Cais Embarcadero: Confira imagens do projeto e veja como deve ficar um trecho do nosso Porto. DC SET Promoções e Tornak Participações renovam o coração de Porto Alegre

Cais Embarcadero: Confira imagens do projeto e veja como deve ficar um trecho do nosso Porto. DC SET Promoções e Tornak Participações renovam o coração de Porto Alegre

Agenda Cidade Crianças Cultura Destaque Economia Negócios Notícias Poder Política Porto Alegre Prédio prefeitura Trabalho Turismo

57618392_420498555444144_8633242297728761856_n

Uma nova opção de convivência foi oficialmente anunciada nesta segunda-feira, 22 de abril, o projeto uma parceria entre a DC SET Promoções e a Tornak Participações. em um dos principais pontos da cidade. Localizado no Centro da Capital gaúcha, o Cais Embarcadero oferecerá aos porto-alegrenses alimentação, conveniência, serviços e descanso ao ar livre.  Situado entre o Lago Guaíba e o Centro, o Cais Mauá é de grande importância histórica para a cidade, surgindo como integradora de infraestruturas portuárias. Atualmente, o espaço passa por um processo de revitalização que visa proporcionar ao público uma nova utilização do local. “O projeto vem de encontro a uma tendência de espaços que cumpriram seu papel, perderam seu uso original e são devolvidos à cidade com novo uso, fomentando senso de pertencimento e uso coletivo do local”, afirma Rebeca Calheiros, responsável pelo plano arquitetônico do Cais Embarcadero.

57775005_885666491784519_5491696887205462016_nOcupando uma área total de 19 mil m², o empreendimento traz o que há de mais moderno para Porto Alegre, repaginando a região e mantendo sua referência histórica. Com uma proposta plural e multifuncional, o local atenderá do público infantil à melhor idade. Para a concepção do projeto, foram feitas pesquisas em docas de diferentes partes do mundo, com referências vindas de lugares como Barcelona, Lisboa, Gênova e Brooklyn, em Nova York. O projeto é comandado por duas grandes empresas gaúchas, a DC SET Promoções e a Tornak Participações. A DC SET foi fundada em 1979 e é especializada na criação e produção de eventos. Originada em Porto Alegre, conquistou reconhecimento nacional e internacional já na década de 80, através do trabalho com artistas e turnês internacionais no Brasil. Desde então, a empresa expandiu seu espectro de atuação, envolvendo também turismo, espaços culturais, projetos esportivos e empreendimentos imobiliários. Atualmente, é responsável pela administração do Parque das Pedreiras – Ópera de Arame, complexo público multiuso na cidade de Curitiba. A Tornak é uma Holding de Participações e Investimentos que, ao longo de seus 7 anos no mercado, já está à frente de 21 negócios. Atuando nos segmentos imobiliário, digital, comunicação e marketing, arenas, varejo e digital, a empresa tem ênfase no desenvolvimento de novos negócios e geração de upside a negócios existentes.

 

Proximidade com o Guaíba
Aproveitando esta posição privilegiada ao lado do Guaíba, um dos carros-chefes do Cais Embarcadero é a chamada Travessa Pôr do Sol. Instalado no Pavilhão A7 do atual Cais Mauá, a charmosa 58372461_350421058938086_1703589835836489728_npassagem apresentará restaurantes, deck e cadeiras com ombrelones, para que o público possa desfrutar deste famoso cartão postal de Porto Alegre com conforto e requinte. Serão variadas opções gastronômicas, com capacidade para receber cerca de 500 pessoas somente na Travessa.

Tradição gaúcha também se faz presente
Se mantendo fiel às nossas tradições, o complexo dedicará um de seus ambientes exclusivamente para a cultura gaúcha. O Recanto do Gaúcho será montado com estruturas em madeira aparentes, conferindo um toque mais rústico, oferecendo chimarródromo e suporte para a criação de fogo de chão. São previstas também experiências acerca dos costumes do nosso Estado, abordando temas diversos da nossa culinária e descendência. Dando o toque final, canteiros de capim-do-mato estarão espalhados pela praça.

Tendências mundiais e inovação no uso de espaços
Com mais opções para alimentação e repouso, o empreendimento contará com a área Beach Club, seguindo tendências mundiais. O projeto ocupará também uma faixa de areia para a implantação de uma prainha, com locais exclusivos para aproveitar o pôr do sol. Esportes, música e arte não ficam de fora, com ambientes voltados para musculação e caminhadas e três quadras multiuso para a prática de beach tennis, vôlei de praia e futevôlei, bem como palco para pocket shows a céu aberto e a previsão de instalações artísticas em todo o Cais. Pensado para receber toda a família, o Cais Embarcadero terá também o Parque do Cais, com diversos brinquedos lúdicos e trechos específicos para crianças de todas as faixas de idade.

Inovando no uso de espaços da Capital, as lojas que farão parte do Cais Embarcadero serão todas instaladas em contêineres, oferecendo conforto e praticidade aos passantes. Entre os parceiros já confirmados, grandes nomes da gastronomia do Rio Grande do Sul, como 20BARRA9, Grupo Press, Amiche Pizzeria Napolitana, Cru, Oak Berry Açaí Bowls e Just Cold Creamery entre outros.

58419941_1353774511427345_966235554175778816_n

Porto Alegre: Mercado Público protocola pedido de vistoria

Porto Alegre: Mercado Público protocola pedido de vistoria

Cidade Destaque Economia Negócios Política Porto Alegre Prédio prefeitura Trabalho Turismo

A Associação do Comércio do Mercado Público Central (Ascomepc) protocolou, nesta sexta-feira, 5 de abril, o pedido de vistoria do local junto ao Corpo de Bombeiros. No ano passado, a associação já havia homologado um acordo com o Ministério Público para a execução do Plano de Prevenção Contra Incêndio (PPCI).

As obras feitas pela associação para a execução do PPCI contemplaram a adequação de duas escadas metálicas e a compra de mais de 200 extintores, que estão espalhados pelo local, inclusive nas lojas de modo individual. Além das placas de sinalização das saídas principais e secundárias, em caso de incêndio. A associação também realizou a desobstrução dos corredores do prédio.

“Ficamos muito felizes com mais este passo para a utilização de todo espaço que o Mercado Público dispõe. Os permissionários estão se mobilizando de forma muito contundente e estamos confiantes no resultado positivo”, destaca a primeira secretária da Associação, Adriana Kauer. Após a vistoria, os permissionários que desativaram lojas do segundo andar após o incêndio, poderão apresentar projetos para retomada dos espaços.

O valor para a execução do projeto foi pago pelos permissionários por meio de uma linha de crédito aprovada junto ao Banrisul, de forma individual.

 

Porto Alegre: Vereador Rafão Oliveira pede identificação dos causadores de tumulto na Câmara

Porto Alegre: Vereador Rafão Oliveira pede identificação dos causadores de tumulto na Câmara

Cidade Notícias Política Porto Alegre Prédio prefeitura Segurança

Durante a sessão desta quarta-feira (27) o vereador Comissário Rafão Oliveira solicitou à presidência da Câmara de Vereadores a identificação dos funcionários municipais que agrediram os policiais que faziam a segurança do local, durante a votação do projeto que altera o estatuto da categoria. Conforme o vereador, “não é possível, nem normal que – a cada votação – tenha que ser chamado o batalhão de choque. “ Não posso acreditar que as pessoas que jogaram pedras, cuspiram, gritaram palavrões, sejam funcionários municipais”, destacou Rafão Oliveira.

“Sem contenção – a que ponto de agressão estas pessoas chegariam”? indagou o vereador. Segundo ele, é necessário que as pessoas sejam identificadas e advertidas, “pois não é este tipo de funcionário que desejamos, nem o parlamento que queremos para o debate de leis para nossa cidade”. Para o vereador, democracia requer civilidade, “mas não foi o que ocorreu na Câmara de Vereadores na votação da última segunda-feira”, afirmou. E acrescentou: “toda a vez que policiais são deslocados e mobilizados para estarem em manifestações, a cidade fica menos segura”.

Porto Alegre: Parceria viabiliza aulas de música para crianças e adolescentes

Porto Alegre: Parceria viabiliza aulas de música para crianças e adolescentes

Agenda Cidade Crianças Cultura Destaque Educação Marchezan Política Porto Alegre Prédio prefeitura

Crianças e adolescentes de 6 a 17 anos terão aulas gratuitas de música. Os cursos serão lançados na quarta-feira, 27, às 9h, na rua da República, 635, bairro Cidade Baixa. A programação faz parte das atividades da Secretaria Municipal da Cultura (SMC) na Semana de Porto Alegre.

Serão oferecidas aulas de flauta doce, flauta transversal, violino, viola, violoncelo, piano, canto coral, teoria e percepção musical. Os adolescentes podem permanecer até completar o seu processo de formação. Os cursos ocorrem no Centro Cultural Multimeios Restinga, na avenida Ricardo Leônidas Ribas, 75, bairro Restinga, e na sede da Coordenação de Música da Secretaria Municipal da Cultura, na rua da República, 635, bairro Cidade Baixa.

Porto Alegre, RS 25/03/2019: O casarão da Rua da República construído em 1919  e recuperado através de parcerias, com destaque para a empresa Solartex, irá  receber aulas de piano financiadas pelo presidente de Fundação Bienal do Mercosul, Gilberto Schwartsmann. Foto: Henry Ventura/Divulgação SMC PMPA
O casarão da Rua da República construído em 1919 e recuperado através de parcerias, com destaque para a empresa Solartex, irá receber aulas de piano financiadas pelo presidente de Fundação Bienal do Mercosul, Gilberto Schwartsmann. Foto: Henry Ventura/SMC PMPA

As aulas serão ministradas pelo Instituto Popular de Arte e Educação (Ipdae). Os alunos deverão seguir o programa e realizar provas teóricas e práticas semestralmente para uma banca de professores. O aluno não pode reprovar e faltar mais de uma vez, sob pena de perder a vaga. Os instrumentos serão disponibilizados pelo Ipdae aos alunos em sistema de comodato. O financiamento das aulas é do presidente da Bienal do Mercosul, Gilberto Schwartsmann, que também doou, em novembro do ano passado, um piano Essenfelder ao Centro Cultural Multimeios Restinga.

Ipdae – Criado em abril de 1998, o Instituto é uma organização que proporciona a jovens acesso à leitura, música, arte e cultura. O Ipdae é composto pelo Museu Comunitário da Lomba do Pinheiro, pela Biblioteca Leverdógil de Freitas e pela Escola de Música Joan e Donald Sandberg. Fundada em 2006, a escola de música oferece gratuitamente cursos de flauta doce, flauta transversal, violino, viola, violoncelo, piano, canto coral, teoria e percepção musical, formando a Orquestra Jovem. A escola também mantém a Orquestra Infanto-juvenil, a Orquestra de Flautas Transversas, o Grupo Lux Sonora, o Conjunto de Flautas Doce “In Nomine” e os Coros Infantil e Infanto-Juvenil. A importância do Ipdae foi reconhecida pelo Prêmio Funarte do Ministério da Cultura de Apoio a Orquestras Jovens, em 2015, e pela Medalha Cidade de Porto Alegre, oferecida pela Prefeitura de Porto Alegre, em 2018.  Não haverá critérios de seleção. As vagas serão preenchidas por ordem das inscrições. Informações sobre inscrições podem ser obtidas pelo telefone (51) 3289 8166 ou pelo email cm@smc.prefpoa.com.br.

Locais das aulas

Rua da República – O casarão reformado por meio de parcerias já abriga a sede da Coordenação de Música da SMC e a Banda Municipal. O prédio pertencia originalmente à família do comendador José Baptista Soares da Silveira e Souza, açoriano vindo da ilha de São Jorge para o Sul do Brasil no século 19. A posse do imóvel foi transferida ao Estado do Rio Grande do Sul em junho de 1969, quando foi instalado o colégio Olintho de Oliveira.

Em 1983, o imóvel foi doado pelo governo estadual para a prefeitura. Embora não seja tombado, o imóvel está inventariado na Equipe do Patrimônio Histórico e Cultural de Porto Alegre, dentro do critério de estruturação, o que determina a preservação de suas principais características arquitetônicas, como fachadas, esquadrias e cobertura.
Centro Cultural Multimeios Restinga – O Centro Cultural Multimeios Restinga ocupa o antigo Estúdio Multimeios, que foi reformado e passou para a administração da Secretaria Municipal da Cultura, em parceria com a Procempa e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esporte. Adaptado para as novas atividades, o novo Centro Cultural Multimeios Restinga conta também com centro de informática, biblioteca e espaço para exposições.

 

 

Serviço

Lançamento aulas de música

Quarta-feira, 27, 9h

Rua da República, 635, bairro Cidade Baixa

 

Inaugurada nova oncologia pediátrica do Hospital Criança Conceição, em parceria com o Instituto do Câncer Infantil

Inaugurada nova oncologia pediátrica do Hospital Criança Conceição, em parceria com o Instituto do Câncer Infantil

Cidade Destaque Prédio Trabalho

Pacientes e familiares assistidos pelo Instituto do Câncer Infantil (ICI), que fazem tratamento no Hospital Criança Conceição, podem comemorar. O hospital inaugurou nesta quinta-feira (14) o projeto de Ambientação e Humanização na Oncologia Pediátrica, obra realizada com recursos arrecadados do projeto McDia Feliz – parceria do ICI com o Instituto Ronald McDonald’s, em conjunto com outros parceiros.

LKF_6669O novo espaço conta com 380 m² e contempla algumas das intervenções propostas pelos funcionários e familiares com espaços que identificam a faixa etária dos pacientes. Além disso, o ambiente está mais colorido e lúdico, aos moldes da sede do Instituto do Câncer Infantil. Foram trocados revestimentos, metais e louças dos banheiros, piso de toda a unidade, pintura geral, novas camas leito, instalações (ar condicionado, elétrica, hidrossanitária), móveis e criados novos espaços como sala de lanches e sanitário para os funcionários.

De acordo com o presidente do  Instituto do Câncer Infantil, Algemir Brunetto, a obra tem grande importância para a comunidade: “É um novo espaço, com climatização, com espaço de acolhimento pelas equipes e isso faz toda a diferença para essas crianças que enfrentam esse momento difícil”, destaca. “É uma obra que significa muito para as crianças e para as LKF_6644famílias delas, aí entendemos por que os índices de cura estão aumentando no Brasil”, afirma o superintente do Instituto Ronald McDonalds, Francisco Neves. A parceria entre as duas instituições já dura 25 anos e, conforme Neves, é algo a ser comemorado: “É uma alegria trabalhar com esse grupo, que quer sempre mais, sempre novos desafios”,.

Atualmente, são 109 pacientes do Hospital Criança Conceição assistidos pelo Instituto do Câncer Infantil. Assim como a Ambientação e Humanização da Oncologia Pediátrica do hospital, a nova sede do Instituto do Câncer Infantil, inaugurada em 2016, também foi construída com recursos adquiridos do projeto McDia Feliz. Entre 2017 e 2018 a ação por parte do ICI arrecadou R$ 606.965,90 em venda de tíquetes para a compra de hambúrgueres nos estabelecimentos participantes.

Santa Casa recebe doação para a construção de nova emergência SUS.  Casal Nora Teixeira e Alexandre Grendene irão financiar a construção do espaço

Santa Casa recebe doação para a construção de nova emergência SUS. Casal Nora Teixeira e Alexandre Grendene irão financiar a construção do espaço

Destaque Prédio Saúde

A partir de março de 2022, a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre passará a ser integrada por uma nova emergência para adultos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). O serviço integrará o novo hospital da Santa Casa, unidade que irá se somar às outras sete já existentes no quarteirão do Centro Histórico de Porto Alegre, totalizando nove hospitais de propriedade da Santa Casa (incluindo o Hospital Dom João Becker, em Gravataí, incorporado em agosto de 2018) e um sob gestão (Hospital de Santo Antônio da Patrulha, sob gestão da instituição desde 2017).

Para a edificação desta nova emergência SUS, a Santa Casa recebeu, nesta quarta-feira (13/02), a doação de R$ 40 milhões pelo casal Alexandre Grendene e Nora Teixeira, em atividade no Salão Nobre da Provedoria da Santa Casa. “Entendemos que é imprescindível a ampliação e qualificação da área assistencial de urgência e emergência SUS da Santa Casa – a qual está integrada ao projeto do novo hospital do complexo – e, especialmente por isso é que estamos aqui hoje, realizando este ato de doação para contribuir com o acesso à saúde da população que mais necessita”, afirmou Nora. Outro aspecto determinante para a construção do empreendimento – além de possibilitar o acesso à saúde pela população através da emergência SUS -, diz respeito à

hospital-nora-teixeira
Complexo Santa Casa de Misericórdia

sustentabilidade da instituição, uma vez que este novo hospital oferecerá serviços que irão contribuir para que a Santa Casa garanta, através de recursos próprios, a sua autossustentação. Em 2018, a instituição obteve um déficit de R$ 165 milhões com os atendimentos oferecidos aos SUS, que somam mais de 60% do total que a instituição realiza, de acordo com a legislação da filantropia. Para cobrir este prejuízo, a Santa Casa desenvolve ações (como prestação de serviços a pacientes usuários de convênios e particulares, além de atividades de estacionamento, cafeterias e cemitério) a fim de garantir a sua sustentabilidade e o cumprimento da sua missão.

Durante a atividade de assinatura do termo de doação, o Provedor da Santa Casa Alfredo Guilherme Englert, saudou os doadores e lembrou da importância de pessoas e empresas que historicamente contribuem com a instituição: “Desde os seus primórdios, há 215 anos, a Santa Casa conta com o voluntariado para sobreviver e oferecer saúde com excelência a pessoas de todas as classes sociais, e a todos eles somos diariamente gratos. Graças aos nossos apoiadores, somos capazes de cumprir, a cada ano, a nossa missão bicentenária, direcionando mais de 60% dos nossos atendimentos a pessoas que acessam a saúde através do SUS”, disse. Sobre a escolha do nome do novo hospital do complexo, Englert afirmou que “em reconhecimento à doação recebida, sua magnitude e impulso determinante para a efetividade do projeto, a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre deseja expressar gratidão pública e perene aos doadores e sua família, identificando este empreendimento com a denominação de Hospital Nora Teixeira”
A nova emergência SUS da Santa Casa exclusiva para atendimento de adultos – que terá sua área quadruplicada – contemplará:
  • Aumento de leitos fixos na Sala de Observação, de 13 para 28 (sendo três de isolamento);
  • Criação de 2 Postos de Enfermagem na Sala de Observação, garantindo um atendimento mais ágil ao paciente;
  • Ampliação do número de posições de medicação, passando de 12 para 18, proporcionando mais conforto e segurança aos pacientes;
  • Ampliação do número de salas de acolhimento e consultórios, sendo uma sala específica para Eletrocardiografia;
  • Centro de Diagnóstico por Imagem dedicado à Emergência, que facilitará o atendimento e contará com uma tomografia, um Raio-X e duas ecografias.

A nova emergência SUS da Santa Casa passará dos atuais 600m² para 2.325.40m2, e, de acordo com Julio Matos, diretor geral da Santa Casa, a área “será integrada por espaços modernizados de Pronto Atendimento que melhorarão o atendimento à população, proporcionando ampliação e regularizarão nos espaços de assistência. Os leitos seguirão as normativas vigentes para o controle de infecção; e um Centro de Diagnóstico por Imagem exclusivo atenderá com mais rapidez as intercorrências reduzirão o tempo de atendimento”.

O projeto completo do Hospital Nora Teixeira, com 13 andares e custo total estimado em R$ 177 milhões, terá a sua pedra fundamental lançada nas próximas semanas e obras iniciadas simultaneamente.
Porto Alegre: Bombeiros aprovam PPCI do Mercado Público. Área atingida pelo incêndio de 2013 poderá finalmente ser reaberta após adequações

Porto Alegre: Bombeiros aprovam PPCI do Mercado Público. Área atingida pelo incêndio de 2013 poderá finalmente ser reaberta após adequações

Cidade Cultura Destaque Porto Alegre Prédio Trabalho Turismo Vídeo

A Associação do Comércio do Mercado Público Central (Ascomepc) recebeu hoje do Corpo de Bombeiros a aprovação do Plano de Prevenção Contra Incêndio (PPCI) do tradicional prédio da Capital ao 1º Batalhão de Bombeiros Militar, em Porto Alegre.

De acordo com Adriana Kauer, 2ª secretária da associação, este é um momento histórico. “Estamos esperando por isso desde o incêndio que fechou o segundo andar do Mercado, em julho de 2013. Hoje, estamos recebendo o resultado de um trabalho incansável que a Associação tomou pra si. E é preciso dizer que foi uma combinação exitosa entre os permissionários, Ministério Público, Prefeitura e os Bombeiros para que isso pudesse acontecer”, afirma.

A partir de agora, a área atingida pelo incêndio de 2013 pode ser reaberta.

 

45002920_2122377904743378_8664442997456240640_n

Eu estive no Mercado Público em abril falando sobre o assunto com Adriana Kauer

 

Porto Alegre: Alunos do Colégio realizam manifestações contra e a favor da eleição de Bolsonaro. Veja os vídeos

Porto Alegre: Alunos do Colégio realizam manifestações contra e a favor da eleição de Bolsonaro. Veja os vídeos

Agenda Cidade Destaque Educação Eleições 2018 Política Porto Alegre Prédio Vídeo

 

 

Os alunos do Colégio Rosário, um dos mais tradicionais de Porto Alegre, realizaram nesta segunda-feira uma série de manifestações contra e a favor da eleição de Jair Bolsonaro, como novo presidente do Brasil. Durante a manhã, um grupo de alunos de alunos ligados ao GER -Grêmio Estudantil Rosariense-,  com a participação de vários professores e monitores do colégio, se manifestaram contra o presidente eleito. Durante algum tempo ocuparam o pátio central do Colégio e  gritaram “Seremos a resistência!”.

Imediatamente, ao que parece de forma espontânea, estudantes favoráveis ao presidente eleito, Jair Bolsonaro, responderam de vários lugares no entorno. A maioria deles com canções e gritos de apoio ao futuro ocupante do Palácio do Planalto.  Esse grupo de alunos promete uma manifestação organizada para esta terça-feira, dia 30/10, em apoio à democracia.

A diretoria do Colégio Rosário divulgou uma nota onde trata do assunto:

 

45000665_906409652887914_736807034107723776_n

Porto Alegre: Prefeitura lança consulta pública para concessão dos relógios de rua

Porto Alegre: Prefeitura lança consulta pública para concessão dos relógios de rua

Agenda Cidade Destaque Marchezan Poder Política Porto Alegre Prédio prefeitura Tecnologia Turismo

A Prefeitura de Porto Alegre lança nesta segunda-feira, 3, às 9 horas, no Paço Municipal, a consulta pública para concessão de instalação, operação e manutenção de relógios eletrônicos digitais de rua em Porto Alegre. O edital informa quais são os requisitos técnicos para a estrutura, materiais e instalações elétricas dos relógios eletrônicos, entre outras especificações. 

O prazo para realização da consulta pública é de 30 dias. Após esse período, a prefeitura deverá ter 15 dias para ajustes finais e publicação do edital. O prefeito Nelson Marchezan Júnior destaca que serão instalados 168 relógios eletrônicos digitais de rua em Porto Alegre – três vezes mais do que havia antes de serem desativados em 2015.

RS: Governo prevê R$ 600 mil de economia por ano com centro de segurança no Morro Santa Tereza; por Jessica Hübler/Correio do Povo

RS: Governo prevê R$ 600 mil de economia por ano com centro de segurança no Morro Santa Tereza; por Jessica Hübler/Correio do Povo

Comunicação Destaque Poder Polícia Política Porto Alegre Prédio Sartori Segurança Tecnologia

A atual sede da TVE e da FM Cultura, no Morro Santa Tereza, localizada na zona Sul de Porto Alegre, pode se transformar em um Centro Integrado de Segurança (CIS). O secretário estadual da Segurança Pública, Cezar Schirmer confirmou o interesse da pasta na área, pertencente à Empresa Brasil de Comunicação (EBC), onde estão localizadas as sedes da TVE e da FM Cultura, na rua Corrêa Lima.

O ex-presidente da Fundação Piratini e atual diretor de Radiodifusão e Audiovisual da Secretaria de Comunicação (Secom), Orestes de Andrade Júnior, disse que a proposta está sendo trabalhada desde o início do ano. “É uma vontade do governador Sartori. Estamos em tratativas desde o início do ano para transferir a cessão para o Estado”, afirmou. Conforme Orestes, a cessão de uso para a SSP-RS seria de 20 anos.

“É uma área bastante delicada na Segurança de Porto Alegre, onde seria instalado um Centro Integrado de Segurança e traria mais uma economia para a sociedade que, atualmente banca o aluguel de 10 delegacias, ao custo de R$ 50 mil por mês. Essas delegacias ou seriam instaladas no Morro, ou no espaço da SSP, gerando uma economia de R$ 600 mil por ano para o Estado”, enfatizou Orestes. A Polícia Civil não confirmou o número de delegacias, nem os valores, até o fechamento da reportagem.

“Trata-se de um terreno que possui localização estratégica e dimensões que possibilitam a instalação do Comando do Policiamento da Capital (CPC), de uma unidade do Corpo de Bombeiros e diversas delegacias, centralizando serviços, otimizando custos e ampliando a capacidade de pronta resposta”, ressaltou Schirmer. No entanto, mais informações serão fornecidas pela SSP-RS “apenas a partir da confirmação da possibilidade de execução do projeto”.  Confira a reportagem completa no site do Correio do Povo.