“Vamos dormir num Brasil e acordar no Canadá, Chile, Nova Zelândia…”, projeta Onyx Lorenzoni. No Brasil de Ideias, ministro da Casa Civil detalha benefícios da aprovação da Reforma da Previdência

“Vamos dormir num Brasil e acordar no Canadá, Chile, Nova Zelândia…”, projeta Onyx Lorenzoni. No Brasil de Ideias, ministro da Casa Civil detalha benefícios da aprovação da Reforma da Previdência

Destaque Economia Negócios

Confiante no destino da proposta da Nova Previdência, o ministro-chefe da Casa Civil compara a aprovação da reforma à passagem “por um portal rumo à prosperidade”. E arrisca uma data que marcará essa virada: 15 de setembro, até quando o Senado Federal deve votar, em segundo turno, a medida. Detalhando as perspectivas do governo federal, Onyx Lorenzoni conversou com líderes empresariais e políticos no Brasil de Ideias. Promovido pela Revista VOTO, o evento ocorreu nesta sexta-feira (5) no British Club, em Porto Alegre/RS.
Destacando que a gestão Bolsonaro iniciou pelo mais difícil, a Reforma da Previdência, o ministro ressaltou que um novo patamar será alcançado para o país. “Vamos dormir num Brasil e acordar em outro, muito próximo do Canadá, do Chile e da Nova Zelândia”, projetou. “O Brasil é a bola de vez para os investimentos. Temos capital humano, recursos minerais, rica biodiversidade, além de honrarmos os contratos. Mas aqui não há previsibilidade. Felizmente, isso começou a mudar com a aprovação de ontem”, destacou, referindo-se à validação do texto-base na comissão especial da Câmara, na última quinta-feira (4).
Assim que aprovada a iniciativa, o ministro adiantou que será pautada a Reforma Tributária. “Precisamos de simplificação. E, mais do que isso, de redução da carga. Nosso sonho é terminar o governo com 30% sobre o PIB. Queremos deixar mais dinheiro com o cidadão”, disse. Ao lado dessa evolução, virá a revisão do Pacto Federativo: “O Brasil precisa voltar a ser uma federação. Os estados precisam ter capacidade de investimento”.

Quebra de paradigmas

Como um dos grandes atributos do governo, Onyx Lorenzoni chamou atenção para a equipe formada pelo presidente Jair Bolsonaro. “Todos apostavam que não conseguiríamos estruturar um governo com equipe forte e competente”, salientou, acrescentando que os ministros assumiram com “absoluta independência”.
Para o ministro, há muitas mentiras circulando, com a tentativa clara de desunir a equipe e gerar cizânias. “Mas isso não acontece. Nossa equipe tem três diferenciais: alma verde e amarela, compromisso com decência e honestidade, e fazer um governo que verdadeiramente sirva ao país”, sublinhou. De acordo com Lorenzoni, outro avanço promovido em seis meses de gestão foi a interlocução elevada com os outros poderes: “Conseguimos construir uma nova relação com o Congresso Nacional, preservando e respeitando o Legislativo”.
Para o ministro da Casa Civil, alguns dos desafios que persistem têm relação com as estruturas herdadas. “Estamos quebrando sistemas que estavam enraizados há muito tempo na administração”, apontou, adicionando que já foram cortados 21 mil cargos de comissão e mais 25 mil serão eliminados até dezembro.

Avanços e perspectivas

Mencionando avanços conquistados até então – como aprovação do acordo entre Mercosul e União Europeia, redução de ministérios e de níveis hierárquicos, pacote anticrime e digitalização do governo –, Onyx Lorenzoni comentou sobre a Medida Provisória da Liberdade Econômica. “O Brasil e os países latino-americanos têm uma política de submeter a população aos interesses do Estado. Pela primeira vez, aqui o cidadão vai ter razão diante do Estado, até que se prove o contrário”.
Sobre a agenda de desestatização, o chefe da Casa Civil detalhou as mudanças que estão para ocorrer nas ferrovias, portos, rodovias e energia. “Vamos partir para um plano ousado de privatizações”, assegurou. E compartilhou uma visão pessoal: “A Petrobras tem papel importantíssimo para a extração de petróleo. Mas outras partes do processo podem ser compartilhadas”.
Diretora executiva do Grupo VOTO, Karim Miskulin, frisou que o mais importante foi o fato de o país mudar de norte. “Acabaram o preconceito ideológico contra as empresas, a visão de que o Estado tudo pode e tudo faz, a irresponsabilidade na gestão e a legitimação da corrupção”, disse na abertura do evento. O Brasil de Ideias contou com o patrocínio do Carrefour e da Gerdau e apoio da PICS e Verde Ghaia.

Empresário se suicida na frente do governador de Sergipe e do ministro de Minas e Energia. Sadi Gitz, dono de fábrica de cerâmica em recuperação judicial, se matou com tiro na cabeça depois de fala do governador em evento em Aracaju nesta quinta-feira; por Fernanda Nunes e Antonio Carlos Garcia, especial para O Estado de S.Paulo

Empresário se suicida na frente do governador de Sergipe e do ministro de Minas e Energia. Sadi Gitz, dono de fábrica de cerâmica em recuperação judicial, se matou com tiro na cabeça depois de fala do governador em evento em Aracaju nesta quinta-feira; por Fernanda Nunes e Antonio Carlos Garcia, especial para O Estado de S.Paulo

Destaque Economia

O site do jornal O ESTADO DE SÃO PAULO informa que um empresário do setor de cerâmica se matou com tiro na cabeça na frente do governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, e do Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, durante abertura de um seminário sobre o mercado de gás que aconteceria em Aracaju a partir desta quinta-feira, 4.

Segundo relatos de pessoas que presenciaram o suicídio, o empresário Sadi Gitz se levantou após a fala do governador, ameaçou dizer algumas palavras e se matou. Fontes do governo estadual contaram que o empresário era dono de uma fábrica de revestimentos cerâmicos que estava com as atividades suspensas por causa do alto preço do gás. Com isso, ele teria falido.

Leia a íntegra em O Estado de São Paulo.

Estruturas metálicas remanescentes da P-71 são arrematadas em leilão

Estruturas metálicas remanescentes da P-71 são arrematadas em leilão

Destaque Economia

Foi protocolado nesta terça-feira (2) o resultado do leilão online das estruturas metálicas remanescentes da plataforma de petróleo P-71, ocorrido na última semana. A empresa Movilex adquiriu os 30 lotes de sucata do casco da P-71 postas à venda pela Ecovix, administradora do Estaleiro Rio Grande, num total de 37.750 toneladas. O valor da negociação não foi divulgado.

De acordo com Robson Passos, diretor estatutário do Grupo Ecovix, trata-se de um importante passo para a limpeza e liberação do dique do Estaleiro. “Isto possibilita o desenvolvimento de novos negócios, imprescindíveis para garantir o cumprimento do Plano de Recuperação Judicial e a recuperação das atividades do Polo Naval de Rio Grande”, avalia Passos.

Este foi o terceiro leilão dos blocos da P71. Agora as atenções se voltam para a venda das estruturas remanescentes da plataforma P72 – cerca de 26 mil toneladas –, que deverá ter seu segundo leilão realizado no mês de agosto. O corte das estruturas das duas plataformas deverá durar 12 meses e gerar aproximadamente 400 empregos.

Expositores apresentam tecnologia nos lançamentos da Fenin.  Evento, que acontece em Gramado nesta semana, prevê movimentar R$ 400 milhões em compras

Expositores apresentam tecnologia nos lançamentos da Fenin. Evento, que acontece em Gramado nesta semana, prevê movimentar R$ 400 milhões em compras

Direito do Consumidor Economia Negócios Notícias

A tecnologia chegou definitivamente na indústria do vestuário. E isso pode significar uma pala recortada do lado interno da peça – trata-se de uma cinta modeladora de toque suave e que promete levantar o bumbum, ou simplesmente lançar tendência para o verão masculino com bermudas estampadas com camuflados, xadrezes e, folhagens e as camisas com bolinhas, gravataria e diferentes tons. É com essas novidades que a FENIN – Feira Nacional da Indústria da Moda destas estações, que acontece de 02 a 04 de julho, pretende reunir mais de 10 mil lojistas e compradores no Serra Park, em Gramado (RS), movimentando pelo menos R$ 400 milhões em compras de vestuário para a primavera/verão de 2019.
Conforme Julio Viana, diretor da EXPOVEST, empresa promotora do evento, a 24ª edição da feira terá com lançamentos e novidades de empresas do mercado de confecção. “Vamos apresentar o melhor encontro de moda e negócios do país”, comenta.
Entre as marcas que estarão expondo está a Black Jeans, que apresentará a pala recortada e, para as gestantes, os modelos ganham pala na cintura mais alta e elástica oferecendo maior segurança e conforto. Já a Mega Lipo vem com cinta modeladora embutida que comprime a barriga, modela a cintura e realiza um contorno perfeito do corpo. A tecnologia Seca Barriga comprime a área abdominal, modela a cintura e deixa a barriga chapada, e o Bolso Celular tem um jeans com bolso lateral para acomodar o celular com mais segurança, conforto e praticidade.
A marca oferecerá ainda os tecidos leves com fios nobres surgem em vestidos e macacões longos com diferentes recortes e lavagens que vão do delavê com reservas de cor ao bruto. Ganham destaque, ainda, as cinturas com amarrações, joggers com elásticos nas barras e referências ao militarismo tanto nas peças esportivas quanto no shape cargo com bolsos laterais.

Já a marca Pacific Blue trará calças e bermudas slims para os homens, que ganham rasgos, puídos e barras viradas. Para o público feminino surgem amarrações, recortes assimétricos e muitos destroyers como navalhados e desfiados. Ganham destaque os neons no rosa, laranja e amarelo. A Victor Marcel mostrará peças mais carregadas em lavanderia com efeitos useds. Destaque para as bermudas estampadas com camuflados, xadrezes e, folhagens e as camisas com bolinhas, gravataria e diferentes tons.
Expositores como a Style Italy vão mostrar tecidos rígidos e denins leves com liocel na coleção de Verão da marca onde ganham destaque as calças esportivas com elástico na barra e bolsos laterais, referências militares com peças no verde musgo e camuflados em modelagens como saias, calças, além de macacões no baby blue e delavê com marcação na cintura.
A EXPOVEST, empresa promotora de feiras e eventos, com sede em Porto Alegre, no RS, totalmente voltada aos interesses de seus clientes: expositores em busca da melhor vitrine para suas marcas, que destaque os lançamentos de seus produtos, em datas mais adequadas ao setor produtivo e a demanda dos lojistas de todo o país e também do mercado externo. A promotora, que sempre buscou disponibilizar a melhor infraestrutura para seus eventos e assim melhor acomodar seus expositores e clientes vindos de todas as regiões do Brasil e da América Latina, detém uma organização operacional das mais eficientes que privilegia seus expositores, sempre prestigiando os lojistas e atraindo novos compradores.

O que: FENIN Fashion Primavera/Verão 2019 – Gramado – Brasil
Quando: De 02 a 04 de julho de 2019 – Das 10h às 19h
Endereço: Serra Park – Rua Viação Férrea, 100 – Três Pinheiros, Gramado – RS, 95670-000

Porto Alegre: Sicredi União Metropolitana inaugura nova agência na Capital. Outras quatro serão abertas na Região Metropolitana este ano

Porto Alegre: Sicredi União Metropolitana inaugura nova agência na Capital. Outras quatro serão abertas na Região Metropolitana este ano

Agenda Cidade Destaque Direito do Consumidor Economia Negócios Poder Porto Alegre

A Sicredi União Metropolitana inaugurará, em 5 de julho, uma nova agência no bairro Hípica, marcando o ingresso físico na região e a busca por novos associados. Situada na Avenida Juca Batista, próxima à Sociedade Hípica Porto Alegrense, a unidade oportunizará a aproximação com os associados locais, que também poderão usar o espaço para realizar iniciativas próprias de negócios. Essa é a primeira das cinco agências que a instituição financeira cooperativa prevê abrir na Região Metropolitana este ano, somando-se às 17 em funcionamento em nove municípios – que fazem a gestão de mais de R$ 1 bilhão de recursos totais. As novas unidades serão abertas em Porto Alegre, Viamão, Gravataí e Canoas. O investimento total será de aproximadamente R$ 10 milhões. A expansão será a principal impulsionadora de uma geração de 100 novas vagas de empregos somente entre as agências da Cooperativa Sicredi União Metropolitana RS. No geral, o Sicredi planeja abrir mais de 400 postos de trabalho em 2019. “A expansão tem o objetivo de fortalecer o relacionamento através do atendimento próximo e personalizado, identificar as necessidades locais e propiciar um ambiente confortável, que possa ser utilizado como base para o desenvolvimento das suas próprias iniciativas de negócios”, afirma o presidente, Ronaldo Sielichow.
O presidente ressalta essa proximidade como um dos diferenciais da instituição financeira cooperativa, além do fato de reverter seus resultados financeiros diretamente para a região de atuação, contribuindo para o desenvolvimento da comunidade local. Outra diferença é o relacionamento humano, onde buscamos estar presentes, entendendo o momento de vida de cada associado, conhecendo seus objetivos pessoais e profissionais e a partir disso, auxilia-los na realização dos sonhos de curto, médio e longo prazo, visando sempre o bem-estar financeiro. A Sicredi União Metropolitana RS conta hoje com 56 mil associados. Além da agência física, a instituição oferece uma múltipla rede de canais de conveniência, como mobile e internet banking, redes de autoatendimento, agentes credenciados, além da Rede Banco 24horas e da mais nova parceria com a Rede Saque e Pague, que possui terminais multifuncionais. Os associados ao Sicredi podem sacar, consultar saldo, tirar extrato e realizar depósito sem envelope, permitindo que as notas depositadas sejam sacadas, e o crédito relativo ao depósito é realizado instantaneamente na conta do associado.

Porto Alegre já arrecadou R$ 1,3 milhão de imposto na Copa América

Porto Alegre já arrecadou R$ 1,3 milhão de imposto na Copa América

Cidade Economia Negócios Notícias Porto Alegre prefeitura

Porto Alegre já arrecadou mais de R$ 1,3 milhão de ISS (Imposto Sobre Serviços) nos quatro jogos realizados pela Copa América. Só no jogo de quinta-feira, 27, entre Brasil e Paraguai, a arrecadação de ISS será de R$ 517 mil para uma renda de R$ 10,3 milhões.

“Vamos superar a expectativa inicial que era arrecadar R$ 1,5 milhão com os cinco jogos da Copa América só pela venda de ingressos”, diz o secretário municipal da Fazenda, Leonardo Busatto. Ele avalia que o impacto para a economia da cidade foi muito positivo com o torneio. “Hotéis, restaurantes, bares, meios de transporte e o comércio registraram grande movimento nesses dias. Porto Alegre sabe receber bem os turistas. A nova orla, que comemora um ano neste sábado, foi a grande atração”, comenta Busatto.

A capital gaúcha ainda recebe um jogo pelas semifinais da Copa América na quarta-feira, 3 de julho, às 21h30, entre Chile e o vencedor de Uruguai x Peru.

Porto Alegre: Uso seguro de medicamentos é destaque na 5ª Jornada de Farmácia Hospitalar. Reunindo mais de 200 profissionais, evento do SINDIHOSPA trouxe palestrantes nacionais

Porto Alegre: Uso seguro de medicamentos é destaque na 5ª Jornada de Farmácia Hospitalar. Reunindo mais de 200 profissionais, evento do SINDIHOSPA trouxe palestrantes nacionais

Cidade Direito Direito do Consumidor Economia Notícias Saúde Tecnologia Trabalho

A manipulação e o uso correto da medicação são pontos essenciais para trazer mais segurança aos pacientes. Para falar sobre esse tema, o Sindicato dos Hospitais e Clínicas de Porto Alegre (SINDIHOSPA) convidou especialistas nacionais para sua 5ª Jornada de Farmácia Hospitalar. O evento ocorreu nesta sexta-feira (28), na Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS). Promovido pelo Comitê de Farmácia do sindicato, o encontro reuniu mais de 200 profissionais. Para o presidente da entidade, Henri Siegert Chazan, a evolução do setor requer atualização constante. “São perceptíveis as mudanças no ramo da farmácia, com o crescimento de tecnologias para a prática, a segurança e a personalização de medicamentos para os pacientes”, salientou.

Durante a programação, Mayde Seadi Torriani, do Hospital de Clinicas de Porto Alegre, abordou o preparo de quimioterápicos no dia a dia do farmacêutico na oncologia. “Toda prática e cuidado com prescrições e manutenção de drogas devem seguir protocolos internos de cuidados”, pontuou. No entanto, segundo a farmacêutica, é preciso atuar sempre próximo ao paciente e ao médico, pois a missão do profissional é ajudar para o bom desempenho do tratamento. Mayde detalhou aliados nesses cuidados, como uso de protocolos, monitoramento e auxílio farmacêutico na administração da medicação pelos familiares.

Abordando o monitoramento de eventos adversos, a farmacêutica Camila Rehen, do Hospital Alemão Oswaldo Cruz (SP), disse que é preciso haver uma harmonia entre questões assistenciais e financeiras. “Somos responsáveis por todo o processo. Deve-se ter cuidado especial em atenção ao paciente e também a processos internos sustentáveis, evitando desperdícios e gerenciando compras”, afirmou.

jornada2
Reunindo mais de 200 profissionais, evento do SINDIHOSPA trouxe palestrantes nacionais a Porto Alegre. Foto: Olga Ferreira

A especialista apresentou métodos de monitoramentos internos para evitar possíveis adversidades com os pacientes. Também compartilhou dados de sua instituição sobre principais falhas identificadas, trazendo formas de melhorar o desempenho prático. “Precisamos implementar ações tecnológicas, como prescrições eletrônicas, armários de dispensação e códigos de barras. Tudo isso é necessário para evitar erros e gerir de forma eficaz a farmácia hospitalar.”

Segurança desde a prescrição

Ao dividir sua experiência como responsável técnica do Hospital Divina Providência, Michele John Müller apresentou ferramentas para aumentar a segurança de pacientes. Ela citou o sistema utilizado na área e parâmetros inseridos para apoiar no controle das recomendações. “Além desses exemplos, para o acerto no uso, também incluímos na intranet uma série de perguntas frequentes para consultas da assistência”, explicou, detalhando o cuidado em manter sempre atualizados os indicadores no sistema.

A utilização segura de medicamentos – especificamente os antimicrobianos – também foi tema da coordenadora de Farmácia Clínica do Hospital 9 de julho (SP), Daniela de Faria Appoloni. Durante sua palestra, foram expostos dados da última reunião da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre a resistência de bactérias a antibióticos e a importância do controle de indicações indevidas.

A palestrante falou sobre o método Antimicrobial Stewardship, diretriz internacional de controle da prescrição de drogas dessa linha. Utilizado pela instituição onde atua, a metodologia revisa as recomendações médicas a partir de uma equipe multidisciplinar – que inclui infectologistas, farmacêuticos e profissionais de saúde que trabalham no controle de infecções.

Gestão e assistência farmacêutica

Estratégias para o engajamento de pessoas e importância de feedbacks foram alguns dos assuntos trazidos por Renata Bidone, da RB Consultoria em Desenvolvimento. Consultora e mentora em desenvolvimento de pessoas, ela enfatizou o papel do farmacêutico como líder de equipes e peça importante na gestão da farmácia hospitalar.

A logística farmacêutica também foi assunto da jornada, em painel da gerente nacional de Logística Hospitalar da RV Ímola (SP), Patrícia Lazzarini. Rodrigo Aranda, da Bionexo, falou sobre tecnologia e inteligência na garantia de cobertura e nível dos serviços de estoques hospitalares.

Para fechar a programação, o painel sobre Assistência Farmacêutica reuniu três especialistas: Marinei Campos Ricieri, do Hospital Pequeno Príncipe (PR), falou sobre pediatria; Luana Velasco, do Hospital Moinhos de Vento, tratou de cuidados paliativos; e Bruno Simas da Rocha, do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, abordou geriatria. A mediação foi de Gabrielli Guglielmi, do Hospital Mãe de Deus.

Fundação CEEE promove palestra sobre planos previdenciários em Porto Alegre dia 4 de julho

Fundação CEEE promove palestra sobre planos previdenciários em Porto Alegre dia 4 de julho

Agenda Economia Notícias

No próximo dia 4 de julho, em Porto Alegre, Fundação CEEE irá promover o ciclo de palestras Encontro Família Fundação. A inciativa irá abordar questões como planejamento financeiro e a importância de investir em previdência complementar para garantir uma renda futura na terceira idade. Podem participar funcionários do Grupo CEEE. A atividade não é aberta ao público em geral.

O Encontro Família Fundação ocorre a partir das 9h, no Plenarinho do Prédio A1 do Grupo CEEE (Avenida Joaquim Porto Villanova, 201). Participam o Diretor-Presidente da Fundação CEEE, Rodrigo Sisnandes Pereira, o Diretor de Previdência Saul Fernando Pedron e o Diretor Administrativo Jeferson Luis Patta de Moura. A rodada de palestras já passou por 12 municípios do Interior do Rio Grande do Sul, com a participação de mais de 640 pessoas.

Os planos oferecidos pela Fundação CEEE permitem que se inicie uma poupança previdenciária mais cedo. Até crianças podem ter plano para garant ir os estudos, por exemplo. O investimento pode ser de valores baixos, a partir de R$ 50,00 e as contribuições podem ser abatidas do Imposto de Renda.

Sobre o Plano Família Previdência

– O Plano Família Previdência tem mais de 2 mil participantes e patrimônio de R$ 15 milhões, além de uma rentabilidade acumulada de 138% desde a implantação em 2010.

– Como a Fundação CEEE é uma entidade sem fins lucrativos, toda a rentabilidade é revertida para o participante.
Sobre o evento
O que: palestra Encontro Família Fundação em Porto Alegre
Quando: 4 de julho, às 9h
Onde: Plenarinho do Prédio A1 – Grupo CEEE (Avenida Joaquim Porto Villanova, 201, Porto Alegre)

Inscrições para o Programa de Aceleração para Empreendedores da Endeavor terminam nesse sábado

Inscrições para o Programa de Aceleração para Empreendedores da Endeavor terminam nesse sábado

Destaque Economia Negócios Tecnologia Vídeo

Termina amanhã (29) o período de inscrições para a segunda turma de 2019 do Scale-up, programa de aceleração para empreendedores de alto crescimento da Endeavor – organização global e sem fins lucrativos de fomento ao empreendedorismo. A iniciativa busca formar uma nova geração de exemplos regionais para fomentar o ecossistema empreendedor pelo país. As inscrições podem ser feitas no site.

A aceleração acontece durante cinco meses, por meio de workshops e mentorias individuais. Os mentores que fazem parte do programa estão entre as maiores lideranças do país, como Sonia Hess, ex-presidente da Dudalina, Luis Justo, CEO do Rock in Rio, Ari de Sá Neto, presidente da Arco Educação, Bel Humberg, fundadora da OQVestir e José Galló, da Renner.

Além disso, o programa, que começa em agosto, promove trocas entre os empreendedores participantes e acesso aos maiores eventos da organização — como o Day1 e o Scale-up Summit. Na avaliação de Eduardo Afonso, coordenador da organização no Estado, o potencial dos empreendedores é a principal alavanca para transformar o Brasil. “Buscamos ser impulsionadores do desenvolvimento de realizadores que sonham grande e têm ambição de criar um negócio de forte impacto, que lideram com ética e profissionalismo”, destacou o coordenador.

A Endeavor é uma das principais organizações sem fins lucrativos de apoio a empreendedores no mundo. Atua na mobilização de organizações públicas e privadas e no compartilhamento de conhecimento prático e de exemplos de empreendedores de alto impacto para fortalecer a cultura empreendedora no país. No Brasil desde 2000, já ajudou a gerar quase R$ 4 bilhões em receitas e mais de 20 mil empregos diretos através de programas de apoio a empreendedores, além de capacitar mais de 10 milhões de brasileiros com programas educacionais, presenciais e à distância.

Um dos exemplos de empreendedores que já passaram pelo Estado são os fundadores da Nelogica – empresa que atua no fornecimento de informações e desenvolvimento de aplicações para o mercado financeiro, Marcos Boschetti e Fabiano Kerber. Eles participaram da turma do ano passado e Marcos reforça “O Scale-Up foi sensacional para a gente! Não tivemos investidor e estávamos longe de alguns centros, distante de pessoas, mas no Programa da Endeavor deixamos de caminhar sozinhos”. “Nosso padrinho no programa, por exemplo, fez com que a gente decidisse mudar absolutamente tudo em gestão de pessoas e – se não tivéssemos feito isso – não teríamos crescido quase 400% após o Scale-Up Endeavor”, complementa.

Também é possível fazer indicações de negócios que se enquadrem no perfil do Scale-Up Endeavor, clicando no link.

 

Clique e veja uma entrevista de José Galló ao SBT RS.

 

Ocergs divulga números oficiais do Cooperativismo no RS. Expressão do Cooperativismo Gaúcho 2019 será lançada no dia 3 de julho, na Federasul

 

A Ocergs promove no dia 3 de julho, a partir das 12h, na sede da Federasul, o lançamento da revista Expressão do Cooperativismo Gaúcho 2019, onde divulgará os números oficiais do Cooperativismo no Rio Grande do Sul referentes ao ano de 2018.  O documento revela um raio x do sistema cooperativo gaúcho em seus treze ramos de atividades, demonstrando o crescimento no faturamento das cooperativas gaúchas. Um dos destaques do documento vai para os quatro ramos que mais movimentam a economia do Rio Grande do Sul (Agropecuário, Crédito, Saúde e Infraestrutura). Outros dados revelados pela Expressão do Cooperativismo Gaúcho são os números de cooperativas ativas regulares junto a Ocergs, número de associados e empregos diretos gerados, recolhimento de impostos e volume de sobras devolvidas aos associados.

O lançamento oficial da Expressão do Cooperativismo Gaúcho 2019 é um convite da diretoria da Ocergs e contará com apresentação do presidente do Sistema Ocergs-Sescoop/RS, Vergilio Perius.

O QUE: Expressão do Cooperativismo Gaúcho 2019
QUANDO: 3 de julho de 2019
LOCAL: Sede da Federasul (Largo Visconde de Cairu, 17 – 6º andar, Palácio do Comércio, Centro Histórico – Porto Alegre)
HORÁRIO: 12h