Saúde: Projeto Coração Valente retoma atividades com mais de 120 crianças de escola estadual

Saúde: Projeto Coração Valente retoma atividades com mais de 120 crianças de escola estadual

Crianças Destaque Educação Saúde

Mais de 120 alunos, entre 6 e 15 anos, da Escola Estadual Professor Olintho de Oliveira, será beneficiados com o Projeto Coração Valente. Os estudantes realizarão exames para prevenção de doenças cardiovasculares. A iniciativa, desenvolvida pela Sociedade de Cardiologia do RS e a Fundação Sol, conta com o apoio do ex-técnico da Seleção Brasileira, Dunga, como embaixador do projeto. O diretor da SOCERGS, Marcelo Rava Campos, é o cardiologista responsável pela ação, que deve durar, em média, duas semanas. O médico Belmonte Marrroni, presidente da FunSol, responde pela realização  dos  exames de eletrocardiograma e dos laudos.

A proposta é desenvolver a cultura da prevenção ao risco para eventos cardiovasculares e sensibilizar a sociedade para maior atenção a morte súbita cardíaca, incluindo a formulação de mudanças de atitude, comportamento e legislação em referência ao tema. A anamnese, os dados do exame físico e o eletrocardiograma serão avaliados por médicos cardiologistas e ficarão à disposição dos pais ou responsáveis legais, em laudo lacrado. Na identificação de casos suspeitos ou definidos de alteração cardiovascular, haverá seguimento investigativo e terapêutico, com a participação de parceiros do projeto, visando a confirmação ou exclusão de diagnósticos cardiológicos, definição do possível tratamento e orientação para a saúde plena da criança.

Paralelamente ao trabalho de avaliação clínica, serão ministradas palestras sobre fatores de risco para doenças cardiovasculares e hábitos de vida saudáveis. Para os jovens do ensino médio, será oferecida a oportunidade de realizarem treinamento em manobras de ressuscitação cardiopulmonar e tomada de atitude frente a situações emergenciais.

 

 

SERVIÇO:

 

O quê: Projeto Coração Valente

Quando: Terça, dia 16

Horário: 8h30

Onde: Escola Estadual Professor Olintho de Oliveira (R. da República, 635 – Cidade Baixa, Porto Alegre)

 

Porto Alegre: Pilotos da Stock Car visitam pacientes do Instituto do Câncer Infantil

Porto Alegre: Pilotos da Stock Car visitam pacientes do Instituto do Câncer Infantil

Cidade Crianças Destaque Esporte Porto Alegre Saúde Tecnologia Trabalho

Crianças assistidas pelo Instituto do Câncer Infantil, que estão em tratamento na oncologia pediátrica do Hospital Criança Conceição, receberam uma visita da Blau Motorsport, equipe da Stock Car. Os pilotos Cesar Ramos (RS) e Allam Khodair (SP) participam da primeira etapa da temporada 2019 do campeonato, que acontecerá no dia 7 de abril na Capital. A equipe geralmente promove uma ação em hospitais infantis e desta vez, a entidade escolhida foi o Instituto do Câncer Infantil. Foram distribuídos brindes para as crianças, como bonés oficiais da equipe autografados.

Recentemente a ala do hospital foi reformada, um projeto de ambientação e humanização, obra realizada com recursos arrecadados do projeto McDia Feliz – parceria do ICI com o Instituto Ronald McDonald’s, em conjunto com outros parceiros. O novo espaço conta com 380 m² e contempla algumas das intervenções propostas pelos funcionários e familiares com espaços que identificam a faixa etária dos pacientes.

IMG_4824
Cesar Ramos (RS) e Allam Khodair (SP)

Além disso, o ambiente está mais colorido e lúdico, aos moldes da sede do Instituto do Câncer Infantil. Foram trocados revestimentos, metais e louças dos banheiros, piso de toda a unidade, pintura geral, novas camas leito, instalações (ar condicionado, elétrica, hidrossanitária), móveis e criados novos espaços como sala de lanches e sanitário para os funcionários.

Criado em 1991, o Instituto do Câncer Infantil é uma organização sem fins lucrativos que atua para aumentar as chances de cura do câncer infantojuvenil. Referência na assistência de crianças e adolescentes com câncer, proporciona todo o auxílio necessário para a continuidade do tratamento. Através do ICI, os pacientes contam com apoio pedagógico, psicológico, nutricional, odontológico e exames especiais. Suas famílias também recebem apoio assistencial com auxílios de vestuário, calçados e alimentos. O ICI também desenvolve projetos de Pesquisas Científicas dedicados ao avanço de novos tratamentos para o câncer infantojuvenil.

Atualmente, são 109 pacientes do Hospital Criança Conceição assistidos pelo Instituto do Câncer Infantil. Assim como a Ambientação e Humanização da Oncologia Pediátrica do hospital, a nova sede do Instituto do Câncer Infantil, inaugurada em 2016, também foi construída com recursos adquiridos do projeto McDia Feliz. Entre 2017 e 2018 a ação por parte do ICI arrecadou R$ 606.965,90 em venda de tíquetes para a compra de hambúrgueres nos estabelecimentos participantes.

 

 

Programa Criança Feliz é finalista no prêmio Wise; por Ana Paula Lisboa/Correio Braziliense

Programa Criança Feliz é finalista no prêmio Wise; por Ana Paula Lisboa/Correio Braziliense

Agenda Crianças Destaque

O programa Criança Feliz, criado em 2015, é o único finalista brasileiro do prêmio do World Innovation Summit for Education (Wise) de 2019, grande cúpula de educação que ocorre no Qatar. O programa de visitas domiciliares voltado para o desenvolvimento da primeira infância tem o intuito de quebrar o ciclo da pobreza e reduzir a desigualdade no Brasil. A iniciativa é coordenada pelo Ministério de Cidadania e também foi destaque no Fórum Global de Educação e Habilidades em Dubai em 2019. O Criança Feliz já beneficiou 457.830 crianças e 84.756 mulheres grávidas em apenas quatro anos. O Wise anunciou 15 finalistas para a premiação de 2019. A entidade promove boas práticas da educação mundial e, além das cúpulas realizadas a cada dois anos, promove premiações que se tornaram referência mundial em novos enfoques educativos, oferecendo maior visibilidade aos ganhadores e novas possibilidades de colaboração. Todos os anos, projetos inovadores ao redor do mundo são reconhecidos e promovidos.

Leia mais no Correio Braziliense.

Turismo & Tecnologia: Canela ganha uma aplicativo inovador. O Guia de Canela desenvolvido por Sandra Pecis, Marina Gil e Ilana Bonder  traz inovações e roteiros personalizados para os cerca de 5 milhões de visitantes da cidade serrana

Turismo & Tecnologia: Canela ganha uma aplicativo inovador. O Guia de Canela desenvolvido por Sandra Pecis, Marina Gil e Ilana Bonder traz inovações e roteiros personalizados para os cerca de 5 milhões de visitantes da cidade serrana

Cidade Crianças Cultura Destaque Direito do Consumidor Economia Negócios Notícias Tecnologia Trabalho Turismo
1445608432
Canela oferece tranquilidade, hospitalidade, compras, opção de lazer, gastronomia, belezas naturais, parques, matas nativas e turismo aventura.

A cidade de Canela ganhou essa semana um aplicativo para smartphones. Desenvolvido pela jornalista Sandra Pecis, pela empresária Marina Gil e pela webdesigner Ilana Bonder para a Prefeitura Municipal da cidade, o Guia de Canela traz uma série de inovações e roteiros personalizados para os visitantes da Serra gaúcha, que em 2018, ultrapassaram a marca de 5 milhões de pessoas. “Quando pensamos no aplicativo, vínhamos de uma constatação: a Internet está cheia de informações desencontradas sobre Canela, que confundem os visitantes. Com tanta informação disponível, no que confiar?”, comenta Sandra Pecis, que apostou em um produto interativo e no conteúdo com sabor local.

A ideia de oferecer gratuitamente um produto inovador contou com a receptividade do secretário de Turismo Ângelo Sanches e do prefeito Constantino Orsolin, que agora vão investir na divulgação do aplicativo, seguros de ter nas mãos um grande diferencial.

A ideia de facilidade de uso foi a base do projeto criado por Ilana Bonder, baseada em Nova York, onde cursa o último semestre do mestrado em Tecnologia e Arte Digital Interativa da New York University. “Criei um modelo de navegação para auxiliar o usuário a descobrir todas as funcionalidades do produto. E como o grande diferencial do aplicativo é a qualidade e o sabor local do conteúdo, o foco foi facilitar esse entendimento e a exploração de cada seção proposta”, explica Ilana. Criadora do tradicional Festival de Bonecos e hoje diretora do jornal Nova Época de Canela, Marina Gil, resume: “O visitante se sentirá como se estivesse acompanhado de um guia local”. Para Marina, o guia é um presente da gestão município para toda a comunidade canelense pois beneficia o turismo e todo o seu entorno.

O aplicativo Guia de Canela é gratuito e pode ser encontrado para download na Google Play para usuários de smartphones Android e na Apple Store para IPhones.

1445608357
Canela oferece tranquilidade, hospitalidade, compras, opção de lazer, gastronomia, belezas naturais, parques, matas nativas e turismo aventura.

 

Mais de 100 suspeitos de divulgar pornografia infantil foram presos. Entre os detidos estão policiais e profissionais da saúde

Mais de 100 suspeitos de divulgar pornografia infantil foram presos. Entre os detidos estão policiais e profissionais da saúde

Cidade Crianças Direito Notícias Tecnologia Trabalho
Ao menos 106 suspeitos de cometer crimes de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes na internet já tinham sido presos até as 11h30 de hoje (28), na quarta fase da Operação Luz na Infância. As ações ainda estão em andamento e o número deve mudar ao longo do dia.

Além das detenções, policiais civis dos 26 estados e do Distrito Federal estão cumprindo 266 mandados judiciais de busca e apreensão em endereços ligados aos investigados, em todo o país.

A produção, guarda e disseminação de material digital contendo cenas de pornografia infantil foram identificadas por equipes do Laboratório de Inteligência Cibernética, da recém-criada Secretaria de Operações Integradas, do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

O coordenador do Serviço de Inteligência do Ministério da Justiça, Alessandro Barreto, durante coletiva de imprensa sobre a  Operação Luz da Infância 4.
O coordenador do Serviço de Inteligência do Ministério da Justiça, Alessandro Barreto. Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil

Segundo o coordenador do laboratório, delegado Alesandro Barreto, a maioria dos presos é do sexo masculino, tem entre 19 e 29 anos e vive em estados da Região Sudeste. Os suspeitos pertencem a diferentes classes sociais. Já entre as vítimas, há crianças a partir dos 2 anos de idade.

“São crianças que são abusadas por parentes, por pessoas próximas. Nas operações anteriores, vimos que a parte mais importante deste trabalho é identificar vítimas e tirá-las da situação de abuso e exploração”, disse Barreto, destacando a capacidade das polícias estaduais e Federal de identificarem quem comete crimes cibernéticos.

Internet não é território sem lei

“Há uma impressão de que a internet é um território sem lei, mas as polícias dos estados estão sendo capacitadas para buscar as evidências neste ambiente. E a operação de hoje é uma demonstração de que as polícias estão cada vez mais aptas a identificar os autores de crimes neste ambiente.”

A pena para quem armazena esse tipo de conteúdo varia de um a quatro anos de prisão. Já quem o compartilha pode ser condenado à pena de de três a seis anos de cárcere. A produção de conteúdo relacionado aos crimes de exploração sexual de crianças e adolescentes pode ser punida com quatro a oito anos de detenção. Somadas, as três primeiras fases da Operação Luz na Infância resultaram em mais de 400 prisões e instauração de vários inquéritos.

“Ocorrem verdadeiros absurdos no ambiente online e estamos identificando algumas pessoas que, em tese, são acima de qualquer suspeita, pois não têm antecedentes [criminais], nem nada. Já foram presos policiais, profissionais que tratam com crianças e da área de saúde”, afirmou Barreto.

Mais de 1,5 mil policiais civis participam da nova fase, deflagrada nas primeiras horas da manhã de hoje, em todo o país. Após destacar a dificuldade da coleta de provas capazes de responsabilizar os investigados, o coordenador do Laboratório de Inteligência Cibernética destacou a importância dos pais estarem atentos às atividades dos filhos na internet.

“Nós falamos para nossos filhos não falarem com estranhos na rua. Precisamos ter este mesmo cuidado com o ambiente online. É importante que os responsáveis legais orientem as crianças e denunciem [os casos suspeitos] pelos canais digitais, às delegacias de proteção ou pelo Disque 100 para que as polícias possam identificar esses criminosos”, defendeu o delegado.

Novas ações

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou que operações semelhantes voltarão a ser realizadas.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, fala sobre a  Operação Luz da Infância 4, que cumpre mandados de busca e apreensão contra acusados de crimes de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes na internet.
O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil

“A operação revela os propósitos da criação da Secretaria de Operações Integradas, com todo o poder de coordenação e operações entre as polícias estaduais; entre as polícias estaduais e federais e entre as forças federais”, comentou o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. “Já foram feitas operações semelhantes a esta no passado, mas não com esta envergadura. Certamente, vamos realizar novas ações desta espécie”, acrescentou o ministro.

De acordo com o ministro, as investigações vão continuar e, a partir da análise do material apreendido, será possível identificar a eventual rede de conexões existente entre os investigados e outros internautas.

“Este é um crime muito grave e que nos traz um desgosto por atingir muito fortemente a nossa infância e adolescência”, acrescentou Moro, garantindo que as autoridades não vão tolerar as práticas criminosas.

“É importante realizarmos esta operação cumprindo todos os mandados numa mesma data porque, assim, mandamos um recado claro: este tipo de crime não pode ser tolerado”, afirmou Moro. ( Agência Brasil)

Porto Alegre: O final de semana é de Toquinho no Theatro São Pedro. Músico faz show e confere estreia nacional  do musical Casa de Brinquedos

Porto Alegre: O final de semana é de Toquinho no Theatro São Pedro. Músico faz show e confere estreia nacional do musical Casa de Brinquedos

Agenda Cidade Crianças Cultura Destaque Direito do Consumidor Música Porto Alegre Turismo

O cantor, compositor e violonista Toquinho desembarca no Theatro São Pedro neste fim de semana por dois motivos muito especiais. O músico vem aPorto Alegre para assistir à estreia nacional do musical infantil Casa de Brinquedos, inspirado no mais importante e premiado trabalho de sua carreira, e aproveitará a passagem pela cidade para fazer um show especial em comemoração aos seus mais de 50 anos de estrada.

A curta temporada de apresentações do musical infantil Casa de Brinquedos será de 29 a 31 de março. As primeiras sessões ocorrem nesta sexta-feira, às 10h, 14h10 e 16h, e serão fechadas para escolas. As apresentações abertas para o público serão sábado e domingo, às 16h. Já o show Toquinho 50 Anos, que reúne grandes sucessos da carreira do músico, acontecerá no sábado à noite, às 21h. Os ingressos para as atrações estão à venda emwww.teatrosaopedro.com.br e na bilheteria do Theatro São Pedro.

 

Casa de Brinquedos
Musical Casa de Brinquedos, inspirado na obra homônima do cantor, estreia em Porto Alegre. Foto: Mariana Machado

SOBRE O MUSICAL CASA DE BRINQUEDOS

Com músicas de Toquinho e Mutinho, o espetáculo realizado pela Script Produções tem texto e direção de Carla Candiotto, cenário e figurino de Kleber Montanheiro, luz de Wagner Freire e direção musical e arranjos vocais de Daniel Tauszig. Com 60 minutos de duração e sete atores em cena cantando ao vivo, a peça dosa na mesma medida texto e música. Foram selecionadas sete das onze canções do disco para integrar o musical, entre elas AquarelaO CadernoA BailarinaO Robô, entre outras.

 

Para dar vida às canções e encenar o espetáculo, a diretora Carla Candiotto (prêmios APCA e Coca-Cola Femsa) foi buscar na história a origem desses brinquedos. A proposta do musical é estimular a criatividade, passando a importância e o significado da alma de cada brinquedo de forma irreverente e divertida.

 

Divertido e atual, o texto do espetáculo foi criado pela diretora durante os ensaios. A montagem tem o estilo característico de Carla Candiotto (criadora da premiada Cia Le Plat du Jour, ao lado de Alexandra Golik) – rápidas movimentações em cena, corre-corre, luta e bordões que marcam cada personagem. A paixão pela turma, a linguagem do rap e brincadeiras de quente e frio ajudam a deixar o espetáculo identificado com o universo da garotada.

 

SOBRE O SHOW TOQUINHO 50 ANOS

O espetáculo inicia com Toquinho e seu inconfundível violão, transformando a cena numa sala de visitas, tocando canções que o acompanham desde a infância, que sempre cantou entre amigos. Desta forma, vai interpretando trechos de canções que ele curtia muito em sua meninice, tudo de maneira muito natural; vai definindo alguns blocos num roteiro emocional, sem preocupação didática ou cronológica.

 

Inspirado na vocação e no amor à música homenageia mitos de sua adolescência, que vieram a se transformar em amigos: Tom Jobim, com os clássicos Este seu olharCorcovadoEu sei que vou te amarSe todos fossem iguais a vocêBaden Powell, com Berimbau, e seu grande mestre Paulinho Nogueira, comBachianinha n.º 1. As amizades e parcerias também estão presentes nas canções que fez com Mutinho (Escravo da alegriaO Caderno), e também comJorge Ben Jor, na interpretação de Que Maravilha, seu primeiro sucesso.

 

Toquinho não se esquece do universo infantil; seu talento e sua capacidade de dialogar com as crianças estão presentes em A Bicicleta e A Casa, e encerra o espetáculo com os grandes sucessos que fez com Vinicius de Moraes, incluindo nesse final o grande sucesso Aquarela. Uma síntese dessa criativa parceria de 10 anos.

 

São fragmentos saborosos de 50 anos de talento, virtuosismo, amizades, parcerias, shows e discos pelo Brasil e pelo mundo. Construindo histórias, colocando à prova sentimentos, vivenciando euforias, encontros e solidões, fazendo, todavia, prevalecer sempre a alma transformadora do artista a congregar em torno de sua música a admiração de adultos e crianças, seduzidos pela sua perseverança em ser feliz.

 

É essa felicidade que Toquinho leva ao palco, entrelaçado a seu violão, de quem se tornou irmão e amigo, até confundirem-se em madeira e pele, cordas e coração.

 

SERVIÇO

CASA DE BRINQUEDOS

Sessões abertas ao público: dias 30 e 31 de março, sábado e domingo, às 16h

Theatro São Pedro (Praça Mal. Deodoro, s/n – Centro Histórico – Porto Alegre/RS)

 

Ingressos:

Galeria: R$ 40,00 (inteiro) / R$ 20,00 (meia-entrada)

Camarote Lateral: R$ 60,00 (inteiro) / R$ 30,00 (meia-entrada)

Camarote Central: R$ 70,00 (inteiro) / R$ 35,00 (meia-entrada)

Plateia: 80,00 (inteiro) / R$ 40,00 (meia-entrada)

Cadeiras Extras: R$ 80,00 (inteiro) / R$ 40 (meia-entrada)

 

SERVIÇO

TOQUINHO – 50 ANOS

Dia 30 de março, sábado, às 21h

Theatro São Pedro (Praça Mal. Deodoro, s/n – Centro Histórico – Porto Alegre/RS)

 

Ingressos:

Galeria: R$ 80,00 (inteiro) / R$ 40,00 (meia-entrada)

Camarote Lateral: R$ 160,00 (inteiro) / R$ 80,00 (meia-entrada)

Camarote Central: R$ 200,00 (inteiro) / R$ 100,00 (meia-entrada)

Plateia: 240,00 (inteiro) / R$ 120,00 (meia-entrada)

Cadeiras Extras: R$ 240,00 (inteiro) / R$ 120,00 (meia-entrada)

 

VENDAS PARA OS ESPETÁCULOS

– Online: www.teatrosaopedro.com.br

– Bilheteria do Theatro São Pedro: de segunda a sexta-feira, das 13h até o horário de início dos espetáculos. Quando não há espetáculo, das 13h às 18h30. Nos sábados e domingos, das 15h até o horário de início dos espetáculos.

 

Descontos*:

50% para associados da AATSP

50% para estudantes, jovens de baixa renda e pessoas com deficiência
50% para idosos

50% para associados titulares Clube do Assinante ZH e um acompanhante

*mediante apresentação de documentos que comprovem o direito ao benefício

 

Mais informações para o público:

(51) 3227.5100 / 3227.5300 com a equipe do Theatro São Pedro

Porto Alegre terá Torneio de Futebol de Mesa neste sábado

Porto Alegre terá Torneio de Futebol de Mesa neste sábado

Agenda Cidade Comunicação Crianças Esporte Notícias

Tradicional evento da Semana de Aniversário de Porto Alegre, o Torneio de Futebol de Mesa terá mais uma edição neste sábado, 30, a partir das 9h, no Ginásio Lupi Martins (Av. Arnaldo Bohrer, 320 – Teresópolis). Até o momento, 80 jogadores se inscreveram para o torneio que integra o calendário da Liga Gaúcha de Futebol de mesa.

O evento é promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esporte, por meio da Diretoria de Esporte, Recreação e Lazer.

“Apesar da competição dos games eletrônicos, o futebol de mesa mantém a tradição na cidade com boa qualidade e quantidade de praticantes. Seguimos a regra gaúcha do jogo e teremos as séries ouro, prata e infantil, com incentivo para uma nova geração de jogadores”, informa o coordenador do evento, Cláudio Miranda.

Regra Gaúcha – o diferencial das regras é o tamanho do tablado e do botão. No Rio Grande do Sul é usado um campo de 1,8m. Cada equipe possui 10 botões e um goleiro (única peça retangular). A partida tem duração de 30 minutos, dividida em dois tempos.

Porto Alegre: Parceria viabiliza aulas de música para crianças e adolescentes

Porto Alegre: Parceria viabiliza aulas de música para crianças e adolescentes

Agenda Cidade Crianças Cultura Destaque Educação Marchezan Política Porto Alegre Prédio prefeitura

Crianças e adolescentes de 6 a 17 anos terão aulas gratuitas de música. Os cursos serão lançados na quarta-feira, 27, às 9h, na rua da República, 635, bairro Cidade Baixa. A programação faz parte das atividades da Secretaria Municipal da Cultura (SMC) na Semana de Porto Alegre.

Serão oferecidas aulas de flauta doce, flauta transversal, violino, viola, violoncelo, piano, canto coral, teoria e percepção musical. Os adolescentes podem permanecer até completar o seu processo de formação. Os cursos ocorrem no Centro Cultural Multimeios Restinga, na avenida Ricardo Leônidas Ribas, 75, bairro Restinga, e na sede da Coordenação de Música da Secretaria Municipal da Cultura, na rua da República, 635, bairro Cidade Baixa.

Porto Alegre, RS 25/03/2019: O casarão da Rua da República construído em 1919  e recuperado através de parcerias, com destaque para a empresa Solartex, irá  receber aulas de piano financiadas pelo presidente de Fundação Bienal do Mercosul, Gilberto Schwartsmann. Foto: Henry Ventura/Divulgação SMC PMPA
O casarão da Rua da República construído em 1919 e recuperado através de parcerias, com destaque para a empresa Solartex, irá receber aulas de piano financiadas pelo presidente de Fundação Bienal do Mercosul, Gilberto Schwartsmann. Foto: Henry Ventura/SMC PMPA

As aulas serão ministradas pelo Instituto Popular de Arte e Educação (Ipdae). Os alunos deverão seguir o programa e realizar provas teóricas e práticas semestralmente para uma banca de professores. O aluno não pode reprovar e faltar mais de uma vez, sob pena de perder a vaga. Os instrumentos serão disponibilizados pelo Ipdae aos alunos em sistema de comodato. O financiamento das aulas é do presidente da Bienal do Mercosul, Gilberto Schwartsmann, que também doou, em novembro do ano passado, um piano Essenfelder ao Centro Cultural Multimeios Restinga.

Ipdae – Criado em abril de 1998, o Instituto é uma organização que proporciona a jovens acesso à leitura, música, arte e cultura. O Ipdae é composto pelo Museu Comunitário da Lomba do Pinheiro, pela Biblioteca Leverdógil de Freitas e pela Escola de Música Joan e Donald Sandberg. Fundada em 2006, a escola de música oferece gratuitamente cursos de flauta doce, flauta transversal, violino, viola, violoncelo, piano, canto coral, teoria e percepção musical, formando a Orquestra Jovem. A escola também mantém a Orquestra Infanto-juvenil, a Orquestra de Flautas Transversas, o Grupo Lux Sonora, o Conjunto de Flautas Doce “In Nomine” e os Coros Infantil e Infanto-Juvenil. A importância do Ipdae foi reconhecida pelo Prêmio Funarte do Ministério da Cultura de Apoio a Orquestras Jovens, em 2015, e pela Medalha Cidade de Porto Alegre, oferecida pela Prefeitura de Porto Alegre, em 2018.  Não haverá critérios de seleção. As vagas serão preenchidas por ordem das inscrições. Informações sobre inscrições podem ser obtidas pelo telefone (51) 3289 8166 ou pelo email cm@smc.prefpoa.com.br.

Locais das aulas

Rua da República – O casarão reformado por meio de parcerias já abriga a sede da Coordenação de Música da SMC e a Banda Municipal. O prédio pertencia originalmente à família do comendador José Baptista Soares da Silveira e Souza, açoriano vindo da ilha de São Jorge para o Sul do Brasil no século 19. A posse do imóvel foi transferida ao Estado do Rio Grande do Sul em junho de 1969, quando foi instalado o colégio Olintho de Oliveira.

Em 1983, o imóvel foi doado pelo governo estadual para a prefeitura. Embora não seja tombado, o imóvel está inventariado na Equipe do Patrimônio Histórico e Cultural de Porto Alegre, dentro do critério de estruturação, o que determina a preservação de suas principais características arquitetônicas, como fachadas, esquadrias e cobertura.
Centro Cultural Multimeios Restinga – O Centro Cultural Multimeios Restinga ocupa o antigo Estúdio Multimeios, que foi reformado e passou para a administração da Secretaria Municipal da Cultura, em parceria com a Procempa e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esporte. Adaptado para as novas atividades, o novo Centro Cultural Multimeios Restinga conta também com centro de informática, biblioteca e espaço para exposições.

 

 

Serviço

Lançamento aulas de música

Quarta-feira, 27, 9h

Rua da República, 635, bairro Cidade Baixa

 

Casa de Brinquedos: Musical Infantil inspirado na obra de Toquinho tem estreia nacional em Porto Alegre.  Apresentações acontecem dias 29,30 e 31 de março noTheatro São Pedro

Casa de Brinquedos: Musical Infantil inspirado na obra de Toquinho tem estreia nacional em Porto Alegre. Apresentações acontecem dias 29,30 e 31 de março noTheatro São Pedro

Agenda Cidade Crianças Cultura Destaque

O mais importante e premiado entre todos os trabalhos musicais do violonista, cantor e compositor Toquinho para o universo infantil, o CD Casa de Brinquedos (interpretado por grandes nomes da Música Popular Brasileira, como Simone, Chico Buarque, MPB4, Toquinho, entre outros) virou espetáculo musical. A estreia nacional da montagem será em Porto Alegre, no palco do Theatro São Pedro, com curta temporada de 29 a 31 de março. As primeiras sessões ocorrem na sexta-feira, às 10h, 14h10 e 16h, e serão fechadas para escolas. Os agendamentos e compras de pacotes podem ser feitos pelo e-mail contato@littlejohn.art.br. Para sábado e domingo, às 16h, o público já pode garantir seus ingressos em www.teatrosaopedro.com.br e na bilheteria local.

Com músicas de Toquinho e Mutinho, o espetáculo realizado pela Script Produções tem texto e direção de Carla Candiotto, cenário e figurino de Kleber Montanheiro, luz de Wagner Freire e direção musical e arranjos vocais de Daniel Tauszig. Com 60 minutos de duração e sete atores em cena cantando ao vivo, a peça dosa na mesma medida texto e música. Foram selecionadas sete das onze canções do disco para integrar o musical, entre elas Aquarela, O Caderno, A Bailarina, O Robô, entre outras.

É vasta e importante a obra de Toquinho dedicada às crianças. Os trabalhos do violonista, cantor e compositor voltados ao público infantil foram criados a partir da década de 80, quando Vinicius de Moraes pediu ao parceiro que musicasse seus poemas do livro Arca de Noé. Resultaram desse trabalho os discos Arca de Noé 1 e Arca de Noé 2, lançados pela gravadora Ariola, em 1980 e 1981, respectivamente. Em 1983, veio Casa de Brinquedos, onde os brinquedos ganham vida, e viram personagens que falam por meio de seus intérpretes. A Bicicleta é Simone, O Robô é o Tom Zé, O Aviãozinho é o próprio Toquinho. O Caderno é o Chico Buarque, Paulinho Boca de Cantor, Carlinhos Vergueiro, Baby Consuelo, Cláudio Nucci e Roupa Nova também participam.

Para dar vida às canções e encenar o espetáculo, a diretora Carla Candiotto (prêmios APCA e Coca-Cola Femsa) foi buscar na história a origem desses brinquedos. A proposta do musical é estimular a criatividade, passando a importância e o significado da alma de cada brinquedo de forma irreverente e divertida.

Divertido e atual, o texto do espetáculo foi criado pela diretora durante os ensaios. A montagem tem o estilo característico de Carla Candiotto (criadora da premiada Cia Le Plat du Jour, ao lado de Alexandra Golik) – rápidas movimentações em cena, corre-corre, luta e bordões que marcam cada personagem. A paixão pela turma, a linguagem do rap e brincadeiras de quente e frio ajudam a deixar o espetáculo identificado com o universo da garotada.

 

FICHA TÉCNICA
Canções: Toquinho e Mutinho

Texto e Direção: Carla Candiotto

Elenco: Bel Nobre, Caio Merseguel, Carolina Rocha, Fabiano Medeiros, Flavia Strongolli, Gabriel Eblingee e Igor Miranda

Direção Musical e Arranjos Vocais: Daniel Tauszig

Preparação corporal e Coreografia: Fabrício Licursi

Cenografia: Kleber Montanheiro

Figurino e Adereços: Kleber Montanheiro

Cenotécnico: Alício Silva

Iluminação: Wagner Freire – Armazém Da Luz

Direção de Produção: Marlene Salgado Assistência de Direção: Aline Moreno

Assistente de Produção: Mariana Machado

Design Gráfico: Carlos Eduardo Torres

Promoção Escolar: Christine Carvalho

Assessoria de Imprensa: Jéssica Barcellos

Administração: Vânia Neder

Coordenação Geral: Raul Leite

Realização: Script Produções e Little John Entretenimento

SERVIÇO

CASA DE BRINQUEDOS

Sessões abertas ao público: dias 30 e 31 de março, sábado e domingo, às 16h

Theatro São Pedro (Praça Mal. Deodoro, s/n – Centro Histórico – Porto Alegre/RS)

Duração: 60 minutos
Classificação indicativa: Livre

Ingressos:

Galeria: R$ 40,00 (inteiro) / R$ 20,00 (meia-entrada)

Camarote Lateral: R$ 60,00 (inteiro) / R$ 30,00 (meia-entrada)

Camarote Central: R$ 70,00 (inteiro) / R$ 35,00 (meia-entrada)

Plateia: 80,00 (inteiro) / R$ 40,00 (meia-entrada)

Cadeiras Extras: R$ 80,00 (inteiro) / R$ 40 (meia-entrada)

Descontos*:

50% para associados da AATSP

50% para estudantes, jovens de baixa renda e pessoas com deficiência.

50% para idosos

50% para associados titulares Clube do Assinante ZH e um acompanhante

*mediante apresentação de documentos que comprovem o direito ao benefício

Vendas:

– Online: www.teatrosaopedro.com.br

– Bilheteria do Theatro São Pedro: de segunda a sexta-feira, das 13h até o horário de início dos espetáculos. Quando não há espetáculo, das 13h às 18h30. Nos sábados e domingos, das 15h até o horário de início dos espetáculos.

Sessões fechadas para as instituições de ensino: dia 29 de março, sexta, às 10h, às 14h10 e às 16h. Os agendamentos e compras de pacotes para escolas podem ser feitos previamente pelo e-mail contato@littlejohn.art.br.

Mais informações para o público:

(51) 3227.5100 / 3227.5300 com a equipe do Theatro São Pedro.

RS: Assembleia lança Campanha “Valores que Ficam”. Lara quer que gaúchos mantenham no Estado recursos devidos ao Leão

RS: Assembleia lança Campanha “Valores que Ficam”. Lara quer que gaúchos mantenham no Estado recursos devidos ao Leão

Agenda Crianças Destaque

Com a presença do “Guri de Uruguaiana”, que juntamente com Renato Borghetti é um dos garotos-propaganda das peças publicitárias, a Assembleia Legislativa lançou na manhã desta quarta-feira (20) a campanha “Valores que Ficam”, que incentiva a doação de parte do Imposto de Renda devido por pessoas físicas ao Fundo da Criança e do Adolescente (Funcriança).

O lançamento aconteceu às 8h no Salão Júlio de Castilhos, em café da manhã para deputados, imprensa e entidades parceiras. O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Luís Augusto Lara (PTB), fez um breve pronunciamento sobre o objetivo da campanha. “Queremos criar a cultura da doação no estado. Temos o poder de aumentar as verbas para nossas entidades assistenciais e hospitais, mantendo esses recursos aqui no RS. Não sabemos em quanto as doações irão aumentar após a campanha, mas qualquer crescimento será bem-vindo. A Receita Federal nos informa que há capacidade para se arrecadar quase meio bilhão de reais”. Em seguida o presidente passou a palavra ao Guri de Uruguaiana, o artista Jair Kobe.

Usando o linguajar gauchesco que é característico do personagem, o Guri fez brincadeiras com o público e mostrou seu lado solidário com as causas sociais do RS. “Estou faceiro em poder ajudar. Acredito que o artista deve emprestar sua popularidade para boas causas, não importa se for o partido A, B ou C. O mote Valores que Ficam pode ser aplicado tanto aos recursos financeiros quanto à cultura gaúcha, que eu divulgo e defendo. Parabenizo e desejo êxito à iniciativa, que a gente consiga juntar esse meio bilhão!”

Por último, o superintendente de Comunicação e Cultura da AL, Tiago Dimer, fez a apresentação das peças publicitárias da campanha: marca (uma mão que indica o mapa do RS), selo, anúncios de jornal, rádio e revistas, outdoors e busdoors.

“Também estamos abertos a parcerias para ampliar essa divulgação”, acrescentou. O superintendente informou que estavam disponíveis pen drives com as peças em formato digital para imediata divulgação pelas entidades ali presentes, bem como folders e cartazes.

Participaram do evento os deputados Airton Lima (PR), Capitão Macedo (PSL), Carlos Búrigo (MDB), Eduardo Loureiro (PDT), Elizandro Sabino (PTB), Eric Lins (DEM), Ernani Polo (PP), Fábio Branco (MDB), Franciane Bayer (PSB), Luiz Henrique Viana (PSDB), Tenente-coronel Zucco (PSL), Valdeci Oliveira (PT), Zé Nunes (PT), Zilá Breitenbach (PSDB).

O secretário de Estado da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Catarina Paladini, representou o governador Eduardo Leite no evento. Presentes também representantes de entidades parceiras, como Ministério Público, Forças Armadas, Conselho Regional de Contabilidade, Sescon, Ajuris, Imama e Federação das Apaes.