Porto Alegre: Prefeitura registra apreensão recorde de produtos irregulares no Centro da Capital

Porto Alegre: Prefeitura registra apreensão recorde de produtos irregulares no Centro da Capital

Cidade Direito do Consumidor Economia Marchezan Negócios Notícias Poder Política Porto Alegre Prédio prefeitura Segurança
 A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico realizou nesta sexta-feira a maior apreensão de produtos irregulares do ano em Porto Alegre. Conforme a pasta, cerca de 12 mil itens foram encontrados em um prédio abandonado na rua Marechal Floriano, no Centro da Capital. O local servia de depósito para os comerciantes ilegais que agem na região.

A operação se desenrolou pela parte da manhã, mas a contabilidade foi divulgada apenas à tarde. Em toda a operação, foram apreendidos diversos tipos de produtos, desde garrafas de água mineral até óculos de sol, cigarros, perfumes, peças de vestuário, produtos eletrônicos, películas e capas de celulares. As águas e os brinquedos apreendidos serão doados para a FASC e entidades sociais.

A Prefeitura enfatizou que as operações serão mantidas na região do Centro histórico até o final do ano. (Rádio Guaíba)

Revisão do IPTU em Porto Alegre pode ser votada ainda em 2017; por Samantha Klein/Rádio Guaíba

Revisão do IPTU em Porto Alegre pode ser votada ainda em 2017; por Samantha Klein/Rádio Guaíba

Agenda Cidade Destaque Direito Marchezan Poder Política Porto Alegre prefeitura
 Após enviar o novo projeto de revisão da planta do IPTU de Porto Alegre, o governo Marchezan espera que os vereadores coloquem a proposta em votação ainda na sessão do dia 18 de dezembro, antes do início do recesso parlamentar.

A liderança do governo na Câmara de Vereadores vai tentar buscar, já na segunda-feira, um acordo junto aos líderes das bancadas para que haja uma avaliação conjunta da matéria nas comissões da Casa. Um projeto precisa passar por três comissões, pelo menos.

Na proposta, o governo municipal incluiu a possibilidade de correção apenas da planta de valores dos imóveis, sem mexer nas alíquotas conforme a localização. Dessa forma, o reajuste já pode valer a partir da cobrança do imposto em 2018. A expectativa é de que seja aplicada correção de até 25% sobre o valor venal das matrículas, o que corresponde a adequação do valor de mercado dos imóveis e correspondente cálculo do imposto.

O texto enviado para a Câmara mantém a iniciativa de cortar a isenção fiscais aos clubes. Com isso, entidades culturais, recreativas, esportivas, sem fins lucrativos podem deixar de ser isentas do IPTU. Atualmente, há 327 instituições beneficiadas com perda de arrecadação estimada em R$ 14 milhões ao ano.

O governo mais uma vez deve ter dificuldades para aprovar a proposta. No fim de setembro, a Câmara rejeitou o projeto de revisão, por 25 votos a 10. A vereadora Sofia Cavedon (PT) disse que vai avaliar a proposta, mas adiantou que sem a utilização de alíquotas progressivas, de acordo com a localização e o valor do bem, não deve dar voto favorável. “O prefeito deveria deixar a proposta para o ano que vem, discutindo nas reuniões do Orçamento Participativo”. A bancada petista vai se reunir no final da manhã de segunda-feira para debater um posicionamento diante da pauta.

Orquestra Villa-Lobos apresenta hoje o espetáculo “Faz Escuro Mas Eu Canto” no Araújo Vianna com entrada franca

Orquestra Villa-Lobos apresenta hoje o espetáculo “Faz Escuro Mas Eu Canto” no Araújo Vianna com entrada franca

Agenda Cidade Cultura Destaque Porto Alegre

O espetáculo é a culminância das comemorações dos 25 anos da Orquestra e terá a participação especial dos cantores Ana Lonardi, atualmente, Anaadi; de Eduardo Alves, do Vocal5, vencedor do concurso A Capella do Faustão; além de Beto Chedid eStephanie Soeiro. Ingressos disponíveis na Banca da República, das 6h às 21h, e na bilheteria do Araújo Vianna, nesta terça e quarta-feira, das 9h às 18h. A Orquestra Villa-Lobos apresenta o seu espetáculo de final de ano “Faz Escuro Mas Eu Canto” inspirado na poesia de Thiago de Mello, poeta amazonense conhecido como “poeta da floresta”, com profundo compromisso com os destinos do mundo, em defesa da humanidade e da natureza. O concerto será nesta quarta-feira, (6), às 20h, no Auditório Araújo Vianna, com entrada franca.

O espetáculo reúne 70 jovens instrumentistas e cantores, com a participação especial dos cantores Ana Lonardi, atualmente Anaadi; Eduardo Alves, do Vocal5, vencedor do concurso À Capella do Faustão; Beto Chedid (professor da Orquestra Villa-Lobos) e Stephanie Soeiro (jovem cantora revelada na Orquestra). Os ingressos estão disponíveis, na Banca da República, dasdas 6h às 21h, e na bilheteria do Araújo Vianna, nesta terça-feira (5) e quarta (6), das 9h às 18h.

Na regência, Cecília Rheingantz Silveira, idealizadora do programa que neste ano completou 25 anos. No repertório, clássicos como Adios Nonino (Piazzolla), O Sal da Terra (Beto Guedes), Nascente (Flávio Venturini/Murilo Antunes), Um Girassol da Cor de seu Cabelo (Márcio e Lô Borges), Live and Let Die (Paul McCartney), Feito um Picolé no Sol (Nico Nicolaiewski), Chovendo na Roseira (Tom Jobim), O Sol Nascerá (Cartola) e Vai Passar (Chico Buarque).

Em parceria com o Centro de Promoção da Criança e do Adolescente São Francisco de Assis, a iniciativa presta mais de 800 atendimentos gratuitos de educação musical em sete locais da Lomba do Pinheiro, tendo a Escola Municipal de Ensino Fundamental Heitor Villa-Lobos como sede. O programa é mantido pela Secretaria Municipal de Educação, realizadora do espetáculo junto com vários apoiadores.

No currículo da Orquestra, mais de mil e duzentos concertos realizados no Brasil – Porto Alegre e interior do Estado, Brasília (DF), João Pessoa (PB), Rio de Janeiro (RJ) e Salvador (BA) – e na Argentina e Uruguai para público superior a 350 mil pessoas. A Orquestra recebeu inúmeras premiações por seu destaque cultural, artístico e de impacto social na comunidade e produziu o DVD Orquestra Villa-Lobos Ao Vivo (2013), o livro Orquestra Villa-Lobos – Música Que Transforma (2012) e dois CDs, Olhos Coloridos (2008) e O Trenzinho do Caipira (2002).

SERVIÇO:

O QUÊ: Faz Escuro Mas eu Canto com Orquestra Villa-Lobos

QUANDO: 06 de dezembro, quarta, às 20h.

ONDE: Auditório Araújo Vianna (Av. Osvaldo Aranha, 685)

Entrada Franca

RETIRADA DE INGRESSOS: (dois por pessoa)

Banca da República (Rua da República, 21): das 6h às 21h

Bilheteria do Araújo Vianna: dias 05 e 6/12, das 9h às 18h.

Conheça mais sobre a Orquestra Villa-Lobos em

www.facebook.com/orqvillalobos

Foto Orquestra Villa-Lobos
Orquestra Villa-Lobos Foto: Cláudio Etges

FICHA TÉCNICA:

Direção geral e regência: Cecília Rheingantz Silveira

Coordenação técnica: Pedrinho Figueiredo

Produção executiva: Rosane Furtado

Figurino: Glenda Duarte

Cenário: Bárbara Benz

Sonorização: Alternativa Sonorização

Criação e operação de luz: Rubens Koshimizu

Designer gráfico: Nando Rossa

Filmagem, produção e projeção de imagens: Bumbá – Produtora de Conteúdo

Técnicos de palco: Alexandre Scherer e Celito Borges

Assessoria de imprensa: Ana Lúcia Medeiros

 

Cabify firma parceria com milhagens Multiplus e passa a adotar custo adicional ‘por alta procura’; por Ananda Müller/Rádio Guaíba

Cabify firma parceria com milhagens Multiplus e passa a adotar custo adicional ‘por alta procura’; por Ananda Müller/Rádio Guaíba

Cidade Destaque Porto Alegre Segurança Tecnologia Turismo
 A multinacional Cabify anunciou que os usuários do aplicativo de transporte poderão utilizar o sistema de milhagens Multiplus também nas corridas através da plataforma. Os usuários que já forem cadastrados no Multiplus terão apenas de inserir o login em um espaço no aplicativo da Cabify, convertendo automaticamente as corridas em milhas. As contas corporativas convertem em um ponto cada dois quilômetros, enquanto as contas pessoais convertem a cada um quilômetro.

Durante todo o mês de dezembro, os novos usuários da Cabify e que já são participantes da rede de fidelidade ganharão 500 pontos ao realizarem as quatro primeiras corridas nos primeiros 30 dias na plataforma de mobilidade. Porém, a promoção só é válida para quem já é usuário Multiplus e ainda não era cliente Cabify. Os pontos serão creditados automaticamente em até 15 dias e terão validade de dois anos.

Além disso, a plataforma anunciou, durante a semana, que passou a cobrar o chamado “custo adicional por alta procura”. Conforme a plataforma, “para reduzir o tempo de espera dos usuários em locais e horários com grande procura de carros”, a tarifa passou a sofrer variações, a fim de incentivar motoristas parceiros na prestação do serviço de transporte privado ao gerar maior rentabilidade. Na prática, o preço vai aumentar em horários e locais onde há maior busca pelo sistema.

A empresa garantiu, no entanto, que o sistema de cálculo da viagem (com base na quilometragem entre a origem e destino) segue mantido e não sofre alterações com o novo sistema. Nos momentos em que estiver vigente, o custo adicional fica visível previamente para usuário e motorista. O Cabify esclarece que o valor adicional vai se basear apenas na distância a ser percorrida, e não em outras variáveis.

Cais Mauá: licença entregue pela Prefeitura de Porto Alegre abrange apenas área dos armazéns

Cais Mauá: licença entregue pela Prefeitura de Porto Alegre abrange apenas área dos armazéns

Agenda Cidade Destaque Marchezan Negócios Política Porto Alegre prefeitura Tecnologia Turismo
 A Prefeitura de Porto Alegre entregou, nesta terça-feira, a primeira Licença de Instalação (LI) à empresa Cais Mauá do Brasil para o projeto de revitalização do Cais do Porto. Por enquanto, está liberada apenas a primeira etapa, que compreende a restauração de onze armazéns e a implementação de dez praças, além da demolição do 12º armazém (A7), que não é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Já a construção de duas torres comerciais, de um hotel e de um shopping center vai ser feita posteriormente e ainda carece de licenciamento.

Para dar início às obras, é necessária a assinatura de uma ordem pelo governo do Estado. A previsão é para que isso ocorra até março do ano que vem, com expectativa de conclusão da revitalização dos armazéns em 2020. A estimativa é de que sejam aplicados R$ 100 milhões para a realização dessa primeira parte, com geração direta e indireta de cerca de 5,5 mil empregos. Assim que a primeira fase for encerrada, o espaço vai ser aberto à população, já com a instalação de empreendimentos, como bares e restaurantes.

Depois disso, para o encerramento das demais etapas serão necessários mais quatro anos. A construção, manutenção e restauração do local compreendem os 3,2 quilômetros de extensão, localizados entre a Estação Rodoviária e a Usina do Gasômetro. A estimativa de investimento privado para todas as obras de revitalização gira em torno de R$ 500 milhões, sem utilização de verba pública. (Daiane Vivatti/Rádio Guaíba)

Associação Comercial de Porto Alegre prepara festejos dos 160 anos em 2018

Associação Comercial de Porto Alegre prepara festejos dos 160 anos em 2018

Cidade Comunicação Cultura Destaque Porto Alegre

Mais de cinco mil pessoas circularam na Associação Comercial de Porto Alegre em 2017 para assistir cursos, participar de debates e eventos promovidos pela instituição, que na gestão do presidente  Paulo Afonso Pereira, criou um Centro de Capacitação, com cursos, seminários e treinamentos para o setor de comércio e serviços. A entidade criou também dois novos eventos o Menu Porto Alegre – debate quinzenal sobre cultura, empreendedorismo e inovação – e o Bate Papo com Empresário, que aborda temas relativos ao dia a dia do empreendedor.

O presidente da Associação Comercial de Porto Alegre citou também a criação de uma ala internacional para desenvolvimento de negócios e os novos serviços para o associado, que são: um plano de saúde, uma carteira empresarial, uma assessoria jurídica e um espaço destinado ao uso do associado dentro do Palácio do Comércio. Dentre as bandeiras da Associação Comercial que foram trabalhadas com afinco em 2017 estão o Cais Mauá, que a entidade acredita ser obra de fundamental importância para a cidade, o Centro de Convenções e Feiras de Porto Alegre, que a ACPA tem defendido como sendo fundamental para o desenvolvimento econômico e turístico da capital gaúcha, e ainda a  Segurança Pública e o combate ao Comércio Informal e à Pirataria.

Paulo Afonso Pereira ressaltou ainda que em 2018 serão comemorados os 160 anos da entidade, fundada em 1858, no mesmo ano do Theatro São Pedro e do Banco da Província,  a qual,  , desde 1940,  está instalada no Palácio do Comércio, de sua propriedade. Entre os projetos previstos, estão uma premiação de reconhecimento a empresas e lideranças de Porto Alegre, o lançamento de um livro sobre o Palácio do Comércio – um ícone de arquitetura da cidade – um programa de visitação ao prédio e seu acervo artístico e arquitetônico.

Porto Alegre: Município entrega licença para início das obras no Cais Mauá

Porto Alegre: Município entrega licença para início das obras no Cais Mauá

Agenda Cidade Destaque Marchezan Poder Política Porto Alegre prefeitura Sartori Turismo
 A Prefeitura de Porto Alegre entrega na terça-feira a Licença de Instalação (LI) ao empreendedor Cais Mauá do Brasil S.A, que permite o início das obras de revitalização no local. O ato de entrega ocorre pela manhã no Pórtico Central do Cais Mauá.

Com a emissão da licença, após décadas de tratativas e tentativas de governos diferentes, a renovação do espaço fica mais perto de se concretizar. A primeira fase da obra envolve a reforma dos armazéns do cais. A licitação para reformulação da área é de 2010, realizada ainda pela gestão da ex-governadora Yeda Crusius.

De acordo com o consórcio vencedor, além de espaço para negócios, o cais reformulado vai ter dez novas praças de lazer e mais de 11 mil metros quadrados de áreas verdes. A construção, manutenção e restauração do local compreendem os 3,2 quilômetros de extensão, localizados entre a Estação Rodoviária e a Usina do Gasômetro. A estimativa de investimento privado para todas as obras de revitalização gira em torno de R$ 500 milhões, sem utilização de verba pública.

Os armazéns revitalizados serão destinados à gastronomia, cultura, negócios e comércio. A licença ambiental permite que comecem a terraplanagem e as construções civis à beira do Guaíba. (Rádio Guaíba)

RS: Chefes da Casa Civil deve processar servidor após divulgação de vídeo em que é xingado

RS: Chefes da Casa Civil deve processar servidor após divulgação de vídeo em que é xingado

Destaque Direito Poder Política Porto Alegre Vídeo

 

Em uma nota oficial divulgada na tarde de hoje, o secretário da Casa Civil do governo gaúcho, Fábio Branco, garante que vai processar um servidor que o abordou, usando palavras de baixo calão, na saída de uma reunião sobre a situação financeira da CEEE, nessa quinta-feira. No comunicado, a assessoria da Casa Civil detalha, ainda, que as pessoas que compartilharam o vídeo do ocorrido também podem ser interpeladas judicialmente.
zoom_4e8f6008bd0ad

Fábio Branco

De acordo com a Casa Civil, as imagens foram postadas no Facebook e no Whatsapp, ainda na noite de ontem. Na nota, a assessoria de Branco reitera que “nenhuma atitude intimidatória ou antidemocrática” vai fazer com que o governo recue da missão de “reestruturar o Estado para as novas gerações”. No encontro dessa quinta, a Aneel confirmou a necessidade de aporte de R$ 2,6 bilhões para que a CEEE Distribuição (CEEE-D) tenha a concessão renovada até 2020. O fato foi registrado pelo fotógrafo Nabor Goulart, assessor de Fábio Branco, que postou a foto do funcionário público em sua página do Facebook, onde comentou:  “Fazia algum tempo que eu não me sentia como um repórter fotográfico mas, ontem ao sair de um evento no BRDE, com o secretário chefe da Casa Civil, Fábio Branco, tive a oportunidade de manter a calma e registrar um funcionário da CEEE, nos seguindo e insultado o secretário com palavras de muito baixo calão. O nome do funcionário aparece no crachá será devidamente processado. Aliás, ele deveria estar trabalhando neste horário.”

O governo garante não ter recursos disponíveis em caixa e reforça que a alternativa mais plausível, no momento, é privatizar a companhia, embora na área de Geração Transmissão (CEEE-GT) a estatal seja superavitária. A diretoria da CEEE estima, ainda, que para que a empresa se equilibre financeiramente, seja necessária, hoje, a demissão de pelo menos mil servidores.

Veja a nota na íntegra:

Em relação ao vídeo que circula nas Redes Sociais, onde um servidor do Grupo CEEE insulta com palavras de baixo calão o chefe da Casa Civil, Fábio Branco, esclarecemos as seguintes questões:

1 – O fato ocorreu pouco antes das 18h desta quinta-feira (30), após reunião ocorrida na sede do BRDE. Durante o encontro, o diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone da Nóbrega, apresentou um panorama geral do contrato de concessão da Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE-D) e o papel da agência reguladora, como agente fiscalizador.

2 – O secretário Fábio Branco deixou o encontro a pé, como frequentemente faz. No trajeto, foi interpelado pelo servidor do Grupo CEEE Roberto Rosiclei Braga Schneider, que proferiu diversos insultos e palavras de baixo calão.

3 – O vídeo foi postado na Rede Social Facebook ainda na noite desta quinta-feira (30). Também foi distribuído em grupos de Whatsapp. O autor da gravação será interpelado judicialmente. Pessoas que compartilharam a postagem também estão sendo identificadas, para que as medidas judiciais cabíveis possam ser tomadas.

4 – Nenhuma atitude intimidatória ou antidemocrática fará com que o governo recue da sua missão, que é reestruturar o Estado para as novas gerações. Os gaúchos não aceitam mais conviver com o atraso, o desperdício, a ineficiência e os privilégios. O governo tem o dever de se voltar à segurança, saúde, educação, infraestrutura e áreas sociais. Tudo o que não dialogar com esses propósitos, de servir às pessoas, não deve onerar as contas públicas. 

Assessoria de Comunicação Social Casa Civil RS                                                                     (Felipe Vieira com informações da Rádio Guaíba)

Pelo 12º ano, Porto Alegre é a Capital do País com maior incidência de aids do Brasil; por Lucas Rivas/Rádio Guaíba

Pelo 12º ano, Porto Alegre é a Capital do País com maior incidência de aids do Brasil; por Lucas Rivas/Rádio Guaíba

Destaque Porto Alegre Saúde
Pela 12ª vez, Porto Alegre aparece no topo do ranking entre as capitais com as mais altas taxas de incidência de aids no Brasil. O posto se mantém desde 2005, de acordo com dados divulgados pelo Ministério da Saúde, nesta sexta-feira.

Conforme o Boletim Epidemiológico de HIV/Aids, Porto Alegre apresentou taxa de 65,9 casos para cada 100 mil habitantes no ano de 2016, valor superior ao dobro da taxa do Rio Grande do Sul (31,8) e 3,56 vezes maior que a taxa do Brasil (18,5).

Enquanto isso, entre as capitais, apenas Palmas, Brasília e Rio Branco tiveram valores inferiores à taxa nacional – 16,8, 15,4 e 10,9 casos/100 mil habitantes, respectivamente.

Em 2016, o ranking dos estados referente às taxas de detecção de aids mostrou que os estados de Roraima e Rio Grande do Sul apresentaram as maiores taxas, com valores de 33,4 e 31,8 casos/100 mil habitantes, respectivamente. Além disso, observou-se que, entre as UFs, 16 possuem taxa inferior à nacional (18,5), sendo o Acre o estado com a menor taxa (8,7).

País

No País, as taxas de detecção de casos da doença, que acomete 830 mil brasileiros, passaram para 18,5 casos para cada 100 mil habitantes em 2016, contra índice de 19,5 no ano anterior. Segundo Ministério da Saúde, houve aumento de 4% nos casos de HIV em todo Brasil no ano passado. Ao todo, foram computados 37.884 casos no ano passado, contra 36.360 em 2015. Contudo, houve, ao mesmo tempo, um aumento de 49% na realização de testes rápidos de HIV entre 2016 e 2017.

Entre as gestantes, RS e Porto Alegre também à frente do ranking

No Brasil, no período de 2000 até junho de 2017, foram notificadas 108.134 gestantes infectadas com HIV. A taxa de detecção de gestantes com HIV no Brasil vem apresentando uma pequena tendência de aumento nos últimos anos, em grande parte devid0 ao incremento de testes rápidos distribuídos pela Rede Cegonha.

Entre as Unidades da Federação (UFs), oito apresentaram taxa de detecção de HIV em gestante superior à taxa nacional (2,6 casos/mil nascidos vivos) em 2016: Rio Grande do Sul (8,8 casos/mil), Santa Catarina (5,7), Amapá (4,4), Amazonas (3,2), Pará (3,1), Alagoas (2,9), Rio de Janeiro (2,8) e Paraná (2,7).

Já entre as capitais, apenas cinco mostraram, em 2016, taxa de detecção inferior à taxa nacional: Teresina (2,5), Cuiabá (2,2), Goiânia (1,9), Belo Horizonte (1,6), Brasília (1,3) e João Pessoa (0,7).

Porto Alegre é a capital com a maior taxa de detecção de 2016, com 20,0 casos/mil nascidos vivos, sendo 7,7 vezes maior que a taxa nacional (2,6) e 2,2 vezes maior que a taxa do Rio Grande do Sul (8,8).

Sobe para 33 toneladas total de lixo recolhido em Porto Alegre após a festa do Tri

Sobe para 33 toneladas total de lixo recolhido em Porto Alegre após a festa do Tri

Cidade Destaque Porto Alegre prefeitura
 Chegou a 33 toneladas o total de lixo recolhido, nessa quinta-feira, pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb), após a limpeza dos locais onde os gremistas festejaram o tricampeonato pela Copa Libertadores da América, em Porto Alegre.

Durante os trabalhos nos bairros Vila Farrapos e Humaitá, no entorno da Arena, as equipes coletaram, ainda pela manhã, seis toneladas de resíduos, encaminhadas para o aterro sanitário de Minas do Leão, na região Carbonífera. No fim do dia, após o término das comemorações com os jogadores, mais três toneladas foram recolhidas entre as avenidas A. J. Renner e Padre Leopoldo Brentano.

Com a chegada da delegação, as imediações do Aeroporto Salgado Filho também necessitaram de limpeza. Nesse ponto, foram mais quatro toneladas de lixo. Ontem, o DMLU já havia divulgado a retirada de 20 toneladas da avenida Goethe, onde cerca de 50 mil torcedores festejaram a vitória do Grêmio sobre o Lanús (ARG). (Rádio Guaíba)