Educação: Ulbra anuncia fechamento de quatro das suas 15 escolas de educação básica

Educação: Ulbra anuncia fechamento de quatro das suas 15 escolas de educação básica

Educação Notícias

Em comunicado divulgado nesta terça-feira, a Rede Ulbra de Educação informa que apesar dos esforços terá que fechar em dezembro desse ano,  quatro escolas que estão deficitárias há mais de cinco anos.

 

COMUNICADO À IMPRENSA

 

A Aelbra informa que encerrará em 31 de dezembro de 2019 as atividades de quatro das suas 15 escolas de educação básica. A decisão, difícil, mas necessária, faz parte do Plano de Reestruturação da Instituição.

 

As escolas que serão descontinuadas são:

 

  • Escola Fundamental Ulbra Paz (Canoas/RS)
  • Escola Fundamental Ulbra São Marcos (Canoas/RS)
  • Colégio Ulbra São Mateus (Cachoeirinha/RS)
  • Colégio Ulbra Concórdia Manaus (Manaus/AM)

 

A Rede Ulbra de Educação lamenta ter de recorrer a essa medida. Apesar de todos os esforços, as quatro escolas continuaram deficitárias por mais de cinco anos.

 

Ciente do impacto que esta decisão traz para as famílias a que as escolas serviram, a Instituição reforça o compromisso de cumprir integralmente o ano letivo, sem prejuízo aos alunos e seus pais e responsáveis.

 

A Rede Ulbra de Educação agradece o apoio que tem recebido da comunidade escolar e pede a compreensão de todos para a necessidade da reorganização das finanças da Instituição.

 

Futebol e Comunicação: Publicitário lança o canal De Carrinho no Youtube

Futebol e Comunicação: Publicitário lança o canal De Carrinho no Youtube

Comunicação Educação Esporte Notícias Tecnologia Trabalho Vídeo

Sonhos podem se materializar, basta tirar do papel. Com esse propósito, o publicitário Cassiano Gottlieb, de 27 anos, lançou recentemente seu novo projeto de mídia, o Canal De Carrinho no You Tube. Apaixonado por futebol e comunicação desde a infância, a vontade de entender os bastidores por trás dos microfones, sempre incentivou Cassiano a se envolver dentro deste meio. Cadeirante, ele tem como projeto no futuro, trabalhar no jornalismo. Experiência que ele já teve como produtor no Vale do Paranhana.

Vários pilotos foram feitos até o lançamento oficial do Canal. Desde as antigas comunidades de Orkut, até as lives no Facebook. A aceitação sempre foi muito positiva. O objetivo do Canal De Carrinho é falar de esporte e acessibilidade. A proposta é ter muito bom humor e dinamismo. O publicitário afirma que sempre lhe cativou a ideia de levar informação e entretenimento para as pessoas. Para o futuro, entrevistas também irão ocorrer, assim como pautas que despertam a curiosidade dos internautas.

Clique aqui para se inscrever no Canal De Carrinho.

Gilberto Petry representa a CNI em conferência da OIT. Presidente da FIERGS defende, em Genebra, modernização ocorrida na legislação brasileira

Gilberto Petry representa a CNI em conferência da OIT. Presidente da FIERGS defende, em Genebra, modernização ocorrida na legislação brasileira

Direito Economia Educação Negócios Notícias

Vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Gilberto Porcello Petry, presidente da FIERGS, participa da 108ª Conferência Internacional do Trabalho, da Organização Internacional do Trabalho (OIT), que termina na próxima quinta-feira (21), em Genebra. Nesta segunda-feira, em plenária, representantes dos empregadores destacaram que o modelo brasileiro é o caminho a ser seguido, pois favorece o diálogo na definição de termos e condições específicas de trabalho, sem perda de proteções e garantias constitucionais. Petry ressaltou as iniciativas do setor industrial do País para a qualificação de trabalhadores, com foco na atualização profissional e no preparo para novas competências que farão parte de processos produtivos. “Algumas profissões terão alterações profundas. Para isso, a indústria atua fortemente para preparar os trabalhadores para as mudanças”, afirmou Petry, que representa a CNI na conferência.

-5846371851843219351_IMG_5871
Petry (E) na Conferência da OIT, em Genebra. Foto: Guilherme Queiroz/CNI

Já o presidente do Conselho de Relações do Trabalho da CNI e representante dos empregadores na OIT, Alexandre Furlan, disse que o setor produtivo tem papel fundamental no fortalecimento do diálogo entre empregadores, trabalhadores e governo. Esses debates, segundo ele, devem visar à construção de consensos que contribuam para a formulação de soluções e políticas efetivas, capazes de ampliar a segurança jurídica e a geração de empregos.
A Organização Internacional do Trabalho tem o objetivo de promover normas, princípios e direitos fundamentais do trabalho. A Conferência Internacional é seu órgão máximo, que se reúne anualmente, em geral entre os meses de maio e junho, para discutir temas com maior recorrência nos países-membros.

Cremers é contra a abertura de novas escolas médicas

Cremers é contra a abertura de novas escolas médicas

Destaque Direito Educação Saúde Trabalho

O Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul (Cremers) é contra a abertura de novas faculdades de Medicina, bem como a criação de mais vagas nos cursos existentes. No Brasil, são 336 escolas médicas (20 no RS), oferecendo 34.853 vagas no primeiro ano. Cerca de 25 mil novos profissionais são formados a cada ano. Hoje, são mais de 450 mil médicos em atividade no país, sendo 32 mil no Rio Grande do Sul. A quantidade de médicos formados não seria problema se a qualidade acompanhasse esse crescimento exponencial. No entanto, nos últimos anos, a qualidade do ensino decaiu sensivelmente, e deverá decair ainda mais se o governo federal não interromper de forma efetiva a abertura de novas faculdades e fechar aquelas que comprovadamente não estão habilitadas a formar médicos qualificados.

cremers321567
O Cremers ainda defende a manutenção da moratória, conforme Portaria 328/2018, do Ministério da Educação, que suspende a abertura de novas escolas e o aumento de vagas em cursos já em funcionamento.
Essa medida foi publicada com o objetivo de estancar a criação de novos cursos. Há cerca de 15 anos, havia 128 escolas médicas no Brasil – a grande maioria de boa qualidade. Desde então, o Ministério da Educação (MEC) autorizou mais 208 cursos, a maior parte deles mais preocupados com questões mercantilistas do que com a formação de profissionais qualificados e com o bom atendimento da população. O Ensino Superior, especialmente na área da Saúde, não pode ser uma indústria de profissionais. A qualidade deve ser a premissa de qualquer escola que se proponha a lidar com pessoas. Quando se fala em salvar vidas, esse princípio deve ser uma regra indiscutível.

TRF4 nega indenização à estudante da UFSM vítima de erro administrativo

TRF4 nega indenização à estudante da UFSM vítima de erro administrativo

Direito Direito do Consumidor Educação Notícias

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) manteve sentença determinando que um estudante cotista da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), no Rio Grande do Sul, vítima de um erro administrativo que cancelou sua matrícula não tem direito a receber indenização por danos morais, embora tenha o direito de reaver a vaga. No entendimento unânime da 3ª Turma, o juízo de primeiro grau deu solução adequada a situação ao não punir o estudante com a perda da vaga em decorrência da falha da universidade, ao mesmo tempo em que não estimulou a banalização do dano moral. A decisão foi proferida em sessão de julgamento realizada no dia 4 de junho.

O autor da ação, um homem de 28 anos portador de daltonismo, participou da prova para ingressar no curso de Medicina da UFSM em 2014, inscrevendo-se para as vagas reservadas aos cotistas portadores de deficiência. Após apresentar a documentação requisitada pela universidade e passar pelos exames de seleção, ele recebeu do Departamento de Registro e Controle Acadêmico a confirmação da vaga para o primeiro semestre de 2015.

Em 2016, quando cursava o terceiro semestre da graduação, o estudante foi chamado para participar de junta médica a fim de avaliar sua deficiência, tendo sido notificado em seguida que sua matrícula havia sido cancelada por não ser considerado pessoa com deficiência. A UFSM justificou que a matrícula havia sido aprovada por um erro do sistema e de um funcionário, fazendo com que ele tivesse seu nome incluído indevidamente na lista de alunos do curso de Medicina. A instituição afirmou que só percebeu o erro após cerca de um ano, e que por essa razão submeteu o estudante à nova avaliação médica.

O estudante interpôs recurso administrativo com pedido de efeito suspensivo, a fim de que pudesse continuar cursando a faculdade até o mérito do processo ser resolvido. O recurso foi julgado improcedente em 2017 e a matrícula definitivamente cancelada.

O autor então ajuizou ação contra a UFSM na 3ª Vara Federal de Santa Maria e requereu que fosse concedida liminar anulando o ato administrativo que determinou o cancelamento da vaga. Ele ainda solicitou o pagamento de danos morais no valor de 15 mil reais.

Após a Justiça federal atender parcialmente aos pedidos, reavendo a vaga do estudante e negando a indenização, o autor apelou ao tribunal. A Turma negou o recurso por unanimidade.

A relatora do acórdão, desembargadora federal Vânia Hack de Almeida, ressaltou que a lei da política de cotas educacionais não conceitua daltonismo como deficiência visual, e que como os laudos médicos da UFSM mostraram que o autor possui acuidade integral da visão, não teria direito à matrícula originariamente. “Entretanto, a UFSM demorou 2 anos para providenciar o cancelamento de sua matrícula, já tendo o estudante cursado 4 semestres. Diga-se que, após o ajuizamento da presente ação, o estudante segue nos bancos universitários, já tendo iniciado o 6º semestre do Curso, do que a questão posta em juízo tangencia a Teoria do Fato Consumado, não merecendo qualquer retoque o entendimento de primeiro grau”, pontuou Vânia.

Em relação aos danos morais, a magistrada entendeu que “não são todos os dissabores e sofrimentos que reclamam indenização, pois há aqueles perfeitamente suportáveis numa vida em sociedade. A reparação por dano moral deve ser reservada às lesões relevantes, segundo os critérios da significância, razoabilidade, proporcionalidade e da convivência dos direitos. De fato, presume-se que o cancelamento de sua matrícula tenha gerado temor e tristeza no estudante. Entretanto, e principalmente considerando que originariamente não faria jus à vaga, e o fez apenas pelo decurso do tempo, seu caso não justifica o provimento”, concluiu a relatora.

Hospital Moinhos de Vento promove  Simpósio de Enfermagem em Endoscopia

Hospital Moinhos de Vento promove Simpósio de Enfermagem em Endoscopia

Comunicação Destaque Educação Notícias Saúde Trabalho

O Hospital Moinhos de Vento promoverá, no dia 2 de junho, o 1º Simpósio de Enfermagem em Endoscopia. O encontro tem a intenção de ampliar as discussões focadas na enfermagem para o serviço. A programação é voltada para a atuação do enfermeiro na promoção de segurança e qualidade no procedimento.

A coordenadora Assistencial do Serviço de Endoscopia, Dialise e Cardiologia, Belisa Marin Alves, ressalta a importância de fortalecer as evidências baseadas em desfechos nas melhores práticas assistenciais. “Nosso objetivo é realizar um evento com foco na experiência do paciente ambulatorial e que reafirme os processos de qualidade e segurança. Temos o desafio de encantar o paciente em áreas nas quais temos uma curta permanência durante o atendimento”, explica.

Entre os temas abordados estarão os cenários nacional e internacional, indicadores e programa de qualidade, manutenção e preservação de equipamentos, entre outros assuntos. O encontro terá palestrantes parceiros de outras instituições de saúde de Porto Alegre, além de contar com palestras do chefe do Serviço de Endoscopia do Hospital Moinhos de Vento, Dr. Ismael Maguilnik, e do chefe do Serviço de Pneumologia, Dr. Marcelo Gazzana.

O evento acontece das 8h às 17h, no Anfiteatro Schwester Hilda Sturn (Rua Ramiro Barcelos, 910 – Bloco C – 4° andar). Interessados podem se inscrever através do link pelo site.

Direito: Douglas Fischer e Frederico Valdez Pereira lançam edição revista e ampliada de “As obrigações processuais penais positivas – Segundo as Cortes Europeias e Interamericanas de Direitos Humanos”

Direito: Douglas Fischer e Frederico Valdez Pereira lançam edição revista e ampliada de “As obrigações processuais penais positivas – Segundo as Cortes Europeias e Interamericanas de Direitos Humanos”

Agenda Cidade Cultura Destaque Direito Educação

Os professores da Escola Superior da Magistratura Federal no RS (ESMAFE/RS) Douglas Fischer, procurador regional da República na 4ª Região, e Frederico Valdez Pereira, juiz federal associado da AJUFERGS, ampliaram a obra que lançaram em 2018: “As obrigações processuais penais positivas – Segundo as Cortes Europeias e Interamericanas de Direitos Humanos”, da editora Livraria do Advogado. O livro identifica os pressupostos que conferem embasamento às obrigações processuais penais no âmbito das cortes regionais de direitos humanos. E também apresenta as condições necessárias para a conformidade convencional dos procedimentos penais nacionais de investigação e julgamento dos crimes mais relevantes com os parâmetros mínimos fixados internacionalmente.

livrodouglas8A jurisprudência das Cortes Interamericana e Europeia de direitos humanos reafirmam constantemente a necessidade de as autoridades públicas responsáveis pela persecução penal conduzirem procedimento penal adequado, completo e eficaz, que permita tanto a busca efetiva do esclarecimento dos fato, como a identificação e consequente punição dos responsáveis pelo cometimento de delitos. São as chamadas obrigações processuais penais positivas, que se traduzem em verdadeiros requisitos decorrentes do controle de convencionalidade.

Nessa segunda edição, com renumeração dos capítulos seguintes, os principais acréscimos foram feitos no – agora – capítulo 2, intitulado “instrumentos jurídicos de controle de convencionalidade das atividades do poder público em relação à administração da justiça”. São feitas análises objetivas acerca do status das Convenções Europeia e Americana de proteção dos direitos humanos no âmbito interno, realizando também a abordagem de uma situação específica do direito italiano perante o sistema europeu. igualmente desenvolve uma análise do sistema interamericano e o direito brasileiro, bem assim o denominado “controle de convencionalidade” dos atos e procedimentos estatais.

Trashtag: Semana do Meio Ambiente na Unisinos terá evento aberto ao público

Trashtag: Semana do Meio Ambiente na Unisinos terá evento aberto ao público

Educação Notícias

Para realizar tarefas diárias, necessitamos de recursos naturais e energia, com isso, acabamos gerando várias formas de poluição que interferem no equilíbrio do meio ambiente e que consequentemente causam impactos ambientais negativos. Os impactos ambientais ocasionados por grandes desastres chamam a atenção porque são geralmente de grande intensidade e abrangência. No entanto, os impactos ambientais menos intensos, mas que apresentam uma frequência elevada, também devem ser um ponto de alerta. Neste sentido, precisamos buscar no nosso dia-a-dia, exercitar em cada tarefa desempenhada o princípio do 3 R’s (Reduzir, Reutilizar e Reciclar) na busca de minimizar os impactos ambientais.

amanda-kieling
Professora Amanda Kieling

Se cada um fizer a sua parte, estaremos contribuindo para a manutenção da qualidade ambiental do solo, do ar e da água. Desta forma, pequenas atitudes individuais e coletivas podem sim fazer a diferença. É com este objetivo que será realizada a X Semana do Meio Ambiente, entre os dias 1º e 6 de junho, no Campus São Leopoldo. O evento traz uma configuração mais extensionista e colaborativa, com uma programação focada em oficinas práticas para oferecer soluções para problemas ambientais do cotidiano.

A Coordenadora do Curso de Engenharia Ambiental, professora Amanda Kieling destaca a importância do evento. “A Se0mana vai oportunizar aos estudantes a participação em atividades práticas que promovem o trabalho coletivo na busca de soluções ambientais para os problemas do dia a dia. Com isto, pretende-se estimular reflexões e ações sobre a importância da conscientização e da sensibilização da população em geral sobre a utilização do meio ambiente de forma mais sustentável”, completa.

O evento Trashtag será aberto ao público. A programação completa você confere em www.unisinos.br/eventos.

Educação financeira :  Até domingo o Sicredi ensina gaúchos e catarineses a lidar com o dinheiro, manter a saúde financeira em dia e evitar golpes

Educação financeira : Até domingo o Sicredi ensina gaúchos e catarineses a lidar com o dinheiro, manter a saúde financeira em dia e evitar golpes

Economia Educação Negócios Notícias

Dentro de um cenário de incertezas, as pessoas buscam alternativas de ganhos econômicos quando há queda dos rendimentos em aplicações tradicionais. Em um mercado como o brasileiro, promessas de enriquecimento rápido e sem risco, como pirâmides financeiras – esquemas que enganam os investidores – e criptomoedas (moedas virtuais), com garantia de retorno de até 200% em 90 dias, são uma realidade. “A ilusão de ganhos altos em tempo recorde é sedutora, sobretudo para quem não busca informações concretas sobre como essas estruturas e mecanismos financeiros funcionam. No Brasil, o modelo de negócios da pirâmide financeira rui facilmente”, explica o vice-presidente da Central Sicredi Sul/Sudeste, Márcio Port.
Atento a este cenário e com o objetivo de esclarecer as pessoas sobre a gestão das finanças, como melhor cuidar do dinheiro, possibilitando assim reconhecer possíveis negócios arriscados ou fraudulentos, o Sicredi realiza, até o próximo domingo, ações no RS e em SC dentro da 6ª Semana Nacional de Economia Financeira. “A melhor forma de combate aos esquemas que podem, de um dia para o outro, ser prejudicial às finanças de qualquer pessoa é a informação. Por isso que o Sicredi entende a Semana ENEF como fundamental para o esclarecimento sobre como lidar com o dinheiro”, destaca Port.

 

Ser de fato um parceiro dos associados e estar ao lado deles é um dos compromissos fundamentais do Sicredi, pois acredita que informações precisas, escolhas conscientes e uma vida financeira equilibrada, com gastos controlados e administrados, são as verdadeiras formas de impactar na qualidade de vida de cada indivíduo, contribuindo para a realização dos seus sonhos. “São conhecimentos que podem ser compartilhados independentemente da idade, já que todos são responsáveis, direta ou indiretamente, pelos resultados obtidos com a educação financeira”, conclui Port.

Senac-RS realiza intercâmbio para San Diego e Londres

Senac-RS realiza intercâmbio para San Diego e Londres

Economia Educação Notícias

 

Participar de um intercâmbio é uma experiência que muda a vida de muitas pessoas. A atividade proporciona o aprendizado de um outro idioma e a imersão em uma cultura diferente. Por isso, o Senac-RS oferece novos pacotes de intercâmbio para as cidades de Londres (Inglaterra) e San Diego (Estados Unidos), que ocorrerão em janeiro de 2020.

 

O intercâmbio do Senac-RS inclui curso do idioma escolhido em escolas internacionais, acomodação, seguro-viagem, material para estudo, visitas aos principais pontos turísticos, entre outros itens. Os alunos também são acompanhados por um docente de idiomas do Senac. O programa é voltado para todos os alunos de qualquer curso, independentemente do nível (cursos livres, técnicos e de nível superior).

 

Nascido em Petrópolis (RJ), Mateus Simões Neubarth tem 15 anos e cursa inglês no Senac Viamão. Ele participou de um intercâmbio para Toronto, Canadá pela escola. Segundo o aluno, a viagem ajudou a melhorar sua comunicação com outras pessoas e aprimorou o seu Inglês. “Mudou minha visão sobre o mundo, me fez ter novas experiências e conhecer novas pessoas”, lembra.

 

Assim como Mateus, Bianca Bock Almeida, de 15 anos, natural de Alegrete, também esteve na cidade canadense por meio do intercâmbio promovido pelo Senac-RS. Segundo a aluna, a experiência foi ótima para realizar o sonho de fazer um intercâmbio e o aprimoramento da Língua Inglesa. Foi a sua primeira viagem fora do Brasil e sem a companhia dos pais. “É uma chance de convívio com pessoas de múltiplas culturas e experiências”, comenta.

 

Confira os pacotes disponíveis:

Londres (Inglaterra) – berço da língua inglesa e por isso é um dos destinos mais procurados por brasileiros que querem viver uma experiência no exterior. Sua capital, Londres, é um dos pontos de referência histórico e cultural do mundo. O intercâmbio terá duração de duas semanas e acontece de 25 de janeiro de 2020 a 8 de fevereiro de 2020. A idade mínima para participar é de 14 anos.

 

San Diego (EUA) – é a maior cidade da Califórnia e a oitava maior dos Estados Unidos. Suas lindas paisagens fazem com que essa cidade seja lembrada como a terra do sol, das praias e do surfe e é possível encontrar opções de lazer, diversão e entretenimento em quase todos os bairros da cidade. O intercâmbio terá duração de duas semanas e acontece de 25 de janeiro de 2020 a 8 de fevereiro de 2020. A idade mínima para participar é de 14 anos.

 

Informações sobre inscrições e preços podem ser adquiridas pelo site www.senacrs.com.br/intercambio ou pelo telefone 4002-6030. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 18h.