‘Não posso recusar um convite que não foi feito’, diz Cortella sobre menção de Haddad

‘Não posso recusar um convite que não foi feito’, diz Cortella sobre menção de Haddad

Cultura Destaque Direito Educação

Na segunda-feira, o candidato do PT à Presidência sugeriu o nome de Mário Sérgio Cortella para o Ministério da Educação. O filósofo afirmou que foi apenas convidado para conversar sobre a possibilidade e aceitou. “Aliás, eu aceitaria conversar com qualquer candidato”, ressaltou. Cortella afirmou que o fato de os dois manterem uma relação de amizade e respeito seria um ponto de partida, mas não necessariamente de chegada.

Ouça o PODCAST de Mario Sérgio Cortella na CBN

Solidariedade no câmpus: Força na Peruca coleta mechas de cabelo para doação

Solidariedade no câmpus: Força na Peruca coleta mechas de cabelo para doação

Comunicação Educação Notícias

No dia 8 de outubro, a Universidade Feevale realiza a 9ª edição do evento Força na Peruca, em parceria com a ONG Cabelaço. Durante esse dia serão coletadas mechas de cabelos para confeccionar perucas para crianças e adolescentes com câncer, e o material produzido será doado para todo o Rio Grande do Sul. O evento acontece das 12h às 20h, na Rua Coberta do Câmpus II da Universidade Feevale (ERS-239, 2755, Novo Hamburgo).

A doação das mechas pode ser feita no dia do evento ou no Centro de Estética e Cosmética (prédio branco, 4º andar), ponto de coleta permanente. Para a confecção das perucas, as mechas precisam ter, no mínimo, 15 cm de comprimento. Além disso, a organização ressalta que os cabelos devem estar limpos e secos e os menores de idade precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis. A professora Kátia Smaniotto, coordenadora do curso de Estética e Cosmética, é uma das organizadoras e ressalta a relevância da participação de todos: “É muito importante a adesão porque, para confeccionar uma única peruca, são necessários entre dez e quinze doadores. Por isso, quanto mais pessoas doarem cabelos, mais perucas fazemos e mais crianças serão beneficiadas.”

O Força na Peruca é aberto à comunidade e acontece uma vez por semestre. Nesse dia, vários cabeleireiros que atuam na região participam do evento como voluntários. Os doadores ganham corte, finalização com escova e maquiagem e, além das doações de cabelos e mechas, o evento também coleta lenços e bonés. “A gente não tem noção do impacto do evento porque é muito subjetivo, mas sabemos que estar careca causa muito sofrimento para quem está com câncer. Às vezes, isso é mais impactante que o diagnóstico da doença, e a peruca traz um conforto nesse momento tão difícil”, conclui a professora Kátia.

Programa Jovem Aprendiz do Senac-RS forma alunos neste sábado

Programa Jovem Aprendiz do Senac-RS forma alunos neste sábado

Destaque Economia Educação Negócios Notícias

Segundo o IBGE, somente no primeiro semestre de 2018 a taxa de desocupação de jovens entre 18 e 24 anos chegou a 28,1%, ou seja, eram 4,42 milhões de jovens sem emprego no País. Apesar do cenário crítico, muitos jovens têm a primeira oportunidade no mercado de trabalho por meio do Programa Jovem Aprendiz, voltado a jovens entre 14 e 24 anos. Neste sábado, 15 de setembro, o Senac-RS realiza a formatura de conclusão do Programa, com cerca de 2 mil alunos na Capital. O evento acontece às 17h, no Teatro do Bourbon Country.

A formatura reunirá formandos das seguintes escolas: Senac Canoas, Senac Comunidade, Senac Guaíba, Senac Alvorada e Senac Viamão. Empresários, autoridades locais, representantes do Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac, diretores e docentes das escolas, além de convidados, amigos e familiares dos formandos participam do evento.

Daniela Pellisoli é uma das alunas que receberá o certificado de conclusão de curso no sábado. O Programa de Jovem Aprendiz foi sua primeira experiência profissional e seu comprometimento e responsabilidade fizeram com que a aluna fosse contratada antes mesmo de concluir a formação, em uma loja de materiais de construção em sua cidade (Alvorada). “Para mim, a oportunidade de ser contratada foi a realização de um sonho”, comemora.

A cerimônia de conclusão de curso em conjunto dos cursos de Aprendizagem do Senac-RS acontece desde 2009 e já contou com mais de 13 mil jovens das escolas da capital e da Região Metropolitana.

 

 

Ferramenta para saúde financeira de empresas é tema de curso em Porto Alegre

Atividade acontecerá nos dias 17 e 18 de setembro, a partir das 18h, na sede da entidade; Inscrições podem ser feitas através do site sindha.org.br

Reconhecer a importância de técnicas adequadas para a gestão financeira, enquanto instrumento para obtenção de resultados de uma empresa, é fundamental e, pensando nisso, o Sindha – Sindicato de Hospedagem e Alimentação de Porto Alegre e Região promove o curso “Fluxo de Caixa – A Ferramenta da Saúde Financeira da Empresa”. A formação acontecerá nos dias 17 e 18 de setembro, das 18h às 21h30, na sede da entidade (R. Dr. Barros Cassal, n° 180, conjunto 801).

O fluxo de caixa é uma ferramenta financeira que projeta entradas e saídas de receita, saldo de caixa e possibilidades de investimento conforme as necessidades da empresa. Além de nortear aplicações, o mecanismo oferece segurança aos empreendedores na tomada de decisão. Com o curso do Sindha, a busca é por simplificar processos de monitoramento financeiro, além de sensibilizar os participantes quanto à importância do monitoramento de receita para o sucesso do negócio.

Para o consultor de empresas e palestrante com experiência de mais de 20 anos de atuação na gestão financeira em pequenos negócios, professor de graduação e pós-graduação na Castelli Escola Superior de Hotelaria (Canela-RS), Eliseu Eduardo Ely, que irá ministrar o curso, pensar o fluxo de caixa é uma necessidade real para as empresa. “O fluxo de caixa é, no mínimo, 50% do sucesso de qualquer negócio, quando aplicado de forma consciente. O que a gente vê, na prática, é que isso é deixado de lado, apesar de ser a melhor opção para as decisões financeiras. O empreendedor que pensar no fluxo de caixa terá suas ações mais qualificadas, sem criar situações financeiramente desconfortáveis, ou dificuldades financeiras por decisões sem base alguma. No curso, vou sensibilizar essas pessoas que a prática é a garantia da saúde financeira do futuro”, afirmou.

Os participantes receberão material de estudo desenvolvido especialmente para a atividade, além das lâminas apresentadas nos encontros. As inscrições para o curso podem ser realizadas através do site sindha.org.br e são isentas para associados Sindha. Para representados, o investimento é de R$ 100 e de R$ 200 para público geral. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (51) 3225.3300.

Eleições 2018/RS: Mateus Bandeira aposta na renovação com preparo para qualificar a política

Eleições 2018/RS: Mateus Bandeira aposta na renovação com preparo para qualificar a política

Destaque Educação Eleições 2018

O candidato a governador Mateus Bandeira (Novo) reforçou a importância de ampla renovação na eleição. “Só teremos resultados diferentes dos que tivemos até aqui se tivermos a coragem de investir em pessoas com preparo e trajetória, de fora da política, mas que querem contribuir com a sociedade”, destacou nesta quarta-feira (12) no Café com Política da Revista VOTO. O evento contou com a participação de lideranças empresariais e de entidades que se reuniram na sede da publicação. Bandeira reforçou sua posição sobre a necessidade de um profundo ajuste das contas, privatizações e adesão ao Regime de Recuperação Fiscal. “A sustentabilidade do Estado passa por essas ações imprescindíveis que precisam ser feitas no início do governo”, ressaltou.

Representante do Novo, partido registrado há três anos, Bandeira defende um Estado com menos burocracia, mais eficiente, que não atrapalhe a vida dos cidadãos. “Cabe ao governo trabalhar com seriedade e firmeza na construção de um ambiente atrativo para que empresas sejam estimuladas a investir no RS, criando emprego e renda à população”, argumentou.

Caso eleito, o postulante ao Piratini, esclareceu que contará com um time de secretários formado por técnicos e especialistas em suas áreas. O candidato a vice, Bruno Miragem, defendeu a meritocracia como forma de valorizar os servidores públicos.

Com 30 anos de experiência na iniciativa privada e no setor público, Bandeira foi diretor do Tesouro da Secretaria da Fazenda, secretário estadual do Planejamento no governo Yeda Crusius e liderou o processo de ajuste nos únicos três anos das últimas duas décadas em que as contas do Estado ficaram no azul. Foi presidente do Banrisul e CEO da maior consultoria de gestão do país, a Falconi.

Saúde e segurança

Na saúde pública, o candidato respondeu questionamentos do presidente do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), Paulo Argollo, sobre ações voltadas para a qualificação do setor. “Precisamos melhorar indicadores de qualidade, colocar gestão no sistema e integrá-lo”.

A área da segurança pública, para Bandeira, será prioridade: “Vamos integrar os sistemas das polícias, construir presídios, com financiamentos federais e parcerias público-privadas. Vamos reforçar o efetivo dentro da capacidade financeira do Estado”, disse, alertando, que o bandido precisa ter medo, e não o cidadão de bem.

A inteligência artificial no social chegou ao Brasil. A experiência da ONG Parceiros Voluntários será apresentada no Fórum Brasileiro de Filantropos e Investidores Sociais 2018

A inteligência artificial no social chegou ao Brasil. A experiência da ONG Parceiros Voluntários será apresentada no Fórum Brasileiro de Filantropos e Investidores Sociais 2018

Agenda Destaque Educação Tecnologia

A conversa entre um robô e um voluntário de causas sociais, cena que lembra roteiro de filme de ficção científica, atualmente é capaz de transformar vidas, fazer inclusão social e tirar pessoas de situações extremas de vulnerabilidade. A plataforma Integri, criada pela ONG Parceiros Voluntários, num sistema inédito no campo da Responsabilidade Social, está recrutando interessados em contribuir com o próximo por meio de inteligência artificial. A LÉVI, avatar da plataforma de inteligência artificial da IBM na nuvem para empresas, o Watson, é capaz de traçar um perfil de cada candidato e listar projetos sociais que se ajustam ao estilo de cada um. A experiência da Parceiros Voluntários com machine learning fará parte do painel “Inteligência Artificial e Filantropia: dá match?” durante o Fórum Brasileiro de Filantropos e Investidores Sociais 2018, em São Paulo, na exposição do superintendente da ONG, José Alfredo Nahas, nesta quarta-feira (12), às 9h40min.  

O evento, organizado pelo IDIS (Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social) e pelo Global Philanthropy Forum (GPF), tratará o tema “Impacto da Tecnologia” como ferramenta para reduzir as desigualdades. O Fórum reúne filantropos, profissionais, estudiosos e lideranças, que convivem diariamente com os desafios gerados pela tecnologia no âmbito das questões sociais e tem como principal objetivo sensibilizar o investimento social privado na alocação de recursos tecnológicos e conhecimento em Responsabilidade Social no País.

O Integri, da Parceiros Voluntários, é uma plataforma cognitiva do Watson (IBM), um machine learning que armazena e processa por aprendizado um número maior de informações. Ao acessar o Portal da ONG, o usuário dialoga com a LÉVI, que por meio de perguntas direcionadas, vídeos inspiradores em voluntariado social e um rastreamento nas redes sociais, analisa o seu interesse no campo da Responsabilidade Social. Ao fim da conversa, o voluntário será conectado a organizações da sociedade civil (OSCs), cadastradas na Parceiros, de acordo com o seu perfil. Ele pode escolher desde trabalhar com crianças e idosos até desenvolver conteúdo, presencial ou à distância. “A plataforma Integri surge com a proposição de criar um grande hub social, experiência totalmente nova na área”, diz Nahas.

Com um banco de dados de aproximadamente 472 mil voluntários, que já beneficiaram mais de sete milhões de pessoas, a Parceiros Voluntários está se utilizando de inteligência artificial para expandir ainda mais seu espectro de atuação. No dia em que foi lançado, em maio deste ano, o Integri contabilizou mais de um milhão de buscas de vídeos de conteúdo no YouTube para exibir aos seus dois mil usuários. Estes acessos surgiram de mais de 20 países, como Brasil, Estados Unidos, Holanda, Itália e China. Com sua nova sede em São Paulo, localizada em um espaço de coworking ao lado de outras organizações de impacto social, a Parceiros quer disseminar metodologias e conteúdos no Brasil e no exterior.  Em breve, também estará disponível na plataforma Integri cursos de qualificação voltados para a gestão de projetos sociais e volutariado.

A ONG Parceiros Voluntários faz parte do universo colaborativo de cerca de 820 mil ONGs brasileiras (IPEA, 2018). Juntas, estas organizações participam com a fatia de 3,4% na composição do PIB nacional, o que representa o montante significativo de cerca de R$ 60 bilhões, segundo a FASFIL.

Painelistas:

José Alfredo Nahas (Superintendente da ONG Parceiros Voluntários)

– Graduado em Administração (FUCMT) e com MBA em Gestão Empresarial (UFMS), possui formação em Gerenciamento de Projetos (Pmtech), Gestão de Projetos Sociais (GIFE) e em Melhoria da Qualidade (Certified Quality Improvement Associate). Desde 2004 na ONG Parceiros Voluntários, atuou com gestão, planejamento, parcerias e qualificação de Lideranças Comunitárias. Participou da construção do tratado de Paz do Governo da Colômbia. Integra o Conselho do Programa VIVA Voluntário (PNUD e Casa Civil). Contribuiu em projetos com as Secretárias municipais e estadual de Assistência Social e Educação. Já desenvolveu ações de Responsabilidade Social em empresas como IBM, Coca-Cola, Shell, Gerdau, Smiles, Braskem, Credit Suisse e Cyrela.

Alexandre Dietrich (Líder da Plataforma Watson para América Latina da IBM)

– Profunda experiência no campo da tecnologia da informação adquirida em mais de 30 anos. Atuou em diversas facetas do setor, incluindo gestão, vendas, serviços, estratégia e desenvolvimento, em diversos mercados, com clientes de diversos portes e em iniciativas nacionais e internacionais. Tem competências para apoiar a transformação de empresas em um negócio digital suportado por nuvem e inteligência artificial. Trabalha em torno de uma visão ampla da nuvem híbrida e da TI como uma plataforma básica para apoiar os grandes dados que estão surgindo, o uso de ferramentas de análise e aprendizado de máquina para obter novos insights que lidam com novos desafios de negócios e o engajamento entre humanos e máquinas com o apoio da inteligência artificial e da internet das coisas para criar novas possibilidades.

Jake Garcia (Vice-Presidente para Dados e Estratégia da Foundation Center)

– Responsável pela liderança e integração de subdepartamentos relacionados a dados e tecnologia, como desenvolvimento de aplicativos, webdesign e desenvolvimento, descoberta e gerenciamento de dados e insights de negócios. Supervisiona o desenvolvimento de aplicativos de visualização de dados, mapeamentos, aprendizados e sua implementação nos processos internos e produtos externos da Foundation Center. Como geógrafo e programador, trabalhou em projetos de GIS para a NASA, o Al Gore’s Climate Project, na cidade de Nova York e o exército dos EUA. Bacharel em Ciência Política pela Universidade de Brown, tem MBA em Geografia pelo Hunter College.

Moderador:

Américo Mattar (Diretor-presidente na Fundação Telefônica Vivo)

– Engenheiro de Produção graduado também em Comércio Exterior e pós-graduado em Gestão de Projetos, é diretor presidente da Fundação Telefônica Vivo desde novembro de 2015. Ingressou na Fundação em 2012, como gerente de Planejamento, Finanças e Jurídico, vindo da Vivo onde passou pelas áreas de Finanças, Engenharia e Operações. Antes, atuou na Whirlpool e Citibank nas áreas de atendimento ao cliente e comercial. À frente da Fundação, seu foco é promover o protagonismo social por meio da inovação educativa aplicada a novas metodologias de ensino-aprendizagem, ao empreendedorismo jovem e ao exercício da cidadania.

FÓRUM BRASILEIRO DE FILANTROPOS E INVESTIDORES SOCIAIS 2018

 

Tema do painel: “Inteligência Artificial e Filantropia: dá match?”

Onde: Rooftop 5 & Centro de Convenções (mesmo prédio do Instituto Tomie Ohtake),  Rua Coropés, 88 – Pinheiros – São Paulo

Quando: Quarta-feira, 12 de setembro de 2018, às 9h40min   

Ministério diz que UFRJ perdeu prazo e terá menos recursos em 2019; por Renata Mariz/O Globo

Ministério diz que UFRJ perdeu prazo e terá menos recursos em 2019; por Renata Mariz/O Globo

Comunicação Direito Educação Notícias
Templo Interior: Moda + Arte = Nova coleção de Régis Duarte

Templo Interior: Moda + Arte = Nova coleção de Régis Duarte

Agenda Cidade Cultura Educação Negócios Notícias Porto Alegre

Nascido em Uruguaiana, Régis Duarte, descobriu seu fascínio por vestuário, no Instituto de Moda e Tecnologia de Nova York, em curso voltado à propaganda. Filho de uma professora de artes que criava peças exclusivas nas horas vagas, o artista cresceu entre linhas, bordados e tecidos. Ele começou customizando camisetas nos anos 90, trabalhando em parceria com a mãe com quem trocava desenhos via fax. Das camisetas vieram vestidos e uma longa história apostando na peça única e exclusiva. Régis estudou arquitetura até a metade do curso e um período de design gráfico no Instituto Pratt. Em 2005, fundou o Barraco Cultural, onde trabalha até hoje. Inquieto e plural, não se limita à roupa, trabalha em coletivos de design e fotografia. Já participou de exposições na China, Uruguai, Argentina, Rússia e Brasil. A nova coleção do estilista Régis Duarte é inspirada na arte do argentino Ariel De La Vega. A mostra intitulada “O Templo Interior” entra em exibição no dia 12 de setembro, quarta, na Galeria Mascate, a partir das 19h. Prints de pinturas em grandes formatos e reproduções de desenhos em papel preto com figuras de semblante clássico compõe a parceria da dupla. Quem passar por lá, ainda terá a oportunidade de assistir pela primeira vez o curta Dentro, sobre De La Vega e Duarte com roteiro e fotografia de Diogo Santoro e direção de Cena de Tiago Coelho, que também assina a curadoria da mostra.

O estilista conheceu o trabalho do artista em exposição no Museu de Belas Artes da cidade de Tandil, na província de Buenos Aires. De La Vega abre, neste mês de agosto, exposição também no Centro Cultural Borges, um dos mais importantes da capital porteña. Estruturas líricas, onde catedrais, linhas arquitetônicas, natureza e rostos envoltos em um elo de mistério e cores iluminadas se integram aos escuros desenhos pretos. Na coleção, composta por vestidos longos e básicos, blusas e camisetas, Régis explora o universo de contrastes de De La Vega dando destaque aos rostos de iluminação barroca. Uma composição expressiva que coloca em sintonia a inspiração simbólica da arte de De La Vega com a moda de Régis Duarte.

“Acredito depositando a minha fé que somos ‘feitos’ de construções líricas, estruturas imaginárias que formam catedrais de sentimentos ruins e divinos. Templos construídos com os tijolos de nossos mais altos e baixos valores. Criaturas fantásticas que escrevem suas próprias lendas, vestidas de ancestrais arquétipos e decoradas com símbolos, livres dos caprichos de seu próprio imaginário coletivo. Precisamos tanto acreditar em algo, armar nosso próprio castelo de areia, e vitalmente alimentar nossa consciência e nossa fé com estrutura, com reflexos que proporcionam um presente fracionado”, por Ariel De La Vega.

“Percebe-se na arte do Ariel a influência forte de figuras clássicas que se desconstroem em cidades e ruínas. Esse olhar renascentista unido ao aspecto psicológico dos quadros, que parecem a narrativa de um filme. Isso foi o que realmente me impactou”, revela Régis Duarte.

E é nessa dimensão que a marca Régis Duarte abre espaço para que a camiseta, quando tudo começou há 20 anos, volte a se tornar protagonista das peças do estilista ao lado dos vestidos longos e básicos. Para celebrar e conquistar novos espaços na cidade, esta será a primeira coleção de Régis, que terá peças exclusivas na Hemb. Uma soma de forças com o empresário Felipe Hemb, que dedica boa parte do tempo na busca de produções de roupas autorais para disponibilizar na loja. Seja daqui ou de algum lugar do mundo.

A nova Campanha Primavera / Verão Hemb pretende fazer contatos a partir do dia 13 de setembro, quinta, na loja junto com as camisetas exclusivas do Régis. Embalada por questionamentos como: “De onde você vem? Para onde você vai?”, a Hemb lança o novo conceito da estação com a hashtag #somoshemb.

O Templo Interior

Lançamento coleção Régis Duarte + exposição do argentino Ariel De La Vega

Dia: 12 de setembro, quarta-feira

Horário: 19h

Local: Galeria Mascate – Rua Laurindo, 332

A exposição conta com originais do artista e prints das grandes pinturas. Na data será apresentado pela primeira vez o curta Dentro, sobre De La Vega e Duarte com roteiro e fotografia de Diogo Santoro e direção de Cena de Tiago Coelho que também assina a curadoria da mostra.

Lançamento Coleção Primavera Verão Hemb #somoshemb

Dia: 13 de setembro, quinta-feira

Horário: das 19h às 22h

Local: Hemb – Anita Garibaldi, 600.

Porto Alegre: Senado autoriza empréstimo de U$ 80,8 milhões para a Educação. Os recursos destinam-se ao financiamento do “Programa de Melhoria da Qualidade da Educação do Município” e terá garantia do Governo Federal.

Porto Alegre: Senado autoriza empréstimo de U$ 80,8 milhões para a Educação. Os recursos destinam-se ao financiamento do “Programa de Melhoria da Qualidade da Educação do Município” e terá garantia do Governo Federal.

Cidade Destaque Economia Educação Marchezan Poder Política Porto Alegre prefeitura

 

O Senado Federal autorizou, no final da tarde desta terça-feira, 4, a contratação de empréstimo de US$ 80,8 milhões da Prefeitura de Porto Alegre com o Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID. Os recursos destinam-se ao financiamento do “Programa de Melhoria da Qualidade da Educação do Município” e terá garantia do Governo Federal.

“A aprovação do financiamento é uma conquista para a cidade e possibilita que recuperemos escolas municipais e possamos implantar a melhoria no ensino, tão necessária”, destacou o prefeito Nelson Marchezan Júnior. Ele fez questão de agradecer aos senadores gaúchos que atuaram na defesa do pleito da Capital. “Eles foram incansáveis na defesa do pedido de empréstimo junto ao Governo federal e no Senado”.

thumb.aspx
Nelson Marchezan Júnior Foto: Alina Souza/Correio do Povo

Reforma de prédios

Para o secretário de Educação, Adriano Naves de Brito, o objetivo é melhorar a qualidade do ensino, que é expressa na aprendizagem do alunos. “O projeto favorece a proficiência em português e matemática, que são competências fundamentais para o desenvolvimento de adultos autônomos”, observou o secretário de Educação. “A reforma de prédios e aquisição de demais recursos são meios para atingirmos este objetivo maior: melhorar a qualidade das duas redes públicas, a estatal e a comunitária”, sinalizou Adriano de Brito.

“Investir no ensino público é necessário e urgente. Não é possível um país como o nosso não ter o investimento em Educação como ponto de partida”, destacou o senador Lasier Martins em sua manifestação na tribuna, ao pedir que os senadores votassem favoravelmente o pedido de empréstimo. “Temos que mudar as manchetes que a cada ano mostram a baixa qualidade do ensino”, finalizou.

Aprovado por unanimidade

O pedido foi incluído na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), na condição de extrapauta, na manhã desta terça-feira, a pedido dos senadores gaúchos, que não fazem parte da Comissão. Tendo como relator o senador Raimundo Lira, foi aprovado por unanimidade. O senador Lasier Martins conseguiu que fosse incluído na pauta da 115ª Sessão Deliberativa Ordinária, da tarde desta terça-feira. No plenário do Senado, foi novamente aprovado por unanimidade.

Inicialmente a Secretaria do Tesouro Nacional havia rebaixado a capacidade de pagamento de Porto Alegre para a nota C, a partir da aplicação de nova metodologia do Ministério da Fazenda, o que tornaria o município inelegível para receber a garantia da União. Mas uma decisão judicial obrigou a União a revisar a classificação de capacidade de pagamento do município e manter a nota B.

Para obter empréstimo no exterior, os governos estaduais e as prefeituras precisam da aprovação do Ministério da Fazenda e, posteriormente, do aval da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) e do Plenário do Senado. Com o aval, a Prefeitura entrará em contato com o BID para negociar o empréstimo.

Justiça determina que escola gaúcha desligue câmeras instaladas em sala de aula; por Cadu Caldas/Zero Hora

Justiça determina que escola gaúcha desligue câmeras instaladas em sala de aula; por Cadu Caldas/Zero Hora

Cidade Destaque Direito Educação

Uma ordem judicial determinou que câmeras de segurança instaladas no Colégio João Paulo I, localizado na zona sul de Porto Alegre, sejam desligadas.

O pedido foi feito pelo Sindicato dos Professores do Ensino Privado do RS (Sinpro) com o argumento de que o registro em vídeo em sala de aula e na sala dos professores comprometeria a liberdade de cátedra e limitaria a atuação pedagógica dos educadores. As câmeras colocadas nas dependências do colégio não captam áudio, garante a direção da instituição.

A decisão em caráter liminar não especifica os ambientes onde as câmeras deveriam ser desligadas. Para não correr risco de multa por desobediência, a diretoria optou por desligar todos os equipamentos. Uma audiência está agendada para o próximo dia 10.

– Dentro de sala de aula, representam uma vigilância excessiva, constrangem. Defendemos a privacidade dos professores e estudantes. É isso que garante a espontaneidade e a criatividade no processo ensino e aprendizagem – diz a diretora do Sinpro, Cecília Maria Martins Farias.

Os equipamentos, afirma o diretor do Colégio João Paulo I Eduardo de Castro, foram instalados em áreas estratégicas do pátio, acessos, corredores, escritórios e salas de aula e, em nenhuma hipótese, visam monitorar as atividades dos professores ou de qualquer outro colaborador da escola.

A reportagem completa está na Zero Hora.