Jornadas Brasileiras de Relações do Trabalho no Rio Grande do Sul serão lançadas nesta quinta-feira em Caxias do Sul

Jornadas Brasileiras de Relações do Trabalho no Rio Grande do Sul serão lançadas nesta quinta-feira em Caxias do Sul

Agenda Economia Negócios Notícias Poder Política

Acontece nesta, quinta-feira, 21, o lançamento das Jornadas Brasileiras de Relações do Trabalho no Rio Grande do Sul.  A  reunião almoço está marcada para às 12h no Hotel Personal Royal, em Caxias do Sul,  as inscrições são gratuitas.. Na sexta-feira a caravana cívica em prol de divulgação da modernização da legislação trabalhista segue pelo Rio Grande do Sul, mas desta vez em Lajeado, onde o evento ocorrerá no Hotel Aspen Executive.

Ambos os eventos contarão com as presenças confirmadas do ex-ministro do Trabalho e idealizador da modernização da legislação trabalhista, deputado federal Ronaldo Nogueira, do vice-presidente do TRT21, Bento Herculano Duarte Neto, e dos ministros do Tribunal Superior do Trabalho Alexandre Agra e Gelson Azevedo.

Maiores informações pelo site www.ibecnet.com.br

Porto Alegre: Comissão apresentará relatório final do IPTU nesta quinta

Porto Alegre: Comissão apresentará relatório final do IPTU nesta quinta

Comunicação Destaque Notícias

A Comissão Especial que discute o projeto de lei complementar do Executivo nº 005/18 fará reunião na manhã desta quinta-feira (21/6) para apresentação do relatório final. O projeto do Executivo propõe a atualização da Planta Genérica de Valores imobiliários (PGV) para efeitos do lançamento e cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) aplicado aos imóveis de Porto Alegre. O encontro, que será presidido pelo presidente da Comissão, vereador Mauro Pinheiro (Rede), está marcado para as 10 horas, na sala 303 do Legislativo Municipal.

O relatório será apresentado pelo vereador João Carlos Nedel (PP), relator da matéria. A Comissão é composta ainda pelos vereadores André Carús (MDB), Moisés Barboza (PSDB), Felipe Camozzato (Novo), Reginaldo Pujol (DEM), Adeli Sell (PT), Mauro Zacher (PDT) e Cassio Trogildo (PTB).

Porto Alegre: Vereadores aprovam mudanças no ISSQN

Porto Alegre: Vereadores aprovam mudanças no ISSQN

Comunicação Destaque Notícias

O Plenário da Câmara Municipal de Porto Alegre aprovou, na sessão ordinária desta quarta-feira (20/6), o projeto de lei do Executivo que faz modificações no Código Tributário do Município, alterando as regras para o Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN). O projeto revoga os benefícios fiscais do ISSQN em desacordo com o artigo 8º-A da Lei Complementar Nacional nº 116, de 2003. Conforme o projeto, nenhum serviço prestado em Porto Alegre poderá ter alíquota de ISSQN inferior a 2%.

Além disso, o projeto retira a exigência da certificação para a concessão de benefício fiscal; possibilita a baixa de ofício da inscrição de contribuinte que deixou de entregar a Declaração Mensal e não realizou qualquer recolhimento do imposto no período de três anos ininterruptos e permite a notificação por meio eletrônico.

A proposta do Executivo também inclui e esclarece serviços sujeitos à tributação pelo ISSQN, previstos no subitem 13.05 da Lista de Serviços.

Na segunda-feira (18/6), havia sido aprovada a Emenda 1. Ela esclarece na lei que aos profissionais liberais habilitados se aplicará o ISSQN, seguindo o decreto com o valor fixo para cada profissional. E para fins de recolhimento de imposto não serão consideradas de caráter empresarial ou natureza comercial aquelas sociedades cuja a legislação específica vede a forma ou características mercantis. As demais emendas foram rejeitadas.

Renapsi promove treinamento para órgãos estaduais

 

A Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção Social e Integração (Renapsi) realiza, nesta quinta (21) e sexta-feira (22), treinamento com os 51 órgãos e departamentos do governo do Estado que detêm estagiários com bolsas-auxílio geridas pela Rede. O objetivo da atividade é capacitar os funcionários das áreas quanto aos processos de recrutamento, atendimento, contato com instituições de ensino e acompanhamento de estágio. Desde o mês de março deste ano, a Renapsi é a organização responsável pela gestão de mais de cinco mil contratos de estágio, que antes ficavam sob a responsabilidade da Fundação de Desenvolvimento para os Recursos Humanos (FDRH).

“Estamos modificando o nosso sistema interno, buscando otimizar processos e facilitar todo o procedimento para os órgãos públicos, desde o recrutamento do estudante até a emissão da folha de pagamento”, explica o gerente regional da Renapsi, Franklin Ribeiro.

A capacitação acontecerá nesta quinta-feira a partir das 8h, na sede da Renapsi (Rua 7 de Setembro, 730), e na sexta-feira à tarde, a partir das 14h.

Porto Alegre: Terceirização da ética é tema de evento com a senadora Ana Amélia Lemos no Sindha

Porto Alegre: Terceirização da ética é tema de evento com a senadora Ana Amélia Lemos no Sindha

Agenda Notícias

 

A terceirização da ética será o tema abordado pela senadora gaúcha, Ana Amélia Lemos, durante o café da manhã promovido pelo Sindha – Sindicato de Hospedagem e Alimentação de Porto Alegre e Região. O evento está programado para sexta-feira, 29/06, das 9h às 10h30, na sede da entidade (Rua Dr. Barros Cassal, 180) e tem entrada gratuita, com vagas limitadas que devem ser preenchidas pelo site sindha.org.br, até o dia 26/06.

A parlamentar dissertará sobre a importância da ética tanto no cenário político atual, em meio a tantos casos de corrupção, quanto no dia a dia e atitudes da sociedade. O presidente do Sindha, Henry Chmelnitsky, acredita que o evento servirá para resgatar os valores básicos que norteiam o setor político, “tão manchado pelos inúmeros casos de corrupção e relacionamentos escusos no poder público”.

O dirigente destaca ainda que são oportunidades como esta que fortalecem a busca por uma política mais transparente. “A democracia se faz pelo debate e pela aproximação de nós cidadãos com os nossos representantes federais, estaduais e municipais. Se queremos um Brasil melhor do que este de agora, devemos nos guiar pelo princípio da honestidade, ética e lisura”, ressaltou.

Café da Manhã Sindha

Senadora Ana Amélia Lemos fala sobre a Terceirização da Ética

Data: 29/06 – sexta-feira

Horário: das 9h às 10h30

Local: Sindha (Rua Dr. Barros Cassal, 180 – conj. 801)

Inscrição gratuita e limitada até 26/06 pelo site sindha.org.br

Porto Alegre: “GOD SAVE THE QUEEN” comemora duas décadas

Porto Alegre: “GOD SAVE THE QUEEN” comemora duas décadas

Comunicação Destaque Notícias

Depois de três anos consecutivos de apresentações de sucesso no palco do Auditório Araújo Vianna, o God Save The Queen retorna ao local para mais um show eletrizante nesta quinta-feira, dia 21 de junho, às 21h. Desta vez, o grupo traz a Porto Alegre a nova turnê 20 Years, que comemora as duas décadas do tributo ao Queen que mais triunfa no mundo. Os ingressos estão à venda em www.uhuu.com. Confira o serviço completo abaixo.

Durante os 110 minutos do show, a banda interpreta clássicos como Bohemian Rhapsody, Radio Gaga, We Will Rock You e We Are The Champions. Usando vestuários, sons e instrumentos exatamente semelhantes aos originais do Queen e ao vivo, o espetáculo respeita minuciosamente os arranjos das canções da banda de Freddie Mercury.

A semelhança física e vocal do músico Pablo Padín com Freddie Mercury, assim como dos demais integrantes da banda God Save The Queen com o grupo original, é sem dúvida a chave do êxito deste famoso quarteto, eleito em 2011 pela Revista Rolling Stone como o melhor tributo de todos os tributos do mundo. A banda consegue proporcionar ao público a sensação de estar vendo e ouvindo o Queen ao vivo. Seus integrantes ocupam o mesmo espaço e a mesma formação em cena, exatamente como o grupo inglês apresentava-se nos palcos do mundo, na década mágica de 80.

Aplaudido em palcos da Europa, Ásia, Oceania, América do Norte e da própria América Latina e apresentado por músicos argentinos, a banda já ganhou fama e admiração entre os fãs de Freddie Mercury e companhia. Sua última turnê de 2017 levou-os aos cinco continentes, sempre com apresentações exitosas e com impecáveis críticas de imprensa e público.

SAIBA MAIS SOBRE O GOD SAVE THE QUEEN

Criado em 1998 na cidade de Rosário, Argentina, God Save The Queen (originalmente Diós Salve a la Reina, em espanhol), se transformou na melhor e mais elogiada banda tributo ao Queen do mundo.

Em 2003, ganhou o Cavern Rock Festival de Buenos Aires, que elegeu a melhor banda latino-americana de rock e, como prêmio, viajou à Inglaterra, para realizar duas apresentações no prestigiado pub onde nasceram The Beatles, o The Cavern Club de Liverpool. Tamanho foi o sucesso desses shows que God Save The Queen voltou a Liverpool consecutivamente em 2005, 2007, 2008 e 2009 como a banda mais importante do Mathew Street Festival, encerrando o maior festival tributo do mundo, para mais de 30 mil ingleses e visitantes.

A semelhança física de seus integrantes com os originais do Queen, especialmente na figura de Pablo Padín, vocalista e pianista do God Save the Queen que interpreta Freddie Mercury, distinguem a banda de qualquer outro tributo. Pablo foi elogiado por Ray Johnson, organizador do festival como “A cópia idêntica de Freddie Mercury. É o showman por natureza”.

Durante 2004, God Save the Queen conquistou também a convenção de Queen mais importante da América Latina, o “Queens Day Brazil” em São Paulo. Em 2005, além de participarem pela segunda vez do Mathew Street Festival de Liverpool, tiveram a oportunidade de conhecer o produtor das turnês do Queen que se impactou com a performance do God Save the Queen, que na ocasião, fez o seguinte comentário: “Incrível, são tão bons quanto os originais!”. No mês de julho deste mesmo ano se apresentaram em Buenos Aires no teatro Gran Rex, a sala mais importante da Argentina com 3,9 mil poltronas, em duas apresentações completamente lotadas, tendo a venda de ingressos se esgotado uma semana antes dos espetáculos.

Também foram convidados ao Freddie Mercury Memorial Day de Montreux, na Suíça. Os organizadores (Norbert Muller e Rita Balestri), ficaram tão impressionados (“Nunca esperamos que fossem tão bons”), que os convidaram ao ano seguinte a participar do mesmo evento. A banda também realizou apresentações na América Latina, Escócia e Espanha com sucesso absoluto.

No início de 2006 foram eleitos pelo Fã Clube Internacional do Queen como a banda tributo mais importante do mundo. Quando foram convidados a participar da famosa Convenção Anual celebrada em Gales, também participaram de uma extensa turnê sul-americana que incluiu Uruguai, Brasil, Chile, Peru, Equador, Venezuela, Colômbia, etc. E, apresentando-se pela primeira vez no Luna Park, onde apresentaram uma réplica do show que o Queen fez em Buenos Aires, 25 anos antes, diante de uma plateia de mais de 10 mil pessoas. Foram também convidados pela cadeira de rádios espanhola SER, onde apresentaram-se nas festas de Pilar, Zaragoza, para mais de 250 mil pessoas.

Em 2007, estrearam um novo show, continuando suas turnês, e também realizaram sua primeira turnê massiva na Espanha, com mais de 20 apresentações em todo o pais europeu, e cidades como Barcelona, Santiago de Compostela, Valladolid, Bilbao, Madrid, etc, para mais de 300 mil pessoas. Apresentaram-se também em inúmeros programas de televisão, filmes e documentários na Argentina, Inglaterra, Portugal e Espanha.

God Save The Queen também participou em julho de 2007, do Montreux Jazz Festival, sem dúvida, o mais emblemático festival da Europa (onde tocaram banda como Deep Purple, David Bowie, e o próprio Queen), que pela primeira vez em sua longa historia recebeu um grupo tributo, por considerar God Save the Queen um caso único, fora de qualquer parâmetro. O British Council considerou-o como “o melhor tributo jamais realizado”, motivo pelo qual convidou-os a participarem das celebrações de 2008, ocasião em que Liverpool foi decretada como Capital da Cultura Europeia.

SERVIÇO

GOD SAVE THE QUEEN COM A TURNÊ 20 YEARS

Dia 21 de junho

Quinta-feira, às 21h

Auditório Araújo Vianna (Av. Osvaldo Aranha, 685)

www.araujovianna.com.br

Classificação: Livre

Duração: 110 minutos

Mais recente documentário de Silvio Tendler estreia no CineBancarios

Mais recente documentário de Silvio Tendler estreia no CineBancarios

Comunicação Destaque Notícias

Com sessões às 17 h e 19 h a partir do dia 21 de junho, “Dedo na Ferida” se afirma como um filme incomodamente atual em tempos sombrios, nos quais o mundo se depara com a perda progressiva de direitos sociais e com o ressurgimento de movimentos de extrema-direita

“Dedo na Ferida” trata do fim do estado de bem-estar social em um cenário onde a lógica homicida do capital financeiro inviabiliza a justiça social. Milhões de pessoas peregrinam em busca de melhores condições de vida enquanto o capital aspira a concentração da riqueza em poucas mãos. Neste cenário de tensões sociais, há os que lutam para transformar o mundo levantando temas como os direitos sociais, o desemprego, o mercado e o extremismo.

Os ingressos podem ser adquiridos por R$ 12,00 na bilheteria do cinema ou no site ingresso.com . Idosos, estudantes, bancários sindicalizados, jornalistas sindicalizados e pessoas com deficiência pagam R$ 6,00. Aceitamos Banricompras, Visa, MasterCard e Elo.

Com a precisão de um olhar lapidado em mais de 80 obras de cunho histórico e social, o diretor trata da interrupção dos sonhos de uma vida melhor para todos, em uma conjuntura onde a lógica homicida do capital financeiro inviabiliza qualquer alternativa de justiça social. Para traçar um panorama do cenário contemporâneo, foram entrevistados Yanis Varoufakis, ex-ministro das Finanças da Grécia; Celso Amorim, ex-ministro das Relações Exteriores do Brasil; Paulo Nogueira Batista Jr, vice-presidente do banco dos Brics; o cineasta Costa-Gavras; os intelectuais Boaventura de Sousa Santos (Universidade de Coimbra, Portugal), David Harvey (University of New York, Estados Unidos) e Maria José Fariñas Dulce (Universidade Carlos III, Espanha); os economistas Ladislau Dawbor (PUC-São Paulo), Guilherme Mello (Unicamp) e Laura Carvalho (USP), entre outros pensadores que interferem no mundo contemporâneo.

Em nome dos interesses do grande capital internacional, um pequeno grupo comanda o destino dos recursos do planeta. Para o 1% mais rico da população, uma crise nunca deve ser desperdiçada. Quebras de bolsas de valores, estouro de bolhas especulativas e a bancarrota de países que levam famílias para linha da miséria viram uma oportunidade para aumentar o seu capital, seu poder e sua influência. Eles são os donos do poder. 65 famílias têm, aproximadamente, a mesma riqueza que metade da população mundial. Bancos, seguradoras, fundos de investimento e elites econômicas navegam em uma esfera onde taxas de juros e dívidas de governos são a moeda mais forte.

“Dedo na Ferida” discute o retrocesso ideológico e as posições neoconservadoras pautados pelo empobrecimento da classe média, pela falência dos Estados e pelo desemprego. Examina de que forma o capitalismo deixou de ser produtivo para se tornar meramente especulativo, motivado pela aposta na geração de dinheiro fácil. O sistema financeiro, que deveria servir ao propósito de levar recursos dos setores superavitários para os deficitários interessados em investir em produção, abandonou o papel de “atravessador” e se assumiu como fim principal das transações econômicas.

Os governos nacionais perdem autonomia e passam a lutar contra massas de capital que circulam livremente pelo globo. Grécia, Espanha, Portugal, Brasil e tantas outras nações veem seus destinos definidos pelos interesses da esfera financeira. Grandes corporações, que, por vezes, detém orçamentos mais robustos do que o de alguns Estados, atuam como um “governo sombra”, guiando políticas públicas que favorecem à maximização de seus lucros.

Consideradas importantes demais para falir, grandes corporações envolvidas diretamente na crise que atingiu o sistema econômico internacional em 2008 não foram responsabilizadas pelo estrago causado na economia produtiva. Operando dentro da lei e socorridas com dinheiro público, seguem acumulando um capital volátil, transnacional, pouco produtivo e guardado em paraísos fiscais. E elas estão prontas para lucrar na próxima crise.

Grade de horários:

*Não abrimos segundas-feiras

21 de junho (quinta-feira)

15h – Travessia + Baronesa

17h – Dedo na Ferida

19h – Dedo na Ferida

22 de junho (sexta-feira)

15h – Travessia + Baronesa

17h – Dedo na Ferida

19h – Dedo na Ferida

23 de junho (sábado)

15h – Travessia + Baronesa

17h – Dedo na Ferida

19h – Dedo na Ferida

24 de junho (domingo)

15h – Travessia + Baronesa

17h – Dedo na Ferida

19h – Dedo na Ferida

26 de junho (terça feira)

15h – Travessia + Baronesa

17h – Dedo na Ferida

19h – Dedo na Ferida

27 de junho (quarta-feira)

15h – Travessia + Baronesa

17h – Dedo na Ferida

19h – Dedo na Ferida