Senar-RS divulga vencedores do Concurso Agrinho 2017

Senar-RS divulga vencedores do Concurso Agrinho 2017

Cultura Destaque Educação

O SENAR-RS divulgou nesta terça, a lista de trabalhos vencedores do Programa Agrinho 2017 nas etapas regional e estadual. Foram eleitos os melhores trabalhos em 11 categorias, de cada uma das dez regiões atendidas pelo Programa, além de serem escolhidos os vencedores na etapa Estadual.

Mais de nove mil trabalhos foram recebidos pelo SENAR-RS tratando do tema saúde. É o maior número de trabalhos recebidos nos 15 anos de execução do Agrinho, segundo o superintendente do SENAR-RS, Gilmar Tietböhl: “O engajamento das escolas do meio rural demonstra a importância de discutir temas ligados ao desenvolvimento social desde cedo. Usando linguagem e ferramentas próprias para a idade, os alunos usam a oportunidade para refletir sobre a saúde de forma lúdica e levam essa mensagem para a comunidade onde vivem, contribuindo para a busca por uma boa qualidade de vida”.

Dos mais de nove mil trabalhos recebidos pelo SENAR-RS, cerca de sete mil atenderam aos requisitos do programa e foram avaliados por uma banca composta por dez pessoas. A análise foi concluída na sexta-feira, 10/11, com a apresentação dos critérios técnicos e dos principais trabalhos ao chefe da divisão técnica do SENAR-RS, João Augusto Telles e à coordenadora de Promoção Social, Sandra Vieira. Participaram da comissão julgadora representantes do SENAR-RS, Dow AgroSciences, Sebrae, Secretaria da Educação, além de profissionais das áreas da saúde e da educação.  – Foi um resultado muito satisfatório. Além do volume de trabalhos recebidos, os textos, desenhos e experiências pedagógicas se destacaram pela qualidade, com contribuições representativas do tema que estávamos tratando – avalia Telles.

O Agrinho é um programa voltado para crianças e professores de escolas públicas, municipais e estaduais. Os alunos são convidados a desenvolver desenhos e textos com uma temática específica, ligada ao desenvolvimento. Conheça os vencedores por meio do site www.senar-rs.com.br

Educação: Intercâmbios caem até 99% sem programa do governo

Educação: Intercâmbios caem até 99% sem programa do governo

Destaque Educação

O número de intercâmbios entre alunos de graduação das universidades públicas brasileiras caiu até 99% com o fim do programa Ciência sem Fronteiras, do governo federal, no ano passado. Além da perda de experiência acadêmica para os estudantes, dizem especialistas, há um prejuízo para a formação científica no Brasil. O Ministério da Educação informou que vai elaborar um estudo para viabilizar o envio de alunos do ensino médio para estudar no exterior. A reportagem completa está em O Estado de São Paulo.

Porto Alegre: Ação marca Dia Mundial em Memória às Vítimas de Trânsito neste sábado

Porto Alegre: Ação marca Dia Mundial em Memória às Vítimas de Trânsito neste sábado

Agenda Cidade Comportamento Crianças Destaque Direito Educação Porto Alegre Segurança Tecnologia

*O Dia Mundial em Memória às Vítimas de Trânsito foi instituído pela ONU como um dia de reflexão e homenagem a todos aqueles que de alguma forma tiveram suas vidas impactadas pela violência no trânsito. O memorial na Praça da Juventude – primeiro do Brasil no enfrentamento à violência no trânsito – homenageia mais de 350 vítimas que tiveram suas vidas interrompidas. Para a presidente da Fundação, Diza Gonzaga, a Praça da Juventude é “um marco na luta contra a violência e morte no trânsito, onde através desta homenagem simboliza além dos sentimentos de saudade e amor dos pais e familiares, o desejo de uma sociedade mais humana e segura pra todos”.

Este ano serão homenageados: Antonella Rodrigues de Matos; Bolívar Ferreira Carpes; Bruno Battistella Moreira; Bruno Olimar dos Santos Viana; Carlos Henrique Müller Rocha; Celso Todeschini; Daniela Azevedo Teixeira; Daniele Franco Pedroso; Elias Moraes; Janaína de Araújo; Janei Luis Balbinot; Jordy Oliveira; Juliano Lopes da Silva; Luis Oneide Minuzi (o Véio); Luiz Miguel Mulitor; Mayra de Araújo Lopes Closs; Rafaela Melz Nunes Grecellé; Rafael Silva de Britto; Ricardo Andrade Grecellé; Rodrigo Maciel Gonçalves; Sérgio Luis de Souza Júnior; Tales Moresco; Tangria Edineia Silva; Tatiana Guedes Figurelli; Vander Tampsen da Silva; Victor de Araújo Wiendants; Vladimir Igor B. Schilling e William Oliveira de Melo.

O QUE: Memorial na Praça da Juventude Thiago Gonzaga

QUANDO: 18 de novembro – sábado

ONDE: Av. Porto Alegre, s/n – Medianeira

Governo impedirá abertura de novos cursos de medicina; por Mônica Bergamo/Folha de São Paulo

Governo impedirá abertura de novos cursos de medicina; por Mônica Bergamo/Folha de São Paulo

Destaque Direito Educação Negócios Saúde

O governo Michel Temer vai decretar moratória para impedir a abertura de novos cursos de medicina no país. O prazo será de cinco anos. Segundo o ministro da Educação, Mendonça Filho, há clamor de profissionais da área pela suspensão. O decreto deve sei’ assinado pelo presidente até o fim do ano. Mais informações na coluna de Mônica Bergamo/Folha de São Paulo.

Professoras gaúchas concorrem a prêmio nacional

Professoras gaúchas concorrem a prêmio nacional

Agenda Comportamento Cultura Destaque Educação

As professoras Lidiane Pereira da Silva, de Canguçu (RS), e Katia Bomfiglio Espindola, de Porto Alegre, vão disputar a final do Prêmio Professores do Brasil, em dezembro. Vencedoras da etapa regional, elas já vão receber R$ 7 mil, viagem à Irlanda para participação em programa de capacitação apoiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), troféu e equipamentos de informática com conteúdo educativo para as escolas em que trabalham. Agora, elas estão entre os 30 profissionais de todo o país que seguem para a final.

A professora Lidiane, da escola EMEF Gonçalves Dias, foi a vencedora da categoria educação infantil/pré-escola, com o projeto Como nossos pais e com jeito da nossa gente. “O projeto tinha dois grandes desafios: a relação de conflito entre os pais e a escola e a péssima alimentação dos alunos, que traziam para a merenda muitos lanches industrializados, além de serem crianças extremamente sedentárias. Os pais foram convidados a vir à escola para fazer pequenas intervenções nas aulas e ensinar brincadeiras que fizeram parte da sua infância e fazer lanches caseiros com seus filhos”, relata.

De acordo com Lidiane, durante as visitas foram ensinadas inúmeras brincadeiras, como confecção de boneca de pano, passeio a cavalo, maleta viajante, e até surgiu um grupo de danças tradicionais após o projeto. “Após as visitas, os pais, conhecendo um pouco mais a escola, passaram a confiar e a ser grandes parceiros. As crianças acabaram trocando os lanches industrializados pela comida da mamãe e, durante o recreio, passaram a brincar com os jogos ensinados pelos pais, tornando o recreio mais dinâmico e divertido”, destaca.

Inclusão – Já a professora Katia desenvolveu seu projeto para os estudantes que utilizam a sala de integração e recursos da escola, onde ela atua. Vencedora da categoria ensino fundamental/ciclo de alfabetização, com o projeto Conta uma história? Um projeto de pró-inclusão escolar, literatura e acessibilidade, ela conta que seus alunos adoram histórias e livros, mas a maioria está nos anos iniciais e ainda não consegue ler por conta própria. Por isso, resolveu unir inclusão escolar, literatura, leitura, vídeo e acessibilidade.

“O projeto envolve os 25 alunos que frequentam a sala de recursos e cada aluno convida uma pessoa da comunidade escolar para escolher um livro e lhe contar uma história. A leitura é gravada, editada e depois exibida para os alunos e suas turmas, assim como compartilhadas nas páginas do projeto e da escola no Facebook. Ao final, teremos uma coletânea audiovisual de 25 títulos literários e teremos fomentado a construção de uma cultura escolar mais inclusiva”, detalha.

O projeto também foi vencedor na categoria temática especiais. Os 15 ganhadores dessa categoria em todo os país serão premiados de acordo com a área na qual estão inscritos. Entre as premiações, estão uma viagem de uma semana a Londres para participação em atividades educativas, palestras e visitas a museus, R$ 5 mil em dinheiro, e visita ao Núcleo de Alto Rendimento Esportivo de São Paulo.

Prêmio – Da lista dos 30 ganhadores regionais, sairão os nacionais – seis, ao todo, sendo um de cada categoria: educação infantil/creche, educação infantil/pré-escola, ensino fundamental/ciclo de alfabetização, ensino fundamental/quarto ao quinto ano, ensino fundamental/sexto ao nono ano e ensino médio. O anúncio está previsto para a primeira quinzena de dezembro, em cerimônia de premiação.

Esta é a décima edição do Prêmio Professores do Brasil, que tem o objetivo de reconhecer e divulgar o trabalho de docentes que contribuam para a melhoria da educação básica, valorizando e estimulando seu papel na formação das novas gerações. Participam do concurso educadores de escolas públicas de todo o Brasil. Além dos prêmios já recebidos, os ganhadores da etapa nacional receberão mais R$ 5 mil cada e troféu.

Confira os ganhadores da etapa regional e das temáticas especiais no hotsite do prêmio.

Feira do Livro: Mercado editorial gaúcho, protagonismo feminino, a vida de Belchior e muito mais nesta terça-feira

Feira do Livro: Mercado editorial gaúcho, protagonismo feminino, a vida de Belchior e muito mais nesta terça-feira

Cidade Destaque Educação Feira do Livro

Na Feira do Livro, nesta terça-feira (14/11), entre os temas estão amor, mulheres na literatura, trajetória de personalidades nacionais renomadas e o mercado editorial – produção, edição, distribuição e venda de livros. O seminário da Publishnews, em oito sessões e com diferentes convidados, debate a previsão para o mercado editorial em 2018, o contexto dos livros digitais, a tradição dos livros de bolso, a formação acadêmica de editores e escritores, as edições independentes e os desafios enfrentados por livreiros. As sessões encerram com uma homenagem ao editor Henrique Kiperman, do Grupo A, falecido em setembro. Confira os destaques desta terça-feira abaixo:

 

9h – 9h30min Narrativas e criatividade, oficina com Henrique Zanella.

Espaço do Conhecimento Petrobras – Praça da Alfândega, em frente ao Banrisul Promoção: Idear – Laboratório Interdisciplinar de Empreendedorismo e Inovação da PUCRS

 

10h – 18h Abertura do Pub-Livro – Encontro PublishNews de Profissionais do Livro.

Auditório Barbosa Lessa – Centro Cultural CEEE Erico Verissimo (Rua dos Andradas, 1223) Em sua fala de abertura, o fundador do PublishNews, Carlo Carrenho, vai mostrar o que o mercado editorial deve esperar em 2018 e quais as ações e estratégias que poderão ser adotadas. Tendências, cases e soluções serão abordados neste panorama do mercado do livro. O Pub-Livro tem outras sessões no mesmo dia e local às 10h30min, 11h30min, 14h, 14h45min, 15h, 15h45min, 16h30min. A programação completa pode ser acessada no site www.feiradolivro-poa.com.br.

 

MULHERES NA LITERATURA

15h #LeiaMulheres – Por quê precisamos dessa hashtag?

Sala Oeste do Santander Cultural – Rua 7 de Setembro, 1028

Promovendo a leitura e a discussão de obras escritas por mulheres, os clubes de leitura Leia Mulheres, iniciados no Brasil em 2015, já se espalharam por mais de 60 cidades brasileiras e 23 estados através de articulações em redes sociais. Com as mediadoras do Leia Mulheres POA, Clarissa Xavier, Maurem Kayna e Helen Pinho.

 

18h30min – 20h30min Ó mãe, me diz o que é ser feminina! Protagonismo das mulheres na literatura
Biblioteca Moacyr Scliar – Térreo do Memorial do Rio Grande do Sul

Participantes: escritora Moema Vilela, jornalista Priscila Pasko e escritora Natália Borges Polesso. Mediação de Christina Dias. Promoção: Associação Gaúcha de Escritores

 

TRAJETÓRIAS

17h Flavio Koutzii: biografia de um militante revolucionário

Sala Leste do Santander Cultural – Rua 7 de Setembro, 1028

A trajetória de um dos mais respeitados nomes da esquerda, desde sua infância no Bairro Bom Fim, a formação política, a resistência ao golpe militar e a longa e cruel prisão na Argentina, até o retorno ao Brasil, após a anistia. Com Flávio Koutzii e Rafael Guimaraens.

 

18h Belchior: do sertão aos pampas Auditório Barbosa Lessa – Centro Cultural CEEE Erico Verissimo.

A trajetória de Antonio Carlos Belchior, do nascimento, no interior do Ceará ao derradeiro autoexílio, em Santa Cruz do Sul (RS). As pistas, na obra, da profissão de fé na migração contínua, ao não pertencimento (“Quem tem raiz é árvore”, disse); tudo já estava indicado em seu primeiro disco, na canção Rodagem (“Afina os ouvidos e os olhos, Luzia, que eu venho de longe: Oropa, França e Bahia”). Com Jotabê Medeiros e Juremir Machado da Silva.

 

AMOR ESSENCIAL

18h Amor para corajosos

Sala Oeste do Santander Cultural – Rua 7 de Setembro, 1028

O poeta Vinícius de Moraes ensinava a amar “porque não há nada melhor para a saúde que um amor correspondido”. Se não há nada mais importante do que amar, pensar o amor em suas diversas formas e vínculos é fundamental. Com Luiz Felipe Pondé e Eduardo Wolf.

 

18h30min Quintana traduz Saint-Exupéry. A permanente atualidade de O pequeno Príncipe

Sala Leste do Santander Cultural – Rua 7 de Setembro, 1028

As crianças de hoje, os jovens, e, sobretudo, os adultos que estão mergulhados na sociedade de consumo de nossa época terão uma oportunidade excepcional de tomarem conhecimento de um clássico. Ninguém esquecerá jamais o que a Raposa disse ao Principezinho: “O essencial é invisível aos olhos”. Quintana, nosso Poeta-Maior, verteu essa fábula com a sua competência inigualável de tradutor e a sua genialidade de poeta. Com Armindo Trevisan, Valesca de Assis, Marô Barbieri e Paula Sperb.

 

18h30min SMC na Feira do Livro – Clássicos da Modernidade

Sala O Retrato – Centro Cultural CEEE Erico Verissimo

Homem invisível, de Ralph Ellison, pelo professor convidado da UFRGS Luiz Mauricio Azevedo.

 

A 63ª Feira do Livro de Porto Alegre é uma realização da Câmara Rio-Grandense do Livro em parceria com Ministério da Cultura e Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer. Patrocinadores máster: Braskem, BNDES, Zaffari. Banco Oficial da Feira: Banrisul. Seja Vero. Patrocínio Especial Encontros com o Livro: Santander Cultural. Patrocínio Especial Tenda de Pasárgada: SulGás. Patrocinador Especial da Praça de Alimentação: Dado Bier. Patrocinador Especial do Espaço do Conhecimento: Petrobras. Apoio Especial: Prefeitura de Porto Alegre. Financiamento: Pró-cultura RS, Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Governo do Estado do Rio Grande do Sul.

Porto Alegre: Feira do Livro começa com aposta no poder terapêutico da literatura para superar crise; por Eric Raupp/Correio do Povo

Porto Alegre: Feira do Livro começa com aposta no poder terapêutico da literatura para superar crise; por Eric Raupp/Correio do Povo

Cidade Comportamento Cultura Destaque Direito do Consumidor Economia Educação Feira do Livro Negócios

Em meio aos caminhantes diários do Centro de Porto Alegre, a Praça da Alfândega ganhou novos visitantes no começo da tarde desta quarta. As estruturas metálicas e de madeira que nas últimas semanas começaram a ser montadas na área verde da Capital ganharam vida e cor por volta das 12h30min, quando os expositores da 63ª Feira do Livro deram início ao evento literário abrindo suas bancas e colocando publicações de diferentes autores e anos à mostra. Já no primeiro dia, o estudante de engenharia Gabriel Passos visitou o local para comprar o livro “A Dança dos Dragões”, de George R.R.Martin. “Não quis perder tempo e deixar pra depois, porque o movimento certamente vai aumentar”, conta. Essa é justamente a expectativa de Neiva Piccinini, da banca Província. Há 20 anos participando do evento, ela espera que este seja uma ano de boas vendas, apesar “da crise e do pessimismo generalizado. No ano passado, os organizadores anunciaram queda de 19% nas vendas em relação a 2015. “A leitura é um modo de lazer barato e um modo de viajar. Para muita gente é também uma terapia para fugir dos problemas da realidade e imaginar um mundo melhor, temos que ser positivos e otimistas. Quanto mais cultura houver, mais fácil será para superarmos essa crise e para vermos o que há de ruim no país”, diz.

Para ela, a mudança na data de início da Feira do Livro – nos outros anos, começava na última sexta-feira de outubro – será uma experiência nova. “Os feriados costumam ser muito bons, os nossos melhores dias. Vamos ver como será agora com a abertura na véspera dos Finados. Um balanço só poderá ser feito no final, mas vamos torcer para que seja algo positivo”, comenta. Para este primeiro de evento, Neiva divide suas funções entre atender os possíveis clientes e finalizar a organização da banca.

O mesmo é feito por Gisele Minato, da Arte & Liter, que trabalha com uma literatura voltada para questões de história, política, arte e filosofia. Ela não consegue prever nenhum best-seller, mas acredita que as obras do Nobel Literatura 2017, Kazuo Ishiguro pode ser um dos destaques. “Aqui, temos todos os livros dele editados em português. Há também outro grande autor, que estará na Feira, que é o Mia Couto”, destaca. Gisele ainda enfatiza “O Som e a Fúria”, de William Faulkner, que estava esgotado no mercado e recentemente ganhou nova edição pela Companhia das Letras.

Já na área infantil, que nesta edição está montada em frente e ao lado do Memorial do Rio Grande do Sul não apenas uma grande aposta para os mais vendidos, mas várias. “Sem dúvidas os livros de youtubers, não importa qual. As crianças querem ser que nem eles”, comenta Nair Barbosa, da Pró-Cultura. Ela também destaca a nova localização, que, segundo ela, oferece mais segurança e conforto para os visitantes. “Fica melhor porque fica mais centralizado, as crianças não precisam atravessar a avenida para ir lá. E isso é muito importante para já criar uma cultura de leitura para as crianças. Ler cura, ajudar a se comunicar melhor, é tudo de bom”, analisa.

O evento não é apenas uma oportunidade para grandes livrarias exporem as obras mais badaladas do momento, mas também para se resgatar a literatura do século passado, seja nas bancas de empresas tradicionais ou nos sebos, que exibem livros a partir de R$ 2. Nestes, há de tudo um pouco, desde os clássicos franceses em edições por R$ 5,99 até livros de auto-ajuda. “Eu gosto muitos desses saldos porque pra que não tem muito dinheiro e gosta de ler é ótimo”, diz a telefonista Melina Silva, que estava em horário de almoço quando resolveu visitar a Praça da Alfândega e acabou comprando três obras por menos de R$ 10.

Considerado referência no país por seu caráter democrático e pela consistência do trabalho que desenvolve na área da promoção da literatura, a Feira do Livro de Porto Alegre é uma atração mesmo para quem visita a Capital com outros propósitos. É o caso dos irmãos equatorianos Andres e Pablo Flores, que vieram ao Brasil para assistir ao segundo jogo da semifinal da Libertadores entre Grêmio e Barcelona de Guayaquil. Hospedados num hotel no centro, eles saíram para caminhar e se depararam com o evento. “Muito boa iniciativa, ler é muito necessário. E neste lugar cheio de árvores cria uma atmosfera muito convidativa”, comenta Andres.

Apesar das bancas já estarem funcionado, a abertura oficial ocorre nesta quarta, às 19h, na Praça de Autógrafos, com presença da patrona Valesca de Assis e organizadores. Até o dia 19 de novembro, a Praça da Alfândega abrigará 110 bancas de expositores (91 da área geral, 13 da área infantil e juvenil e seis da área internacional) e 746 sessões de autógrafos que reunirão cerca de 1410 autores. Dentre os destaques desta edição estão nomes como Amyr Klink, Conceição Evaristo, Djamila Ribeiro, Mia Couto, Monja Coen, Ondjaki e Wole Soyinka. A região homenageada, os Países Nórdicos, será representada por nomes como Aki Ollikainen, Christina Rickardsson, David Lagercrantz e Kim W. Andersson.

Embaixada dos EUA divulga os selecionados do Programa Jovens Embaixadores 2018 no dia 31 de outubro

Embaixada dos EUA divulga os selecionados do Programa Jovens Embaixadores 2018 no dia 31 de outubro

Comportamento Comunicação Crianças Cultura Destaque Educação Mundo

A Embaixada dos Estados Unidos divulgará, no dia 31 de outubro, às 19h30, a lista dos 50 estudantes selecionados para participar do Programa Jovens Embaixadores 2018, que contempla pelo menos um representante de cada estado brasileiro. O anúncio será feito pelo Canal Futura após uma entrevista com o cônsul geral dos EUA no Rio de Janeiro James Story e três jovens participantes de edições anteriores do programa.

A entrevista será transmitida pelos canais afiliados e pelo site Futura Play: http://www.futuraplay.org/

O Programa Jovens Embaixadores, intercâmbio estudantil de três semanas nos EUA, seleciona jovens da rede pública brasileira, de 15 a 18 anos, que são exemplos em suas comunidades em virtude de sua capacidade de liderança, excelência acadêmica e conhecimento da língua inglesa.

Sobre o Programa Jovens Embaixadores:
Desde 2003, 522 jovens brasileiros já participaram do programa, que tem como parceiros o Conselho Nacional de Secretários de Educação (CONSED), as Secretarias Estaduais de Educação, a rede de Centros Binacionais Brasil-Estados Unidos, além das empresas FedEx, MSD, Microsoft, Bradesco, IBM e Boeing Brasil. O Programa Jovens Embaixadores é hoje realizado em todos os países do continente americano conta, ainda, com um programa inverso para jovens norte-americanos representarem os EUA na América Latina.

Biblioteca Itinerante reúne 300 livros e revistas destinados a 500 trabalhadores de obras da MRV no RS

Biblioteca Itinerante reúne 300 livros e revistas destinados a 500 trabalhadores de obras da MRV no RS

Cidade Cultura Educação Notícias Porto Alegre

No Brasil há cerca de 13 milhões de brasileiros considerados analfabetos funcionais, ou seja, que demonstram incapacidade de compreender textos simples. Eles representam cerca de 8,5% da população com 15 anos ou mais. Conforme  levantamento realizado pelo Instituto Montenegro em parceria com o Ibope, 60% estão empregados, sendo 15% da Construção Civil. Uma das formas de combater este cenário é incentivar a leitura. A solução encontrada pela MRV Engenharia foi criar Bibliotecas Itinerantes em alojamentos de trabalhadores das cidades de Gravataí e Canoas. Atualmente, 500 trabalhadores que vivem nesses alojamentos têm a sua disposição cerca de 300 unidades de livros e revistas.

As bibliotecas itinerantes existem desde 2015 e buscam além de incentivar a leitura, possibilitar aos trabalhadores um momento de descontração e relaxamento entre uma obra e outra. A ação faz parte do projeto Escola Nota 10  que já promoveu a alfabetização de cerca de 3 mil operários em 170 salas de aula implantadas em canteiros de todo o País. No Rio Grande do Sul, já são cinco escolas e mais de 150 alunos beneficiados.

SEBRAE/RS promove palestra online sobre finanças

SEBRAE/RS promove palestra online sobre finanças

Agenda Destaque Economia Educação Negócios Tecnologia Vídeo

Para auxiliar os empreendedores, o SEBRAE/RS apresenta a Palestra Online Finanças na Prática: Fintech, uma alternativa de acesso a serviços financeiros para micro e pequenas empresas. O evento será promovido no dia 26 de outubro, a partir das 15h. Mais informações e inscrições pelo link: www.sebrae-rs.com.br/palestraonline.

As Fintechs são empresas que oferecem serviços financeiros com uso intensivo de tecnologia e se diferenciam pelas facilidades proporcionadas pela inovação. O termo engloba tanto startups quanto companhias financeiras já estabelecidas no mercado.

A técnica da Gerência de Inovação, Mercado e Serviços Financeiros do SEBRAE/RS Patrícia de Lima Bossle explica que a proposta da palestra online é um bate-papo com a participação das Fintechs Warren, Banco Agiplan, ContaÁgil e Capta Money, apresentando soluções de acesso a serviços financeiros. “É importante os empresários conhecerem quais são as alternativas disponíveis no mercado em relação a crédito, meios de pagamentos, investimentos, conta digital, entre outras soluções financeiras”, relata.

Serviço
Palestra Online Finanças na Prática: Fintech uma alternativa de acesso a serviços financeiros para Micro e Pequenas Empresas
Quando: 26 de outubro
Hora: 15 horas
Inscrições gratuitas