Para presidente da Farsul amadurecimento dos debates políticos marca busca por soluções na Expointer 2019

Para presidente da Farsul amadurecimento dos debates políticos marca busca por soluções na Expointer 2019

Agronegócio Destaque Economia Expointer Negócios

Uma Expointer em que o alinhamento de visões políticas proporcionou um fértil debate em busca de soluções para o agronegócio. O presidente do Sistema Farsul, Gedeão Pereira em coletiva de imprensa, no último dia da Expointer 2019, destacou a qualidade dos debates que reuniram a Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina Dias, o presidente da CNA, João Martins, parlamentares e representantes de entidades do Brasil e do Mercosul.

Os encontros abordaram a busca de solução para temas como as crises pelas quais passam os setores leiteiro e arrozeiro, o plano de retirada da vacina da febre aftosa, a busca pela expansão de mercados internacionais e a imagem do agronegócio brasileiro no exterior. A participação do Senar-RS com a apresentação de novos programas que contribuem para a produtividade e a sustentabilidade da produção agropecuária foi apresentada durante a entrevista coletiva.

Apesar de não ter trazido a esperada renegociação de dívidas para os produtores de arroz devido a restrições orçamentárias, a vinda da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina Dias foi percebida como uma demonstração de que o Governo Federal permanece focado em alternativas para os setores que passam dificuldades. Representantes da cadeia do arroz, do leite, da carne e das máquinas entregaram uma lista de reivindicações em reunião-almoço na Farsul. Entre os pedidos, a inclusão de mais frigoríficos gaúchos na lista de plantas habilitadas a exportar para a China.

image
Sistema Farsul apresenta o balanço da 42ª edição da Feira. Foto: Joel Vargas /Agência Preview

A intensificação da participação da CNA na agenda da Expointer foi fator comemorado. O resultado esperado é o fortalecimento do Sistema com o aprofundamento das relações entre sindicatos rurais, Farsul e CNA, para atender o produtor rural, que colhe os benefícios desta relação: “Hoje nós temos um alinhamento muito intenso entre CNA e Ministério da Agricultura. Muitas das coisas que acontecem em questão de mercado internacional, a CNA tem tido uma participação muito importante. Foi muito significativo termos a reunião da sua diretoria aqui na Expointer”, avalia Gedeão.

A relação entre o agronegócio e o meio ambiente foi outro ponto extensamente debatido durante a Expointer. O presidente Gedeão Pereira ressaltou que a Farsul se posiciona pela legalidade do cumprimento das leis ambientais e foi no Brasil que nasceu a técnica do plantio direto, que utiliza a palhada, portanto sendo contra o interesse do produtor rural promover queimadas.

“A questão ambiental aflorou no contexto do acordo União Europeia – Mercosul, muito criticado pelo presidente francês”, pontuou Gedeão que lembrou o caráter ideológico e mercadológico da crise, discutida também no encontro da Frente Parlamentar da Agropecuária realizado na quinta-feira.

Para valorizar o vinho gaúcho, que pode ser afetado pelo acordo entre União Europeia e Mercosul, o espaço Juntos para Competir, uma parceria entre Farsul, Senar,-RS e Sebrae/RS, contou com oficinas de harmonização e degustações, com o objetivo de apresentar as qualidades da produção do Rio Grande do Sul, segundo o diretor técnico, Ayrton Ramos, do Sebrae/RS:

“Nós tivemos um incremento de 51% de interações no estande com mais de 9 mil atendimentos. Tivemos como referência a questão da experiência do campo à mesa, em que tentamos agregar valor em cada um dos elos da cadeia produtiva, principalmente a carne, os derivados do leite e a vitivinicultura. Outro destaque foi a tecnologia. Tivemos 18 startups apresentando as suas soluções a produtores rurais e investidores”.

O coordenador da Comissão de Exposições e Feiras, Francisco Lineu Schardong, ressaltou o crescimento na ovinocultura e as melhorias realizadas no centro de eventos da pista B. O diretor da Casa Rural, José Alcindo de Souza Ávila, falou sobre a avanços em certificação digital, para levar mais tecnologia e agilidade ao campo, e sobre a revista comemorativa que resgata as 100 primeiras edições do Fórum Permanente do Agronegócio. Ainda sobre a comunicação com produtores e sindicatos, foi apresentado o novo site e aplicativo da Farsul, com ferramentas que facilitam o acesso e o compartilhamento de fotos, notícias e boletins de áudio, além da criação de um podcast.

Encontro na Expointer debateu a Reforma Tributária. “Carta de Esteio” será entregue a Rodrigo Maia

Encontro na Expointer debateu a Reforma Tributária. “Carta de Esteio” será entregue a Rodrigo Maia

Agenda Agronegócio Destaque Economia Expointer Negócios
Um encontro forte, com representatividade e gerador de ideias importantes. Assim pode ser definido o Painel Reforma Tributária – Proposições, ocorrido na Expointer, que contou com a presença de dezenas de autoridades políticas, empresariais e classe. Governadores, deputados, prefeitos, empresários, produtores rurais e lideranças de classe participaram do evento, que vai gerar a “Carta de Esteio” com proposições sobre a reforma tributária a serem levadas nos próximos dias ao Presidente da Câmara do Deputados, Rodrigo Maia. O Painel foi uma realização do Governo do Estado, Assembleia Legislativa e SESCON-RS, com apoio do Sistema Ocergs-Sescoop/RS e da Frente Parlamentar da Agropecuária.

Confira abaixo, algumas manifestações:

“Até conseguirmos uma máquina estatal mais enxuta, com as despesas engessadas do Governo, teremos dificuldade de diminuir a carga tributária. Portanto, o primeiro ganho numa reforma é reduzir a complexidade desse sistema tributário. Sistema esse que, segundo o Banco Mundial, nos coloca na posição 184 de 190 países analisados sob o ponto de vista da simplicidade tributária. Um ranking negativo para nosso país” (Eduardo Leite – Governador do RS)

33aa“É preciso que se pense de baixo para cima e sempre visando o desenvolvimento da sociedade. Por isso, primeiro os municípios e depois os Estados devem ser atendidos para somente depois se pensar nas demandas federais. Hoje, há 12,8 milhões de brasileiros sem trabalho. Além disso, segundo o IBGE, existe cerca de cinco milhões de brasileiros em situação de desalento, ou seja, trabalhadores que de tanto procurarem emprego e não conseguirem acabam desistindo. A reforma poderia ser uma ferramenta de aquecimento da economia, um ambiente favorável aos negócios e, por consequência, geração de emprego e renda.” (Célio Levandovski – Presidente do SESCON-RS). 

“O Brasil precisa e merece fazer a reforma tributária. Uma reforma verdadeira, ampla e simétrica para Estados e municípios. Isso se traduz na racionalização do sistema, com resultado direto na economia e na redução do Custo Brasil. Não adianta só acreditarmos nos acordos comerciais com outros blocos econômicos, como estratégia de crescimento, se não fizermos nosso dever de casa” (Frederico Antunes – Líder do Governo na Assembleia Legislativa) 

26a“A reforma pode e deve ser um processo moderno e dinâmico. Ela deve desburocratizar, facilitar sem precarizar. Só que é um corpo multifacetado. Pelo ângulo do agronegócio é um pouco diferente do que a indústria deseja. E que também é diferente do que necessita o setor de serviços. E tudo isso é infinitamente diferente daquilo que o Estado pratica” (Alceu Moreira – Deputado Federal – Presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária) 

“Temos que inverter a pirâmide do sistema tributário brasileiro, que privilegia a União com a sua maior fatia de tributos. Feito isso, primeiro deveria se atender os municípios para depois os Estados e por fim o poder federal. O dever de casa é diminuir os tributos em âmbito federal.” (Virgílio Perius – Presidente do Sistema Ocergs-Sescoop/RS) 

41aa“Hoje, somente no Carf temos 121 mil processos tributários. As dívidas entre processos litigiosos e administrativos já chega a quatro trilhões de reais. Isso tudo por conta da insegurança jurídica e porque a tributação brasileira “tem vida”, se mexe todo dia. Sempre há uma instrução normativa, um regramento novo, que deixa o processo mais complexo e oneroso. E é muito difícil acompanhar as mudanças nessa velocidade” (Sérgio Aprobbato Machado Jr. – Presidente da Fenacon) 

“A reforma tributária é fundamental para o país e a mudança no regime do ICMS é importante para os Estados e também para os municípios. Enquanto ocorre uma transição para um novo modelo nacional, o Rio Grande do Sul já está buscando medidas de modernização que gerem maior segurança jurídica, estímulo ao bom contribuinte e redução de obrigações com as ações do programa Receita 2030. Queremos apoiar a mudança do futuro e auxiliar na travessia para este novo momento” (Marco Aurelio Cardoso – Secretário Estadual da Fazenda) 

44a“Está programado um período de teste e a transição. Há medida que os anos vão passando tu vais tendo a mudança profunda o processo de simplificação e desoneração de setores. O segredo está na transição. Estamos reunidos pelo Brasil afora e estamos discutindo o modelo tributário nacional pelas mais diferentes formas. É preciso encontrar consenso.” (Germano Rigotto – Ex-Governador do RS) 

“Todos os partidos entendem que é importante essa agenda. Essa não é uma proposta da direita ou da esquerda. Essa é uma agenda do Brasil! E com isso temos que dialogar com todos! Nós temos condições hoje, de maneira muita clara, de colocar um capítulo final dessa novela e oferecer a sociedade uma reforma que destrave a economia que gere os empregos necessários para melhorar o nosso país” (Baleia Rossi – Deputado Federal proponente da Reforma Tributária) 

Além desses, também fizeram o uso da palavra representantes da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), da Farsul, Fiergs, Fecomércio-RS, Federasul e Famurs.

Expointer:  Lizemara Prates recebe Medalha Assis Brasil. Editora de Agronegócio da Band RS recebeu a homenagem nesta sexta-feira; da Coletiva.net

Expointer: Lizemara Prates recebe Medalha Assis Brasil. Editora de Agronegócio da Band RS recebeu a homenagem nesta sexta-feira; da Coletiva.net

Comunicação Destaque Expointer

A jornalista e editora de Agronegócio da Band RS, Lizemara Prates, foi agraciada com a Medalha Assis Brasil, na 42ª Expointer. A homenagem foi entregue em cerimônia de inauguração oficial da Feira, na manhã desta sexta-feira, 30, na Tribuna de Honra do Parque Assis Brasil, em Esteio. A honraria é concedida a pessoas que tenham se destacado por serviços de excepcional mérito na Agricultura e Pecuária.

Lizemara, que completa 30 anos de cobertura da Expointer, disse que é uma grande honra receber a distinção. “Essa  homenagem, para mim, representa um reconhecimento das três décadas cobrindo a Feira e aos quase 40 anos de Jornalismo. E trabalhar com vida das plantas e animais é algo muito bacana. Eu trabalho com quem leva o alimento todos os dias para as nossas mesas”, decalrou em depoimento ao Coletiva.net.

Ela também disse que aprende todos os anos na Expointer e, dessa vez, estar na Tribuna para receber a Medalha Assis Brasil fez passar um filme na sua memória. “Lembrei de todas as edições em que estive fazendo a notícia e, hoje, eu estava sendo notícia. Estou muito orgulhosa e feliz. É uma alavanca para eu manter o meu trabalho e essa atividade de ser uma jornalista do agro”, complementou.

A indicação foi do secretário Estadual de Agricultura, Covatti Filho, que sugeriu o nome da jornalista  em reconhecimento ao trabalho de divulgação do agro gaúcho. Historicamente, a medalha é entregue a autoridades e personalidades da agropecuária do Rio Grande do Sul.

Leia outras informações do Rio Grande do Sul em Coletiva.net

Expointer 2019:  Duas Fazendas se revezam na conquista dos maiores prêmios durante o Julgamentos Devon

Expointer 2019: Duas Fazendas se revezam na conquista dos maiores prêmios durante o Julgamentos Devon

Expointer Notícias

O touro SÃO VALENTIN  TOPAZIO 1785 BEN HUR, da Fazenda São Valentin, recebeu o título de grande campeão da 42a Expointer. O animal de 1.170 quilos é de Reinoldes Cherubini, que levou cinco prêmios para a propriedade de Nova Prata.

A fêmea Camboatã TE570 G7090 C280, box 1105 da Camboatã Agropecuária, de Camaquã, garantiu a faixa de Grande Campeã da competição. O criador Marcos Pandolfi acredita que, por também ser filha de uma Grande Campeã, o animal conseguiu um feito inédito: “Pelo que eu tenho conhecimento, é o único caso na raça em que a mãe e a filha foram grandes Campeãs da Expointer”.

Grande Campeão Devon 2019O julgamento ficou a cargo de Cirano Vieira Marques, de São Luiz Gonzaga, que destacou a qualidade dos exemplares Devon. “É impressionante, o alto padrão dos animais tornou difícil a avaliação, então foi bem ao gosto do jurado porque condições todos tinham”, ressalta.

A Camboatã Agropecuária levou também o título de reservado de grande campeão, com o touro do box 1004. Em um revezamento inusitado, a Fazenda São Valentin ficou com o prêmio de Reservada de grande campeã.

A Presidente da Associação Brasileira de Criadores de Devon, Simone Bianchini, comemorou os resultados e o sucesso do Dia D. “A disputa acirrada, principalmente entre os machos, é a prova de que a genética Devon é forte e está no caminho certo. Foi um grande dia“, ressaltou.

Entre os rústicos, a Fazenda Palmeira, de Camaquã, faturou a maioria dos prêmios. Levou o melhor trio de machos, melhor trio de fêmeas e ainda o melhor macho, com o animal de tatuagem 2270, 2 anos e 796 quilos. A Cabanha Santa Maria, de São Gabriel, de propriedade de Didito Franco, ficou com o primeiro lugar com a  fêmea de tatuagem 2583, de três anos e que está prenha.

Toyota apresenta novidades de sua linha 2020 durante 42ª Expointer

Toyota apresenta novidades de sua linha 2020 durante 42ª Expointer

Economia Expointer Negócios Notícias

A Toyota do Brasil marca presença, pela 13ª edição consecutiva, em mais uma Expointer, Exposição Internacional de Animais, Máquinas, Implementos e Produtos Agropecuários. Chegando a sua 42ª edição, o evento é um dos maiores do setor agrícola do Brasil e América Latina e acontece entre os dias 24 de agosto e 1º de setembro, no Parque Estadual de Exposições Assis Brasil, em Esteio, no Rio Grande do Sul. A expectativa da Toyota é de vender cerca de 200 unidades de seus modelos, 11% acima do número de veículos comercializados em 2018 na feira. Durante todos os dias, uma equipe de vendas estará disponível para receber o público, tirar dúvidas e conduzir o processo de compra.

Entre as principais atrações do estande da Toyota estão os recém-lançados Hilux e SW4 2020, que chegaram ao mercado nacional com novos itens de segurança e mais equipamentos desde as versões de entrada. Na última semana, ambos os modelos se consagraram como os mais seguros de suas categorias no País, de acordo com resultados 5 estrelas divugados pelo Latin NCAP. Produtores Rurais contam com condições exclusivas para aquisição da Hilux SR Diesel. Mais informações devem ser consultadas com a equipe de vendas da Toyota dos grupos Car House e SavarAuto, além das concessionárias Motorlândia e Terrasol, que estarão à disposição no estande.

Em seu estande de 640 m², a Toyota destacará as versões STD, SR, SRV e SRX da nova Hilux e a versão SRX de 5 e 7 lugares do utilitário SW4 2020.

A linha Yaris 2020, já disponível nas concessionárias Toyota de todo o Brasil, também faz parte do portfólio de carros expostos nesta edição da Expointer. O modelo ganhou novas funções de conectividade e, agora, conta com uma central multimídia equipada com Android Auto e Apple CarPlay.

Ainda falando sobre novidades, o Novo RAV4, que chegou recentemente ao mercado brasileiro como o segundo veículo híbrido da Toyota no Brasil, pode ser visto no estande Toyota. Disponível em duas versões no mercado nacional, o RAV4 também conta com pacote de segurança ativa Toyota Safety Sense, sendo o primeiro veículo do portfólio da fabricante no País a trazer essa tecnologia.

Natuzzi Italia estreia na Expointer com mobiliário tecnológico

Natuzzi Italia estreia na Expointer com mobiliário tecnológico

Expointer Negócios Notícias

Líder mundial em estofados de couro, a Natuzzi Italia é presença confirmada na Expointer 2019. Esta é a primeira vez que a marca italiana participa do evento, iniciado no último sábado, 24 de agosto, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. Quem visitar o espaço da loja La Victoria por lá poderá conferir um showroom exclusivo da marca, apresentando três sofás (Raul, Stupore e Trionfo) e uma poltrona (Dolly), todas em couro e com mecanismos elétricos que unem tecnologia e conforto.

A empresária Simone Gobbi, à frente da loja Natuzzi Italia em Porto Alegre, avalia positivamente esta primeira participação. O mobiliário presente no showroom foi selecionado especialmente para a Expointer, com produtos que se comunicam com o público expositor e visitante da feira, e poderá ser visitado até domingo, 1º de setembro.

Sofá Stupore - foto Divulgação NatuzziSofá Raul

De estilo inconfundível, o sofá Raul é caracterizado pelo seu acolchoado p reciso e pés de metal, com um design moderno e elegante. Cada assento é equipado com mecanismo Soft Touch, ativando a função reclinável com um simples toque.

Sofá Stupore

Protagonista versátil em qualquer espaço, o sofá Stupore possui formato relaxante e design original. Completamente reclinável e com almofadas de encosto, este estofado contribui para o descanso de todo o corpo.

Sofá Trionfo

Com tecnologia Cubicomfort™ Triple Motion e estilo contemporâneo, o sofá Trionfo possui conforto customizável, permitindo o ajuste na inclinação do assento tanto no encosto da cabeça quanto no apoio para os pés.

Poltrona Dolly

Desenhada pelo arquiteto Claudio Bellini, a poltrona Dolly proporciona aconchego e estilo. Seus finos pés de metal ajudam a compor uma aparência elegante e leve, com assento confortável e braços característicos.

Yoga e Comunicação Corporativa na Expointer 2019 com a jornalista Luciana Bueno Santos especialista em Psicologia Transpessoal e professora de Yoga Integrativa

Yoga e Comunicação Corporativa na Expointer 2019 com a jornalista Luciana Bueno Santos especialista em Psicologia Transpessoal e professora de Yoga Integrativa

Agenda Comportamento Destaque Expointer Notícias Saúde Trabalho

Apresentação-vivencial explora equilíbrio entre corpo e mente para potencializar equipes Yoga e Comunicação juntas para potencializar o Ser Humano no ambiente corporativo. Esta é a proposta da apresentação-vivencial Yoga e Comunicação Corporativa que vai ocorrer nesta Terça-Feira, 27/08, às 17h, no Auditório da Administração do Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS). A jornalista especialista em Psicologia Transpessoal e professora de Yoga Integrativa, Luciana Bueno Santos, acredita no despertar das atitudes de resultados através do equilíbrio integral entre corpo e mente, quando estimuladas no ambiente corporativo. “Temos uma dinâmica muito forte de demandas e entregas no dia a dia profissional. Como o colaborador dá conta, mantendo sua saudabilidade, se não pausar para focar e reordenar as prioridades?”, provoca.

Luciana, que já atuou como gestora de Comunicação, amplia, a partir de sua experiência com equipes, sobre como o grupo se transforma positivamente ao receber novos estímulos e, sobretudo, perceber que é escutado. “A proposta que nossa empresa Com.Fiar traz é o despertar a partir de uma prática de Yoga – adaptada ao ambiente de trabalho, adicionada a uma partilha com colaboradores, facilitando a comunicação entre colegas e líderes, seladas com ferramentas de Comunicação.” Na apresentação de Terça-Feira, vai ser realizada uma dinâmica com o público presente para os participantes, na prática, perceberem o alinhamento de corpo, mente e “por que não, também, de alma”, que pode ser conquistado com Yoga e técnicas de Comunicação. A atividade é executada com roupas de trabalho, de uso no dia a dia.

Serviço: O quê: Yoga e Comunicação Corporativa | Apresentação-vivencial

Quando: Dia 27/08, Terça-Feira Horário: 17h (duração: 1h)

Onde: Auditório da Administração – parque Assis Brasil

Quem: Luciana Bueno Santos, jornalista especialista em Psicologia Transpessoal e professora de Yoga Integrativa Sobre a Com.Fiar – Comunicação, Yoga e Psicologia Transpessoal A empresa surge a partir de um novo Fiar de vida, que reúne Comunicação, Yoga e Psicologia Transpessoal. Apresenta projetos pessoais a corporativos com base no autoconhecimento propondo o despertar do Ser.

42ª Expointer: Final do Freio de Ouro é atração neste domingo, em Esteio

42ª Expointer: Final do Freio de Ouro é atração neste domingo, em Esteio

Agronegócio Expointer Notícias

Domingo de sol na 42ª Expointer. Dezenas de atrações marcam o dia de hoje (25/8), entre exposição de animais, provas, concursos, julgamentos, debates, oficinas, degustações e workshops.

Pela manhã, tem Vitrine da Carne e lançamento do Programa Carne Pampa no Salão do Empreendedor, no Pavilhão Internacional, às 10h. A vitrine segue em outros horários: 12h, 14h e 16h30min. Há também oficinas de queijo, doce de leite e vinho às 11h, às 13h e às 15h30 no Espaço Juntos para Competir. E debates sobre as aves ornamentais, javali e práticas de manejo de bovinos de corte. Tudo está na programação que pode ser conferida no site da Expointer.

Além de concursos, provas e julgamentos nas pistas da feira, hoje deve ser anunciado o animal mais pesado da feira.

Mas o destaque do primeiro domingo – como tradicionalmente ocorre – é a final do Freio de Ouro, a mais importante prova da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC).  Tudo começa às 12h com o espetáculo “A Saga do Cavalo Crioulo”, que encena a chegada da raça na América. São 90 pessoas, entre atores e bailarinos que se apresentam no palco. A direção é do dramaturgo Rinaldo Souto Oliveira.

A partir das 13h tem provas finais de mangueira, bayard/sarmento e de campo. Às 17h, ocorre a premiação de fêmeas e machos. Além de prêmios em dinheiro tem entrega dos troféus Freio de Ouro, Prata, Bronze e Alpaca. O governador Eduardo Leite e o secretário da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho, estarão presentes na cerimônia.

O parque de exposições Assis Brasil em Esteio fica aberto até as 20h30min. Os ingressos custam R$ 13, estudantes e idosos pagam R$ 6. Crianças até 6 anos e idosos com mais de 65 anos não pagam. Os veículos tem preço único de R$ 32 (estacionamento e ingresso do motorista incluído).

Unimed será serviço médico oficial da 42ª Expointer

Unimed Expointer - Cassius Souza (2).jpg
A estrutura estará localizada nas quadras 4 e 36 do parque. Foto: Cassius Souza.

 

A Unimed será o serviço médico oficial da Expointer, um dos maiores eventos no mundo do agronegócio. A 42ª edição da feira terá à disposição dos expositores e do público visitante médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, que atuarão em ambulatórios, ambulância e motos, equipados com tecnologia avançada para atendimento de urgência e emergência. Os serviços estarão localizados nas quadras 4 e 36 do parque, próximos ao restaurante Casa do Gaúcho, junto às esferas da Expointer; e ao Portão 6, respectivamente.

Os atendimentos serão realizados por equipes médicas em dois ambulatórios: um com funcionamento de 12 horas (das 8h às 20h) e outro 24 horas. Será disponibilizado uma ambulância com apoio 24 horas, e contará ainda com o apoio de uma moto que irá permitir agilidade nos deslocamentos, além de todo o suporte do SOS Unimed no evento. A Expointer 2019 acontece de 24 de agosto a 1 de setembro no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio.

Recepção aos animais na Expointer será dia 19, com Café de Cambona

Recepção aos animais na Expointer será dia 19, com Café de Cambona

Comunicação Expointer Notícias

A recepção e a inspeção dos animais participantes da 42a Expointer será iniciada na próxima segunda-feira (19), às 6h, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. Este ano, a abertura dos trabalhos será celebrada com uma rodada de Café de Cambona, ou Café de Tropeiro, oferecido pela prefeitura de São Nicolau. O governador Eduardo Leite e o secretário da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho, participarão da recepção, no portão 8.

Após a abertura dos portões, os animais de argola (de exposiçãop) poderão entrar no parque até as 23h59min da sexta-feira (23), véspera de início da feira. Os animais de provas e os rústicos poderão ingressar durante todo o período da Expointer, desde que tenham sido previamente inscritos.

Todos os animais que participam da Expointer são inspecionados pelo serviço veterinário oficial. Ao todo, mais de 100 profissionais, entre veterinários e quadro técnico, estarão envolvidos na atividade. “Nosso objetivo é zelar pela boa sanidade de absolutamente todos os animais que participam da Expointer”, ressalta o secretário Covatti Filho.

Para a inspeção, além da Guia de Trânsito Animal (GTA), os proprietários devem apresentar uma série de documentos sanitários referentes a cada espécie. Os animais só podem entrar parque após a verificação dos itens exigidos e da inspeção clínica.

A 42ª edição da Expointer contará com 3.975 animais de argola. Para o subsecretário do Parque de Exposições Assis Brasil, José Arthur Martins, a entrada de novas raças de animais em competição, como o bovino de corte Senepol, e a volta de algumas raças, como o bovino Canchim e o cavalo Gipsy Horse, mostram que os produtores estão otimistas. “A expectativa é positiva porque houve aumento no número de animais de maior interesse econômico”.

Além dos julgamentos e leilões de animais, a Expointer terá em sua programação o desfile dos campeões, palestras técnicas, feira da agricultura familiar e espetáculos artísticos, entre outras atrações. A Expointer ocorre de 24 de agosto a 1º de setembro, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio.

 Fonte: Governo RS