Disney On Ice: Em Busca dos Sonhos terá apresentações em Porto Alegre de 14 a 19 de maio no Gigantinho. Produção da Opus já está pronta para receber e montar o espetáculo em solo brasileiro

Disney On Ice: Em Busca dos Sonhos terá apresentações em Porto Alegre de 14 a 19 de maio no Gigantinho. Produção da Opus já está pronta para receber e montar o espetáculo em solo brasileiro

Agenda Cultura Destaque Porto Alegre Tecnologia Trabalho Turismo

A Opus realiza juntamente com a Feld Entertainment a turnê brasileira de Disney On Ice. Em 2019, o espetáculo Em Busca dos Sonhos terá apresentações em Porto Alegre (de 14 a 19 de maio, no Ginásio Gigantinho), Curitiba (de 22 a 26 de maio, no Ginásio Tarumã), São Paulo (de 29 de maio a 09 de junho, no Ginásio Ibirapuera) e Rio de Janeiro (de 12 a 16 de junho, na Jeunesse Arena). Para que tudo aconteça com a técnica e o encantamento característicos da produção, equipes trabalham o ano inteiro: são 300 profissionais locais e cerca de 110 pessoas em viagem ao longo da temporada brasileira pelas quatro cidades. A equipe nacional inicia, em média, o processo de preparação dos locais três dias antes da colocação do gelo. Nos 24 containers da produção contém figurinos, equipamentos e todos os itens de montagem do espetáculo. Uma vez aqui, serão aproximadamente três mil quilômetros rodados por rodovias brasileiras para as cargas que farão as viagens via terrestre entre as cidades que receberão o espetáculo.

17972_d27c_20180923_00363_edit
A produção é totalmente nova produzida pela Feld Entertainment com realização da Opus Promoções. Foto: Feld Entertainment

O público brasileiro viajará com Moana e outros personagens durante Disney On Ice Em Busca dos Sonhos. Esta produção totalmente nova produzida pela Feld Entertainment e com a realização da Opus Promoções reúne uma coleção de histórias inspiradoras composta por um elenco de personagens com o desejo de explorar as profundezas do mar, montanhas e horizontes de seus sonhos. O personagem Miguel, da animação Viva – A Vida é Uma Festa, se unirá a Moana e Maui, Frozen, A Bela e A Fera, Aladdin, Enrolados, A Bela Adormecida, A Pequena Sereia e Cinderella e juntos completam a seleção de histórias inspiradoras de coragem e de emoção. Ingressos à venda em Uhuu. Serviço completo de cada praça abaixo.

A preparação do evento passa pela estrutura do chão, que recebe uma proteção no piso para que a pista de gelo seja acomodada. Alguns locais demandam ainda a cobertura de janelas em função do melhor desempenho da execução de efeitos de luz e cenas. Nos acessos de público, as adaptações necessárias para a montagem do espetáculo e a setorização dos locais são planejados com ainda mais antecedência.

Para que o gelo não derreta e esteja nas condições ideais para treinos e apresentações, é utilizado um gerador exclusivamente para a pista, com potência de 500 kVA, ligado 24 horas, a partir do primeiro dia de montagem da pista, que demora cerca de dois dias e duas noites para estar em condições de uso pelos patinadores.

A rotina de treinos e ensaios tem início, geralmente, duas semanas antes da estreia. Esse ano, terá início em Porto Alegre entre o final do mês de abril e início de maio. Após essa data, são realizados treinos antes e após as apresentações, de forma diária.

São utilizadas cerca de 1.300 diárias de hotel ao longo da turnê brasileira. “Privilegiamos acomodações que sejam próximas aos locais de realização e que tenham opções de entretenimento no entorno para que o elenco possa viver um pouco a cidade, já que passam tanto tempo fora de casa”, pondera Andresa Spagnolo, Coordenadora de Produção da Opus.

Entre as muitas nacionalidades do time artístico estão argentinos, poloneses, russos, japoneses, búlgaros, franceses, canadenses, romenos e americanos. Outra diversidade entre o grupo está na alimentação: são veganos, vegetarianos e àqueles que adoram promover churrascos para integrar estrangeiros e brasileiros. No entanto, nunca falta nos abastecimentos de camarins carnes, saladas, proteínas e opções aos que têm restrições alimentares.

17834_hrp_doi-27_05.belle_finds_adventure_(1)
A produção é totalmente nova produzida pela Feld Entertainment com realização da Opus Promoções. Foto: Feld Entertainment

SOBRE DEMOCRATIZAÇÃO DE ACESSO

O espetáculo terá sessões com audiodescrição em Porto Alegre, no dia 18 de maio, e em Curitiba, no dia 25 de maio às 11h. O serviço é destinado a pessoas com deficiência visual e traduz imagens em palavras para que o público participe do evento em igualdade de condições. Na ocasião, serão descritos o local do evento, o cenário, os figurinos, a aparência física, as ações e as expressões dos personagens.

A narração ao vivo é transmitida diretamente para aparelhos receptores com fones de ouvido. Os usuários do recurso poderão adquirir ingressos no setor que deseja ficar e terão recepcionistas à disposição para auxiliar na acomodação. Também serão disponibilizados os programas do evento em braille e letras aumentadas.

Em Porto Alegre, será realizado pela primeira vez uma tour tátil, em que um grupo de pessoas com deficiência visual serão convidadas a conhecer alguns dos personagens da Disney, tendo a oportunidade de identificar seus formatos, além de tocar na pista de gelo e nos patins.

Como medida complementar de Democratização de Acesso à Cultura será realizada a 8ª Oficina de Patinação Artística para grupos pré-agendados de instituições sociais em Porto Alegre com tradução em LIBRAS. Esta é uma parceria com a Escola de Patinação Passo a Passo, que há anos proporciona a primeira experiência de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social com a patinação. Além da prática, a oficina traz um histórico da modalidade no Brasil, as semelhanças e diferenças da patinação sobre rodas e a patinação no gelo, entre outros.

 

Como ação adicional de democratização de acesso à cultura serão doados um total de 8.130 ingressos para escolas públicas, ONGs e instituições sociais que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade social, contribuindo também para a formação de plateia.

 

17813_ariel
A produção é totalmente nova produzida pela Feld Entertainment com realização da Opus Promoções. Foto: Feld Entertainment

Acompanhe os números em cada uma das cidades:

– Porto Alegre – 5.820 ingressos

– Curitiba – 2.310 ingressos

Além disso, para o público em geral, é oferecido 20% da capacidade dos lugares de cada setor dos ginásios a preços populares. É possível adquirir ingressos inteiros com valor de R$74. Qualquer comprador pode se beneficiar desta cota, sendo apenas necessário verificar disponibilidade e data em cada uma das cidades.

www.facebook.com/DisneyOnIce , www.feldmediaguides.com e www.facebook.com/opuspromocoes
Twitter: @DisneyOnIce #DisneyOnIce #DreamBig #disneyonicebrasil #embuscadossonhos @NicoleFeld (Produtora)
YouTube: www.youtube.com/DisneyOnIce
Instagram: @DisneyOnIce

Classificação: Livre Duração: 110min., com intervalo de 15min.

 

PORTO ALEGRE
De 14 a 19 de maio
De terça a domingo

Patrocínio Gold: IPIRANGA

Apoio: HYUNDAI, DISNEY CHANNEL e RÁDIO DISNEY

Realização: OPUS PROMOÇÕES, CAMPO DA PRODUÇÃO E MINISTÉRIO DA CIDADANIA, GOVERNO FEDERAL

 

DATAS E HORÁRIOS DAS APRESENTAÇÕES:

DATAS HORÁRIOS
14/05, terça-feira 19h30
15/05, quarta-feira 19h30
16/05, quinta-feira 19h30
17/05, sexta-feira 19h30
18/05, sábado 11h* e 19h
19/05, domingo 10h e 14h

* Importante:  a sessão do dia 18 de maio, às 11h, contará com o recurso de audiodescrição.

 

INGRESSOS:

Setor Valor  Meia-entrada
Ingresso Popular* R$ 74,00 R$ 37,00
Arquibancada Portão 3 R$ 74,00 R$ 37,00
Arquibancada Portão 5 R$ 74,00 R$ 37,00
Cadeira Superior Direita R$ 130,00 R$ 65,00
Cadeira Superior Esquerda R$ 130,00 R$ 65,00
Cadeira Inferior R$ 160,00 R$ 80,00
Especial Pista R$ 240,00 R$ 120,00
Vip Pista R$ 270,00 R$ 135,00

 

* Ingresso Popular: valor único de R$74.  Válido para todos os setores, conforme disponibilidade. Limitado a certa quantidade por sessão e setor.

 

PARCELAMENTO:

Em uma parcela para compras até o dia da realização do evento.

 

17959_d27c_20180922_04666_edit
A produção é totalmente nova produzida pela Feld Entertainment com realização da Opus Promoções. Foto: Feld Entertainment

DESCONTOS

– 50% de desconto para titular do Clube do Assinante RBS e um acompanhante na sessão de estreia. Somente nas bilheterias, exceto nos setores Vip Pista, Especial Pista e Ingresso Popular;

– 50% de desconto para titulares dos cartões Zaffari Card, Bourbon Card e Rancho Card e um acompanhante.  Somente na sessão de estreia. Vendas nas bilheterias e online, exceto nos setores Vip Pista, Especial Pista e Ingresso Popular;

– 40% de desconto somente na sessão de estreia exceto nos setores Vip Pista, Especial Pista e Ingresso Popular;

– 20% de desconto para titulares do Clube do Assinante RBS e um acompanhante nas demais sessões. Válido somente para compras nas bilheterias, exceto nos setores Vip Pista, Especial Pista e Ingresso Popular;

– 20% de desconto para titulares dos cartões Zaffari Card, Bourbon Card e Rancho Card e um acompanhante nas demais sessões.  Válido para compras nas bilheterias e online, exceto nos setores Vip Pista, Especial Pista e Ingresso Popular.

 

* Descontos não cumulativos com meia entrada e outras promoções;

** Crianças até 24 meses no colo dos pais ou responsáveis não pagam ingresso;

*** Política de venda de ingressos com desconto: as compras poderão ser realizadas nos canais de vendas oficiais físicos, mediante apresentação de documentos que comprovem a condição de beneficiário. Nas compras realizadas pelo site, a comprovação deverá ser feita no acesso à casa de espetáculo.

**** A lei da meia-entrada mudou: agora o benefício é destinado a 40% dos ingressos disponíveis para venda por apresentação. Veja abaixo quem têm direito a meia-entrada e os tipos de comprovações oficiais no Rio Grande do Sul:

– IDOSOS (com idade igual ou superior a 60 anos) mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.

– APOSENTADOS E/OU PENSIONISTAS DO INSS (que recebem até três salários mínimos)

conforme a Lei Municipal nº 7.366/93, mediante apresentação de documento fornecido pela Federação dos Aposentados e Pensionistas do RS ou outros Associações de Classe devidamente registradas ou filiadas.

– ESTUDANTES mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) nacionalmente padronizada, em modelo único, emitida pela ANPG, UNE, UBES, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos. Mais informações: www.documentodoestudante.com.br
– PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E ACOMPANHANTES mediante apresentação do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que ateste a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.

– JOVENS PERTENCENTES A FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA (com idades entre 15 e 29 anos) mediante apresentação da Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.

– JOVENS COM ATÉ 15 ANOS mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.

***** Caso os documentos necessários não sejam apresentados ou não comprovem a condição

do beneficiário no momento da compra e retirada dos ingressos ou acesso ao teatro, será exigido o pagamento do complemento do valor do ingresso.

 

ATENÇÃO: Não será permitida a entrada após o início do espetáculo.

 

17817_d27_0906_00774-_edit
A produção é totalmente nova produzida pela Feld Entertainment com realização da Opus Promoções. Foto: Feld Entertainment

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS:
Site: www.uhuu.com

Atendimento: falecom@uhuu.com

 

Bilheteria do Teatro do Bourbon Country: Av. Túlio de Rose, nº 80 / 2º andar (de segunda a sábado, das 13h às 21h, e domingo e feriado, das 14h às 20h)

Bilheteria Teatro Feevale: ERS-239, 2755, Novo Hamburgo.

Horários a partir do dia 06/03: segunda a sexta, das 9h às 21h. Sábados, das 9h às 13h.

 

Formas de Pagamento:

Internet : Visa, Master, Diners, Hiper, Elo, American.

Bilheteria: Visa, Master, Diners, Hiper, Elo, American e Banricompras.

Projeto promove encontro de lideranças Guarani. “Ar, Água e Terra: Vida e Cultura Guarani” é realizado em sete aldeias no Rio Grande do Sul

Projeto promove encontro de lideranças Guarani. “Ar, Água e Terra: Vida e Cultura Guarani” é realizado em sete aldeias no Rio Grande do Sul

Cultura Notícias


Em cinco anos de atividades, foram reconvertidos e recuperados mais de 30 hectares de áreas degradadas em dez aldeias do RS. A média de conservação dos biomas nessas áreas indígenas é acima de 90%.  “Para nós, precisamos ter plantio, lavouro (sic), crianças e velhos em nossas aldeias para viver bem. Não nos adianta só o campo, temos que ter as frutíferas e a raiz para plantar”. A afirmação é do cacique Cirilo, da Teko’a Anhetenguá (Aldeia da Verdade), durante o encontro de Caciques Guarani, promovido pelo Instituto de Estudos Culturais e Ambientais (IECAM) nos dias 13 e 14 de abril na Lomba do Pinheiro. O debate, alusivo ao Dia do Índio, contou com a participação de diversos órgãos ligados à temática.  As lideranças manifestaram o contentamento do povo indígena com o incentivo proporcionado pelo projeto “Ar, Água e Terra: Vida e Cultura Guarani” na recuperação de áreas através do plantio de mudas de espécies nativas, garantindo a produção do artesanato, instrumentos musicais e ritualísticos, na saúde e na alimentação.

“É muito gratificante para nós do IECAM termos uma avaliação tão positiva dos caciques, lideranças e monitores indígenas, principalmente no que se refere às áreas recuperadas, ao crescimento das roças para a segurança alimentar e às atividades de viveirismo e educação ambiental. Estas ações são de fundamental importância. Garantir as sementes, as mudas, as ramas, representa garantir o alimento às famílias Guarani”, avaliou Denise Wolf, coordenadora do Projeto. Saúde, educação, moradia, maior representatividade no Conselho Estadual dos Povos Indígenas (CEPI) foram alguns dos temas abordados. Além dos caciques e da equipe multidisciplinar do IECAM, também participaram dos debates, diversos órgãos públicos ligados à causa indígena.
“A presença desses agentes é muito significativa, pois trabalharão não apenas na formulação, mas também na execução de políticas públicas que possibilitem uma melhor qualidade de vida aos indígenas”, comentou a presidente do IECAM. Órgãos públicos: Secretaria da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema), CEPI, Fundação Nacional do Índio (Funai), Prefeitura Municipal de Porto Alegre, através da Secretaria de Direitos Humanos (UPIDE) e Emater de Porto Alegre.


Grafismo na aldeia
Também para marcar as homenagens pelo Dia do Índio, comemorado em 19 de abril, foi realizada uma oficina de serigrafia com jovens e crianças Guarani, na Escola da Teko’a Anhetenguá. A atividade foi ministrada pelo artista visual urbano Xadalu, que tem um trabalho artístico totalmente ligado à cultura indígena. Ele é o criador do adesivo do simpático indiozinho, que circula pelas ruas de Porto Alegre e diversas cidades europeias.
Na ação, Xadalu levou a figura do indiozinho e elementos relacionados ao cotidiano Guarani em telas de serigrafia, onde crianças e jovens, em uma construção conjunta, contribuíram com imagens, desenhos e grafismos para a impressão em camisetas, que, posteriormente, serão comercializadas, revertendo o valor para a Aldeia.

Manejo Sustentável
Em cinco anos de atividades do projeto “Ar, Água e Terra – Vida e Cultura Guarani” foram reconvertidos (para a segurança alimentar) e recuperados mais de 30 hectares de áreas degradadas em dez aldeias do RS – o equivalente a 40 campos de futebol padrão FIFA. A média de conservação dos biomas nessas áreas indígenas é acima de 90%.
Neste período, foram plantadas cerca de 50 mil mudas, sendo mais de 20 mil delas cultivadas nos viveiros/estufas construídos em duas aldeias. A preocupação dos Guarani com o meio ambiente também resulta na conservação de aproximadamente 3 mil hectares dos biomas Mata Atlântica e Pampa e na redução/captação de mais de 37.750 tCO².
Nas áreas de reconversão produtiva, na forma de roças tradicionais, são plantadas em consórcio espécies como batata-doce, mandioca, milho, feijão, abóbora, melancia e frutíferas nativas. As sementes seculares são conservadas pelos próprios indígenas e são intercambiadas entre as aldeias com apoio do Projeto. Os Guarani também estão trabalhando temas como mapeamento, gestão territorial, compostagem, reciclagem e adubação verde.

O projeto “Ar, Água e Terra: Vida e Cultura Guarani”, nessa fase, está sendo realizado com sete aldeias Guarani do Rio Grande do Sul e conta com o patrocínio da PETROBRAS, através do Programa Petrobras Socioambiental. Suas atividades promovem o intercâmbio de técnicas não indígenas e práticas indígenas e de saberes, sementes e mudas entre as aldeias.
Projeto Ar, Água e Terra: www.projeto.iecam.org.br

Entrega do prêmio de patrimônio cultural Rodrigo Melo Franco será em Porto Alegre

Entrega do prêmio de patrimônio cultural Rodrigo Melo Franco será em Porto Alegre

Agenda Cidade Cultura Notícias

Estão abertas até o dia 17 de maio as inscrições para o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, promovido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Pode participar quem tenha realizado ou estiver realizando ações voltadas para a preservação do patrimônio cultural brasileiro em qualquer Estado do país. O resultado da 32ª edição do Prêmio será publicado até 20 de agosto no site do Iphan. A cerimônia de premiação será dia 25 de outubro, no Theatro São Pedro, em Porto Alegre.

Premio1Estão aptas a participar do Prêmio entidades governamentais federais, estaduais e municipais (empresas públicas, autarquias, sociedades de economia mista e fundações públicas); empresas e fundações privadas, instituições sem fins lucrativos da sociedade civil organizada; e pessoas físicas.

Cada Estado pode apresentar oito propostas à Comissão Nacional de Avaliação, coordenada pela presidente do Iphan, Kátia Bogéa. No Rio Grande do Sul, os participantes devem enviar os trabalhos à Superintendência do Iphan-RS (Avenida Independência, 867, Porto Alegre). O valor total da premiação – R$ 240 mil – contempla ações que resultem na preservação do patrimônio material e imaterial. Serão oito premiados e cada um receberá o valor de R$ 30 mil.

“É uma premiação consagrada, que espelha as várias manifestações culturais brasileiras”, ressalta Renata Horowitz, diretora do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado (Iphae). A entrega da premiação na capital gaúcha coloca luz no Sul do Brasil, “destacando a diversidade que caracteriza nosso patrimônio cultural, tanto material quanto imaterial”, completa Renata. O Iphae faz parte da comissão julgadora dos trabalhos no RS.

Edital

O edital e todos os detalhes do Prêmio estão disponíveis no portal do Iphan. Dúvidas podem ser enviadas pelo e-mail premio.prmfa@iphan.gov.br . Rodrigo Melo Franco de Andrade foi fundador do Iphan e diretor da instituição por 30 anos. Era advogado, jornalista e escritor mineiro.

Porto Alegre: Anaadi fala sobre Música Urbana com Tânia Carvalho e Ivan Mattos nesta sexta-feira no Café no Ling

Porto Alegre: Anaadi fala sobre Música Urbana com Tânia Carvalho e Ivan Mattos nesta sexta-feira no Café no Ling

Agenda Cidade Comunicação Cultura Destaque Notícias

Hoje, às 19h30, os jornalistas Tânia Carvalho e Ivan Mattos recebem a cantora Anaadi no projeto Café no Ling para falar de Música Urbana, música e mulheres, compositoras negras e sua relação com o mundo. A entrada é franca.

WhatsApp Image 2019-04-12 at 08.54.34
Tânia Carvalho e Ivan Mattos Foto: João Matos

Anaadi é cantora e compositora, lançou seu primeiro disco NOTURNO em 2017. O álbum foi indicado quatro vezes ao Grammy Latino 2018 e venceu na categoria Melhor Álbum Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa. Após diversos shows pelos Estados Unidos, Brasil e Costa Rica, planeja sua primeira turnê na Europa. É autora do documentário “Arte das Musas?”, sobre Mulheres na Música, e cantriz no filme musical “Nervos de Aço”. Escreveu a trilha sonora do curta “Madrepérola”, sobre mulheres gordas, beleza e autoestima, e sua canção “É Fake (Homem Barato)”, indicada ao Grammy Latino como “Gravação do Ano”, é um ato pelo protagonismo feminino.

O projeto Café no Ling é uma série de encontros mensais gratuitos com escritores, músicos, cineastas, psicanalistas e outros convidados comandada pelos jornalistas Tânia Carvalho e Ivan Mattos.

Próximos encontros:

· Dia 3 de maio – Retratos Cinematográficos – com o cineasta Zeca Brito

· Dia 28 de junho – A contadora de histórias – com a escritora Lya Luft

Cultura e Identidade de Eurico Salis é primeiro livro brasileiro de fotografias que dá acesso integral a deficientes visuais. Lançamento acontece dia 23 de abril no Memorial do Rio Grande do Sul

Cultura e Identidade de Eurico Salis é primeiro livro brasileiro de fotografias que dá acesso integral a deficientes visuais. Lançamento acontece dia 23 de abril no Memorial do Rio Grande do Sul

Agenda Comunicação Cultura Destaque
Eurico2
Eurico Salis fotogrando Foto: João Mattos

Cultura e Identidade é o primeiro livro de fotografias do Brasil a ser totalmente disponibilizado com audiodescrição na web. “A inclusão é muito importante para o artista e aos que, de alguma forma, são excluídos”, diz Eurico Salis, fotógrafo e autor do projeto.  Segundo o profissional, hoje, os deficientes visuais têm acesso à parte de exposições fotográficas, que contam com descrição – em braile ou sonora – de algumas peças apenas. “Mas queríamos possibilitar que a obra fosse apreciada na íntegra por quem tem problema visual. Por isso, tomei a decisão de disponibilizá-la totalmente na internet, de forma gratuita, em formato audiossonoro.”  O trabalho de transformar as imagens de Eurico em palavras coube à empresa Som e Luz e é coordenado por Sid Schames, diretor de acessibilidade. Para ter acesso à obra em formato audiossonoro basta entrar no link, a partir do dia 23 de abril, mesmo dia do lançamento do livro físico e da abertura da Exposição Fotográfica.

eurico5
Eurico Salis fotogrando Foto: João Mattos

Trilogia

Cultura e Identidade é o último livro da mais extensa trilogia documental fotográfica contemporânea sobre a gente do Rio Grande do Sul. A série começou com O Solo e o Homem (2013), onde a relação do gaúcho com a terra foi exaltada. Seguido por Homens e Máquinas (2017), que passou pelo ambiente industrial, enfocando o trabalhador com suas ferramentas.
Agora, completando o conjunto, Cultura e Identidade mostra as etnias que formam o povo rio-grandense. Com textos de Renato Dalto e apresentação de Luiz Coronel , o volume terá 192 páginas, seguindo os padrões gráficos de alta qualidade e acabamento dos anteriores.

Eurico3
Eurico Salis fotogrando Foto: João Mattos

Luiz Coronel escreve na abertura do livro: “Não procure no mapa um povo, um país ou um grupo social que aqui chegando não tenha conhecido a hospitalidade que as distâncias nos ensinaram, nossos rios batizaram e o vento encobriu por todas as regiões do Rio Grande”.

Para Renato Dalto, “São geografias diferentes e gaúchos distintos que as habitam. Pertencem às lonjuras pampeanas, aos sítios encravados nos vales, às escarpas das serras, ao litoral praiano. O homem e o meio forjam um ao outro e a origem de cada um pincela suas marcas em sotaques, hábitos e diferenças. Uma identidade múltipla. O desafio é entendê-la em seu sentido de raiz e universo.”
Cultura e identidade levou um ano e seis meses para ser construído e contemplou todas as regiões do RS. O projeto é incentivado pelas Lei Federal de Incentivo à Cultura e Lei de Incentivo à Cultura do RS.

Eurico7Serviço:
O autor distribuirá gratuitamente 600 exemplares a entidades de assistência à infância carente do Estado. Estas poderão comercializá-los, recebendo integralmente os valores obtidos nas vendas.
O lançamento será dia 23 de abril, quando também será aberta a exposição de fotografias homônima. Você pode acompanhar os bastidores em facebook.com.
A exposição fotográfica ficará no Memorial do RS, de 23 de abril a 31 de maio. Será aberta ao público, com entrada gratuita. Dia 25, o autor fará uma palestra, também gratuita, no Auditório do Memorial, às 14h30min.
A exposição será montada, ainda, em Montenegro, no mês de junho. Em julho, estará em Bagé, durante as comemorações do aniversário da cidade.
Cultura e Identidade será vendido com preço promocional de R$ 50,00 e preço normal de R$ 100,00.

Porto Alegre: Dionisia VinhoBar promove Malbec Day no dia 17

Porto Alegre: Dionisia VinhoBar promove Malbec Day no dia 17

Agenda Cidade Cultura Economia Gastronomia Negócios Notícias
O dia 17 de abril marca a data de celebrar a uva Malbec no mundo. De origem francesa, a cepa passou pela sua chamada revolução nas mãos de Nicolas Catena na década de 90, ao engarrafar seu primeiro 100% Malbec, a partir do plantio no fértil solo de Mendoza, Argentina. 

A partir de segunda-feira (15) a Dionisia VinhoBar apresenta uma seleção especial de rótulos quem têm a uva como destaque, três argentinos – Seminare, Cadus e Piegrande – um chileno – Fillo – e um francês – Purple.
Tinta, encorpada, com alto teor de taninos e muito aromática a Malbec agrada a muitos paladares. Frutas vermelhas mais frescas, maduras nos envelhecidos em carvalho, um aroma sutil de ervas e chocolate algumas vezes. A uva que veio da França hoje tem cerca de 75% da sua produção vinda da Argentina.
MalbecDionisia VinhoBar
Padre Chagas, 314
De segunda à sábado, loja das 12 às 22h; bar das 18h às 24h.
Reservas e infos pelas redes sociais
@dionisiavinhobar
facebook.com/dionisiavinhobar
Secretaria da Cultura realiza capacitação para edital de Educação Patrimonial

Secretaria da Cultura realiza capacitação para edital de Educação Patrimonial

Agenda Cidade Cultura Notícias

Dirigentes municipais de cultura e demais interessados na elaboração de projetos culturais de prefeituras gaúchas poderão se capacitar para participar do Edital FAC de Educação Patrimonial. A oficina de capacitação ocorre na próxima terça-feira (16), na sede da Famurs (sala 3 – Rua Marcílio Dias, 574 – Menino Deus, Porto Alegre). Não é necessário inscrição prévia, basta ir direto à Famurs – a capacidade é de 50 lugares.

A capacitação será ministrada por técnicos do Fundo de Apoio à Cultura – diretoria de Fomento da Sedac. Durante o encontro será apresentado o edital e a assessoria técnica estará disponível para auxiliar na elaboração dos projetos de Educação Patrimonial. “Estamos ansiosos por este encontro. Será a oportunidade de incentivar a participação dos municípios e qualificar os projetos que serão apresentados” – observa Rafael Balle, diretor de Fomento da Secretaria da Cultura.

O valor total do Edital é de R$ 1,5 milhão, sendo dez vagas de R$ 25 mil, dezesseis de R$ 50 mil e seis de R$ 75 mil – totalizando 32 municípios que devem ser selecionados. O objetivo é promover a educação patrimonial e engajar de forma sistemática a sociedade na preservação, reconhecimento e valorização do patrimônio cultural. As inscrições estão abertas até 30 de abril pelo site, clique aqui.

Porto Alegre: Alma Lusitana leva o fado para a Cidade Baixa. Evento será realizado neste domingo, dia 14, a partir das 16h30min

Porto Alegre: Alma Lusitana leva o fado para a Cidade Baixa. Evento será realizado neste domingo, dia 14, a partir das 16h30min

Agenda Cidade Cultura Destaque Porto Alegre

 

O “Fado na Cidade Baixa”, apresentado pelo grupo Alma Lusitana, será realizado neste domingo (dia 14), a partir das 16h30min, na Rua Olavo Bilac, em frente à casa de número 198. O evento estava programado para o fim de semana passado, mas foi transferido por causa da chuva. A entrada é franca.

AlmaLusitana01_cidadeBaixa_Arquivo
Alma Lusitana se apresenta neste fim de semana. Foto: João Mattos – Especial/ Arquivo

O Alma Lusitana apresenta o fado e a música portuguesa desde 2005, em shows e eventos realizados em diferentes cidades no Sul do Brasil. No “Fado da Cidade Baixa”, a ideia é recordar as tradicionais festas lusitanas de rua e viver um ambiente de confraternização. A venda de bolinhos de bacalhau, doces e vinhos portugueses completam o clima.

O quarteto do Alma Lusitana, que se prepara para gravar seu primeiro álbum no primeiro semestre deste ano, é formado pela cantora Júlia Machado e pelos músicos Jéferson Luz, na guitarra portuguesa, Pedro Rodrigues, no violão, e Maurício Montardo, no teclado. A realização do evento é da 7 Marias Produtora.

DICA – Algumas cadeiras serão disponibilizadas, mas os realizadores sugerem que os espectadores levem suas cadeirinhas para assistir ao show.

MÍDIAS SOCIAIS – Para acompanhar o trabalho do Alma Lusitana, acesse o Facebook e o Instagram, @almalusitanabr.

Educação: Unisinos é a melhor universidade privada do estado em ranking de impacto social

Educação: Unisinos é a melhor universidade privada do estado em ranking de impacto social

Cultura Destaque Educação

A Unisinos é a melhor universidade privada do estado no ranking de impacto realizado pela Times Higher Education, que é referência mundial na avaliação de reputação acadêmica. O Ranking inédito foi divulgado nesta quinta-feira, dia 04, e avaliou mais de 450 universidades de 76 países. Nesta primeira edição, foram utilizados como critérios 11 dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas:

O Pró-Reitor Acadêmico e de Relações Internacionais destaca o reconhecimento do trabalho desenvolvido pela Universidade para contribuir com os objetivos traçados pela ONU até 2030. “Sem dúvida, esse ranking é um reconhecimento pelo esforço que a Unisinos vem realizando em excelência, empreendedorismo e inovação acadêmica”, afirma.

grad-pro-202Para o diretor da Unidade Acadêmica de Graduação, Gustavo Borba, o resultado tem grande importância para a Universidade e representa sua preocupação com os impactos sociais gerados através de suas ações acadêmicas. “Todo trabalho de ensino e pesquisa que é feito dentro de uma instituição de ensino superior de excelência tem que repercutir de alguma forma nas comunidades e na melhoria da vida das pessoas. E esse ranking traz um pouco disso, mostra efetivamente as externalidades do que se faz dentro da Universidade, ou seja, como que isso impacta socialmente”, explica.

Um dos projetos em destaque, que coloca a Universidade como a melhor instituição de ensino privado do estado no ranking, é o Espaço Colaborativo. Moldado a partir do pensamento apresentado por Manzini (2008) de “comunidades criativas”, a ideia pretende fomentar projetos de inovação social de caráter inter e transdisciplinar, desenvolvidos por alunos, professores e técnicos em conexão com as necessidades das comunidades no entorno da Universidade.

O projeto possui semelhança a um laboratório de inovação cultural e social em que os participantes serão instigados a criar, experimentar e materializar seus projetos. Dessa forma, caracteriza-se como um ambiente de desenvolvimento projetual e de atitude empreendedora, estabelecendo uma aprendizagem continua e coletiva, dando sequência às propostas desenvolvidas por todos os presentes.

A diretora da Unidade Acadêmica de Pesquisa e Pós-Graduação, Dorotea Frank Kersch, reforça a colocação da Universidade no ranking pelas suas ações, como o Espaço Colaborativo. “Para nós, da Unisinos, que trabalhamos na consolidação de Programas de Pós-Graduação, cinco dos quais estão no projeto PrInt da Capes, é fundamental estarmos bem ranqueados. Esse ranking revela bem o compromisso social da Universidade por meio do impacto de nossas pesquisas na sociedade”, explica.

Para conferir a lista completa, acesse o site da Times Higher Education.

Porto Alegre:  Claudia Laitano fala sobre o álbum Alucinação de Belchior no Ciclo Música e Política da Discoteca Pública Natho Henn

Porto Alegre: Claudia Laitano fala sobre o álbum Alucinação de Belchior no Ciclo Música e Política da Discoteca Pública Natho Henn

Agenda Cidade Cultura Destaque Vídeo

O álbum “Alucinação”, de Belchior, é o disco comentado desta edição do Ciclo Música e Política. Uma realização da Discoteca Pública Natho Henn, com apoio do Instituto Estadual de Música (IEM), o projeto debate, por meio de audições comentadas, o caráter político de álbuns relevantes. A palestrante desta quinta-feira (11) será a jornalista Claudia Laitano. A atividade é gratuita e ocorre a partir das 19h, no Auditório Luís Cosme, no 4º andar da Casa de Cultura Mario Quintana.

laitano
Claudia Laitano

Os encontros acontecem entre 14 de março e 9 de maio, sempre tendo como palestrantes músicos, jornalistas, escritores e professores. Os debatedores escolheram os discos que serão ouvidos e comentados, com destaque para aspectos gerais da obra, mas foco no caráter e impacto político. Há discos marcantes de diversos gêneros, como MPB, hip-hop, música latina e jazz. Inaugurada em 14 de abril de 1955 pelo músico, compositor, pianista e professor que lhe dá nome, a Discoteca Pública Natho Henn já esteve localizada em diversos endereços. Atualmente, ocupa o 4º andar da Casa de Cultura Mario Quintana (Rua dos Andradas, 736, Centro Histórico de Porto Alegre). A Discoteca possui o maior acervo de música do Rio Grande do Sul: são 3.342 livros, 17.168 partituras e aproximadamente 46.573 discos, entre LP’s, álbuns, compactos e CD’s. Destinada a pesquisadores, músicos e público em geral, ao longo desses 64 anos a instituição vem se modernizando e tem se dedicado a preservar, organizar e divulgar a produção musical nacional e internacional em seus diferentes suportes.

 

chico1
Construção será tema em maio.

Confira o calendário do Ciclo Música e Política:

– 11/04: Claudia Laitano: ‘Alucinação’ (Belchior);
– 25/04: Luiz Maurício Azevedo: ‘Kind of Blue’ (Miles Davis);
– 02/05: Demétrio Xavier: ‘Cantata de Santa Maria de Iquique’ (Grupo Quilapayun);
– 09/05: Guto Leite: ‘Construção’ (Chico Buarque).

 

 

SERVIÇO
Ciclo Música e Política
Data: de 14 de março a 9 de maio | quintas-feiras | * com exceção da quinta 18 de abril
Horário:  19h
Local: Auditório Luiz Cosme da Discoteca Pública Natho Henn, no 4º andar da Casa de Cultura Mario Quintana (Rua dos Andradas 736, Centro Histórico – Porto Alegre)
Entrada franca e aberta ao público
CONTATO:
Discoteca: Fone: (51) 3221-7104 |E-mail: discotecanathohenn@sedac.rs.gov.br