Com novos saques, aplicativo do FGTS lidera ranking em loja virtual

Com novos saques, aplicativo do FGTS lidera ranking em loja virtual

Destaque Direito Direito do Consumidor Economia Tecnologia Trabalho
O aplicativo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) figura na primeira colocação na lista de “top apps” gratuitos da Play Store, loja virtual de programas para dispositivos móveis do sistema operacional Android. O programa do fundo e o da Caixa estão entre os principais, juntamente com opções populares como Whatsapp, Facebook, Instagram e Kwai.]

Os “top apps” são uma das categorias da loja virtual Play Store. O ranking é definido por critérios próprios e não públicos do Google, conglomerado controlador da loja. A posição do ranking não é dada, assim, pelo número de downloads. O aplicativo do FGTS, por exemplo, marcava até a data da publicação 60 mil downloads. Já Facebook e Whatsapp chegavam à casa dos 90 milhões de carregamentos.

Por meio dele é possível consultar o valor disponível para saque imediato, canal de pagamento, extrato, saldo e tirar dúvidas sobre o benefício. Para instalar, é necessário dar informações como CPF, nome, data de nascimento e cadastrar uma senha. O site da Caixa traz um passo-a-passo para o procedimento.

O aplicativo foi atualizado no início do mês. Entre os novos recursos incluídos está a consulta do processo de saque imediato e adesão a ele. A ferramenta também passou a disponibilizar informações e permitir consulta para o saque aniversário.

Na Play Store, na escala de 1 a 5 o app possuía média de 3,2. A nota é dada pelos usuários que fazem o carregamento de cada app. Nos comentários, muitas pessoas reclamavam que a atualização da versão havia vindo com problemas (ou bug, no linguajar popular utilizado para equipamentos e serviços de informática).

Diante das reclamações, a Caixa respondeu no espaço de comentários que havia enfrentado problemas mas que o procedimento de cadastramento havia sido corrigido e que poderia ser novamente realizado para viabilizar a instalação e o uso do app.

Saque imediato

O app ganha popularidade no contexto do início dos saques imediatos do FGTS anunciados pelo governo federal. No primeiro sábado, a Caixa registrou 12 milhões de transações relacionadas ao pagamento. Já foram creditados quase R$ 5 bilhões nas contas de trabalhadores atendidos com o benefício. (Agência Brasil)

Porto Alegre: Vamos falar de grana, sim! Arthur Estima será um dos palestrantes do Experience Senac

Porto Alegre: Vamos falar de grana, sim! Arthur Estima será um dos palestrantes do Experience Senac

Agenda Cidade Economia Negócios Notícias

Educação Financeira deveria ser um assunto tratado desde o Ensino Fundamental a fim de preparar a sociedade a ter uma relação mais saudável com suas finanças. Assim pensa o head da corretora Warren Brasil, Arthur Estima que também é o responsável pelo Papo de Grana, projeto de educação financeira que está fazendo um grande sucesso na internet. Estima será um dos palestrantes do Experience Senac, evento gratuito promovido pelo Senac-RS e que promete ser um espaço disruptivo onde pulsam ideias e novas experiências no mundo da educação.

Estima será um dos destaques do Senac Talks, um dos pilares do evento e que trará diversas histórias e cases de inovação e educação, com palestrantes nacionais e internacionais. Ele compartilhará suas experiências à frente do Papo de Grana e no mundo do mercado financeiro no espaço XP Inovação, no dia 26, às 15h50, com a palestra “Transformação no Mundo dos Investimentos”. O especialista acredita no propósito de transformar a vida das pessoas através da Educação Financeira. “O Papo de Grana é um espaço para discussão sobre finanças pessoais, investimentos e objetivos. Através de palestras, conteúdos online, cursos, podcasts, vídeos, ferramentas e materiais de apoio, oferecemos conteúdo de qualidade e transparente para as pessoas”, afirma.

O Experience Senac acontecerá entre os dias 25 e 27 de setembro, no Centro de Eventos do Barra Shopping Sul e trará nomes importantes da área da inovação. O encontro terá três grandes pilares:

MAKER – Coworking, Escola do Futuro e Games – Aqui os visitantes poderão conhecer e interagir com diversas possibilidades de educação profissional e participar de atividades e oficinas sobre idiomas, lógica da programação, entre outros temas.

TALKS – Conteúdo, Cases e Compartilhamento – O Senac Talks acontecerá no segundo dia do evento e trará diversas histórias e cases de inovação e educação, com palestrantes nacionais e internacionais.

PROJECTS – Mostra de Projetos de Inovação – Ambiente compartilhado, onde os alunos das escolas Senac no Estado irão expor seus projetos, nas mais diversas áreas do conhecimento.

Mais informações sobre a programação pelo site www.senacrs.com.br/xpsenac.

Bento Gonçalves recebe primeiro Festival de Balonismo da Serra Gaúcha. Programação promete atrair mais de 10 mil pessoas até domingo

Bento Gonçalves recebe primeiro Festival de Balonismo da Serra Gaúcha. Programação promete atrair mais de 10 mil pessoas até domingo

Destaque Economia Trabalho Turismo

O céu de Bento Gonçalves estará mais colorido a partir desta quinta-feira (12). A cidade sediará o primeiro Festival de Balonismo da região, em uma programação que contará com a presença de pilotos de vários estados. Mais de 10 mil pessoas devem participar do evento, que acontece até domingo (15).

Cerca de dez balões integram o evento que será realizado no Parque de Eventos (Fundaparque). “É uma inovação que consolida Bento Gonçalves como destino turístico, movimentando a economia em um período de baixa temporada”, destaca o secretário municipal de Turismo, Rodrigo Ferri Parisotto. Em 2018, mais de um milhão e meio de visitantes passaram pela cidade.

Estão previstos voos competitivos e shows musicais, além do chamado Night Glow – espetáculo noturno em que os balões são iluminados e ficam presos por cordas flutuando a alguns metros de altura do chão. O Festival de Balonismo será realizado em parceria com a Federação Gaúcha de Balonismo.

Programação

Crédito das fotos - Rodrigo Parisotto (1)
Vale dos Vinhedos e outras belezas de Bento Gonçalves são vistas em voo de balão. Foto: Rodrigo Parisotto

12/setembro

16h – Primeiro voo

20h30 – Coquetel de abertura do evento (exclusivo para pilotos)

13/setembro
7h – Abertura dos portões da Fundaparque
Primeiro voo competitivo (caça à raposa)
16h – Segundo voo competitivo
19h30 – Carreata de fogos saindo do centro até o local do Night Glow
20h30 – Night Glow e shows de bandas
Atrações: Sunset Riders e DJ Metz

14/setembro

7h – Abertura dos portões da Fundaparque
Terceiro voo competitivo
16h – Quarto voo competitivo
19h30 – Carreata de fogos saindo do centro até o local do Nightglow
20h30 – Nightglow e shows de bandas
Atrações: Filipe Girardi e DJ Rustty

15/setembro

7h – Abertura dos portões da Fundaparque
Quinto voo competitivo
15h – Show com bandas
16h – Último voo competitivo
Atrações: Banda Jovem Ainda, Eletric Blues Celebration e Eder e Emerson

* A programação poderá sofrer alterações

Ingresso: R$ 15,00 por dia (menores de 12 anos não pagam). Mais informações: turismo@bentogoncalves.rs.gov.br ou (54) 3055-7130.

Sentinela Security participa do evento Mind The Sec. Principal canal no Brasil da israelense IntSights, empresa gaúcha marca presença com palestra sobre Dark Web

Sentinela Security participa do evento Mind The Sec. Principal canal no Brasil da israelense IntSights, empresa gaúcha marca presença com palestra sobre Dark Web

Agenda Destaque Economia Negócios Segurança Tecnologia Trabalho

Pela primeira vez, a empresa gaúcha Sentinela Security participará do Mind The Sec, principal conferência sobre Segurança da Informação e Tecnologia do continente, que acontece nos dias 17 e 18 de setembro, em São Paulo. Além de levar um time de engenheiros para realizar demonstrações de produtos, a Sentinela será responsável por uma das palestras do evento: “Dark Web Tour”, com Juan Marin (Sales Engineer Manager for LATAM, IntSights Cyber Intelligence), que aterrissa diretamente dos Estados Unidos para o evento.

O que era antes uma fábula da imaginação, a Dark Web evoluiu para algo semelhante à uma loja online onde, nações, hackers e até cybers criminosos menos sofisticados, podem comprar malware, crimeware-as-a-service, emails e senhas de pessoas importantes, números de cartão de crédito, contas de banco e mais.

Fundada em 2004, em Porto Alegre, por André Fávero, a Sentinela Security colabora com inúmeras organizações que buscam se proteger de ataques de toda ordem. Atualmente, a Sentinela Security é o principal canal no Brasil da IntSights, empresa israelense de Threat Inteligence que possui uma plataforma de monitoramento de ameaças externas como planejamento de cyber-ataques, vazamento de informações, sites falsos para roubo de informações, informações de VIPs, páginas em redes sociais falsas, aplicativos da empresa com malwares e proteção de marca. Possui módulos de automatização de resposta a incidentes e um suporte 24 horas com analistas de diversas partes do mundo, que monitoram constantemente fóruns de hackers.

Em evento do LIDE RS, embaixador de Israel no Brasil aponta a tecnologia e a inovação como principais fatores do desenvolvimento

Em evento do LIDE RS, embaixador de Israel no Brasil aponta a tecnologia e a inovação como principais fatores do desenvolvimento

Agenda Cidade Economia Mundo Notícias Tecnologia Trabalho

 

O LIDE RS e Federação Israelita do Rio Grande do Sul promoveram nesta quarta-feira, 11, café da manhã empresarial, com a presença do embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley, e o secretário de Inovação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Luiz da Cunha Lamb. O encontro, que faz parte do Projeto “Novos Horizontes”, teve como tema “Ambiente de Inovação e as Oportunidades de Negócios entre o Estado do Rio Grande do Sul e Israel”, reunindo convidados, filiados às duas entidades e imprensa.

kxTMKUbA
Embaixador Yossi Shelley. Foto: LIDE

Em sua apresentação, o embaixador Shelley explicou como Israel chegou a ser a referência que é, hoje, na economia mundial. Segundo ele, Israel priorizou investimentos em Segurança até ser considerado, de fato, uma potência representada por um exército bastante forte. “A partir daí nossos investimentos passaram a ser principalmente onde ainda não existia concorrência, com domínio do conhecimento e da tecnologia, atuando em nosso favor. Hoje todos os países querem nossa ajuda, podemos e estamos dispostos a ajudar, afirmou Shelley.

Já o secretário Luiz Lamb disse que é preciso prestar a atenção nas empresas que dominam os mercados, onde a maioria é do segmento tecnológico. “Atualmente,  o ativo intelectual é o grande valor da economia. É preciso ter uma formação diferenciada desde as escolas até o ambiente empreendedor. Precisamos evoluir para o modelo desmaterializado do século 21, onde o ativo físico só tem valor quando se agrega o conhecimento”, reiterou.

Para o presidente do LIDE RS, Eduardo Fernandez, há muito anos o embaixador Yossi tem liderado a corrida pela Inovação, demonstrando uma extrema capacidade de lidar com algumas limitações de recursos naturais e também de impacto na melhoria da vida da sociedade. Fernandez estacou, ainda, a importante aproximação entre Brasil e Israel e o quanto Israel pode ajudar na retomada do desenvolvimento da economia brasileira.

Também presente no encontro, o presidente da Federação Israelita do Rio Grande do Sul, Sebastian Watenberg, disse que as pessoas têm muita curiosidade sobre os potenciais de Israel e este tipo de espaço proporciona um intercâmbio fértil. ”Essa aproximação é uma relação de ganha-ganha. Israel quer um espaço de cooperação junto com o Brasil. Por isso, devemos explorar todo o potencial tecnológico que temos nas nossas universidades, por exemplo. Cooperação é a palavra-chave para que ambos os lados ganhem e que todos os benefícios sejam refletidos para Israel, Brasil e o nosso Rio Grande do Sul”, conclui.

Porto Alegre: Amyr Klink debate com Marchezan oportunidades à economia náutica da Capital

Porto Alegre: Amyr Klink debate com Marchezan oportunidades à economia náutica da Capital

Economia Marchezan Negócios Notícias Porto Alegre prefeitura Trabalho Turismo
O prefeito Nelson Marchezan Júnior recebeu nesta quarta-feira, 11, o navegador, escritor e empresário Amyr Klink. Durante o encontro, no Paço Municipal, foram debatidas as possibilidades de desenvolvimento da economia náutica em Porto Alegre e o turismo em torno do Lago Guaíba, além de ações para fomentar uma cadeia produtiva que viabilize a geração de novos negócios e empregos.
Klink destacou os diferenciais que demonstram o potencial da economia náutica de Porto Alegre. “A cidade poderia ser um polo de marinas com certificação ambiental, por ser uma borda de água doce. Além disso, poderia ter um programa de bases náuticas de excelência diante de todo patrimônio natural que possui. Ou seja, protegendo o meio ambiente e gerando riqueza”, diz o navegador.
Profundo conhecedor do segmento náutico, Amyr Klink esteve em Porto Alegre com a intenção de contribuir com a reconfiguração da Orla do Guaíba. Segundo ele, esse tipo de esforço é fundamental para que “a cidade assuma a vocação que leva consigo até no nome”.
Além do prefeito, estiveram presentes na reunião o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Eduardo Cidade; o secretário de Parcerias Estratégicas, Thiago Ribeiro; o secretário-adjunto de Planejamento e Gestão, Daniel Rigon; a secretária-adjunta de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Viviane Diogo; o diretor de Turismo e Eventos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Leandro Balardin; e o diretor de projetos da Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão, Glênio Bohrer.
CPMF: Secretário da Receita Marcos Cintra é demitido do cargo por Bolsonaro

CPMF: Secretário da Receita Marcos Cintra é demitido do cargo por Bolsonaro

Destaque Economia
O secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, foi exonerado do cargo, a pedido, informou hoje (11) o Ministério da Economia. Em seu lugar assume, interinamente, o auditor fiscal José de Assis Ferraz Neto.tweetbolNa nota em que anuncia a exoneração do secretário, o ministério esclarece “que não há um projeto de reforma tributária finalizado. A equipe econômica trabalha na formulação de um novo regime tributário para corrigir distorções, simplificar normas, reduzir custos, aliviar a carga tributária sobre as famílias e desonerar a folha de pagamento”.

O ministério disse ainda que a proposta do governo “será divulgada depois do aval do ministro [da Economia] Paulo Guedes e do presidente da República, Jair Bolsonaro”.

O ministro Paulo Guedes agradeceu ao secretário Marcos Cintra os serviços prestados. (Agência Brasil)

Porto Alegre: Evento da Aliança e Pacto Alegre apresenta MBA em Ecossistemas de Inovação

Porto Alegre: Evento da Aliança e Pacto Alegre apresenta MBA em Ecossistemas de Inovação

Agenda Cidade Destaque Economia Educação Negócios Notícias

A inovação estimula a competitividade e instiga um olhar global sobre novos ecossistemas e aspectos inovadores em diferentes ângulos e perspectivas, que influencia no desenvolvimento de pessoas, negócios, regiões e países. Neste contexto, a Aliança para Inovação e o Pacto Alegre realizam evento de apresentação do MBA em Ecossistemas de Inovação. O curso é fruto da articulação entre UFRGS, PUCRS e Unisinos e parte do projeto Formação de Agentes de Inovação do Pacto Alegre.

O encontro tem como tema “Oportunidades em Ecossistemas de Inovação” e acontece no dia 16/9, às 19h, no 8º andar, sala 807, Campus Unisinos Porto Alegre. O assunto será abordado por três palestrantes: o secretário de Ciência e Tecnologia do RS e professor da UFRGS, Luis Lamb; o professor da Escola de Negócios da PUCRS, Gustavo Dalmarco; e o pró-reitor Acadêmico e de Relações Internacionais da Unisinos, Alsones Balestrin. O encontro tem mediação do coordenador do Pacto Alegre, Luiz Carlos Pinto da Silva Filho. Para participar, inscreva-se pelo whatsapp (51)999955572 ou pelo e-mail comercial@unisinos.br.

 

MBA apresenta uma visão global sobre novos ecossistemas

O curso, que está com inscrições abertas, aborda os espaços que unem a infraestrutura aos arranjos institucionais e culturais, atraindo empreendedores e recursos, constituindo organizações que potencializam o desenvolvimento da sociedade do conhecimento. O MBA oferece uma visão global sobre novos ecossistemas e aspectos inovadores em diferentes ângulos e perspectivas, influenciando no desenvolvimento de pessoas, negócios, regiões e países. O curso trabalhará a construção e o gerenciamento de um ecossistema de inovação. O aluno poderá interagir estrategicamente e identificando parceiros para o desenvolvimento de projetos conjuntos, formando um ambiente de aprendizagem inovador. Ao longo do curso, serão explorados diversos ecossistemas de inovação e os meios para seu acesso e desenvolvimento. Além disso, o MBA fornece novos discernimentos em relação a fronteiras, estruturas e gestão desses ecossistemas para que pessoas, empresas e organizações interajam e desenvolvam projetos, criando um ambiente de aprendizagem e criação inovadora.

 

Imersão em Ecossistemas de Inovação é um dos diferenciais do MBA

O currículo oferece ainda experiências imersivas, visando transformação da capital em uma referência na área de inovação e empreendedorismo, potencializando conexões locais, nacionais e internacionais. Essa edição do MBA ocorrerá na Unisinos, mas suas aulas serão ministradas por professores das três universidades. A disciplina Imersão em Ecossistemas de Inovação, também oportunizará experiências com aulas nas três instituições da Aliança, sendo 24h em cada uma. O que proporciona o contato com a infraestrutura, modelos de negócio e de gestão e pessoas dos Ecossistemas de Inovação das Universidades que integram a Aliança para Inovação. As aulas da primeira edição do MBA em Ecossistemas de Inovação começam em outubro.

Diretorias da FIERGS/CIERGS homenageiam competidores da WorldSkills 2019. Alunos do Senai-RS receberam um notebook de presente

Diretorias da FIERGS/CIERGS homenageiam competidores da WorldSkills 2019. Alunos do Senai-RS receberam um notebook de presente

Destaque Economia Educação Negócios

As diretorias da Federação e do Centro das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul homenagearam, na reunião desta terça-feira (10), os sete competidores do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-RS) que participaram em Kazan, na Rússia, na 45ª edição da WorldSkills, realizada de 22 a 27 de agosto. Ao enfatizar a organização e a grandiosidade do evento internacional, o presidente da FIERGS, Gilberto Porcello Petry, que acompanhou a competição na Rússia, parabenizou o trabalho realizado pelo Senai e o empenho dos alunos. A delegação brasileira de 63 jovens conquistou o terceiro lugar no ranking geral de pontos da WorldSkills 2019, a olimpíada mundial de profissões técnicas. O aluno do Senai de Sapucaia do Sul Carlos Brys foi o terceiro colocado em Instalações Elétricas Prediais. Outros três gaúchos conquistaram Diploma de Excelência: Andressa Batista de Souza (Tecnologia de Mídia Impressa), do Senai Artes Gráficas de Porto Alegre, e a dupla Cristiano Nunes e Emérson Lemes (Robótica Móvel), do Senai Santa Cruz do Sul.

“Foi uma experiência muito importante profissional e pessoal”, disse o medalhista gaúcho, que agora pretende estudar engenharia elétrica e seguir na área que lhe deu o bronze mundial. “Valeu muito a pena, agora é colher os frutos”, ressaltou. Vinda de uma escola com tradição de vencedores, Andressa contou que os oito meses de treinamento foram muito importantes. “Participar da WorldSkills foi a experiência mais importante da minha vida e que vou levar independentemente da carreira que eu seguir”, comentou. Cristiano Nunes conta que houve muitos momentos interessantes, e o que fica é a sensação de ter feito o seu melhor. “Mesmo não saindo exatamente como a gente queria, sem pódio, fizemos o que podíamos e foi bom”, observou. A última a entrar na delegação foi Gabrielli Kretschmer, do Instituto Senai de Tecnologia em Calçados e Logística, de Novo Hamburgo, que competiu em Logística Industrial e ficou em sexto lugar. Ela agora quer focar nos estudos. “Agora quero me aprimorar. Vou refazer a prova, rever erros e acertos. E estudar “, disse ela. O grupo gaúcho teve ainda os competidores Ruan dos Santos (Jardinagem e Paisagismo), de Santa Maria; e Leonardo Moraes (Manutenção Industrial), de Canoas.
O Senai, que é a instituição brasileira oficial na competição, treinou 56 jovens e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) foi responsável por outros sete. O Brasil, competindo com outros 62 países, conquistou duas medalhas de ouro, cinco de prata, seis de bronze, e 28 Diplomas de Excelência, em áreas estratégicas para a indústria do futuro. Nesta edição, 1.354 jovens de 63 países participaram do torneio. A China, que sediará a próxima WorldSkills, em 2021, na cidade de Xangai, ficou em primeiro lugar no ranking de pontos totais. A Rússia, a anfitriã do torneio, abocanhou a segunda posição.
A WorldSkills é o maior torneio de educação profissional do planeta. A cada dois anos, jovens de até 22 anos disputam medalhas de ouro, prata e bronze em um país diferente. Cada ocupação tem provas específicas, nas quais os competidores precisam demonstrar habilidades individuais e coletivas e realizar provas em padrões internacionais de qualidade.

Exportações da indústria recuam no RS. Queda foi de 2,7% na comparação com agosto de 2018

Exportações da indústria recuam no RS. Queda foi de 2,7% na comparação com agosto de 2018

Destaque Economia Mundo Negócios
As exportações da indústria do Rio Grande do Sul totalizaram US$ 1 bilhão em agosto, recuo de 2,7% em relação ao mesmo mês de 2018. Dos 23 setores industriais no RS que registraram vendas externas no período, 17 caíram, especialmente Químicos (-32,1%), Veículos automotores (-30,6%) e Couro e calçados (-16,6%) “A queda nas exportações foi disseminada entre os setores da indústria. A desaceleração da economia mundial e a crise na economia argentina têm contribuído para a diminuição na demanda externa por muitos produtos industrializados”, afirma o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS), Gilberto Porcello Petry.

Segundo análise da FIERGS, a diminuição nas vendas de produtos químicos para a Coreia do Sul (-US$ 21 milhões) e China (-US$ 8 milhões) foi determinante para o resultado negativo deste segmento. Já as exportações de Veículos automotores voltaram a recuar no mês passado por conta do agravamento da crise argentina (-US$ 42 milhões). Quanto ao setor de Couro e calçados, as vendas externas da matéria-prima sofreram uma queda de 27,7% ante agosto de 2018, enquanto o valor exportado de calçados foi praticamente o mesmo registrado no igual período.

Já entre os setores que registraram aumento das exportações, Celulose e papel se destacou, com 316,9% de crescimento, seguido de Coque e derivados do petróleo (+109,7%) e Produtos alimentícios (+13,3%). Enquanto o desempenho dos dois primeiros deve-se, exclusivamente, à pequena base de comparação, as exportações do complexo carne (especialmente frango e suína in natura), com alta de quase 40% em agosto, seguem impulsionando a indústria de Alimentos, que já assinala o quarto crescimento mensal consecutivo. Por conta de problemas fitossanitários com a peste suína africana, juntamente com a Guerra Comercial com os Estados Unidos, os chineses têm aumentado a demanda por produtos agrícolas no mercado brasileiro, beneficiando diretamente o segmento de proteína animal do Rio Grande do Sul.
 
No acumulado do ano, porém, o resultado das exportações industriais do RS é diferente da análise mensal. De janeiro a agosto de 2019, totalizaram US$ 8,4 bilhões, crescimento de 1,8% ante o mesmo período do ano anterior. A principal contribuição positiva para o resultado veio de Celulose e papel, US$ 1 bilhão, incremento de 63% até o momento.

IMPORTAÇÕES – Por sua vez, as importações do Estado somaram US$ 928 milhões em agosto, queda de 0,4% em relação ao mesmo mês do ano passado. Entre as grandes categorias econômicas, Bens de consumo (-47,1%), Combustíveis e lubrificantes (-21,6%) e Bens de capital (-11,8%) recuaram na comparação mensal. Os Bens intermediários, com alta de 15,5%, compensaram quase integralmente o resultado negativo dos importados, principalmente por conta da aquisição de produtos que compõem o grupo de Adubos e fertilizantes (+US$ 185 milhões). Já nos últimos oito meses, o montante importado pelo RS atingiu US$ 6,5 bilhões, retração de 10,2% no acumulado.