Crivella dá calote de R$ 230 milhões no BNDES antes de anunciar R$ 400 milhões em conservação de ruas para ano eleitoral

Crivella dá calote de R$ 230 milhões no BNDES antes de anunciar R$ 400 milhões em conservação de ruas para ano eleitoral

Comunicação Destaque Notícias

A prefeitura do Rio deixou de pagar, no mês passado, uma parcela de R$ 230 milhões ao BNDES, referente à juros de sua dívida com o banco. Depois do calote, o prefeito Marcelo Crivella tenta agora negociar com o governo de Jair Bolsonaro o adiamento para fevereiro do pagamento das prestações que iriam de outubro a dezembro.

Em nota, o Banco Nacional do Desenvolvimento afirmou que, de acordo com seus normativos internos, o BNDES está solicitando as garantias relacionadas à parcela vencida em setembro de financiamento junto à prefeitura do Rio de Janeiro. Uma vez que os pagamentos forem retomados, o Banco está à disposição do município para renegociar os valores.

Leia mais em O Globo


Senado aprova, por unanimidade, projeto de divisão de recursos da cessão onerosa

Senado aprova, por unanimidade, projeto de divisão de recursos da cessão onerosa

Comunicação Destaque Notícias

O plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira, por unanimidade, por 68 votos a favor, o projeto de lei que estabelece as regras para distribuição do dinheiro que será arrecadado com o megaleilão de petróleo para estados e municípios. Como não houve alteração em relação a proposta aprovada na Câmara, o projeto segue direto para sanção presidencial. A aprovação do projeto também deve garantir a votação do segundo turno da reforma da Previdência .

O governo espera arrecadar R$ 106,5 bilhões com o leilão, marcado para 6 de novembro, no RIo. Desse total, R$ 33,6 bilhões serão destinados à Petrobras pela revisão do contrato de cessão onerosa — que permitiu a licitação. Os estados ficarão com R$ 10,9 bilhões, e os municípios, também com R$ 10,9 bilhões.

Leia mais em O Globo


Quem tem medo de CPI?

Quem tem medo de CPI?

Comunicação Destaque Notícias

A briga no PSL e a revelação, por meio de reportagem da revista Crusoé, de uma conexão entre o Palácio do Planalto e uma rede de blogueiros e youtubers, alguns dos quais com cargos em gabinetes no Executivo e no Legislativo, para destruir reputações e até derrubar ministros viraram combustível para a CPI das Fake News. E o olavo-bolsonarismo está em polvorosa.

Flagrado em conversas para queimar o então ministro Carlos Alberto Santos Cruz por meio de sites amigos, o assessor especial da Presidência Filipe Martins acusou o golpe e sentenciou no Twitter, diante da possibilidade de ser convocado pela CPI: “Vamos pro pau!”.

Leia mais em O Estado de S.Paulo

Farmácias Associadas quer faturar R$ 1 bilhão

Farmácias Associadas quer faturar R$ 1 bilhão

Comunicação Destaque Notícias

Três mil pessoas vão circular a partir hoje na Convenção e Feira de Negócios da rede Farmácias Associadas, que acontece até domingo no Serra Park, em Gramado. Na sua 14ª edição, o encontro reunirá 60 expositores, entre eles os principais players da indústria farmacêutica nacional e multinacional, distribuidoras de medicamentos e perfumaria e o segmento de serviços para a farmácia. A meta é faturar R$ 37 milhões. “Isso seria um incremento de 7% a 8% em relação às vendas do ano passado.

Leia mais no Jornal do Comércio

Segunda instância: ministros do STF refutam risco de dar liberdade a homicidas e estupradores

Segunda instância: ministros do STF refutam risco de dar liberdade a homicidas e estupradores

Comunicação Destaque Notícias

O julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF) que vai reanalisar se é possível prender condenados em segunda instância terá início apenas na quinta-feira, mas a extensão de seus efeitos já divide opiniões. Ministros da Corte rebatem a tese de que autores de crimes violentos, como homicídio e estupro, poderão ser beneficiados, ganhando a liberdade. Mas alguns defensores do entendimento atual, que permite a execução da pena após a segunda instância, avaliam que esse risco é real caso o STF mude a orientação vigente.

O ministro Alexandre de Moraes, que já votou favorável à possibilidade de prisão após condenação em segunda instância, é um dos que refutam o argumento de que uma revisão dessa orientação poderá levar à liberdade de homicidas e estupradores.

Leia mais em O Globo


Programa quer incentivar projetos de inovação

Programa quer incentivar projetos de inovação

Comunicação Destaque Notícias

Mecanismo adicional para as empresas habilitadas pela Lei de Informática cumprirem com os investimentos em pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I), o Programa Prioritário (PPI) em IoT/Manufatura 4.0. foi apresentado, nesta terça-feira, a empresários gaúchos, em evento ocorrido no Ritter Hotel, em Porto Alegre. Durante reunião-almoço promovida pela regional da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), o diretor de operações Carlos Eduardo Pereira da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), explicou que o novo programa permite que as empresas aportem recursos da Lei de Informática (de incentivos fiscais) em um fundo para projetos de inovação para o setor.

Leia mais no Jornal do Comércio


SENAR-RS credencia empresas para prestação de serviços de Assistência Técnica e Gerencial

SENAR-RS credencia empresas para prestação de serviços de Assistência Técnica e Gerencial

Agenda Agronegócio Notícias Tecnologia Trabalho

O SENAR-RS iniciou o processo de credenciamento das empresas que irão atuar no programa de Assistência Técnica e Gerencial, que começará a atender propriedades rurais gaúchas a partir do primeiro semestre de 2020. Um grande banco de empresas prestadoras de serviços será criado para que o SENAR-RS possa contratar os serviços  de técnicos e supervisores habilitados para realizar a orientação dos produtores voltados inicialmente às cadeias da agricultura, bovinocultura de corte, bovinocultura de leite e ovinocultura.

_FOG6766
Foto: Emerson Foguinho

O edital de credenciamento está aberto até o dia 11 de novembro. Os credenciados serão chamados conforme a necessidade. De acordo com o superintendente do SENAR-RS, Eduardo Condorelli, a expectativa é ter pelo menos 140 técnicos atuando nos mais de 270 municípios inicialmente mapeados para receber o programa: “Poderemos escolher as empresas que oferecem os técnicos mais capacitados, além de termos supervisores que garantirão a qualidade do trabalho. Outro diferencial da ATeG é que não trataremos apenas de questões como produção e produtividade. Focaremos também aspectos ligados à gestão do agronegócio”, aponta Condorelli.

As empresas devem ter em seus quadros profissionais que cumpram alguns requisitos: os técnicos de campo devem ter ao menos 6 meses de experiência com a prestação de serviços em assistência técnica na cadeia produtiva que será assistida. Já os supervisores devem comprovar, no mínimo, dois anos de experiência na prestação deste tipo de serviço. Exigências comuns às duas funções são dispor de veículo para deslocamento e carteira de habilitação, ter concluído o curso superior em agronomia, medicina veterinária ou zootecnia e ter disponibilidade para viagens. Outras exigências estão especificadas em edital. Após a contratação das empresas, os técnicos e supervisores habilitados serão capacitados na metodologia de Assistência técnica e Gerencial (ATeG) antes do início do atendimento as propriedades selecionadas pelo programa.

Está vedada a participação de cooperativas de trabalho, empresas individuais, MEI e EIRELI. Dúvidas podem ser encaminhadas ao email comissaoateg@senar-rs.com.br. Clique para informações e inscrições no site do SENAR-RS.

A assistência técnica e gerencial não terá custo aos produtores e cada grupo receberá o atendimento ao longo de dois anos. Os técnicos farão visitas mensais, nas quais ficarão um turno em cada propriedade rural participante. O programa segue modelo nacional de metodologia desenvolvido pelo SENAR/Administração Central, mas foi customizado de acordo com as características e a realidade do Estado. A expectativa é atender, no primeiro semestre de 2020, mais de 5 mil produtores rurais no Rio Grande do Sul, ampliando para 10 mil propriedades até o fim do ano que vem.

ADVB/RS assina parceria com Hub Transforma RS e torna-se sede oficial da iniciativa

ADVB/RS assina parceria com Hub Transforma RS e torna-se sede oficial da iniciativa

Agenda Cidade Notícias

Engajada em contribuir para o desenvolvimento do Estado, a ADVB/RS é parceira e sede oficial do Hub Transforma RS, uma iniciativa que reúne também o Governo do Rio Grande do Sul, a Polo RS, a Agenda 2020 e o Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade (PGQP). O objetivo principal do Hub é unir forças para concretizar pautas comuns entre as organizações e que contemplam temas como o desenvolvimento econômico, fortalecimento das cadeias produtivas, gestão de ativos, entre outras.

A operação do Hub Transforma RS irá englobar todos os representantes engajados, que embora oriundos de grupos distintos, poderão trabalhar no mesmo espaço físico.

 

RS: Projeto “Escola com Partido” é protocolado na Assembleia Legislativa

RS: Projeto “Escola com Partido” é protocolado na Assembleia Legislativa

Educação Notícias

Com o objetivo de ir contra a discussão atual sobre o papel da escola e dos professores na educação que cerceia o pensamento crítico acerca de políticas e ideologias, o deputado estadual Rodrigo Maroni protocolou o Projeto de Lei denominado ”Escola com Partido”. O PL altera a Lei 9.394 que estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional ao incluir a matéria de Educação Moral e Cívica e Organização Social e Política do Brasil.

De acordo com o parlamentar, a data de registro do Projeto é emblemática pois “é preciso que o professor possa ter a liberdade para abordar toda e qualquer discussão em sala de aula, seja ela política, ideológica, de gênero, de raça, de história, de ciência, o que for necessário para que o aluno possa crescer com pensamento crítico”. Maroni salienta que projetos autoritários que cerceiem o direito de cátedra constituem Lei da Mordaça.

“No mundo de hoje as crianças devem entender sobre política, essa será nossa única possibilidade de, no futuro, termos um voto consciente. Não adianta português ou matemática se não souberem votar para eleger governantes que valorizem o saber”, ressalta. “Se aos 16 anos o jovem já pode votar então ele tem que começar a discutir política bem antes, com seis, sete anos, para estar consciente do voto aos 16”.

Finais do Municipal de Bocha começam nesta quarta-feira

Finais do Municipal de Bocha começam nesta quarta-feira

Comunicação Destaque Notícias

As partidas de ida da final da categoria sênior sintético do Campeonato Municipal de Bocha acontecem nesta quarta-feira, 16, a partir das 14h. Quatro times disputam as duas partidas correspondentes às séries Ouro e Prata da categoria. No mesmo dia e horário, outros quatro times disputam os jogos referentes aos terceiros lugares de cada série.

O Campeonato de Bocha está na sua 28ª edição e é promovido pela Diretoria-Geral de Esportes, Recreação e Lazer (DGERL) da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esporte (SMDSE).

Confira os jogos:

Categoria Sênior Piso Sintético – Série Ouro

3° lugar – ida

Chácara “A” X Teresópolis (avenida Teixeira Mendes, 831, Chácara das Pedras).

Final – ida
Riograndense X Amvep “A” (avenida Cavalhada, 2206, Cavalhada).

Categoria Sênior Piso Sintético – Série Prata

3° lugar – ida
Intercap “A” X ASSTBM (Beco Souza Costa, 750, Alto Petrópolis).

Final – ida
Sogipa X Piratini “B” (rua Barão do Cotegipe, 415, São João).

As tabelas de jogos e pontuações podem ser acessadas na página do Campeonato Municipal de Bocha de Porto Alegre. Mais informações pelos números (51) 3289-4850/4858 ou pelo e-mail eventos@sme.prefpoa.com.br.