Porto Alegre: Sábado é dia de festejar com vinho

Porto Alegre: Sábado é dia de festejar com vinho

Agenda Direito Direito do Consumidor Economia Negócios Notícias

O friozinho do final de semana sugere uma visita ao evento Vinho na Praça, que vai apresentar a produção de oito vinícolas gaúchas na Praça Maurício Cardoso, no bairro Moinhos de Vento, a partir das 14h deste sábado.

Estão confirmadas as participações de Bodega Sossego, Aracuri, Pericó, Guatambu, Don Giovanni, Capoani, Routhier & Darricarrère e Weber, representativas de regiões vinícolas de Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Uruguai. Além de vinhos e espumantes, o público visitante vai encontrar petiscos, atrações musicais, uma feira de produtos sustentáveis e um espaço para as crianças.

Leia mais em METRO POA

Fachin vota pela condenação do deputado Nelson Meurer

Fachin vota pela condenação do deputado Nelson Meurer

Agenda Comportamento Comunicação Destaque Direito Poder

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin votou hoje (22) pela condenação do deputado federal Nelson Meurer (PP-PR) e seus dois filhos, Nelson Meurer Júnior e Cristiano Augusto Meurer, pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. É a primeira ação penal da Operação Lava Jato julgada pela Segunda Turma da Corte após a chegada dos primeiros inquéritos, em 2015.

O colegiado julga denúncia elaborada pelo ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Conforme a acusação, o deputado Nelson Meurer recebeu, entre 2006 e 2014, R$ 29 milhões em vantagens indevidas.

Leia mais em Agência Brasil

“Promotor quis me forçar a delatar Kassab no caso do ISS”

“Promotor quis me forçar a delatar Kassab no caso do ISS”

Agenda Comportamento Comunicação Direito Notícias Poder Polícia Política

Acusado de participar da máfia do ISS na Prefeitura de São Paulo durante a gestão de Gilberto Kassab (PSD), o auditor Ronilson Rodrigues diz que seu acordo de delação premiada não foi aceito porque ele se recusou a envolver o ex-prefeito. “Ele [op romotor Roberto Bodini] queria que eu dissesse o que ele queria, e não o que eu sabia”, diz em entrevista a Rogério Gentile. O Ministério Público nega tentativa de implicar Kassab, hoje ministro do governo Temer, no caso.

(Folha de S. Paulo)

AGU alertou Planalto sobre Decreto dos Portos

AGU alertou Planalto sobre Decreto dos Portos

Agenda Cidade Comunicação Direito Economia Negócios Notícias

O Planalto desconsiderou mais de um alerta da Advocacia-Geral da União apontando para irregularidade no Decreto dos Portos, editado em maio de 2017 pelo presidente Temer. A AGU viu “risco relevante” em artigo que prorroga em até 70 anos as concessões e arrendamentos portuários. O Planalto disse que “qualquer discussão anterior ou minuta elaborada em fase de estudos fica prejudicada pela versão final do decreto”.

(O Estado de S. Paulo)

Diesel sobe, e caminhoneiros se manifestam em 17 estados

Diesel sobe, e caminhoneiros se manifestam em 17 estados

Comportamento Comunicação Destaque Direito Negócios Notícias Poder

Insatisfeitos com o reajuste do óleo diesel, cerca de 300 mil caminhoneiros fizeram paralisações nas cinco regiões do país, segundo associação da categoria. Pelo menos 17 estados registraram manifestações, com bloqueios de rodovias. SP e MG foram os mais afetados. Mantendo sua política de preços, a Petrobras anunciou novo aumento no diesel, que acumula alta de 12,3% em maio, e na gasolina. O ministro Eliseu Padilha (Casa Civil) disse que o governo busca soluções para dar previsibilidade ao preço dos combustíveis.

(Folha de S. Paulo)

Rio Grande do Sul adere à greve contra preço do diesel

Rio Grande do Sul adere à greve contra preço do diesel

Agenda Comportamento Comunicação Destaque Direito Economia Notícias

No mesmo dia em que a Petrobras anunciou reajuste nos preços dos combustíveis (de 0,97% para o diesel e de 0,9% para a gasolina nas refinarias a partir de hoje), caminhoneiros de aproximadamente 17 estados brasileiros realizaram protestos em rodovias federais e estaduais, incluindo trechos que passam por municípios gaúchos. No final da manhã, vários profissionais da área já realizavam protestos de forma independente em alguns pontos. Em nota, o presidente da Federação dos Caminhoneiros Autônomos do Estado do Rio Grande do Sul (Fecam-RS), André Costa, declarou que os bloqueios foram provocados por divulgações nos meios eletrônicos e via redes sociais, e não pela federação. “Não cabe à federação ou aos sindicatos convocação de movimento, mas sim defender os interesses da categoria representada, papel esse que é desempenhado com garra e determinação pelas entidades, mas não podemos iludir a categoria com falsas promessas”, diz a nota.

Leia mais em Jornal do Comércio

Prisão temporária cresce depois de veto à coercitiva

Prisão temporária cresce depois de veto à coercitiva

Agenda Comportamento Direito Notícias Polícia

Prisões temporárias cumpridas pela Polícia Federal cresceram 32% nos primeiros quatro meses de 2018 em relação ao mesmo período do ano anterior. Dados obtidos pelo Estado pela Lei de Acesso à Informação englobam todos os mandados cumpridos no País de 1º de janeiro de 2013 a 30 de abril de 2018 e mostram que a alta ocorre após decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, que, em dezembro, proibiu a condução coercitiva de investigados para interrogatório em todo o País. De janeiro a abril, foram cumpridas 195 prisões temporárias, ante 148 nos primeiros quatro meses de 2017. A PF de São Paulo responde por 20% do total das temporárias executadas no período. Conforme o Estado mostrou em julho do ano passado, o número de conduções coercitivas (obrigatórias ou forçadas) cresceu mais de 300% após o início da Operação Lava Jato.

(O Estado de S. Paulo)

Feira Brasileira do Varejo começa dia 28 na Fiergs

Feira Brasileira do Varejo começa dia 28 na Fiergs

Agenda Cidade Comunicação Destaque Direito Economia Notícias Trabalho

De 28 a 30 de Maio, o Centro de Eventos FIERGS recebe a A Feira Brasileira do Varejo. Realizada pelo Sindilojas Porto Alegre com o objetivo de reunir fornecedores e lojistas em um só espaço, permitindo interação e a formação de novas parcerias e negócios. Entre os expositores, estão empresas com soluções de tecnologia, gestão, segurança, marketing, entre outros serviços e produtos voltados ao varejo.

Desde a primeira edição, em 2013, acontece em paralelo o Congresso Brasileiro do Varejo, que reúne os principais nomes de referência nacional e internacional para o varejo. Em cinco anos, foram mais de 70 horas de palestras com cerca de 168 palestrantes e painelistas de renome para o varejo.

O presidente do Sindilojas Porto ALegre, PAULO KRUSE, fala que “É uma honra fazer parte deste evento desde o início. Nossa intenção é crescer cada vez mais. Essa é a razão de ser do Sindilojas Porto Alegre: levar conhecimento, desenvolvimento e  benefícios para os lojistas de Porto Alegre e de Alvorada. Porém, com a Feira Brasileira do Varejo, conseguimos mais do que isso. Com o evento estamos contribuindo para o crescimento e a qualificação do varejo nacional. Já recebemos expositores de outros Estados e palestrantes internacionais e a cada ano estamos trabalhando em busca de superação. E tudo isso é para você, lojista. Não deixe de participar.”

STJ confirma inocência de Mainardi em caso de publicidade da prefeitura

STJ confirma inocência de Mainardi em caso de publicidade da prefeitura

Comportamento Comunicação Direito Eleições 2018 Notícias Poder

Após 10 anos tramitando, o processo movido pelo Ministério Público (MP) contra o ex-prefeito de Bagé e atual deputado estadual Luiz Fernando Mainardi, do PT, por improbidade administrativa, teve decisão final do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

A Primeira Turma do STJ não acolheu o recurso especial movido pelo Ministério Público e confirmou a decisão do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul (TJ-RS), que já havia inocentado, por unanimidade, o ex-prefeito, em 2016. A decisão, relatada pelo ministro Sérgio Kukina, foi publicada no final de março de 2018, mas apenas agora superou o período de possíveis embargos.

Sinto-me alegre e triste ao mesmo tempo”, disse Mainardi. “Alegre porque, finalmente, está comprovado que agi sem qualquer dolo, visando a informação dos bajeenses sobre minha gestão na prefeitura. Fiz propaganda porque tinha muita coisa para informar e mostrar, muitas ações para prestar contas. Mas sinto-me, também, triste, porque neste longo tempo tive prejuízos de imagem e financeiros. Convivi por uma década com uma injustiça. Quem pagará por isso?”, questiona.

Leia mais em Jornal Minuano