Orquestra Jovem do Rio Grande do Sul encerra 2019 com concerto comemorativo

Orquestra Jovem do Rio Grande do Sul encerra 2019 com concerto comemorativo

Comunicação Cultura Notícias

Uma homenagem especial a Ezequiel de Paula, primeiro aluno da Orquestra Jovem do Rio Grande do Sul a se formar no bacharelado em música da Universidade Federal do Rio Grande, vai marcar o concerto de encerramento da OJRS em 2019, ano especial que marcou os 10 anos da Orquestra. A noite, que promete emoção e surpresas, será toda em clima natalino, e promete levar ao palco, em etapas, todos os integrantes da Orquestra. “Mais do que um concerto é uma noite de festa e celebração, para coroar um ano de muita luta e persistência”, argumenta Carla Zitto, presidente da OJRS. O concerto, gratuito mediante a retirada de senhas, acontece na segunda-feira, dia 16 de dezembro, a partir das 19h, no Teatro do Centro Histórico e Cultural da Santa Casa.

Ezequiel foi um dos primeiros alunos da OJRS, e faz parte da Instituição desde a segunda turma, em 2010. O então guri de 14 anos conheceu o maestro Telmo Jaconi após frequentar a oficina de musicalização da escola municipal Monte Cristo, em Porto Alegre – aliás local tradicional de formação de bons músicos iniciantes. Lá, teve os primeiros aprendizados em musicalização, e quando chegou à OJRS já tinha noções de violão, flauta doce e canto. Com o maestro conheceu o contrabaixo, instrumento que hoje domina. “Ezequiel é um dos exemplos mais bem-sucedidos em todos os sentidos”, comenta Jaconi. “Entrou na Ufrgs, fez todo o curso apesar das dificuldades que apareceram no caminho e agora se forma. Um modelo de perseverança e seriedade”, exclama, orgulhoso.

Hoje além da OJRS e do curso que finaliza na Ufrgs, Ezequiel é músico profissional, trabalhando em várias orquestras, grupos e eventos. E para o ano que vem também tem vaga de professor garantida para os alunos da Orquestra Jovem, lembra o maestro.

Ainda na comemoração da noite, todos os 110 alunos passam no palco e se apresentam em diferentes momentos, mostrando a evolução sinfônica do grupo. Com destaque para a peça de encerramento da 5a Sinfonia de Beethoven – o grande homenageado do ano de 2020, data que marca os 250 anos do nascimento do compositor.

Com certeza será uma noite inesquecível.

O QUÊ: Concerto de encerramento do ano da OJRS

QUANDO: Segunda, dia 16, às 19h

ONDE: teatro do Centro Histórico e Cultural da Santa Casa

QUANTO: entrada franca mediante distribuição de ingressos na bilheteria.

De Frida a Freud: Dometila Café inaugura no dia 3 de dezembro exposição Bazaar com 42 obras da artista Graça Craidy.

De Frida a Freud: Dometila Café inaugura no dia 3 de dezembro exposição Bazaar com 42 obras da artista Graça Craidy.

Agenda Cidade Cultura Notícias

GracaCraidy88O Dometila Café e Bistrô recebe, a partir do dia 3 de dezembro, a exposição Bazaar, da artista visual gaúcha Graça Craidy, que se confessa apaixonada por retratos e ladra de almas: “só dou por terminado um retrato se percebo que consegui, afinal, roubar a alma da pessoa”. A vernissage será na terça-feira, 3 de dezembro, a partir das 19h, e a exposição fica em cartaz até o dia 31 de janeiro, de terça a domingo, das 14h às 22h. Todas as obras estarão disponíveis para venda. O Dometila Café e Bistrô fica na Rua Nova York, 108, em Porto Alegre.

Frida PInk.300A mostra apresenta 42 obras em técnicas variadas – aquarela, nanquim, lápis conté, lápis de cor, acrílica, óleo, caneta posca, pintura digital, pastel oleoso – revelando a inquietação da autora em traduzir o seu olhar sobre personagens consagrados do mundo das artes, da música, do cinema e também da nobreza e da natureza. De Frida a Freud, de Mick Jaegger a Billie Holiday, de Janis Joplin a Amy Winehouse, de Paixão Côrtes a Rainha Elizabeth, de Marilyn Monroe a Belchior, de Keith Richards a Elis Regina, entre outros.

O Bazaar de Graça Craidy oferece ainda intrigantes retratos anônimos de pessoas e animais e algumas aquarelas de cenas romanas, especialmente pintadas na Itália, onde a artista expôs recentemente sua coleção de retratos de família Guardami, Italia!

SERVIÇO:

Freud.300O quê: Exposição Bazar, de Graça Craidy

Quando: Abertura: dia 3 de dezembro de 2019, terça-feira, às 19h;

Visitação: até 31 de janeiro de 2020, de terça a domingo, das 14 às 22h.

Onde: Dometila Café e Bistrô, R. Nova York 108 – Auxiliadora –

Porto Alegre, RS. Tel: (51) 3346-1592

Misturando movimentos de dança com desenho, projeto Desenhança volta ao Instituto Ling neste sábado

Misturando movimentos de dança com desenho, projeto Desenhança volta ao Instituto Ling neste sábado

Cultura Notícias

Após o sucesso da primeira edição, o projeto Desenhança volta ao Instituto Ling neste sábado, dia 30 de novembro, às 10h30, para mais uma atividade divertida em família. Com papéis fixados nas paredes e no chão, giz de cera e uma trilha sonora especial, a oficina explora os limites e as peculiaridades da dança e do desenho, mostrando como uma linguagem influencia a outra. A atividade é destinada a adultos e crianças a partir dos quatro anos e está com ingressos à venda no site www.institutoling.org.br e na bilheteria do centro cultural, com preços de R$ 20 para quem tem direito à meia-entrada e R$ 40 no valor inteiro.

Ministrada pela professora Guadalupe Raush, a oficina propõe que os participantes experimentem novos caminhos corporais e gráficos a partir de uma série de exercícios, brincadeiras e jogos que estimulam a criatividade. O projeto foi inspirado no grupo italiano Segni Mossi, do artista visual Alessandro Lumare e da coreógrafa Simona Loberafo. Formada em Artes Visuais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Guadalupe fez duas formações com o projeto italiano, participando dos workshops Yellow e Red Training. A professora também tem formação no Grupo Experimental de Dança de Porto Alegre, em contato com improvisação, meditação e palhaçaria. Com formação em magistério, Guadalupe atuou como professora de crianças de dois a doze anos. Atualmente, se dedica às pesquisas relacionadas ao movimento.

SERVIÇO
Desenhança – Oficina de desenho e movimento
Com Guadalupe Rausch
Dia 30 de novembro, sábado, das 10h30 às 12h30
Instituto Ling (Rua João Caetano, 440 – Três Figueiras – Porto Alegre/RS)

Classificação etária: Indicado para crianças a partir de 4 anos e seus responsáveis
Duração: 2 horas

Ingressos
R$ 20,00 para crianças
R$ 40,00 para adultos

Pontos de venda
Online: https://institutoling.org.br/agenda-cultural
Instituto Ling: de segunda a sexta-feira das 10h30 às 22h; sábados, das 10h30 às 20h.

Imprensa: Biblioteca Nacional disponibiliza todas edições do ‘Pasquim’ digitalizadas

Imprensa: Biblioteca Nacional disponibiliza todas edições do ‘Pasquim’ digitalizadas

Comunicação Cultura Destaque

O ‘Pasquim’, um dos jornais mais irreverentes do país no período da ditadura, está com todas suas edições digitalizadas. Clique aqui e confira a coleção completa do semanário alternativo brasileiro, editado entre 26 de junho de 1969 e 11 de novembro de 1991, reconhecido pelo diálogo entre o cenário da contracultura da década de 1960 e por seu papel de oposição ao regime militar. De uma tiragem inicial de 20 mil exemplares, que a princípio parecia exagerada, o semanário (que sempre se definia como um hebdomadário) atingiu a marca de mais de 200 mil em seu auge, em meados dos anos 1970, se tornando um dos maiores fenômenos do mercado editorial brasileiro.

5nov2019---capa-da-edicao-223-de-o-pasquim-1572979574182_v2_810x1101A princípio uma publicação comportamental (falava sobre sexo, drogas, feminismo e divórcio, entre outros) O Pasquim foi se tornando mais politizado à medida que aumentava a repressão da ditadura, principalmente após a promulgação do repressivo ato AI-5. O Pasquim passou então a ser porta-voz da indignação social brasileira.[1]

A Hemeroteca Digital Brasileira é um portal de periódicos nacionais que permite ampla consulta, pela internet, a jornais, revistas, anuários, boletins e publicações seriadas.

As pesquisas podem ser realizadas por título, período, edição, local de publicação e palavras-chave. A busca por palavras é possível devido à utilização da tecnologia de Reconhecimento Ótico de Caracteres (Optical Character Recognition – OCR), que aumenta o alcance da pesquisa textual em periódicos.

Com acesso inteiramente livre e possibilidade de imprimir as páginas desejadas, pesquisadores de qualquer parte do mundo podem consultar títulos que incluem desde os primeiros jornais criados no país – como o Correio Braziliense e a Gazeta do Rio de Janeiro, fundados em 1808 – a jornais extintos no século XX, como o Diário Carioca e Correio da Manhã, ou que não circulam mais na forma impressa, como é o caso do Jornal do Brasil.

1566036Entre as publicações mais antigas e mesmo raras do século XIX estão, por exemplo, O Espelho, Reverbero Constitucional Fluminense, O Jornal das Senhoras, O Homem de Cor, Marmota Fluminense, Semana Illustrada, A Vida Fluminense, O Mosquito, A República, Gazeta de Notícias, Revista Illustrada, O Besouro, O Abolicionista, Correio de S. Paulo, Correio do Povo, O Paiz, Diário de Notícias, e também os primeiros jornais das províncias do Império.

Também podem ser consultadas revistas de grande importância do século XX, como Careta, O Malho, O Gato, O Cruzeiro, Revista da Semana, Klaxon, Revista Verde, Diretrizes e jornais que marcaram fortemente a história da imprensa no Brasil, como A Noite, Correio Paulistano, A Manha e Última Hora. Periódicos de instituições científicas compõem um segmento especial do acervo. (Felipe Vieira com informações da Biblioteca Nacional e Wikipedia)

Porto Alegre: Próxima edição do Débats d’idées será com a artista francesa Androula Michael

Porto Alegre: Próxima edição do Débats d’idées será com a artista francesa Androula Michael

Agenda Cidade Cultura Destaque

No dia 28 de novembro, às 15h, a artista francesa Androula Michael participa do próximo Débats d’idées promovido pela Aliança Francesa Porto Alegre. Intitulado O artista enquanto historiador da arte: estratégias contra os apagamentos da memória, o evento acontece no Centro Cultural da UFRGS (Rua Eng. Luiz Englert, 333). O bate-papo conta com tradução consecutiva, tradução para a Língua Brasileira dos Sinais (LIBRAS) e tem entrada gratuita.

O Débats d’idées com Androula Michael acontece dentro da programação do colóquio internacional Apagamentos da memória na arte, que ocorre de 28 a 30 de novembro, e comemorará os 85 anos da UFRGS. O tema central deste encontro visa colocar em xeque e discutir diferentes posições teóricas e artísticas que afloram de pesquisas que abordam essas transformações referentes à memória.

O colóquio Apagamentos da memória na arte busca discutir os espaços escondidos, as geografias territoriais e humanas olvidadas na história cultural do presente, os esquecimentos, lacunas e vazios que as diversas histórias deixam entrever, sendo eles assuntos emergentes e urgentes nas sociedades contemporâneas, em especial no Brasil.

Androula Michael (UPJV, França) possui formação em filosofia pela Kapodistrian

University of Athens, e em museologia pela École du Louvre, com doutorado em História da Arte na University of Paris I Panthéon-Sorbonne. Atua como curadora e historiadora da arte, sendo vice-diretora do Centro de Pesquisa CREA da Université de Picardie Jules Verne (UPJV), em Amiens, França, onde é professora. Entre suas principais publicações, estão: Picasso — Propos sur l’art (Gallimard), coleção Art et Artistes (Paris, 1998), Picasso poète (Les beaux-arts Editions, Paris, 2008)e Les happenings de Jean-Jacques Lebel (Hazan Editions, Paris, 2009).

O Débats d’idées com Androula Michael é uma realização da Aliança Francesa Porto Alegre e Ministério da Cidadania por meio da Lei de Incentivo à Cultura, com patrocínio da Timac Agro e coprodução da UFRGS.

 

SERVIÇO

O que: Débats d’idées com a artista francesa Androula Michael

Quando: 28 de novembro, às 15h

Onde: Centro Cultural da UFRGS (Rua Eng. Luiz Englert, 333)

Inscrições para participar do evento podem ser feitas pelo site https://www.ufrgs.br/difusaocultural/.

 

ENTRADA FRANCA

BandNews TV estreia a série “Mar Brasil” com Tamara Klink neste domingo

BandNews TV estreia a série “Mar Brasil” com Tamara Klink neste domingo

Cultura Destaque

O BandNews TV estreia uma nova série documental neste domingo (24). Às 12h, o canal exibe o primeiro de cinco episódios de “Mar Brasil”. A produção conta com apresentação de Tamara Klink, 22 anos, filha do navegador Amyr Klink. Apesar da pouca idade, ela já é considerada navegadora Sênior, com conhecimentos em glaciologia, geologia, biologia e sustentabilidade dos mares. Por isso, fala com autoridade sobre o mar. Tamara praticamente cresceu entre barcos e expedições. Com mais de 200 palestras no currículo. Ela estuda arquitetura naval na França e segue em sua missão de conscientizar outros jovens sobre o tema e chama-los à ação. A Navegadora também é colunista do site Extremos e se mantém ativa nas redes sociais.

A série, que é primeira produção independente desde a criação de faixas dedicadas aos documentários, mostrará como cientistas, universidades, ONGs, pescadores e comunidades tradicionais estão mobilizados para identificar as principais ameaças ao oceano. A produção destaca iniciativas de combate a destruição e formas de preservação da vasta biodiversidade do mar brasileiro, das águas profundas à zona costeira do Atlântico Sul.
O primeiro programa da série conta com participação especial do navegador Amyr Klink e mostra como as mudanças climáticas estão afetando tanto a biodiversidade marinha quanto as comunidades costeiras. Os efeitos do aquecimento do mar são sentidos em todo litoral: Barra do Ararapira (SP) já sucumbiu à elevação do nível do mar; em Tamandaré (PE), jangadeiros e biólogos trabalham juntos para proteger os recifes de corais; em alto-mar, pesquisadores do Instituto Oceanográfico/USP instalam estações oceanográficas para monitorar o Atlântico Sul e estes impactos.

A cada episódio, a atração traz soluções inovadoras e diferentes estratégias de ação, como adotar técnicas sustentáveis de pesca, ampliar as áreas de proteção marinha e instalar sistemas de boias para monitorar o que acontece em alto mar, entre outras. A produção é da Ocean Films e tem parceria com o Instituto Oceanográfico da USP. A equipe de “Mar Brasil” mergulhou de cabeça no tema. Os mares cobrem 70% da superfície da Terra e produzem mais da metade do oxigênio do planeta. Mares e oceanos são essenciais para a vida humana.  No Brasil, mais de 80% das espécies exploradas na costa brasileira estão ameaçadas pela pesca predatória e ilegal, correndo o risco de extinção. Dez milhões de toneladas de lixo chegam ao mar todos os anos, poluindo e colocando em risco todo o ecossistema, e o turismo predatório destrói reservas naturais.

 

unnamed(18)“Mar Brasil”
Estreia: Domingo, 24 de novembro, às 12h
Clique aqui e confira a programação da BandNews TV

Facebook

Twitter

Instagram

YouTube

Porto Alegre: Elvira T Fortuna apresenta exposição “Em Construção”. As fotos foram impressas em tecido, papel, madeira e acrílico, e também projetadas, de forma inédita, na fachada de empreendimento

Porto Alegre: Elvira T Fortuna apresenta exposição “Em Construção”. As fotos foram impressas em tecido, papel, madeira e acrílico, e também projetadas, de forma inédita, na fachada de empreendimento

Agenda Cultura Destaque

A exposição fotográfica “Em Construção” de Elvira T Fortuna, no Espaço Switch, da Astir -Av. Independência 1053-, foi aberta nesta quinta-feira(21).  A mostra revela o olhar da fotógrafa nas diversas fases de construção dos projetos  da Astir. “Acompanhar diariamente as obras da incorporadora me instigou a registrar vistas privilegiadas de Porto Alegre e o cotidiano dos trabalhadores nos empreendimentos “Em Construção”, comenta Elvira. A fotógrafa tem influência e inspiração constante do avô Manoel Tomazoni e a inquietude na busca de apresentar seu trabalho em diferentes impressões. Para esta mostra, Elvira usa fotos impressas em tecido, papel, madeira e acrílico que serão expostas de maneira impactante. A exposição também será projetada, na fachada do Switch, chamando a atenção de quem passar pela Av. Independência.

ELVIRA
Eduardo Isdra Zachia, Leônidas Isdra e Elvira T. Fortuna receberam os convidados da Astir no lançamento do novo empreendimento imobiliário. Foto: Victor Raskin/Deu o Chic

Elvira é graduada em Publicidade e Propaganda pela PUCRS e pós-graduada em Gestão Cultural pela Universidade de Girona (Espanha). Atuou por 11 anos como coordenadora de comunicação da Fundação Iberê Camargo. Produziu em 2013 a sua primeira exposição “Rádio Relógio 18:12” em parceria com Biba Corrêa. Durante um ano, conectadas pelo tempo, as artistas registraram o Guaíba de ângulos diferentes no mesmo instante, às 18h12, de todas as terças feiras.  A convite da Nieto Galeria de Arte, Elvira reuniu em 2015, poéticos reflexos de natureza para compor a exposição “Escrevendo com a Luz”, título inspirado na origem da palavra ‘fotografia’ em grego, exposição itinerante no : 3º Rio Pardo em Foto / Centro Regional de Cultura de Rio Pardo. “Ponto de Vista” na Galeria Nieto  e “Um Certo Olhar”, na programação Dia C do Distrito Criativo, no espaço 373, foram seus recentes trabalhos. Nesse ano realizou a exposição Caminhos Imaginários no Museu de Arte do Rio Grande do Sul (MARGS) com a coordenadoria de Gilberto Perin.

A exibição “Em Construção”, que acontece até 1º de dezembro, conta com a participação especial da arquiteta e designer, Cris Leal, convidada para fazer intervenções digitais nas cinco imagens, em acrílico. Cris, é arquiteta e Designer e participou recentemente da exposição 4 visões na Fundação Iberê Camargo (setembro 2019) e no dia 30 de novembro participará da Art South Brazil in Miami, pela Gravura Galeria.

O espaço do empreendimento, que une a sofisticação do Moinhos de Vento e a tradição do Bom Fim, tem sido palco de diversos eventos culturais e gastronômicos movimentando toda a vizinhança.

 

 

Livros: Escola Municipal de Ensino Fundamental, Arlindo Stringhini recebe biblioteca da empresa thyssenkrupp, em Guaíba

Livros: Escola Municipal de Ensino Fundamental, Arlindo Stringhini recebe biblioteca da empresa thyssenkrupp, em Guaíba

Cultura Notícias

Ao enriquecer as bibliotecas de escolas públicas com a doação de livros, o projeto contribui para elevar a qualidade da formação dos jovens brasileiros. A coleção de 200 títulos patrocinada pela empresa será entregue no dia 22 de novembro, próximo, para a Escola Municipal De Ensino Fundamental Arlindo Stringhini, localizada em Guaíba, no bairro Columbia City.  A diretoria da escola receberá os livros da Analista de Comunicação Interna e Responsabilidade Social da thyssenkrupp Elevadores, Giovana Borba, que estará acompanhada por Adriane Laste, que leva às empresas o Projeto. A entrega contará com um evento de contação de histórias aos alunos.

O projeto Pró-biblioteca, iniciativa da Editora L&PM, idealizado para enriquecer as bibliotecas de escolas públicas, já foi aderido por 30 empresas no Rio Grande do sul, no Paraná e em São Paulo neste ano, numa ação que já beneficiou mais de 1,8 milhão pessoas de 1.160 escolas, em 200 cidades localizadas no interior e nas capitais brasileiras.

A thyssenkrupp Elevadores contribui com esse importante projeto de inclusão social e desenvolvimento cultural, por meio da Lei Rouanet, destinando parte de seus recursos ao Pró-biblioteca.  Além desse projeto, a empresa leva sua contribuição a outras entidades, hospitais e associações de todo o Brasil por meio das Leis Funcriança, do Esporte e do Idoso.

Livros 3f7293_9c1367f95e5249c29e2521ae9b9ce440~mv2

O Projeto Pró-biblioteca é chancelado pela Lei Rouanet de incentivo à cultura, para equipar e atualizar as bibliotecas de escolas públicas, com a finalidade fundamental de colaboração na formação dos jovens brasileiros. Tem também como missão incentivar a literatura entre a população que utiliza os acervos das bibliotecas comunitárias no país, sendo uma oportunidade de investimento na área educacional.

De acordo com o relatório do Banco Mundial divulgado em fevereiro de 2018, o Brasil pode levar 260 anos para atingir o mesmo nível de leitura de alguns países desenvolvidos. Com a defasagem de livros nas escolas públicas, essa crise de aprendizagem ainda é agravada. O projeto Pró-biblioteca é um exemplo de política para reduzir o déficit de aprendizado e aumentar o número de leitores ativos.

O Kit Biblioteca

São 200 títulos disponíveis de referências infantis, infantojuvenis e de literatura em geral, nacional e estrangeira, contemplando leitores de todas as idades, sendo um acervo concebido cuidadosamente através de pesquisa realizada por uma equipe de professores, seguindo as exigências pedagógicas do Ensino Fundamental e Médio, com a curadoria da Editora L&PM. Foram também consideradas as leituras obrigatórias e recomendadas para os vestibulares de todo o país.

As entregas dos kits às bibliotecas às escolas, aportadas em 2018, teve início em maio e seguem até dezembro de 2019, onde o diretor da L&PM, Paulo Lima, afirma que: “este é um projeto que veio para ficar, pois esta é uma forma de investimento direto na formação dos jovens brasileiros”.

Captação

A responsável pela captação de patrocinadores para o projeto Pró-Biblioteca é a empresa Polia Soluções de Marketing, especializada em crescimento de vendas, que segue disponibilizando para empresas interessadas em entrar na lista dos incentivadores da leitura no Brasil. O Projeto total dispõe de 300 bibliotecas que contém um total de 60 mil livros, o que impacta em 600 mil pessoas. Parte já foi destinada para várias escolas, e segue a busca de empresas interessadas nesse incentivo.

Porto Alegre: Semana de Arte Stemmer Rodrigues reúne provocações sobre o tempo em sua quarta edição

Porto Alegre: Semana de Arte Stemmer Rodrigues reúne provocações sobre o tempo em sua quarta edição

Agenda Cultura Notícias
Sem Título, por Fahrion - foto Reprodução
Obra de Fahrion – Foto Reprodução

Celebrando a arte em seus diversos aspectos e manifestações, a Stemmer Rodrigues promove, entre os dias 27 de novembro e 1º de dezembro, a quarta edição de sua Semana de Arte. Com entrada franca e aberto ao público das 10h às 19h, o evento acontece na Av. Encantado, 344, marcando também a conclusão e entrega do Poema Petrópolis, mais recente empreendimento da incorporadora e escritório de arquitetura. Integrando a programação da mostra, um piquenique em parceria com Valkiria Café, DVino e Oh My Bike recebe a vizinhança ao som do jazz de Cláudio Calcanhoto das 14h às 18h de sábado, 30 de novembro.

Com curadoria da arquiteta e diretora de projetos Ingrid Stemmer, a mostra reúne trabalhos de diversos artistas gaúchos e brasileiros, entre esculturas, telas, gravuras e peças de decoração e mobiliário. Iniciado em 2012 como uma homenagem aos 90 anos da Semana de Arte Moderna de 1922, o projeto mescla formatos e expressões artísticas com irreverência e dialogando com temas atuais.

O conceito que amarra a narrativa aprofunda a relação das pessoas com o tempo e questiona a transitoriedade, a memória e a permanência. Um dos destaques é o trabalho do escultor porto-alegrense Rogério Pessoa. As esculturas com mais de dois metros de altura, moldadas em ferro e cerâmica, já foram destaque na Bienal do Mercosul e passam a integrar o acervo permanente do Poema.

Inês Schertel e Selma Calheira, cujo trabalho se apropria de técnicas milenares de tear e cerâmica, emprestam balaios e esculturas de barro. Da Amazônia, o artesanato de tribos indígenas protagoniza brasilidade e herança cultural. O elenco conta também com clássicos de João Fahrion, Marcelo Grassmann e Gelson Radaelli em óleos sobre tela e xilogravuras. Guto Índio da Costa e Guilherme Wentz contribuem com peças de decoração e mobiliário minimalistas, contemporâneos e com forte traço atemporal.

Homens de barro, por Selma Calheira - foto Reprodução (1)
Homens de barro, por Selma Calheira. Foto Reprodução

 Semana de Arte Stemmer Rodrigues

Data: De 27 de novembro à 1º de dezembro.

Horário: Das 10h às 19h.

Local: Poema Petrópolis (Av. Encantado, 344).

Piquenique com Cláudio Calcanhoto: Sábado, 30 de novembro, das 14h às 18h.

Entrada franca.

VI Gramado in Concert será lançado nesta quarta-feira. Festival Internacional de Música acontecerá em fevereiro de 2020

VI Gramado in Concert será lançado nesta quarta-feira. Festival Internacional de Música acontecerá em fevereiro de 2020

Agenda Cultura Destaque

O VI Gramado in Concert – Festival Internacional de Música será realizado de 7 a 15 de fevereiro de 2020, oferecendo o melhor da música erudita em uma programação totalmente gratuita com concertos de orquestras, grupos de câmara e solistas além de oficinas que recebem cerca de 400 alunos do Brasil e América Latina. O festival vem crescendo a cada ano e a internacionalização já é um destaque nesta sexta edição, com dez professores estrangeiros vindos da América Latina, Europa e EUA, além de 22 brasileiros. Nesta quarta-feira, 20 de novembro, acontece o lançamento da sexta edição do Gramado in Concert – Festival Internacional de Música. O evento acontece às 16h30 na Curta Café, a nova cafeteria do Museu do Festival de Cinema de Gramado (MFCG) e contará com a presença do prefeito de Gramado, João Alfredo Bertolucci, do vice, Evandro Moschem e do secretário da Cultura, Allan John Lino.

Outro destaque do evento será o lançamento, no Brasil, do CD da London Royal Philarmonic Orchestra, regido pelo maestro Linus Lerner – o primeiro brasileiro a reger a gravação dessa tradicional orquestra. O CD conta com a participação do Duo Stankov (da Bulgária), formado por piano e violino, que fará um concerto e ministrará aulas no festival. Ao todo, são 36 apresentações artísticas distribuídas em diversos locais de Gramado nos dez dias de evento com entrada gratuita.

Vale lembrar que as inscrições estão abertas até 1º/12 aos interessados em participar do V Concurso de Composição Erudita. Nas últimas quatro edições o concurso contou com 122 obras inscritas. A obra vencedora de cada edição recebe um prêmio em dinheiro e é executada pela Orquestra Sinfônica do Festival no seu grande concerto.

O VI Gramado in Concert – Festival Internacional de Música é promovido pela Secretaria da Cultura de Gramado e tem a direção artística do Maestro Linus Lerner, coordenação artística do Maestro Leandro Libardi Serafim e Coordenação de Produção, de Viviane Soares da Bis Gestão Cultural.

Mais informações: www.gramadoinconcert.com