Porto Alegre: OAB-RS manifesta interesse em adotar o Largo dos Açorianos

Porto Alegre: OAB-RS manifesta interesse em adotar o Largo dos Açorianos

Cidade Destaque Porto Alegre

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RS) encaminhou na tarde desta quarta-feira, 30, ofício à Prefeitura manifestando interesse em adotar o Largo dos Açorianos. Nos próximos dias, a proposta da entidade deverá ser encaminhada à Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade (Smams), seguindo os mesmos moldes do edital de Chamamento Público, cujo prazo expirou às 10h desta quarta. A adoção será compartilhada entre a OAB-RS e a Caixa de Assistência dos Advogados.

O prazo previsto para a adoção é de 12 meses, que poderá ser prorrogado por igual período. Os principais serviços a serem realizados pelo adotante são corte de grama, manutenção dos canteiros, limpeza dos espelhos d’água, varrição e recolhimento de lixo, manutenção preventiva das bombas hidráulicas e instalação de sinalização de educação ambiental e informativa com placas, respeitando especificações técnicas previstas no documento. Clique aqui para acessar a íntegra do edital.

O Largo dos Açorianos é um dos cartões postais da cidade e, dois meses depois de reinaugurado, se tornou um ponto de encontro no coração da cidade. Os finais de semana de sol atraem um público que aproveita o local revitalizado, com muito paisagismo e infraestrutura moderna.

Porto Alegre: Especialistas propõem ações para combater clínicas geriátricas irregulares

Porto Alegre: Especialistas propõem ações para combater clínicas geriátricas irregulares

Comportamento Notícias Porto Alegre Saúde Trabalho
IMG_1357
Evento do SINDIHOSPA e da OAB/RS discutiu desafios no cuidado dos idosos. Fotos: Antonio Purcino

O reforço de políticas públicas na atenção à população idosa é chave para combater a proliferação de clínicas geriátricas irregulares. Esse é o consenso de especialistas reunidos no workshop “ILPIs – Desafios e tendências em moradia para idosos”, que ocorreu nesta segunda-feira (28), na OAB Cubo, em Porto Alegre. Desde o ano passado, operações da Polícia Civil e de secretarias municipais fecharam diversos locais clandestinos na capital gaúcha.

“A população de idosos no Rio Grande do Sul já é superior à de crianças e adolescentes. Esse é um fenômeno demográfico irreversível. Temos de aproveitar as oportunidades e discutir como sociedade e poder público estão preparados para esse tema”, ressaltou Cristiano Martins Lisboa, membro do Núcleo de Residenciais Geriátricos do Sindicato dos Hospitais e Clínicas de Porto Alegre (SINDIHOSPA) e presidente da Comissão Especial dos Direitos da Pessoa Idosa da OAB/RS, entidades que organizaram o encontro.

Diretora de Atividades Culturais da Escola Superior da Advocacia da OAB/RS (ESA), Cristiane da Costa Nery destacou que “os residenciais sérios são verdadeiros centros de convivência”, que oferecem um tratamento adequado à terceira idade. Presidente do Conselho Municipal do Idoso, Lélio Luzardi Falcão ressaltou que Porto Alegre foi recentemente reconhecida como Cidade Amiga do Idoso. “Precisamos trabalhar para que ela seja a melhor cidade para essa população viver”, salientou. “É necessário fortalecer a rede de acolhimento. Somos poucos os que trabalhamos nessa área. Temos de nos unir e discutir cada vez mais”, apontou Cristine Ramos, titular da Delegacia do Idoso.

Atuação do MP

Com mais de 100 participantes no local e 300 assistindo pela internet, o workshop teve como destaque o painel sobre o trabalho do Ministério Público na fiscalização das clínicas irregulares. Maristela Schneider, promotora de Justiça do MP de Cachoeira do Sul, apresentou a experiência do Projeto Cuidar, realizado na cidade.

“Cachoeira virou um nicho de mercado para casas geriátricas. Havia situações extremas, com péssimas condições, idosos misturados com deficientes e outras pessoas”, afirmou. Desenvolvido desde 2015, o projeto formou uma força-tarefa que fechou diversas casas irregulares. Com o apoio do poder público, articulou uma rede de proteção, encaminhando as pessoas para locais adequados. “A família tem de se fazer presente nessas instituições, não apenas jogá-las naqueles locais”, orientou.

Edes Cunha, da Promotoria de Justiça de Defesa dos Direitos Humanos de Porto Alegre, falou da atuação na capital para combater os espaços insalubres. “A fiscalização, além de cumprir a lei, tem de garantir um atendimento de qualidade, dentro de um preço razoável. Não podemos inviabilizar as entidades que prestam um serviço relevante”, disse. O promotor pediu ainda que a população denuncie os locais irregulares pelo Disque 100, ou no próprio MP.

Fórum Nacional de ILPIs

Na sequência do evento, a diretora técnica da Senescentis, Michelle Clós, palestrou sobre as inovações em moradias para idosos, como condomínios, apartamentos e hotéis adaptados para essa população. Ela ainda abordou aspectos que devem ser levados em conta na decisão da mudança para um residencial geriátrico. “Esse é um processo difícil. Ninguém acorda e decide ir para um residencial. A escolha de um modo de modo de morar é também a escolha de um jeito de viver”, alertou.

Encerrando as atividades, o encontro marcou o lançamento do 1º Fórum Nacional de Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), que acontecerá no dia 24 de abril de 2020, em Porto Alegre. “Será uma grande oportunidade de discutirmos, com especialistas e empresas de todo o país, as necessidades do segmento, como legislação, fiscalização e novos tipos de moradia”, salientou Henri Siegert Chazan, presidente do SINDIHOSPA.

Rogério Guaraldi, coordenador do Moderna Idade – Núcleo de Residenciais Geriátricos do Sindicato, apresentou o trabalho desenvolvido pelo grupo, que hoje reúne 17 empresas, com mais de 300 profissionais e 600 leitos na capital. “Não adianta termos uma instituição barata, mas sem condições de cumprir o que promete. Precisamos ter gestão e nos diferenciar pelo cuidado aos idosos”, ressaltou.

SBT realiza evento especial em apoio ao Movimento Outubro Rosa

SBT realiza evento especial em apoio ao Movimento Outubro Rosa

Notícias Porto Alegre Saúde

No dia 22 de outubro, terça-feira, das 11 as 17 horas, o Espaço Jeito da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre será palco de transmissões ao vivo dos programas SBT Rio Grande e SBT Esporte, com a presença de André Haar. Felipe Vieira estará presente para gravação de matérias especiais e boletins sobre o Movimento Outubro Rosa. Mônica Fonseca também estará no evento e participará de um bate papo com especialistas sobre alimentação saudável, cuidados e formas de prevenção do Câncer de Mama, que será transmitido ao vivo nas redes sociais da Santa Casa. Serão distribuídos no local folders, com informações sobre a proteção, riscos e diagnóstico da doença, frutas e brindes.

O Outubro Rosa, celebrado anualmente com o objetivo de disseminar informações sobre o Câncer de Mama e promover a conscientização sobre a prevenção da doença, é uma causa de extrema relevância e o SBT orgulha-se em apoiar junto aos nossos parceiros.“, afirma o Diretor de Mercado e Inovação Carlos Toillier.

Dia do Médico: José Camargo da Santa Casa foi um dos profissionais homenageado pelo Senado Federal

Dia do Médico: José Camargo da Santa Casa foi um dos profissionais homenageado pelo Senado Federal

Notícias Política Porto Alegre Saúde Trabalho

O diretor médico do Hospital Dom Vicente Scherer da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, José Camargo, recebeu homenagem durante a sessão especial do Senado Federal nesta sexta-feira (18/10). Na data em que se celebra o Dia do Médico, o cirurgião torácico foi reconhecido pelos parlamentares pela sua contribuição como liderança em cirurgia do tórax e muito especialmente na área dos transplantes, onde comandou duas experiências pioneiras: há 30 anos (1989 )o primeiro transplante de pulmão na America Latina, e, há 20 anos (1999), o primeiro transplante de pulmão com doadores vivos, feito fora dos EUA. Atualmente, dirige o primeiro centro de transplantes do país, localizado na Santa Casa, e sua equipe é responsável por 660 transplantes de pulmão, o que representa 53% da experiência brasileira nesta área.

Em seu agradecimento durante a homenagem, Camargo falou sobre sua relação com a Medicina: “É possível ser muito feliz fazendo Medicina, desde que a gente saiba eleger a prioridade. “O meu modelo de Medicina persegue a ideia de que felicidade passa pela seguinte concepção: nós seremos melhores médicos quando a nossa preocupação for a de dar a cada paciente a oportunidade dele ter uma alegria que ele não teria se nós não existíssemos”, concluiu.

 

ABAIXO UMA DAS TANTAS ENTREVISTAS QUE FIZ COM DR. CAMARGO. SEMPRE UM GRANDE PAPO!!

 

Porto Alegre: 1ª Feira Ecológica do Brasil comemora 30 anos de existência

Porto Alegre: 1ª Feira Ecológica do Brasil comemora 30 anos de existência

Cidade Destaque Notícias Porto Alegre Trabalho
Neste sábado, 12, segue a programação de aniversário da 1ª Feira dos Agricultores Ecologistas (FAE), que completa 30 anos em outubro.  As atividades acontecem na primeira quadra da avenida José Bonifácio e contemplam ações de educação ambiental, apresentação e roda de conversa, degustação, exposição fotografia documental e o tradicional abraço na feira. A iniciativa é da Associação da FAE, com apoio institucional da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE).

A FAE foi fundada em 1989, com as primeiras bancas montadas no canteiro central da José Bonifácio, onde hoje ocorre o Brique da Redenção. “O objetivo da ação é não só comemorar o aniversário, mas também atrair a atenção para o setor, de olho no estímulo ao desenvolvimento rural sustentável e na preservação da biodiversidade e dos agroecossistemas”, declara o secretário de Desenvolvimento Econômico, Eduardo Cidade.

A FAE acontece todos os sábados, das 7h às 13h. Reúne 44 bancas de 140 famílias de agricultores ecologistas. Comercializa hortaliças, frutas, grãos, raízes, tubérculos, laticínios, mel, produtos de padaria e agroindustrializados (geleias, sucos, doces e bolos) com certificação orgânica. Além de dispensarem o uso de agrotóxicos, os agricultores ecológicos tomam uma série de medidas para preservar a natureza.

“Nossa ideia é promover uma confraternização com todos que ajudaram a construir a história da FAE. Produtores ecologistas, consumidores parceiros, ambientalistas, entre outros. Afinal, chegar nos 30 anos de uma feira ecológica só é possível pela união de esforços e dedicação de muitos”  relata o coordenador da Associação Agroecológica e parte da Comissão da FAE, Irineu Schere.

Programação de aniversário

– 12/10: atividade de educação ambiental com crianças (parceria com Agapan) + degustação de creme de inhame com morango com Rita Cuervo + pocketshow com Gelson Oliveira

– 19/10: Grande Festa de 30 anos da FAE com Café da manhã coletivo + Bolos + abraço na feira + Radio Poste com transmissão ao vivo + pocket show com Rose Nascente

– 26/10: Exposição fotografia documental da propriedade dos agricultores ecologistas FAE (em parceria com Foto Clube Porto Alegrense) + pocket show de Remi & Amigos

Livros: Jornada de autodescoberta é tema de bate-papo na Feira de Porto Alegre. Valdi Ercolani lançará “Inocêncio em busca do grande Homem”,  dia 7 de novembro, na Praça da Alfândega

Livros: Jornada de autodescoberta é tema de bate-papo na Feira de Porto Alegre. Valdi Ercolani lançará “Inocêncio em busca do grande Homem”, dia 7 de novembro, na Praça da Alfândega

Agenda Cidade Cultura Destaque Feira do Livro Porto Alegre Trabalho

Um escritor nascido em Nova Esperança do Sul, no interior do Rio Grande Sul, marcará presença na 65ª Feira do Livro de Porto Alegre, em novembro. O publicitário e cineasta, Valdi Ercolani lançará no evento pela Martins Livreiro seu quarto livro, Inocêncio em busca do grande Homem,  no dia 7 de novembro. “A expectativa é a melhor com a minha segunda participação nesta importante e tradicional feira do livro no estado em que nasci”, comemora o autor. Ele espera que muitos adolescentes, jovens e adultos, pais ou não, compareçam para conhecer essa saga de cinco volumes em que estão presentes memórias, aconselhamento, educação, espiritualidade e autoconhecimento.

No bate-papo com o público, Valdi pretende falar obre os cinco estágios do crescimento humano: infância, juventude, maturidade, maturidade profunda e colheita.  O autor interagirá com o leitor sobre sua visão de mundo, dúvidas existenciais e o sentido da vida. “Viemos a este mundo apenas para comer, beber, dormir e fazer sexo?”, provoca o escritor que já morou nos Estados Unidos, Portugal, Espanha, Inglaterra, França, Argélia e atualmente vive em São Paulo, com a sua mulher, também escritora.

Inocencio grandeHomem_CAPABoa parte da inspiração para a saga veio dessa sua vivência de quase 10 anos no exterior e percebeu que as pessoas querem amar e ser amadas, e que suas lágrimas possuem o mesmo sabor de sal e que ele podia ser amigo de todos. “Afora o idioma, os povos são iguais, pois têm o mesmo DNA universal e vêm todos da mesma Causa Primeira”, diz o autor gaúcho.

E neste processo de autoconhecimento, Ercolani pensa que cada um de nós, antes de partir deste lindo planeta, deve deixar suas pegadas, não importa o tamanho. Por essa razão decidiu escrever seus livros quando já tinha mais de 60 anos.

“Decidi colocar as minhas em forma de livros, na esperança de que sirvam de guia para aqueles que estão jornadeando, ou de bússola para jovens e adultos que estão buscando e ainda não acharam seu rumo. E, igualmente, para aqueles que pretendem manter ou resgatar a pureza de sentimentos que foi deixada no caminho, sem, no entanto, perder o espírito empreendedor.  E, ainda, a pais e educadores que procuram formar cidadãos íntegros e amorosos ajustados à sua época.”

Quem é o grande Homem? É aquele que age seguindo as normas da justiça e da moral ou um tirano cruel? Onde encontrá-lo? Como entender sua grandeza?  São esses alguns dos pensamentos do personagem principal do livro Inocêncio em busca do grande Homem, que será lançado na Feira do Livro de Porto Alegre, em novembro, pela Martins Livreiro.

Depois de presenciar as dificuldades que o presidente João Goulart enfrentava nas relações Brasil-Estados Unidos em 1963, assistir à sua deposição pelas Forças Armadas em 1964 e ver a perseguição dos órgãos de repressão contra os opositores, Inocêncio sacrifica suas ilusões.

E então parte rumo ao Velho Continente, berço de grandes pensadores que, segundo imaginava, escondia um saber milenar, na esperança de encontrar o grande Homem para aprender e crescer, um dia ser livre e governar a si mesmo. Segundo o autor, ali ele fica atônito com o que descobre.

PING-PONG COM VALDI ERCOLANI 
O que é a saga do Inocêncio?
É uma jornada de aprendizado, de crescimento interior, cheia de incertezas e imprevistos, narrada em cinco volumes, que oferece ao viajante Inocêncio a recompensa da autodescoberta, de saber quem ele é, do encontro de si mesmo. Simbolicamente, podemos dizer que é a jornada da alma humana em busca da sua autorrealização, transitando pelos cinco ciclos da vida: infância, juventude, maturidade, maturidade profunda e colheita.
Quais são os temas abordados?
Valores humanos, isto é, princípios morais e éticos, tais como respeito, gratidão, justiça, honradez, empatia e altruísmo, que dão valor às atitudes humanas. E, sobretudo, espiritualidade, que é o gene da Criação, a dimensão que eleva Inocêncio para além de seu universo e o coloca frente às suas questões mais profundas. Que propósito tem minha vida? Estou aqui unicamente para comer, beber e dormir? Que lugar ocupo neste Universo?
Quem gostaria que lesse a obra?
Aos pais que se preocupam com a felicidade dos seus filhos. Aos adultos que estão jornadeando ou ainda não empreenderam sua jornada. Aos professores e educadores que procuram formar cidadãos íntegros e amorosos ajustados à sua época, fazendo com que reflitam sobre suas atitudes, buscando a felicidade individual sem perder de vista o bem comum. Aos jovens e adolescentes, que estão buscando e ainda não acharam seu caminho.
Como surgiu o personagem Inocêncio?
Veio do Inocente, o nosso estado natural quando saímos do ventre materno. Todos nascemos puros, essencialmente. Mas podemos nos tornar impuros, existencialmente. Na infância, Inocêncio recebeu carinho do avô, amor dos pais e contou com parentes e amigos que acreditavam nele. A criança que no início da vida tenha recebido suficiente apoio para atingir um saudável desenvolvimento do Ego, tem uma inabalável confiança de que o mundo é seguro e pode empreender sua jornada com entusiasmo, alegria e disposição, a ponto de ofuscar o medo do futuro.
E a criança divina?
É a energia que existe em cada um de nós, transparente, livre e espontânea, que anima e vitaliza. Podemos defini-la ainda como fervor, espírito inspirador ou fonte da vida.
Inocêncio é um simples personagem literário necessário para que a história seja contada? O que ele nos ensina?
A saga é narrada através dos olhos e experiência do Inocêncio, que jamais se intromete ou emite um julgamento. Não podemos encará-lo como um personagem que tem algo a nos ensinar. Não, diretamente. Quem nos ensina são os fatos e as pessoas que ele encontra pelo caminho. Inocêncio representa o ser humano que tem a função sentimento suficientemente forte para se pasmar, se indignar, se horrorizar diante do mal e ser capaz de resistir ao seu domínio.
O sr. se inspirou em personagens reais para criar o livro?
Inocêncio e a criança divina narra minha relação com meu avô, com meus pais e com os pequenos agricultores de Nova Esperança do Sul, uma comunidade rural gaúcha. Todos possuíam uma área de tamanho suficiente para plantar e colher os alimentos que necessitavam. Mais ou menos duzentos metros separavam as casas umas das outras. Todos se sentiam iguais, não procuravam se atacar e a solidariedade era uma condição natural entre eles. Meu avô nasceu na Itália e foi um ser espiritualizado. Possuía um profundo conhecimento da natureza, dos segredos do cosmo e do sentido da vida.
A seu ver, qual a relação desta história com a realidade hoje em dia?
Em qualquer lugar, seja na cidade ou no campo, uma infância saudável e feliz ajuda a produzir na criança uma postura firme e otimista em relação à vida. Olhemos ao nosso redor. A corrupção, a violência, o alcoolismo e o uso de drogas não são uma epidemia? O que mantém nossa vida em ordem? Valores morais e espirituais. Se perdermos esses valores, perdemos o sentido da vida. Quando perdemos o sentido da vida, o sentido do prazer é o seu substituto.

SERVIÇO

Dia 7/11
14h30 – Bate-papo com autor
Sala O Retrato do CCCEV (Rua dos Andradas, 1223. Centro Histórico, Porto Alegre).

18h30 – Autógrafos
Pavilhão de Autógrafos (Praça da Alfândega, Centro Histórico, Porto Alegre)

Entrada franca

Porto Alegre: Johnson’s® e Panvel realizam encontro para a família no Parcão

Porto Alegre: Johnson’s® e Panvel realizam encontro para a família no Parcão

Notícias Porto Alegre

Para as famílias que estão procurando uma opção diferente de atividade para o Dia das Crianças, o Parque Moinhos de Vento, popularmente conhecido como Parcão, vai dar espaço a uma programação especial ao durante o próximo dia 12 de outubro, entre as 10h e as 17h.

Com a proposta de oferecer um ambiente de diversão e conexão para pais, mães, cuidadores e seus bebês e crianças, JOHNSON’S® se uniu à rede de farmácias Panvel para realizar o “Parquinho da Pureza”. Residentes e visitantes de Porto Alegre e cidades vizinhas que quiserem aproveitar o evento ao ar livre, terão acesso gratuito as atividades lúdicas, brinquedos, oficinas e apresentações musicais em uma área de 6.000m².

Assim como os produtos do portfólio da marca, a disposição do “Parquinho da Pureza” foi organizada por faixa etária, para atender a diferentes perfis de famílias. O espaço para recém-nascidos vai proporcionar um ambiente aconchegante, confortável e seguro para que pais, mães e cuidadores possam curtir o dia todo com seus nenéns, além de disponibilizar um trocador abastecido com produtos da marca. A área para bebês oferecerá diversos brinquedos interativos e focados no desenvolvimento sensorial dos pequenos, e as crianças maiorzinhas poderão participar de oficinas e atividades manuais facilitadas por recreadores. Além disso, palcos localizados na parte central do “Parquinho da Pureza” receberão, de hora em hora, shows e contadores de histórias como mais uma opção de entretenimento para todo o público.

“O ‘Parquinho da Pureza’ foi inspirado no novo momento de JOHNSON’S® e na nossa missão de ajudar a criar um mundo onde todo bebê e criança possa se desenvolver de forma saudável. Pensamos no evento de forma que ele refletisse a organização do nosso portfólio, de acordo com as idades e fases de desenvolvimento, mostrando que entendemos as particularidades de cada etapa de crescimento dos bebês e crianças”, afirma Ana Paula Fischer, Grouper de Marketing da Johnson & Johnson Consumer Health. “Queremos nos conectar cada vez mais com nossos consumidores por meio de experiências únicas e marcantes, e proporcionar para as famílias esses momentos especiais e tão importantes para estreitar os laços entre pais, mães e cuidadores com os seus pequenos”, completa Ana Paula.

Para a Panvel, a iniciativa em parceria com a JOHNSON’S® expressa seu engajamento em promover o bem-estar das pessoas. “Ações como esta são excelentes oportunidades para aproximar ainda mais a família, algo tão importante para a formação das crianças. Pensando nisso, queremos estar sempre presentes em seu dia-a-dia, seja oferecendo os produtos da marca ou promovendo ambientes acolhedores que estimulem os cuidados e o carinho com nossos pequenos”, comenta a Gerente Executiva de Marketing do Grupo Dimed, Maria Eduarda Soccal Bastos Gigena.

Quem participar do “Parquinho da Pureza” também terá a chance de fazer o bem levando uma roupa de criança que será doada para uma instituição parceira da Panvel em Porto Alegre.

Confira a agenda completa de atividades e shows que acontecerão durante o dia no Parquinho da Pureza!

 

Programação espaço para recém-nascidos

  • Trocador e espaço amamentação
  • Centro de atividades
  • Móbiles
  • Balanço do bebê
  • Aula de massagem

 

Programação espaço para bebês

  • Balanço de cavalinho
  • Kit marcenaria e de cozinha
  • Oficina de papelão
  • Mesa de percussão
  • Piscina de bolinhas
  • Espaço rabisque

 

Programação espaço para crianças

  • Playground
  • Brinquedão
  • Twister na grama, amarelinha, obstáculos, bolhas de sabão
  • Oficina de slime
  • Oficina de marcenaria
  • Pintura maluca e camarim

 

Ao longo do dia, o espaço também receberá shows dos grupos ArtCantada, Circo Show e Madscience, que revezarão de hora em hora no palco central do Parquinho da Pureza.

Porto Alegre: Conhecidas as agências classificadas na licitação da publicidade

Porto Alegre: Conhecidas as agências classificadas na licitação da publicidade

Negócios Notícias Porto Alegre prefeitura Publicidade

O resultado do julgamento das propostas técnicas das agências que participaram da licitação da publicidade da Prefeitura de Porto Alegre foi conhecido na tarde desta terça-feira, 8, e está publicado em edição extra do Diário Oficial de Porto Alegre (Dopa). O edital foi republicado com novo briefing, em 2 de julho, após recomendação da Gerência de Apoio à Central de Licitações (GAC/PLC), da Procuradoria Geral do Município (PGM). A partir desta quinta-feira, 10, começa a contar o prazo de cinco dias úteis para apresentação de recursos.

As agências serão responsáveis pela prestação de serviços de publicidade e para divulgação de atos, programas, obras, serviços e campanhas de interesse público e comunitário do município, observando o caráter educativo, informativo e de orientação social, de acordo com o estabelecido no Art. 37 da Constituição Federal. Desde que assumiu a administração municipal, a gestão do prefeito Nelson Marchezan Júnior está sem agência de propaganda. Em dois anos, o governo investiu R$ 8,6 milhões em verba publicitária, o que equivale a 0,06% do orçamento total da prefeitura.

Classificação das agências participantes:

Agência                                                                           Classificação

Morya Sul Agência de Publicidade Ltda                               99,93

Centro Agência de Comunicação e Marketing Ltda           79,77

Escala Comunicação e Marketing Ltda                                78,67

Agência Matriz Comunicação e Marketing Ltda                 78,50

JSMAX Publicidade e Propaganda Ltda                              76,50

SPR Comunicação Ltda                                                           73,33

Competence Comunicação e Marketing Ltda                     72,30

Domingo de festa para a música de Porto Alegre. Confira os vencedores do 14º Festival de Música

Domingo de festa para a música de Porto Alegre. Confira os vencedores do 14º Festival de Música

Comunicação Cultura Notícias Porto Alegre

Alan Barcellos da Rosa, com Pastoreio D’Oxum, na categoria geral; Arthur Seidel, com Hífen, na kids; e Gabriel Luzzi e Fanfarra Bate & Sopra com Ventania, na categoria música de rua foram os grandes vencedores do 14º Festival de Música de Porto Alegre, encerrado neste domingo, 6, no Auditório Araújo Vianna. A melhor torcida ficou com Gabriel Luzzi e Fanfarra Bate & Sopra e o acordeonista Paulinho Cardozo (Mulher África) levou o prêmio de melhor instrumentista. Veja aqui o vídeo do encerramento do festival. Luiza Barbosa, representante gaúcha na final do The Voice Kids 2019, e o cantor Sergio Rojas fizeram os shows especiais do evento.

O prefeito Nelson Marchezan Jr. acompanhou a grande final ao lado da primeira-dama, Tainá Vidal, e elogiou a qualidade das apresentações. Marchezan destacou que Porto Alegre precisava de um festival desta grandeza para apoiar os artistas da Capital. “A cultura precisa ser para todos e este formato foi o mais justo e democrático possível”, diz o prefeito. “Queremos que nos próximos anos a gente tenha ainda mais artistas de rua, ainda mais pessoas das comunidades e expressões artísticas das mais variadas regiões da cidade. A arte tem que ser para todo mundo e não apenas para uma parcela privilegiada da sociedade. Agrademos aos nossos parceiros que fizeram tudo acontecer e já os convidamos para continuarem apoiando nossas ações em benefício dos porto-alegrenses”.

A retomada do Festival de Música após um hiato de nove anos é uma entrega a ser comemorada, enfatizou o secretário municipal da Cultura, Luciano Alabarse. “Devolvemos para a cidade o Festival. É uma entrega importante para a música de Porto Alegre, que mantém em seu calendário cultural de 2020 o evento”, celebra. Alabarse também agradece a parceria da Associação Médica do Rio Grande do Sul (Amrigs) na realização do 14º Festival de Música de Porto Alegre.

Henry Ventura, coordenador de Música da Secretaria Municipal da Cultura, também celebra o retorno do evento. “É muito gratificante ver o querido Festival de Música de Porto Alegre ser retomado. Vamos trabalhar incansavelmente para entregar um festival ainda maior e melhor ano que vem”, diz Ventura, que reforça os agradecimento à Amrigs pela parceria.

Também participaram do evento o vice-prefeito, Gustavo Paim; o secretário adjunto da Cultura, Giovane Tubino; o diretor de eventos e patrimônio da Amrigs, Daltro Nunes; e Ricardo Antunes, representando a Amstel, patrocinadora do Festival.

Quinze concorrentes disputaram a final: 11 na geral, 2 na kids e 2 na músico de rua. Além da premiação no valor total de R$ 26 mil para os vencedores, todos os 44 classificados para as eliminatórias receberam troféus e irão realizar dois cursos: um de produção musical e outro de imersão instrumental, com a Banda Municipal de Porto Alegre. Já os finalistas gravarão álbuns no Estúdio Geraldo Flach. Os vencedores das categorias também irão se apresentar na abertura do Réveillon de Porto Alegre. O júri que definiu os campeões foi composto pelos jornalistas Paulo Moreira (que substituiu Juarez Fonseca na final), Carol Zatt, Lucio Brancato, o maestro Tiago Flores e o rapper Piá.

O 14º Festival de Música de Porto Alegre é uma produção da empresa Equipe G Marketing e Eventos. A realização é da Coordenação de Música da Secretaria Municipal da Cultura (SMC), em parceria com a Amrigs. Patrocínio Amstel.

Premiações

1º lugar categoria Geral – Alan Barcellos da Rosa (Pastoreio D’Oxum) – R$ 10 mil
2 º lugar categoria Geral – Júlia Reis (Despertei) – R$ 5 mil
3º lugar categoria Geral – Graziela P. da Silva (Tranças) – R$ 3 mil
1º lugar categoria Kids (6 a 16 anos) – Arthur Seidel (Hífen) – R$ 3 mil
1º lugar categoria Música de Rua – Gabriel Luzzi e Fanfarra Bate & Sopra (Ventania) – R$ 3 mil
Melhor Torcida – Gabriel Luzzi e Fanfarra Bate & Sopra (Ventania) – R$ 1 mil
Melhor Instrumentista – Paulinho Cardozo, acordeão (Mulher África) – R$ 1 mil


Porto Alegre: Porto Cervejeiro será lançado nesta segunda-feira

Porto Alegre: Porto Cervejeiro será lançado nesta segunda-feira

Agenda Destaque Economia Negócios Porto Alegre Tecnologia Trabalho Turismo

Nesta segunda-feira, 7, às 15h, o Pacto Alegre promove o lançamento oficial da programação do Porto Cervejeiro, em uma coletiva de imprensa a ser realizada na 4Beer – Cervejaria & Cultura (avenida Polônia, 200 – bairro São Geraldo). O projeto conta com o apoio de entidades que visam a  fomentar o turismo e estimular as empresas do segmento.
Estarão presentes representantes de todos os parceiros impulsionadores do projeto: 4all/Share Eat, Associação Gaúcha de Microcervejarias, Famecos/PUCRS, POA Inquieta, Prefeitura de Porto Alegre (com o Gabinete de Comunicação Social e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico), Sebrae e Sindicato de Hospedagem e Alimentação de POA e Região (Sindha)
Serviço
O quê: Lançamento da programação do Porto Cervejeiro
Quando: 7/10, às 15h
Onde: 4Beer – Cervejaria & Cultura (av. Polônia, 200 – São Geraldo).
Realização: Pacto Alegre