Andiara Petterle é a representante da RBS em Oxford em seminário que discute o futuro do jornalismo

Andiara Petterle é a representante da RBS em Oxford em seminário que discute o futuro do jornalismo

Comportamento Comunicação Mundo Notícias

A fim de aprimorar o desenvolvimento das estratégias do Grupo RBS, a vice-presidente de Produto e Operações da empresa, Andiara Petterle, integrará os debates com grupos de mídia de todo o mundo de 20 à 23 de fevereiro, na segunda edição do seminário executivo “Oxford Perspectives – Envisioning the Newsroom in 2020”. O Instituto Reuters para o Estudo do Jornalismo, da Universidade de Oxford, na Inglaterra, é referência global em tendências de jornalismo, consumo de mídia e digital.

– Os temas abordados são dos mais relevantes da atualidade: o futuro da democracia como conhecemos, a relevância do jornalismo independente, as novas redações e a busca de modelos de negócios sustentáveis. Com curiosidade e coragem, acreditamos no valor do trabalho colaborativo com demais grupos de mídia no mundo para encontrar as melhores respostas para o Rio Grande do Sul – diz Andiara.

Voltado para líderes de produto, o evento conta com oito palestrantes, entre eles o presidente do Instituto Reuters e ex-editor chefe do The Guardian, Alan Rusbridger, o membro fundador da BBC News Digital, Nic Newman, e a responsável pela audiência do Financial Times, Renée Kaplan.

Um bate-papo com o advogado Marco Antônio Campos sobre “Direito, valores e fake news”

Um bate-papo com o advogado Marco Antônio Campos sobre “Direito, valores e fake news”

Comportamento Comunicação Cultura Destaque Tecnologia Vídeo

O advogado gaúcho, Marco Antônio Campos, acompanhou na semana passada em Nova York, a realização da Legaltech 2018. Mais de 3 mil advogados, juízes, estudantes e profissionais da área de tecnologia, acompanharam palestras e workshops sobre os mais diferentes temas. No evento, era possível ainda realizar compras de produtos e serviços ligados à atividade do direito, em cerca de 500 estandes. Na avaliação de Marco Antônio, – Legalweek foi o título mais amplo que a Legaltech ganhou esse ano. Conversei com ele, hoje na Rádio Guaíba baseado no artigo “Direito, valores e fake news”, escrito por ele para o jornal Zero Hora e publicado nesta quinta-feira (08.02).

Na entrevista, falamos sobre a declaração do secretário de Homeland Security do governo Obama, Jeh Johnson, que o cyberterrorismo é a maior ameaça aos EUA. Durante sua fala, o ex-homem forte da segurança interna garantiu que centenas de ataques estavam ocorrendo a órgãos de governo, infraestrutura e empresas privadas. Tratamos também da questão Fake News e Liberdade de Expressão na Era Digital. Afinal de contas, como questiona Marco Antônio Campos, em seu artigo: Como evitar as fake news sem sacrificar o valor maior da plena liberdade de expressão?

OAB/RS lança campanha para conscientizar mulheres sobre seus direitos

OAB/RS lança campanha para conscientizar mulheres sobre seus direitos

Agenda Comportamento Comunicação Destaque Direito Poder Política Segurança

O assédio sexual, realidade cotidiana do público feminino no trabalho, em casa e em todas as esferas da vida pública que as mulheres frequentam, aumenta durante o carnaval. Uma época na qual a diversão deveria imperar, as mulheres precisam continuar lutando por seus direitos. Preocupada com o aumento de casos de violência contra a mulher, que aumentam cerca de 30% nesse período, a Comissão da Mulher Advogada (CMA) da OAB/RS lançou uma campanha para estimular as denúncias contra os abusos.

Em 2017, os registros aumentaram 88% se comparado ao mesmo período do ano anterior. No carnaval passado, foram recebidas 2.132 ligações. As denúncias são recebidas no “Ligue 180”, canal que funciona como disque-denúncia. A ligação é registrada pela Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), e o relato dos casos de violência sexual é enviado diretamente para a Segurança Pública com cópia para o Ministério Público de cada estado. Mais da metade das denúncias (1.136 ou 53,4%) foram relativas à violência física, outros 671 casos (31,4%) se referem à violência psicológica.

A campanha
201802081838260 (1)Para o presidente da OAB/RS, Ricardo Breier, “a situação da violência contra a mulher no Brasil está ligada de forma intrínseca a uma base cultural”. “Um dos pilares para a mudança desse panorama é a conscientização da sociedade, o que presenciamos, cada vez mais, por meio de campanhas educativas e movimentos publicitários. No entanto, ainda estamos longe do cenário ideal”, destaca Breier.

“Para isso, continuaremos trabalhando ininterruptamente para esclarecer as leis e dar espaço cada vez maior para as advogadas, afinal, a participação da mulher, em todos os setores da sociedade, é fundamental”, conclui o presidente.

A presidente da Comissão da Mulher Advogada (CMA) da OAB/RS e membro consultora da CNMA – Comissão Nacional da Mulher Advogada do Conselho Federal da OAB, Beatriz Maria Luchese Peruffo, esclarece como “o aumento anual nos números não indica que temos mais casos, mas temos mais casos denunciados. Isso significa que as mulheres estão se fortalecendo, se conscientizando e buscando o cumprimento de seus direitos”.

“A Comissão estadual e todas as comissões da mulher das subseções se sensibilizam e trabalham no combate à violência contra a mulher”, explica Peruffo. “A campanha surge como um esforço para fomentar a sororidade e fortalecer as mulheres na busca de seus direitos”, afirma. “Todavia, apesar de o carnaval ser uma época em que reforçamos a conscientização, nós devemos manter um trabalho contínuo para garantir a saúde psicológica, moral e física da mulher”, pontua a presidente da Comissão da Mulher Advogada.

A lei está ao teu lado, mulher

Vítimas que são agarradas e beijadas à força podem fazer denúncia com base no crime de estupro, Lei 12.015/2009. A pena, nesses casos, é de seis a dez anos de prisão.

O Código Penal Brasileiro, instituído pelo Decreto-Lei nº 2.848, de 07/12/1940, prevê, portanto, penas para diversos crimes de violência que são praticados contra mulheres. Hoje, alguns dessas leis possuem enquadramento específico na Lei Maria da Penha (Lei nº 11.340/2006), que coíbe e pune a violência doméstica. Alguns exemplos:

Art. 213.  Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso: (Redação dada pela Lei nº 12.015, de 2009)

A violência psicológica é também uma recorrente denúncia das mulheres. Além de ser uma grave violação dos direitos humanos, pode produzir consequências na saúde mental e física da mulher.

Como ressalva o Artigo 7º da Lei nº 11.340: “a violência psicológica, entendida como qualquer conduta que lhe cause dano emocional e diminuição da autoestima ou que lhe prejudique e perturbe o pleno desenvolvimento ou que vise degradar ou controlar suas ações, comportamentos, crenças e decisões, mediante ameaça, constrangimento, humilhação, manipulação, isolamento, vigilância constante, perseguição contumaz, insulto, chantagem, ridicularização, exploração e limitação do direito de ir e vir ou qualquer outro meio que lhe cause prejuízo à saúde psicológica e à autodeterminação”

Seja no carnaval ou em qualquer época do ano, procure seus direitos. Ao completar a ligação para o Disque 180, você receberá o apoio e as orientações necessárias sobre as próximas etapas para resolver o seu problema. Usualmente, a denúncia é distribuída para uma entidade local, como a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM).

Facebook 

Com o mote “não precisa ser atriz de cinema para denunciar abuso”, a campanha de combate à violência contra a mulher conta com o apoio dos usuários do Facebook. Para apoiar a causa, utilize o filtro de perfil da campanha e contribua para a divulgação. O filtro é gratuito e fácil de usar: acesse aqui o link, redimensione sua imagem de perfil e salve a alteração.

Facebook afirma se mover a favor de notícia de qualidade

Facebook afirma se mover a favor de notícia de qualidade

Comunicação Cultura Direito Direito do Consumidor Economia Negócios Notícias Tecnologia

Após a decisão da Folha de deixar de publicar seu conteúdo no Facebook, a empresa de Mark Zuckerberg afirmou em nota que faz movimentos “para garantir que as notícias que as pessoas veem sejam informativas e de qualidade”. O anúncio do jornal repercutiu em veículos estrangeiros, como “The Guardian” e “The Wall Street Journal”.  A reportagem completa está na Folha de São Paulo.

Emissora renova “Suits” para a oitava temporada e confirma saída de Patrick J. Adams. Em comunicado, USA Network agradeceu o ator pelos sete anos em que esteve na série

Emissora renova “Suits” para a oitava temporada e confirma saída de Patrick J. Adams. Em comunicado, USA Network agradeceu o ator pelos sete anos em que esteve na série

Agenda Comunicação Destaque

Um dos principais títulos da USA Network, a série “Suits” foi renovada para a oitava temporada, anunciou o canal em um comunicado. A grande novidade será a ausência de Patrick J. Adams, que interpretava Mike Ross. Meghan Markle, noiva do príncipe Harry, também não retorna para os novos episódios, como já vinha sendo apontado nos últimos meses.

Além disso, a emissora confirmou que o sétimo ano da produção retornará após um hiato no dia 28 de março e seguirá na programação até 25 de abril, quando um especial de duas horas encerarrá a leva de episódios. “Após sete temporadas, ‘Suits’ continua a ser uma das séries mais queridas e populares da USA Network”, disse Chris McCumber, presidente da seção de entretenimento da empresa.

“Enquanto estamos entusiasmados com o oitavo ano, todos os Estados Unidos sentirão falta de Patrick e Meghan, e agradecem o talento e o compromisso que eles trouxeram temporada após temporada. Nós desejamos a cada um deles nada além do melhor”. Do elenco original, apenas Gabriel Match, Sarah Rafferty, Rick Hoffman e Dulé Hill (com participações especiais) estão confirmados.

Aaron Korsh, criador do título, agradeceu aos atores pelas suas “contribuições extraordinárias”. “Não só eles foram excelentes em seus papéis, mas eles também são seres humanos extraordinários que sempre serão membros amados da família e nós os desejamos o melhor nos seus dias vindouros”, comentou. “Falando sobre os próximos dias, estou incrivelmente animado para receber de volta a nossa equipe fenomenal e o elenco, que embarcaram numa montanha-russa de emoção com todos os nossos fantásticos fãs. A oitava temporada terá tudo, desde deslocamentos de alianças e jogos de poder internos, até segredos, traições e relacionamentos ardentes”, informou.

Patrick J. Adams, cujo personagem evoluiu de um criminoso de pequeno porte para uma das mentes jurídicas mais nítidas de Nova Iorque, divulgou uma declaração sobre a saída do seriado após sete temporadas. “Mike Ross me ensinou muito sobre compromisso, trabalho árduo e poder de acreditar em si mesmo e eu me sinto abençoado de que agora nós dois conseguimos sair para as vidas que nunca sonhamos que realmente teríamos a sorte de viver. Estou ansioso para agora me tornar apenas um fã de um show que eu sei que tem muito mais na vir nos próximos anos. Desejo a todos os envolvidos o melhor e estou ansioso para ver que tipo de problema os personagens vão se meter daqui para a frente”, finalizou. (Correio do Povo)

GNC Cinemas do Praia de Belas Shopping apresenta o filme “O Destino de uma Nação” na 9ª Edição do CinePsiquiatria

GNC Cinemas do Praia de Belas Shopping apresenta o filme “O Destino de uma Nação” na 9ª Edição do CinePsiquiatria

Agenda Comunicação Cultura Destaque Mundo Vídeo

Com seis indicações ao Oscar, o filme Darkest Hour (O Destino de uma Nação) será tema debate do CinePsiquiatria, que ocorre próximo dia 3 de fevereiro, às 10h30, no GNC Cinemas do Praia de Belas Shopping. A sessão comentada é realizada sempre no primeiro sábado do mês e recebe o público em geral, com 50% de desconto nos ingressos. Após a apresentação, psiquiatras convidados comentam e abrem espaço para discussão.

Sob a coordenação do Dr. Walmor Piccinini, a exibição contará com o comentário do psiquiatra convidado, o Dr. Altair Marcelo Tavares. O filme escolhido para esta nona edição tem como enredo a posse de Winston Churchill (interpretado por Gary Oldman) como Primeiro Mnistro da Grã-Bretanha. Paralelamente a este grande desafio, ele começa a costurar um tratado de paz com a Alemanha nazista que pode significar o fim de anos de conflito.

Promoção da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), Associação de Psiquiatria da América Latina (APAL) e localmente pelo Centro de Estudos Cyro Martins (CCYM), o projeto tem como objetivo promover a saúde mental, tirar o estigma da doença mental e do tratamento psiquiátrico.

SERVIÇO

CinePsiquatria: Filme Darkest Hour (O Destino de uma Nação)

Data: 3 de fevereiro, às 10h30

Sessão comentada com o psiquiatra:

– Dr. Altair Marcelo Tavares

Coordenação:

– Dr. Walmor Piccinini

Local: GNC Cinemas do Praia de Belas Shopping

Ingresso: Meia-entrada. Podem ser adquiridos pelo site www.gnccinemas.com.br ou no local

 

 

 

 

 

 

Arquivos digitais do Jornal Já são confiscados pela Justiça. Materiais foram apreendidos em razão de uma dívida de R$ 155 mil que o impresso tem com o Banrisul

Arquivos digitais do Jornal Já são confiscados pela Justiça. Materiais foram apreendidos em razão de uma dívida de R$ 155 mil que o impresso tem com o Banrisul

Comunicação Destaque

Arquivos digitais, computadores e impressoras da redação do Jornal Já foram confiscados pela Justiça na última quarta-feira, 24. A apreensão dos materiais ocorreu em razão de uma dívida de R$ 155 mil que o impresso dirigido por Elmar Bones tem com o Banrisul. Na manhã de hoje, 26, ele foi à 10ª Delegacia de Porto Alegre para fazer um Boletim de Ocorrência pela subtração dos equipamentos e arquivos dos trabalhos em andamento. Os advogados do veículo obtiveram uma liminar ordenando a devolução do material com urgência. “Não me importo muito com os materiais físicos. O que me preocupa são as informações que estavam nos computadores”, relatou Elmar em entrevista ao Coletiva.net.

Os aparatos foram retirados da redação pela oficial de Justiça Andreia Daminelli Muniz em cumprimento ao mandado de penhora por conta da dívida com o banco. No momento da apreensão, apenas o repórter Tiago Baltz estava no local e Elmar estava acompanhando o julgamento do ex-presidente Lula no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) quando foi notificado. “Deixei o prédio para resolver, no entanto a oficial não esperou minha chegada”, contou. De acordo com Elmar, os bens confiscados foram avaliados em R$ 3.750 no próprio auto de penhora.

O diretor do impresso falou ao portal que não foi avisado pelo defensor público que responde pelo veículo sobre a presença da oficial de Justiça. Entretanto, a 1ª Vara Cível do Foro Central de Porto Alegre, onde tramita o processo, publicou uma nota de expediente informando as partes envolvidas no caso quanto à visita. Por volta das 11h da quarta-feira, Andreia Muniz chegou à redação do Já no segundo andar do prédio da Associação Riograndense de Imprensa (ARI), acompanhada do supervisor da agência Bom Fim e preposto do Banrisul, Lefebvre Luz de Saboya; do advogado de um escritório de cobrança terceirizado João Pedro Torves, e um funcionário cujo nome não ficou registrado pelo jornal. O trio portava um mandado para penhora de bens “quantos bastem para garantir a dívida e demais cominações legais”. A reportagem completa está no Coletiva.net .

MBL projeta pedido de prisão de Lula em prédio a 300 metros do TRF4

MBL projeta pedido de prisão de Lula em prédio a 300 metros do TRF4

Cidade Comunicação Destaque Poder Política Porto Alegre Prédio Tecnologia

Os ativistas políticos do MBL realizaram  na noite desta segunda-feira, uma ação nas imediações do Tribunal Regional Federal, em Porto Alegre. Munidos de projetor laser, eles escreveram “Lula Preso”, nas paredes do Centro Administrativo do Estado. O local fica a 300 metros do TRF 4 e a 600 metros do Anfiteatro Pôr do Sol, local do acampamento de apoiadores de Lula.

Dilma fala que Lava Jato foi distorcida e critica politização do Judiciário

Dilma fala que Lava Jato foi distorcida e critica politização do Judiciário

Agenda Comunicação Destaque dilma Direito Poder Política Porto Alegre Vídeo

 

A ex-presidente Dilma Rousseff disse acreditar que a Operação Lava Jato tenha sido distorcida. Antes, uma ação de combate à corrupção e ao desvio de dinheiro público e agora uma “perseguição política”. Dilma, que concedeu entrevista ao jornalista e colunista do Correio do Povo, Juremir Machado da Silva, afirmou que a politização do Judiciário é perigosa. “Dependendo da situação, eu posso entrar no radar da perseguição política.”

Para ela, é isso o que vem acontecendo com o ex-presidente Lula, que na próxima quarta vai ter um recurso julgado no TRF4. Lula foi condenado em 1ª instância pelo juiz Sérgio Moro no caso do triplex do Guarujá.

“O fato é que desde o começo de 2017, quando o Lula sai do julgamento da mídia e passa para o da Justiça, saber do que é acusado, o fato da gente recorrer a instâncias internacionais e mostrar que o triplex estava sob júdice, tudo isso demonstra essa distorção da Lava Jato”, afirmou.

Dilma espera que os desembargadores responsáveis por julgar o petista interrompam o que chamou de desequilíbrio gravíssimo, que é o uso político da Justiça. “A força da vontade te conduz para a esperança e a força da razão te conduz para o pessimismo. Sou capaz de perceber que talvez seja improvável isso, talvez eles possam se iluminar”. (Correio do Povo)

 

Porto Alegre: Antonio Villeroy, Bebeto Alves, Gelson Oliveira e Nelson Coelho De Castro apresentam JUNTOS VOLVER nesta quarta-feira no Sgt Peppers

Porto Alegre: Antonio Villeroy, Bebeto Alves, Gelson Oliveira e Nelson Coelho De Castro apresentam JUNTOS VOLVER nesta quarta-feira no Sgt Peppers

Agenda Cidade Comunicação Cultura Destaque Porto Alegre Vídeo

Pelo quarto ano consecutivo, o quarteto de cantautores realiza sua temporada de verão no Sgt Peppers. Cada ano uma temática, cada verão um show diferente. Em 2018 o tema é Volver. “ O tempo e a travessia. Estas são as palavras sínteses da história de 20 anos do encontro destes quatro consagrados cantautores que estreiam em janeiro  seu mais novo show.
Volver é o nome espetáculo. Volver para revolver. Volver para desprovinciar. Volver para despir o rito. Volver para fraturar o pretérito presente. Volver para apropriar o futuro. As canções que fazem parte do roteiro contemplam estas
ideias. Os show vão rolar todas quartas feiras de janeiro. No repertório do show canções de cada um dos artistas, como Tira Mancha (ambas de Bebeto), Vestido Azul e Literatura Brasileira (do Gelson), Tocar-te e
Pátria Mãe (do Nelson), Tolerância (Antonio e Ana Carolina) e As Quatro Direções do Céu (Antonio), além das parcerias compostas pelos quatro, como Ouro Sol Amarelo Verão e Borogodó dos Cafundó, e também músicas de outros
compositores, como Volver a Los 17 (Violeta Parra), Soy Loco Por Ti América (Caetano Veloso e Capinan), Solo Pido a Diós (León Gieco) e Aquarius (James Rado, Gerome Ragni e Galt MacDermot), tema do filme Hair de Milos Forman.
O DVD comemorativo de 20 anos do projeto Juntos, gravado no mês de agosto passado no Theatro São Pedro, com direção de René Goya, será lançado no primeiro semestre de 2018.
JUNTOS Volver
Temporada de Verão no Sgt Peppers
Rua Quintino Bocaiúva 256
Dias 17, 24 e 31 de janeiro
21h30
Ingressos: R$ 50
Reservas: 992.46.77.80

 

#SouFã