onde as crianças precisam desvendar as pistas que o vilão Randolfo deixou escondidas pela casa para que ele mesmo pudesse lembrar do esconderijo onde está guardado o “Capacete da Memória”.

Já na área que reproduz a cozinha dos Valentins, a garotada se depara com o jogo “Cores e Aromas”, no qual é necessário descobrir o aroma que está dentro de cada panelinha e identificá-los na “Roletas de Sabores”, que fica na mesa dos cupcakes. Nesta atividade, elas terão que encontrar a primeira pista deixada por Randolfo. No banheiro da família, as crianças encontram quatro dispensers de bolinhas de sabão criados por Arthur para a família tomar banho de espuma. Para encontrar a pista escondida, é preciso que todos os participantes trabalhem juntos para guardar os sabonetes nos lugares corretos. No laboratório do Arthur, as crianças devem desvendar as charadas que estão anotadas na lousa do inventor e que as levarão para a próxima pista. Já na sala de estar dos Valentins, os pequenos encontram sob a mesa de centro peças soltas e, na parede da sala, um quadro faltando uma das partes do desenho. É hora de descobrir qual a parte que falta!

valentins 5No quarto dos irmãos Valentins, as crianças têm que descobrir qual é o objeto estranho da parede. Apenas depois disto, elas conseguirão encontrar o indício que as levará ao paradeiro do capacete. Por último, os participantes se dirigem ao hall de saída dos Valentins com o mapa de Randolfo para desvendar o grande mistério. Lá, eles precisam usar a pista do laboratório do Arthur para resgatar o Capacete da Memória no baú.

O circuito disponibiliza também uma área baby, destinada aos menores de 4 anos. Além de brincar no circuito de atividades, os pequenos podem passar pela área de fotos e registrar o momento em um painel da família Valentins e do vilão Randolfo.

Todos os eventos do Gloob são adaptados para receber crianças especiais e seus acompanhantes, que terão acesso a todas as atividades.

 

Serviço

 

valentins 9Valentins

De 9 a 27 de janeiro

Local: Praça Rosa dos Ventos – BarraShoppingSul (Av. Diário de Notícias, 300)

Horário: de domingo a sexta, das 14h às 20h

sábados, das 12h às 20h

Idade: circuito para crianças de 4 a 10 anos

área baby para crianças de 0 a 4 anos

Evento gratuito, mediante distribuição de senhas

 

Porto Alegre: Enigma Escape Game cria a primeira sala de jogo de escape do Brasil com a temática de Natal

Porto Alegre: Enigma Escape Game cria a primeira sala de jogo de escape do Brasil com a temática de Natal

Cidade Comportamento Notícias Porto Alegre

A 30 dias do Natal a lista de presentes desapareceu e o Papai Noel precisa de ajuda para encontrá-la. Se não achar, milhares de crianças não receberão nada no Natal. Você pode salvar a noite mágica, mas, para isso, muitos códigos precisam ser desvendados e outros desafios vencidos na nova sala da Enigma Escape Game, em Porto Alegre. E o jogador só tem 60 minutos para escapar. Não há o que temer: a Enigma criou o jogo de forma que qualquer pessoa com mais de 14 anos ou menores, acompanhados de um responsável, possa brincar sem terror nem sustos, apenas com a decoração temática e muitos enigmas. “Os jogadores mergulham de cabeça na brincadeira, trabalhamos com entretenimento. As pessoas esquecem o mundo lá fora enquanto jogam”, explica a sócia-diretora, Cristina Winck, formada em Ciências da Computação e pós-graduada em Gestão Empresarial na UFRGS e Direito pela PUCRS.

A Enigma, que existe há três anos, foi a primeira sala de escape game do sul do país. Desde a inauguração, mais de milhares de pessoas passaram pelas três salas em funcionamento. Estrangeiros são clientes comuns, já passaram por lá jogadores de mais de 30 países diferentes. Uma das explicações é o fato de a Enigma ser o destaque número 1 de um dos sites de turismo mais renomados do mundo. “Conseguimos fidelizar nossos clientes e isso é uma grande conquista. Além de famílias, amigos e turistas, recebemos muitas empresas que nesta época fazem sua comemoração de fim de ano conosco. Não apenas para diversão ou celebração de conquistas, as empresas buscam nas salas da Enigma a atividade perfeita para a integração de suas equipes ou também nos procuram para realizar etapas de seleção de emprego”, salienta o sócio-diretor Jefferson Yllana Beuren, engenheiro mecânico pela UFRGS e pós-graduado em Engenharia de Produção e em Gestão Empresarial, pela mesma instituição.

Segundo os sócios, não é possível antecipar nenhum detalhe sobre a nova sala, chamada de “A Missão de Natal”. “Se contarmos qualquer coisa, vamos interferir no principal objetivo do jogo, que é desvendar os enigmas e destrancar a porta”. Esta edição comemorativa estará aberta até 13 de janeiro. A missão está lançada e você só tem 60 minutos. Em tempo: apenas 35% dos clientes conseguem escapar na primeira vez que jogam.

Para participar, é necessário fazer agendamento pelo site da empresa, onde também se pode esclarecer possíveis dúvidas: www.enigmaescapegame.com.br. Na configuração atual todas as salas (Missão de Natal, Condenados e Assombrados) cabem até 8 participantes. O valor é de R$ 59,90 por pessoa.

Porto Alegre: Santa Casa participa hoje do Dia de Doar

Porto Alegre: Santa Casa participa hoje do Dia de Doar

Comportamento Notícias Saúde
Acontece hoje(27.11) em diversos países o Dia de Doar, movimento realizado no Brasil pela primeira vez em 2013 e que tem sua origem nos Estados Unidos, em 2012. Como forma de estimular e promover a cultura da doação, a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre apoia e participa desta iniciativa desde o ano passado, convidando a população para doar e colaborar com os projetos sociais da instituição.

Nesta edição, a Santa Casa irá arrecadar fraldas geriátricas e pediátricas, que serão destinadas para pacientes em tratamento na instituição. Além disso, os postos de coleta também receberão roupas em bom estado de conservação, que terão como destino os brechós beneficentes que a instituição realiza. Os pontos de coleta estarão localizados nos caixas dos hospitais que integram a Santa Casa, na Unisinos Porto Alegre e no Colégio Bom Jesus Sévigné. A Santa Casa, tradicionalmente, conta com o apoio de toda a sociedade para concretizar projetos em benefício daqueles que usufruem do ambiente hospitalar do complexo. Em 2017, foram mais de 60 parceiros que auxiliaram em importantes recursos para ampliações tecnológicas do complexo.
Serviço:

Dia de Doar Santa Casa: arrecadação de fraldas (geriátricas e pediátricas) e roupas em bom estado
27 de novembro de 2018
Caixas dos hospitais da Santa Casa, Unisinos Porto Alegre e Colégio Bom Jesus Sévigné

portico-principal-raul-krebs-1
Porto Alegre: Mark Lilla e Luiz Felipe Pondé encerram hoje a temporada do Fronteiras do Pensamento

Porto Alegre: Mark Lilla e Luiz Felipe Pondé encerram hoje a temporada do Fronteiras do Pensamento

Agenda Cidade Comportamento Comunicação Cultura Destaque

O cientista político e historiador norte-americano Mark Lilla e o filósofo brasileiro Luiz Felipe Pondé participam de um debate especial na conferência de encerramento do Fronteiras do Pensamento 2018. Eles subirão ao palco do Salão de Atos da UFRGS nesta segunda-feira, 19, a partir das 19h45min. A mediação será do filósofo, editor Eduardo Wolf. Neste ano, com o tema O mundo em desacordo, o ciclo de conferências convida a refletir sobre como as guerras culturais marcam a migração dos temas éticos para o centro do debate público. O sentido e os limites da arte, a natureza do casamento e da família, o papel da mulher e do homem na sociedade passam a ser matéria de acirrado debate político, partidário e governamental, não mais se restringindo à esfera dos indivíduos ou da sociedade civil.  As conferências contaram com Fernanda Torres, Vik Muniz, Leïla Slimani, Catherine Millet, José Eduardo Agualusa e Siddhartha Mukherjee, Ai Weiwei, Javier Cercas e Alejandro Zambra.

Lilla é especialista em história intelectual, com foco particular no pensamento político e religioso do Ocidente e irá falar sobre o tema Identidade e Solidariedade. Completou sua formação nas universidades Wayne State e de Michigan, e fez seu mestrado na Kennedy School of Government na Universidade de Harvard. Sua trajetória acadêmica e a aproximação dos pensadores conservadores o tornaram reconhecido como um “historiador de ideias”. Orientado na dissertação pelo cientista social Daniel Bell, foi indicado, em 1980, para atuar como editor da The Public Interest, publicação reconhecida por suas críticas aos programas sociais. Quatro anos depois, tendo perdido a identificação com a linha editorial, deixou a revista para fazer seu doutorado em Harvard. Lecionou nas universidades de Nova York e de Chicago, e passou, em 2007, a lecionar Humanidades na Universidade de Columbia. Colabora, regularmente, para o New York Review of Books e o New York Times.

É autor de A mente imprudente – Os intelectuais na atividade política, que traz um perfil de pensadores que fecharam os olhos ao autoritarismo, à brutalidade e ao terrorismo de Estado; e A mente naufragada – Sobre o espírito reacionário, que apresenta o reacionário não como um conservador, mas como uma figura tão radical e moderna quanto o revolucionário. Também escreveu The stillborn God, livro sobre política e religião no Ocidente moderno, não publicado em português. “Se você fala na ironia da história, não é que a história deu errado, mas que ela deu certo e deu errado, que os seres humanos têm ambições e fracassam, e a ironia é a capacidade de lidar com esses dois extremos. E é a perda da ironia, nesse sentido, que é capaz de deixar as pessoas suscetíveis tanto a esperanças revolucionárias irrealistas como ao desespero nostálgico irrealista”, disse Lilla.

Mark Lilla causou polêmica, em 2016, ao assinar um artigo defendendo que a vitória de Donald Trump foi baseada na fixação democrata pela questão da diversidade, pois o partido tornara-se um mero porta-voz dos grupos minoritários que não conversam entre si. Nesse cenário, publicou, em 2017, O progressista de ontem e o de amanhã, obra lançada no Brasil em 2018, que aborda a transformação da sociedade norte-americana nas últimas décadas.

O tema da palestra do brasileiro Pondé será Ciência Política Cética. Um dos mais polêmicos pensadores do país, é colunista do jornal Folha de S.Paulo desde 2008. Graduado em Filosofia pela USP, é mestre em História da Filosofia Contemporânea pela mesma universidade e doutor em Filosofia Moderna pela USP/Universidade de Paris, além de possuir pós-doutorado pela Universidade de Tel Aviv.

Atua como professor do Programa de Pós-graduação em Ciências da Religião da PUC-SP e como professor titular da Faculdade de Comunicação da Fundação Armando Alvares Penteado. É autor de diversos livros, entre eles O homem insuficiente, Guia politicamente incorreto da filosofia, A era do ressentimento e Filosofia para corajosos.

Em 2017, publicou Marketing existencial, analisando por que a produção de bens da época atual se confundiu com os anseios existenciais dos indivíduos e deixou de atender à mera satisfação das necessidades básicas. Seu livro mais recente é Amor para corajosos: reflexões proibidas para menores, que tem o amor romântico, chamado pelos medievais de “doença da alma”, como foco principal.

“Na faculdade de filosofia, onde busquei refazer minha vida profissional, fui especialmente marcado pelos gregos: ceticismo e tragédia. A ruína do conhecimento e a ruína da liberdade diante de um destino esmagador – as moiras – estão no fundo de tudo que eu penso. Não se pode fugir daquilo que se é: cada vez mais percebo que sou um trágico”, define Pondé. Cético com a ideia de que o mundo esteja mudando, mesmo com a inovação e os aparatos tecnológicos, ele defende que os jovens devem continuar discutindo os textos clássicos, como William Shakespeare e Santo Agostinho.

Vencedora do Master Chef grava série especial no Mercado Público de Porto Alegre. Maria Antonia apresenta em seu canal do Youtube a variedade gastronômica do local

Vencedora do Master Chef grava série especial no Mercado Público de Porto Alegre. Maria Antonia apresenta em seu canal do Youtube a variedade gastronômica do local

Agronegócio Cidade Comportamento Destaque Direito do Consumidor Economia Gastronomia Negócios Turismo Vídeo

 

A vencedora do principal reality show gastronômico do país, Maria Antonia Russi, decidiu mostrar para seus fãs do Brasil a diversidade de produtos que são comercializados no Mercado Público de Porto Alegre. Além de ser um belíssimo prédio histórico, localizado no coração da capital gaúcha, o local é referência para quem procura produtos de qualidade.

“Muitas vezes preciso de insumos diferenciados para preparar uma receita e sempre recorro ao Mercado Público. Lá tenho a certeza que vou encontrar tudo o que preciso e ainda rende um ótimo passeio. Por isso gravei os programas para que pessoas de outros Estados pudessem conhecer mais sobre esse lugar que faz parte do meu dia-a-dia”, ressalta.

Para assistir à série, clique aqui e acesse o canal Chef Maria Antonia no Youtube e conferir todos os episódios. Os vídeos novos são postados sempre às terças e sextas.

SENAR-RS lança cartilha e palestra sobre saúde do homem no Novembro Azul

SENAR-RS lança cartilha e palestra sobre saúde do homem no Novembro Azul

Agenda Agronegócio Comportamento Comunicação Notícias Saúde

 

A saúde do homem é o tema de uma nova palestra que está sendo preparada pelo SENAR-RS. O conteúdo fará a sua estreia no dia 7 de novembro, em Palmeira das Missões. A proposta está inserida no contexto do novembro azul, mês que busca lembrar a importância dos cuidados preventivos em relação ao câncer de próstata. No dia 22 de novembro, a palestra será levada aos municípios de Três de Maio, no turno da manhã, e Alegria, na parte da tarde.

Além da palestra, o SENAR-RS elaborou uma cartilha de bolso que traz orientações sobre higiene, prevenção, exames e tratamos que lidam com questões de saúde que são específicas aos homens. No entanto, a proposta é abrir o espaço para que tanto homens quanto mulheres possam participar, já que frequentemente são as mulheres que incentivam os homens a cuidar da própria saúde e a consultar médicos em caráter preventivo.

Se descoberto na sua fase inicial, o câncer de próstata tem 95% de chance de cura e o tratamento é bem menos complexo do que aquele aplicado em estágios avançados da doença. Por apresentar sintomas tardiamente, é necessário que os homens façam exames preventivos a partir dos 50 anos, ou até mesmo mais cedo caso estejam em algum dos grupos mais suscetíveis à doença.

Federação Israelita lança nota repudiando texto de Luis Fernando Veríssimo

Federação Israelita lança nota repudiando texto de Luis Fernando Veríssimo

Comportamento Comunicação Destaque

A FIERJ – Federação Israelita do estado do Rio de Janeiro – , enviou hoje uma carta ao jornal O Globo,  repudiando a coluna “Os Omissos”, de Luis Fernando Veríssimo, publicada em O Globo e outros jornais nesta quinta-feira (01.11.2018).

A Federação cita especificamente o o trecho: ” Para não dizerem que estou de má vontade com um governo novo e cheio de planos, dou minha contribuição. Como será difícil distinguir um marginal vermelho de um cidadão normal, agora que até a direita usa barba, sugiro que se costure uma estrela vermelha na roupa dos marginais, para identificá-los. Deu certo em outros países.

Leia abaixo a carta endereçada ao jornal e a íntegra do texto publicado originalmente em O Globo:

45130557_1720850391377198_1991021833402449920_n

Os omissos

FH poderia ter dado uma cutucada no capitão anunciando seu apoio a Haddad

Quando, no futuro, escreverem a história destes dias estranhos, um capítulo inteiro — ou, vá lá, uma nota de pé de página — terá que ser sobre os omissos. Aqueles que, se esperava, iriam diretamente para a barricada anti-Bolsonaro assim que se definisse o adversário no segundo turno, e não foram, ou demoraram a ir, ou se desinteressaram pelo futuro do país e foram cuidar das suas hortas. Enfim, se omitiram. É claro, nenhum novo apoio declarado ao Haddad no segundo turno diminuiria a avalanche de votos que elegeu Bolsonaro. Mas os omissos deveriam ter pensado não na consequência imediata da sua omissão, que era livrá-los de qualquer suspeita de estarem ajudando (horror!) o PT, mas pensado em suas biografias. No fim, o ódio ao PT foi maior que o amor pela democracia.

Um dia o deputado Jair Bolsonaro lamentou publicamente que a ditadura — que, segundo ele, nunca existiu, já que o golpe de 64 foi só um movimento de tropas, como disse, incrivelmente, o ministro Toffoli, presidente, ai de nós, do Supremo Tribunal Federal —, que a ditadura, como eu dizia quando me interrompi tão rudemente, não tivesse eliminado o Fernando Henrique Cardoso quando podia. Fernando Henrique, que é um gentleman, nunca respondeu, mas bem que agora poderia ter dado uma cutucada no capitão, como represália, anunciando seu apoio a Haddad. Só se manifestou quando chamou de “inacreditável” o discurso de Bolsonaro no telão da Avenida Paulista, quando este, com a eleição garantida, anunciou uma faxina no país e o banimento do que chamou de “marginais vermelhos” do território nacional. A Marina Silva levou 15 dias para decidir quem apoiava. O Ciro Gomes, em vez de ir para a barricada, foi para a Europa.

Para não dizerem que estou de má vontade com um governo novo e cheio de planos, dou minha contribuição. Como será difícil distinguir um marginal vermelho de um cidadão normal, agora que até a direita usa barba, sugiro que se costure uma estrela vermelha na roupa dos marginais, para identificá-los. Deu certo em outros países.

 

 

Porto Alegre: 3º Congresso Latino Americano de Publicidade debate propaganda ética e social, com foco nas mudanças tecnológicas e suas consequências na relação entre marcas e consumidores; por Clarisse Ledur/O Sul

Porto Alegre: 3º Congresso Latino Americano de Publicidade debate propaganda ética e social, com foco nas mudanças tecnológicas e suas consequências na relação entre marcas e consumidores; por Clarisse Ledur/O Sul

Agenda Comportamento Comunicação Cultura Destaque

Aberto nesta quarta-feira, em Porto Alegre, o 3º Congresso Latino-Americano de Publicidade, realizado pela ALAP (Associação Latino-Americana de Publicidade), discutiu ao meio-dia o tema ética e propaganda social. Quem palestrou foi Luiz Lara, CEO da Lew’Lara/TBWA, patrono do Festival de Publicidade de Gramado de 2009 e da Edição Extra, em Nova Iorque, em 2010. Segundo ele, a propaganda mudou radicalmente nos últimos tempos, no rastro da tecnologia e do mundo digital, impondo a maior aproximação das marcas às pessoas. “Nós buscamos durante toda a vida a sensação do acolhimento, depois a sensação do pertencimento e, agregado a isso, o reconhecimento”. As marcas passam por este viés, necessitando conversar, verdadeiramente com os consumidores, com clareza de propostas e causas e somente assim conquistarão seus públicos. “Cabe aos publicitários abrir um diálogo entre marcas e pessoas, tem que entrar na vida das pessoas, com mensagens pertinentes, criativas”.

Luiz Lara abordou ainda a importância da diversidade, trazendo exemplos de mídias focadas neste tema e disse ainda que formamos consumidores antes de formarmos cidadãos e hoje a responsabilidade com a ética é enorme. “A avenida digital permite destacar o brilho da marca com mais conteúdo. Acredito na força das grandes ideias”.

Na sequência, quem tomou a palavra foi o jornalista e colunista do Meio & Mensagem, Pyr Marcondes, de São Paulo, que defendeu o maior respeito ao consumidor, no rastro da tecnologia digital, “que nos colocou em rede”. Ele acredita que a indústria da comunicação esteja hoje diante de uma grande oportunidade, que é a aproximação da marca a um número enorme de consumidores. “Jamais as marcas conseguiram antes falar com gente, tão de perto”. Segundo ele, a criatividade e a tecnologia não são excludentes, pelo contrário. “A tecnologia nos deu o poder de contarmos histórias reais como nunca. A criatividade pode ser empoderada pela tecnologia, mas sem ética e sem responsabilidade não se chega a lugar algum”.

Outro debatedor foi Zander Campos da Silva, publicitário, jornalista, advogado e escritor, de Goiânia. Ele mencionou o mundo sem fronteiras que também envolve campanhas publicitárias, como resultado do mundo também digital, e defendeu a necessidade da responsabilidade do publicitário na questão ética e social.

Homenagem

Após a explanação, o secretário-geral da ALAP, João Firme de Oliveira, fez uma homenagem ao presidente do Conselho de Administração da Rede Pampa, Otávio Gadret, que recebeu o título de Cidadão Latino-Americano das Comunicações pela sua trajetória e contribuição para o desenvolvimento do setor. Quem recebeu a distinção foi o presidente do Grupo, Alexandre Gadret. (Clarisse Ledur/O Sul)

20181024_133035-e1540408011277

Durante o evento, Otávio Gadret recebeu o título de Cidadão Latino-Americano das Comunicações pela sua trajetória e contribuição para o desenvolvimento do setor. A distinção foi entregue ao presidente do Grupo Pampa, Alexandre Gadret. Foto: Divulgação

Nelson Sirotsky fala sobre o lançamento de O Oitavo Dia. Livro escrito em conjunto com Leticia Wierzchowski terá sessão de autógrafos quarta-feira na Livraria Saraiva do Iguatemi

Nelson Sirotsky fala sobre o lançamento de O Oitavo Dia. Livro escrito em conjunto com Leticia Wierzchowski terá sessão de autógrafos quarta-feira na Livraria Saraiva do Iguatemi

Agenda Comportamento Cultura Destaque Negócios Notícias

Conversei com Nelson Sirotsky no programa BahTchê Papo desse domingo(21.10), no BahTV.  Na entrevista, o ex-presidente do Grupo RBS fala sobre a relação com o pai, Maurício Sirotsky, netos, crise com a Telefônica de Espanha, pressões políticas vindas da direita e esquerda, dupla GreNal…

Infelizmente, a obra chegou a Porto Alegre um dia antes da entrevista e ele só me deu um exemplar na hora gravação. Com isso a entrevista foi feita sem a leitura prévia, o que enriqueceria e muito o nosso “BahTchêPapo”, mas também evitou “spoiler”.

Confira:

 

A sessão de autógrafos em Porto Alegre será na quarta-feira, 24, às 18h, na Livraria Saraiva, do Shopping Iguatemi (Avenida João Wallig, 1800).

A atração semanal estreou em agosto no Canal Bah! e os programas inéditos vão ao ar sempre aos domingos, a partir das 21h, além de reprises durante a semana. A emissora está nas frequências 20 e 520 da NET e a região do Vale do Sinos pode conferir a programação nos canais 26 e 526. Além disso, a grade está disponível em tempo real no site www.bahtv.com.br.

WhatsApp remove contas de disparo em massa de fake news

WhatsApp remove contas de disparo em massa de fake news

Comportamento Destaque Tecnologia

No comunicado, a assessoria da empresa informou que foram canceladas também “centenas de milhares de contas durante o período das eleições no Brasil”. “Temos tecnologia de ponta para detecção de spam que identifica contas com comportamento anormal para que não possam ser usadas para espalhar spam ou desinformação”, acrescentou a nota.

Leia mais em Rádio Guaíba.