Porto Alegre:  Advogada Luciane Rache assume como adjunta da Secretaria da Transparência

Porto Alegre: Advogada Luciane Rache assume como adjunta da Secretaria da Transparência

Cidade Destaque Marchezan Porto Alegre prefeitura
A advogada Luciane Rache assumiu como secretária adjunta da Secretaria Municipal de Transparência e Controladoria do município de Porto Alegre. Com especialização em Direito Processual Civil, Pós-MBA em Governança Corporativa e Gestão de Riscos e MBA em Business Process Management e certificação Internacional em Compliance e Ética Empresarial, ela foi selecionada para ocupar o cargo pelo Banco de Talentos.
Com mais de 20 anos de experiência em empresas multinacionais e instituições financeiras, Luciane reconhece o tamanho do desafio profissional que tem pela frente. “A Secretaria tem como meta tornar a gestão pública mais transparente, bem como aprimorar os processos de controladoria, ouvidoria, corregedoria e relacionamento com o cidadão”, afirma.
Governo prevê arrecadação de R$ 1 tri com petróleo em 30 anos. Promessa é partilhar 70% da receita com estados e municípios

Governo prevê arrecadação de R$ 1 tri com petróleo em 30 anos. Promessa é partilhar 70% da receita com estados e municípios

Economia Negócios Notícias prefeitura

Em entrevista ao GLOBO, o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, afirmou que o governo espera arrecadar R$ 1 trilhão em royalties e impostos do petróleo, nos próximos 30 anos, com a exploração de quatro blocos do pré-sal que serão leiloados em outubro. O ministro Paulo Guedes, da Economia, já havia anunciado a intenção de partilhar com estados e municípios até 70% dos recursos obtidos. O primeiro valora entrar no caixa da União será o bônus de assinatura do leilão, R$ 106 bilhões pagos pelas empresas que vencerem a licitação. (O Globo)

Cais Embarcadero: Confira imagens do projeto e veja como deve ficar um trecho do nosso Porto. DC SET Promoções e Tornak Participações renovam o coração de Porto Alegre

Cais Embarcadero: Confira imagens do projeto e veja como deve ficar um trecho do nosso Porto. DC SET Promoções e Tornak Participações renovam o coração de Porto Alegre

Agenda Cidade Crianças Cultura Destaque Economia Negócios Notícias Poder Política Porto Alegre Prédio prefeitura Trabalho Turismo

57618392_420498555444144_8633242297728761856_n

Uma nova opção de convivência foi oficialmente anunciada nesta segunda-feira, 22 de abril, o projeto uma parceria entre a DC SET Promoções e a Tornak Participações. em um dos principais pontos da cidade. Localizado no Centro da Capital gaúcha, o Cais Embarcadero oferecerá aos porto-alegrenses alimentação, conveniência, serviços e descanso ao ar livre.  Situado entre o Lago Guaíba e o Centro, o Cais Mauá é de grande importância histórica para a cidade, surgindo como integradora de infraestruturas portuárias. Atualmente, o espaço passa por um processo de revitalização que visa proporcionar ao público uma nova utilização do local. “O projeto vem de encontro a uma tendência de espaços que cumpriram seu papel, perderam seu uso original e são devolvidos à cidade com novo uso, fomentando senso de pertencimento e uso coletivo do local”, afirma Rebeca Calheiros, responsável pelo plano arquitetônico do Cais Embarcadero.

57775005_885666491784519_5491696887205462016_nOcupando uma área total de 19 mil m², o empreendimento traz o que há de mais moderno para Porto Alegre, repaginando a região e mantendo sua referência histórica. Com uma proposta plural e multifuncional, o local atenderá do público infantil à melhor idade. Para a concepção do projeto, foram feitas pesquisas em docas de diferentes partes do mundo, com referências vindas de lugares como Barcelona, Lisboa, Gênova e Brooklyn, em Nova York. O projeto é comandado por duas grandes empresas gaúchas, a DC SET Promoções e a Tornak Participações. A DC SET foi fundada em 1979 e é especializada na criação e produção de eventos. Originada em Porto Alegre, conquistou reconhecimento nacional e internacional já na década de 80, através do trabalho com artistas e turnês internacionais no Brasil. Desde então, a empresa expandiu seu espectro de atuação, envolvendo também turismo, espaços culturais, projetos esportivos e empreendimentos imobiliários. Atualmente, é responsável pela administração do Parque das Pedreiras – Ópera de Arame, complexo público multiuso na cidade de Curitiba. A Tornak é uma Holding de Participações e Investimentos que, ao longo de seus 7 anos no mercado, já está à frente de 21 negócios. Atuando nos segmentos imobiliário, digital, comunicação e marketing, arenas, varejo e digital, a empresa tem ênfase no desenvolvimento de novos negócios e geração de upside a negócios existentes.

 

Proximidade com o Guaíba
Aproveitando esta posição privilegiada ao lado do Guaíba, um dos carros-chefes do Cais Embarcadero é a chamada Travessa Pôr do Sol. Instalado no Pavilhão A7 do atual Cais Mauá, a charmosa 58372461_350421058938086_1703589835836489728_npassagem apresentará restaurantes, deck e cadeiras com ombrelones, para que o público possa desfrutar deste famoso cartão postal de Porto Alegre com conforto e requinte. Serão variadas opções gastronômicas, com capacidade para receber cerca de 500 pessoas somente na Travessa.

Tradição gaúcha também se faz presente
Se mantendo fiel às nossas tradições, o complexo dedicará um de seus ambientes exclusivamente para a cultura gaúcha. O Recanto do Gaúcho será montado com estruturas em madeira aparentes, conferindo um toque mais rústico, oferecendo chimarródromo e suporte para a criação de fogo de chão. São previstas também experiências acerca dos costumes do nosso Estado, abordando temas diversos da nossa culinária e descendência. Dando o toque final, canteiros de capim-do-mato estarão espalhados pela praça.

Tendências mundiais e inovação no uso de espaços
Com mais opções para alimentação e repouso, o empreendimento contará com a área Beach Club, seguindo tendências mundiais. O projeto ocupará também uma faixa de areia para a implantação de uma prainha, com locais exclusivos para aproveitar o pôr do sol. Esportes, música e arte não ficam de fora, com ambientes voltados para musculação e caminhadas e três quadras multiuso para a prática de beach tennis, vôlei de praia e futevôlei, bem como palco para pocket shows a céu aberto e a previsão de instalações artísticas em todo o Cais. Pensado para receber toda a família, o Cais Embarcadero terá também o Parque do Cais, com diversos brinquedos lúdicos e trechos específicos para crianças de todas as faixas de idade.

Inovando no uso de espaços da Capital, as lojas que farão parte do Cais Embarcadero serão todas instaladas em contêineres, oferecendo conforto e praticidade aos passantes. Entre os parceiros já confirmados, grandes nomes da gastronomia do Rio Grande do Sul, como 20BARRA9, Grupo Press, Amiche Pizzeria Napolitana, Cru, Oak Berry Açaí Bowls e Just Cold Creamery entre outros.

58419941_1353774511427345_966235554175778816_n

Porto Alegre: Pesquisa Methodus mostra ampla reprovação de Marchezan Jr; Guilherme Macalossi/RDCTV

Porto Alegre: Pesquisa Methodus mostra ampla reprovação de Marchezan Jr; Guilherme Macalossi/RDCTV

Cidade Destaque Marchezan Política Porto Alegre prefeitura

Se estiveram ancorados na realidade, os números da última pesquisa do Instituto Methodus são devastadores para o governo do prefeito Nelson Marchezan Júnior, que está na metade de seu mandato. Segundo o levantamento, a atual administração de Porto Alegre é reprovada por  86,50% da população. Apenas 8% dos entrevistados a aprovam.  O governo é avaliado por 57,14% como péssimo, 23,06% como ruim, 15,54% como regular e apenas 4,26% como bom.  Nenhum eleitor classificou a atual administração como ótima.

Entre as razões que podem explicar os indicadores negativos estão a caótica situação das vias públicas, os problemas financeiros do governo, o temperamento do mandatário e as pautas impopulares. Para se ter um a ideia, nesta semana é esperado que o aumento do IPTU volte à discussão na Câmara de Vereadores. É a terceira vez que se tenta sua aprovação. Segundo o prefeito, as novas alíquotas do tributo serão importantes para equilibrar as contas da capital. Parece que os porto-alegrenses não se convenceram com isso.

É cedo para dizer se o resultado influenciará na próxima eleição municipal. Na última vez em que foi questionado sobre o tema “reeleição”, Marchezan desconversou e afirmou ser “muito cedo” para tratar disso. Ainda que publicamente não trate do assunto, é óbvio que o prefeito e seus apoiadores terão de examinar a pesquisa de forma cuidadosa. Ela é reveladora de uma rejeição difícil de ser revertida em um prazo tão apertado.

Confira outras informações na Coluna de Guilherme Macalossi.

Os mesmos 86,50% consideram que Porto Alegre está no rumo errado. Já 13% afirma que a cidade está no rumo certo. Somente 0,50% não soube opinar.

A pesquisa mostra que 57,14% considera o governo municipal péssimo; 23,06% considera ruim. Para 15,54% o governo é regular e 4,26% considera que Marchezan e Paim fazem um bom governo. Nenhum eleitor classificou como ótima a atual a administração.

Avaliação agrupada:

Os eleitores deram nota à atual administração:

Questionados se estão satisfeitos ou decepcionados com Marchezan, 88,75% dos eleitores estão decepcionados; 7,25% satisfeitos; 4% não souberam responder.

Otimismo

Apesar da avaliação ruim da administração municipal e do prefeito Marchezan, o eleitor porto-alegrense acredita na cidade. Para 93,50% Porto Alegre poderia estar se desenvolvendo mais, 6% da população entende que a Capital está se desenvolvendo de maneira adequada; apenas 0,50% não soube responder.

O otimismo é confirmado por 89,75% da população que afirmou acreditar que Porto Alegre tem jeito; somente 9,25% acha que a cidade não tem jeito; e 1% não soube opinar.

Ficha técnica:

Realizada de 10 a 16 de Abril de 2019 com eleitores de ambos os sexos, com 18 anos ou mais, de diferentes classes sociais, residentes no município de Porto Alegre. Foram realizadas 800 entrevistas em todas as regiões da cidade. A margem de erro é estimada em até 3,5 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95% (noventa e cinco por cento).

 

Porto Alegre: Nova edição do Tour Cervejeiro será no próximo dia 27

Porto Alegre: Nova edição do Tour Cervejeiro será no próximo dia 27

Agenda Cidade Destaque Economia Negócios Porto Alegre prefeitura Trabalho Turismo

A 13ª edição do Tour Cervejeiro será no próximo dia 27, sábado, a partir das 14h. O roteiro passará por quatro microcervejarias: Portoalegrense, Babel, Al Capone e 4beer. Durante o passeio, mestres cervejeiros de cada estabelecimento explicarão o processo da fabricação artesanal da bebida e seus diversos ingredientes. A iniciativa é do Escritório de Turismo (ETUR) da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE).

Porto Alegre, que é considerada a capital nacional das microcervejarias artesanais, teve nos últimos cinco anos várias marcas locais entre as mais premiadas no Festival Brasileiro da Cerveja, realizado em Blumenau (SC), e que aponta os melhores produtos entre as 400 microcervejarias existentes no país.

Os ingressos já estão à venda por R$ 30 (transporte), mais R$ 50 para quatro degustações (copo de 300ml) ou R$ 90 para oito degustações. Em caso de chuva, o número de participantes estará restrito à capacidade do piso inferior do ônibus.  A garantia do passeio é a compra do bilhete do Linha Turismo e no embarque será obrigatória a aquisição da degustação.

13° Tour Cervejeiro

Dia: 27/04 (Sábado)

Partida: Terminal do Linha Turismo (Tv. do Carmo, 84 – Cidade Baixa)

Horário: 14h

Valores: R$ 30 Linha Turismo + Degustação

Opções de degustação: Single – R$ 50 (4 degustações)

Double – R$ 90 (8 degustações)

Informações: reservas@turismo.prefpoa.com.br ou (51) 3289-6741 ou 3289-6715

Empresas públicas de Porto Alegre devem publicar seus demonstrativos financeiros até o final de abril

Empresas públicas de Porto Alegre devem publicar seus demonstrativos financeiros até o final de abril

Cidade Destaque Direito Direito do Consumidor Economia Porto Alegre prefeitura

A lei que estipula obrigatoriedade na publicação de demonstrativos financeiros para empresas públicas de Porto Alegre, em vigor desde dezembro de 2018, deve produzir os primeiros efeitos ao final do mês de abril.

unnamed(1)
A lei é de autoria do vereador Felipe Camozzato (Novo). Foto: CMPA

De acordo com o texto, aprovado por unanimidade pela Câmara de Vereadores, passou a ser obrigatório que estatais de Porto Alegre disponibilizem seus balanços financeiros na internet, até o final do primeiro quadrimestre do ano subsequente, com acesso irrestrito à população. Para o autor da proposta, vereador Felipe Camozzato (Novo), a medida auxilia na fiscalização das entidades. “A aprovação do projeto é sinônimo de mais transparência e nivelamento da gestão pública aos moldes da privada. Isso é um avanço muito grande para a Capital e uma ferramenta para atuação fiscalizadora dos cidadãos porto-alegrenses”, afirma.

A lei é um marco na construção de um melhor padrão de governança para as empresas municipais, uma vez que a necessidade de apresentação das demonstrações contábeis por parte das empresas estatais decorre diretamente da Constituição (art. 173, § 1º, I e II), bem como da Lei Federal nº 6.404, de 1976, e alterações posteriores (art. 176). Além disso, desde 2016, há expressa previsão de adequação das empresas estatais ao regime típico das empresas privadas.

Porto Alegre: Projeto quer transparência sobre critérios para multas de trânsito

Porto Alegre: Projeto quer transparência sobre critérios para multas de trânsito

Agenda Cidade Destaque Negócios Notícias Poder Política Porto Alegre prefeitura

Tramita na Câmara Municipal de Porto Alegre projeto de lei legislativo (PLL), da autoria do vereador Professor Wambert (PROS), que propõe a criação do repositório de processos julgados dos recursos apresentados às notificações de infração por meio da Junta Administrativa de Recurso de Infração (Jari) da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC).

Conforme a proposta, o repositório deverá ser veiculado no site da Jari e do Portal Transparência da EPTC, preservando a identidade do condutor. A proposta fixa prazo de três dias, contados da data de decisão, devendo ainda incluir sentenças de recurso de infração de trânsito que assumirem matérias diversas ou conflitantes com outras anteriormente publicadas, de modo a transparecer o corpo jurisprudencial da Junta Administrativa.

LOC_8675
Vereador Professor Wambert (PROS) Foto: Leonardo Contursi/CMPA

Justificativa

Na exposição de motivos, Professor Wambert explica que o Legislativo pretende fazer determinar à Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) a publicação e a divulgação das decisões jurisprudenciais dos recursos apresentados às multas aplicadas nas infrações de trânsito autuadas, no sentido de se criar um arquivo de jurisprudências julgados desta empresa pública.

Segundo o vereador proponente, o projeto visa à manutenção dos princípios e dos valores públicos da transparência e da publicidade, para se conceder maior credibilidade às atividades desta empresa pública. Para Wambert, a medida se deve ao fato de que os cidadãos porto-alegrenses carecem de conhecimento das decisões da Junta Administrativa de Recurso de Infração (Jari), tendo em conta que dentre os princípios basilares da administração pública encontram-se a transparência e a publicidade.

“À empresa pública, que em seu cerne pretende ao lucro, é imperativo pautar sua conduta na transparência e na publicidade de seus atos e decisões.” E prossegue: “Portanto, o objetivo deste PLL é conceder aos cidadãos a possibilidade de conhecerem e entenderem os fundamentos dos julgados, de modo a lhes permitir melhores condições de defesa e de apresentação do contraditório”. Conforme o autor, com essa medida, fica estabelecido o princípio da ampla defesa, um dos pilares do estado de direito.

Porto Alegre: Mercado Público protocola pedido de vistoria

Porto Alegre: Mercado Público protocola pedido de vistoria

Cidade Destaque Economia Negócios Política Porto Alegre Prédio prefeitura Trabalho Turismo

A Associação do Comércio do Mercado Público Central (Ascomepc) protocolou, nesta sexta-feira, 5 de abril, o pedido de vistoria do local junto ao Corpo de Bombeiros. No ano passado, a associação já havia homologado um acordo com o Ministério Público para a execução do Plano de Prevenção Contra Incêndio (PPCI).

As obras feitas pela associação para a execução do PPCI contemplaram a adequação de duas escadas metálicas e a compra de mais de 200 extintores, que estão espalhados pelo local, inclusive nas lojas de modo individual. Além das placas de sinalização das saídas principais e secundárias, em caso de incêndio. A associação também realizou a desobstrução dos corredores do prédio.

“Ficamos muito felizes com mais este passo para a utilização de todo espaço que o Mercado Público dispõe. Os permissionários estão se mobilizando de forma muito contundente e estamos confiantes no resultado positivo”, destaca a primeira secretária da Associação, Adriana Kauer. Após a vistoria, os permissionários que desativaram lojas do segundo andar após o incêndio, poderão apresentar projetos para retomada dos espaços.

O valor para a execução do projeto foi pago pelos permissionários por meio de uma linha de crédito aprovada junto ao Banrisul, de forma individual.

 

Porto Alegre: Equipes farão manutenção de iluminação pública em 213 pontos

Porto Alegre: Equipes farão manutenção de iluminação pública em 213 pontos

Agenda Cidade Destaque Marchezan Porto Alegre prefeitura Segurança Trabalho
Em cumprimento à meta de transparência na gestão, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb) segue divulgando a programação de obras de manutenção de pontos de iluminação pública. Para esta quinta-feira, 4, os serviços estão previstos em 213 locais. Podem ocorrer alterações devido às condições climáticas.

Os bairros mais atendidos serão Aberta dos Morros (12 pontos), Arquipélago (11), Belém Velho (11), Boa Vista do Sul (11), Camaquã (10), Campo Novo (9), Cascata (9), Cavalhada (8), Chapéu do Sol (8) e Costa e Silva (8). Ao todo, serão 47 bairros.

A SMSUrb, por meio da Coordenação de Iluminação Pública (CIP), é a pasta responsável pela instalação de novos pontos e manutenção de iluminação. Os serviços são realizados por oito equipes, das 13h30 às 22h30, e por quatro equipes das 23h às 6h. Aos domingos e feriados, são atendidas situações de emergência pelo telefone (51) 3289-8582.

ILUMINACAO
Porto Alegre : Defesa Civil emite alerta de chuva forte

Porto Alegre : Defesa Civil emite alerta de chuva forte

Cidade Destaque Porto Alegre prefeitura Previsão do Tempo

A Defesa Civil de Porto Alegre emitiu alerta, nesta quinta-feira, 4, de possibilidade de chuva forte e vento moderado nas próximas horas na Capital. Conforme o coordenador-geral de Proteção e Defesa Civil do Município de Porto Alegre, coronel Adriano Krukoski, a medida foi adotada em virtude da análise realizada junto à Defesa Civil Estadual e das previsões dos sites oficiais de meteorologia. “Nestas condições, é preciso redobrar os cuidados ao transitar em vias e locais abertos”, diz.

Em situações de emergência a Defesa Civil pode ser acionada através dos telefones 199 ou 153.