Bruna Marquezine estreia no cinema em “VOU NADAR ATÉ VOCÊ”

Bruna Marquezine estreia no cinema em “VOU NADAR ATÉ VOCÊ”

Comunicação Destaque Notícias

O Festival de Gramado exibiu segunda-feira à noite, na mostra competitiva, a estreia da atriz Bruna Marquezine no cinema com o longa “Vou nadar até você”, do diretor e fotógrafo Klaus Mitteldorf. Na terça pela manhã, durante os debates no hotel Serrazul, as perguntas foram concentradas na atriz e nos desafios para interpretar Ofélia, uma menina que decide ir ao encontro do pai nadando.

“Quando conheci o Klaus e o trabalho dele fiquei apaixonada e decidi que queria fazer arte com ele”, explicou no começo da coletiva, tendo que responder seguida sobre as cenas ousadas de sua personagem Ofélia.

“Tudo o que acontece no filme faz parte da história, nada é gratuito. Sabíamos o que queríamos passar para as pessoas. Tudo o resto é pequeno”, fez questão de dizer.

Em várias declarações Bruna reafirmou que o projeto “Vou nadar até você” veio no momento certo de sua vida e carreira.

“Foi uma experiência maravilhosa, uma alegria, que atendeu a um desejo e um sonho, uma necessidade de fazer cinema. Quero fazer mais e mais. Ofélia surgiu no momento que eu podia e merecia. Acredito que foi ela que me escolheu”, afirmou.

A preparação para o trabalho incluiu aulas de natação e um mergulho da intérprete nas águas da sétima arte. Algo que, segundo Bruna, aproxima ficção e realidade:

“Assim como ela entra numa jornada de autoconhecimento, também entrei nesse crescimento árduo. E isso não poderia ter sido melhor. Espero que o filme tenha um impacto positivo na vida das pessoas. O importante é fazer aquilo que você decide. Não conheço forma mais eficaz para falar sobre o ser humano do que a arte.”

— Trabalhamos com declarações, mas consideramos mais importante trabalhar com fatos. Embora o presidente Bolsonaro sempre tenha dito que sua prioridade são os Estados Unidos, o primeiro acordo concreto que o governo dele firmou foi com a União Europeia. Sabemos que o governo brasileiro está muito satisfeito com o acordo — disse Ybañez, que está há menos de um mês no posto de chefe da delegação da UE.

Homem flagrado com ecstasy no Aeroporto Salgado Filho tem condenação confirmada

 

Um homem que foi preso com ecstasy e maconha no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre (RS), teve o recurso de embargos infringentes negado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), que manteve a pena de 5 anos e 9 meses de reclusão estipulada pela 8ª Turma da corte. Com o recurso, o réu buscava a redução de sua pena através da prevalência do voto vencido do desembargador federal Gebran Neto. A decisão foi proferida por maioria pela 4ª Seção, órgão colegiado formado pelas 7ª e 8ª Turmas do tribunal, em julgamento realizado na última semana (15/8).

O homem, que tem 27 anos e é natural de Tubarão (SC), foi preso em flagrante pela Polícia Federal em fevereiro de 2017, após desembarcar na capital gaúcha transportando 4,2 kg de ecstasy e 180 gramas de maconha em um fundo falso de sua mala. Conforme a denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal (MPF), ele confessou aos agentes da PF que as substâncias teriam sido adquiridas na Holanda e que estaria vindo ao Brasil depois de passar por escala aérea em Portugal.

Após ter sido condenado na Justiça Federal gaúcha a 5 anos e 9 meses de reclusão, o réu apelou ao TRF4, que manteve a sentença por maioria, vencido o voto do desembargador Gebran. Dessa forma, a defesa interpôs novo recurso objetivando a validação do voto minoritário.

A 4ª Seção negou provimento aos embargos infringentes e confirmou a decisão na apelação criminal.

Segundo o relator, desembargador federal Luiz Carlos Canalli, o fato de as substâncias terem percorrido três países justifica a aplicação do artigo 40 inciso I da Lei 11.343/2006, que prevê aumento da pena caso seja comprovada “a transnacionalidade do produto apreendido”.

Em relação ao artigo 33 inciso, inciso 4, da mesma lei, que prevê redução da pena para “agente primário, de bons antecedentes, e que não se dedique à atividades criminosas nem integre organização criminosa”, o magistrado afirmou “que a quantidade de drogas apreendidas e a sofisticação do modus operandi do delito afastam a alegação da defesa de tráfico eventual e revelam probabilidade de envolvimento com organização criminosa”.

O réu ainda terá que pagar multa no valor de R$ 15.500,00.

Hamilton Mourão, vice-presidente da República: ‘Estou apenas cuidando do meu quadrado’

Hamilton Mourão, vice-presidente da República: ‘Estou apenas cuidando do meu quadrado’

Comunicação Destaque Notícias

“Eu não estou calado”, afirmou o vice, na primeira entrevista após longo silêncio. Mourão disse que Bolsonaro assumiu o “protagonismo” e defendeu o estilo presidencial. “Não adianta esperar que ele vá tecer comparações pensando em grandes mestres da filosofia.”

Leia mais em O Estado de S.Paulo

RS: Governo apresenta PPP da Corsan a investidores na bolsa de valores

RS: Governo apresenta PPP da Corsan a investidores na bolsa de valores

Comunicação Destaque Notícias

O governo gaúcho encara nesta quarta-feira (21) potenciais interessados na parceria público-privada (PPP) da Corsan em eventos previstos com investidores na bolsa de valores de São Paulo, a B3. A proposta, que será detalhada por representantes do governo e da estatal, prevê aportes de R$ 2,23 bilhões em expansão da rede de coleta e tratamento de esgoto em cidades da Região Metropolitana de Porto Alegre (RMPA). A PPP é uma concorrência internacional. O leilão está marcado para 29 de novembro deste ano. O calendário prevê assinatura do contrato com o vencedor em fim de março de 2020.

Quem vencer a disputa terá de investir R$ 1,85 bilhão em recursos próprios nas obras. Outros R$ 370 milhões serão repassados pelo setor público, totalizando a cifra prevista. As cidades de Alvorada, Cachoeirinha, Canoas, Eldorado do Sul, Esteio, Gravataí, Guaíba, Sapucaia do Sul e Viamão serão os alvos das intervenções e implantação de redes. Canoas, que foi a última aprovar a proposta na Câmara local, terá o maior investimento, de R$ 420 milhões, sendo R$ 388 milhões privados.

Leia mais no Jornal do Comércio

Supremo decide nesta quarta se servidor pode ter redução de salário e de carga horária

Supremo decide nesta quarta se servidor pode ter redução de salário e de carga horária

Comunicação Destaque Notícias

Depois de 19 anos em vigor, o Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar na quarta-feira a validade de pontos vitais da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Serão analisadas oito ações, que tramitam na Corte desde a criação da norma. A principal discussão é a possibilidade de estados reduzirem a carga horária e os salários de servidores.

A medida permite que esse ajuste seja feito em caso de estouro do limite de gasto com pessoal, mas seus efeitos estão atualmente suspensos por uma liminar.

Leia mais em O Globo

‘Não vamos subir o teto de gastos. Vamos é quebrar o piso’, diz Guedes

‘Não vamos subir o teto de gastos. Vamos é quebrar o piso’, diz Guedes

Comunicação Destaque Notícias

O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a afirmar nesta terça-feira que está otimista com o ritmo de recuperação da economia brasileira. A retomada, segundo ele, será puxada pelos investimentos privados, uma vez que a precariedade das contas públicas estaduais não vai permitir expansão de gastos do governo.

Leia mais em O Globo

Rubens Ewald Filho homenageado em Gramado

Rubens Ewald Filho homenageado em Gramado

Comunicação Cultura Notícias

Durante a realização do 47º Festival de Cinema de Gramado foi inaugurada a sala Rubens Ewald Filho no Museu do Festival de Cinema de Gramado.

Gramado, RS - 20/08/2019 - 47º Festival de Cinema de Gramado - Inauguração da sala Rubens Ewald Filho no Museu do Festival de Cinema de Gramado - Curador Marcos Santuario se emociona durante inauguração da sala Rubens Ewald Filho no Museu do Festival de Cinema. O espaço homenageia o crítico, que faleceu em junho, e terá uma exposição de fotos cedidas pelo fotógrafo oficial do Festival Edison Vara. Além de imagens de Rubens, o museu também exibe fotos de Eva Piwowarski, curadora, e de Leonardo Machado, apresentador, que também faleceram este ano. - Foto: Edison Vara / Agência Pressphoto
Marcos Santuário Foto: Edison Vara/Pressphoto

O Curador do Festival, Marcos Santuario estava emocionado durante a solenidade. O espaço homenageia o crítico, que faleceu em junho, e terá uma exposição de fotos cedidas pelo fotógrafo oficial do Festival Edison Vara. Além de imagens de Rubens, o museu também exibe fotos de Eva Piwowarski, curadora, e de Leonardo Machado, apresentador, que também faleceram este ano.

Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio de R$ 31 milhões

Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio de R$ 31 milhões

Comunicação Destaque Notícias

A Mega-Sena, acumulada, sorteia o prêmio de R$ 31 milhões nesta quarta-feira (21). As dezenas do concurso 2.181 serão sorteadas a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo.

De acordo com a Caixa, caso aplicado na poupança, o valor do prêmio poderia render aproximadamente R$ 115 mil por mês. Ele também é suficiente para adquirir dez apartamentos de R$ 3,1 milhões cada.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) em qualquer casa lotérica credenciado pela Caixa em todo o país. A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 3,50.

Agência Brasil

Novo Coaf abre porta a indicações políticas

Novo Coaf abre porta a indicações políticas

Comunicação Destaque Notícias

A medida provisória que alterou o Coaf abre brecha para indicações políticas no órgão que o substituiu, a Unidade de Inteligência Financeira (UIF), ao permitir pessoas de fora da administração pública em cargos de comando.

A mudança pode ferir as regras do Grupo de Ação Financeira contra a Lavagem de Dinheiro e o Financiamento do Terrorismo (Gafi/ FATF), entidade internacional que não admite ingerência política, de governos ou empresas. O presidente Bolsonaro disse que “a ideia é ser o pessoal concursado do Banco Central. Se tiver erro, a gente corrige”. Na Receita, subsecretários temem que o secretário Marcos Cintra faça novas demissões.

Leia mais em O Globo

Crédito imobiliário da Caixa terá correção pela inflação

Crédito imobiliário da Caixa terá correção pela inflação

Comunicação Destaque Notícias

A Caixa Econômica Federal lançou ontem uma linha de crédito imobiliário corrigida pelo IPCA, índice oficial de inflação, com o argumento de que o novo financiamento vai reduzir os juros para compra da casa própria.

A taxa mínima, oferecida a clientes do setor público e com melhor perfil de risco, será de 2,95% ao ano mais o IPCA. A máxima, incluindo o setor privado, será de 4,95% ao ano e IPCA, para quem não é cliente do banco.

A linha vale para o Sistema Financeiro de Habitação e contempla imóveis até R$ 1,5 milhão, o que permite o uso do FGTS. A modalidade se mantém acima desse valor no Sistema Financeiro Imobiliário, mas sem FGTS.

Para especialistas, a oscilação do IPCA pode tornar o financiamento mais arriscado e caro ao cliente, já que a hoje utilizada TR (Taxa Referencial) é menos instável —atualmente, inclusive, está zerada.

Leia mais na Folha de S.Paulo