Fabrício Queiroz indicou enteada para gabinete de Flávio Bolsonaro, por Juliana Castro, Juliana Dal Piva, Bruno Abbud e Igor Mello/O Globo

Fabrício Queiroz indicou enteada para gabinete de Flávio Bolsonaro, por Juliana Castro, Juliana Dal Piva, Bruno Abbud e Igor Mello/O Globo

Comunicação Destaque Notícias

O deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), primogênito do futuro presidente, empregou em seu gabinete mais duas pessoas ligadas ao ex-motorista Fabrício José Carlos de Queiroz . Além da mulher e de duas filhas, o ex-assessor indicou a enteada, Evelyn Mayara de Aguiar Gerbatim, e o ex-marido da atual mulher, Márcio da Silva Gerbatim, para trabalhar no gabinete.

Leia mais no O Globo

E agora, Brasil?: Os fundamentos da era Toffoli no STF

E agora, Brasil?: Os fundamentos da era Toffoli no STF

Comunicação Destaque Notícias

O ministro Dias Toffolli , presidente do Supremo Tribunal Federal ( STF ) desde setembro, deu as diretrizes que vão nortear sua gestão à frente da mais alta corte do país nos próximos dois anos. O Judiciário, segundo ele, terá três funções fundamentais: deixar a política retomar o protagonismo na definição de políticas públicas; garantir segurança jurídica e previsibilidade para a recuperação da economia; e rechaçar ataques aos direitos fundamentais e às minorias.

Leia mais em O Globo

Fogo amigo, por Adriana Fernandes/O Estado de S.Paulo

Fogo amigo, por Adriana Fernandes/O Estado de S.Paulo

Comunicação Destaque Notícias

Faltando menos de um mês para o fim da transição, é nítida a dificuldade que o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, enfrenta para colocar as reformas na agenda política do governo Jair Bolsonaro e dos seus aliados no Congresso Nacional.

Os obstáculos têm sido colocados até mesmo pelo próprio presidente eleito e seus auxiliares mais próximos, apesar do discurso público reformista. É o velho fogo amigo alimentado por falas desencontradas em torno da reforma desde o primeiro dia da transição, logo após a vitória nas eleições. Tudo ainda de forma muito discreta.

Leia mais em O Estado de S.Paulo

Empresas pressionam por redução dos subsídios que encarecem conta de luz, por Anne Warth/O Estado de S.Paulo

Empresas pressionam por redução dos subsídios que encarecem conta de luz, por Anne Warth/O Estado de S.Paulo

Comunicação Destaque Notícias

As empresas estão pressionando para que os subsídios embutidos na conta de luz de todos os consumidores previstos para 2019 sejam menores do que os previstos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), órgão que regula o setor. A Aneel projeta R$ 21 bilhões em subsídios, mas a Associação Brasileira de Grandes Consumidores de Energia (Abrace) calcula que poderiam ser reduzidos para R$ 12,5 bilhões. A Abrace vai defender a redução na reunião da diretoria da Aneel na próxima terça-feira, quando o orçamento será votado.

Leia mais em O Estado de S.Paulo

RS: Secretaria de Portos determina retomada da dragagem no Porto do Rio Grande

RS: Secretaria de Portos determina retomada da dragagem no Porto do Rio Grande

Comunicação Destaque Notícias

Contrariando recomendação do Ministério Público Federal (MPF) para a suspensão das obras de dragagem no Porto do Rio Grande após o surgimento de lama na Praia do Cassino, a Secretaria Nacional de Portos do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil (SNP) decidiu pela continuidade dos trabalhos no complexo portuário. De acordo a Superintendência do Porto de Rio Grande (SUPRG), as duas embarcações que realizam a obra voltaram a operar ainda na noite dessa quinta-feira (13). A Secretaria de Portos considerou que a paralisação da dragagem ocasiona “evidente prejuízo na execução da obra e aos cofres públicos, sem ganho operacional ao Porto”. A pasta afirma que “não há argumentos suficientes” nos relatórios de que a operação teria relação com o aparecimento de lama na beira da praia.

Leia mais no Jornal do Comércio

Projetos aprovados após eleições deixarão fatura de R$ 41 bilhões para novo governo, por Manoel Ventura/O Globo

Projetos aprovados após eleições deixarão fatura de R$ 41 bilhões para novo governo, por Manoel Ventura/O Globo

Comunicação Destaque Notícias

Deputados e senadores deixarão uma fatura de até R$ 41 bilhões para o presidente eleito, Jair Bolsonaro, em projetos aprovados apenas após as eleições de outubro. Parte da pauta – que inclui novas despesas e renúncias de arrecadação, que vão pesar nos cofres públicos pelos próximos quatro anos – contou com apoio do governo Michel Temer.

Leia mais em O Globo

RS: Conselho Regional de Medicina Veterinária lança campanha contra o abandono de animais

RS: Conselho Regional de Medicina Veterinária lança campanha contra o abandono de animais

Comunicação Destaque Notícias

O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Sul (CRMV-RS) lançou na última semana uma campanha de conscientização contra o abandono de animais. As peças da iniciativa alertam para o abandono de diferentes espécies – como cavalos, coelhos, cães e gatos – e integram as mobilizações nacionais do “Dezembro Verde”, mês escolhido para a causa devido ao aumento nos casos de abandono durante época de férias de final de ano.

Leia mais no Jornal do Comércio

Estudo aponta que Lei Rouanet gerou impacto de R$ 50 bilhões em 27 anos; a cada R$ 1 investido, R$ 1,59 retornou para a sociedade, por Gustavo Schmitt/O Globo

Estudo aponta que Lei Rouanet gerou impacto de R$ 50 bilhões em 27 anos; a cada R$ 1 investido, R$ 1,59 retornou para a sociedade, por Gustavo Schmitt/O Globo

Comunicação Destaque Notícias

Estudo inédito da Fundação Getúlio Vargas divulgado nesta sexta-feira mostrou que a Lei Rouanet teve impacto econômico de R$ 49,8 bilhões na sociedade brasileira de 1993 para cá. Os dados foram apresentados pelo economista Luiz Gustavo Barbosa no Fórum Cultura e Economia Criativa, realizado pela revista “Exame”, em São Paulo.

Leia mais em O Globo

Volume de serviços prestados sobe 0,7% no Rio Grande do Sul, revela IBGE

Volume de serviços prestados sobe 0,7% no Rio Grande do Sul, revela IBGE

Comunicação Destaque Notícias

O volume de serviços prestados no Rio Grande do Sul avançou 0,7% em outubro em relação ao mesmo mês de 2017. O setor também registrou alta de 1,7% na comparação com setembro deste ano, de acordo com os dados da Pesquisa Mensal de Serviços, divulgados nesta sexta-feira (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na variação acumulada do ano, no entanto, o Estado contabilizou queda de 1,5%. Na média nacional, o volume de serviços prestados cresceu 0,1% na passagem de outubro para setembro e 1,5% na comparação anual.

Leia mais no Jornal do Comércio

General Floriano Peixoto será nº 2 da Secretaria-Geral de Bolsonaro

General Floriano Peixoto será nº 2 da Secretaria-Geral de Bolsonaro

Comunicação Destaque Notícias

O futuro ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, vai nomear o general Floriano Peixoto como número dois do seu ministério, de acordo com informações da jornalista Andreia Sadi. “Na secretaria executiva da Secretaria-Geral, como vice-ministro, portanto, ficará o General Floriano Peixoto”, disse Bebianno.

Leia mais em www.metropoles.com