Athos Editora lança 4º volume da série Nomes Que Fizeram a Imprensa Gaúcha

Athos Editora lança 4º volume da série Nomes Que Fizeram a Imprensa Gaúcha

Agenda Comunicação Destaque Publicidade Trabalho

A Athos Editora está lançando no próximo dia 18 de julho, às 11h, no Salão Negrinho do Pastoreio, do Palácio Piratini, o 4º volume da série Nomes Que Fizeram a Imprensa Gaúcha, destacando a vida, o trabalho e o legado de profissionais que ajudaram a formar a história do jornalismo no Rio Grande do Sul. Os dez biografados desta edição são: Bira Valdez, Celito de Grandi, Clóvis Duarte, Danilo Ucha, Jayme Copstein, Jose Abraham, Paulo Sant’Ana, P.F. Gastal, Plínio Saraiva e Tatata Pimentel.

Segundo Julio Ribeiro, diretor geral da Athos Editora, as novas gerações de profissionais precisam saber que não estão inventando a roda, ela já existia há muitos anos, décadas, séculos até. E muita gente, ao longo deste tempo, contribuiu para que a imprensa se modernizasse, ganhasse novos contornos, se tornasse relevante e uma profissão digna.

O projeto NOMES QUE FIZERAM A IMPRENSA GAÚCHA tem esse objetivo muito claro. Não apenas resgatar essas contribuições, como também reconhecer e reverenciar o trabalho de radialistas, jornalistas, profissionais de comunicação que, de alguma forma, ajudaram a construir a imprensa que é feita no Rio Grande do Sul.

Este 4º volume tem pesquisa e textos de Fernando Soares, Jair Stangler, Lucas Vidal Domingues, Marcel Horowitz e Thaís Seganfredo, com a coordenação de Marcelo Beledeli, e projeto gráfico assinado pela Esparta Comunicação. A obra tem o patrocínio de Corsan e Celulose Riograndense e se destina a jornalistas, radialistas, estudantes e professores de comunicação, bibliotecas públicas, entes políticos, entidades profissionais e líderes de opinião. O livro terá distribuição gratuita, através de mailling dirigido.

37022856_2136570403228618_7011966381998473216_n

GLOBAL segue como a agência d​o Sebrae RS por mais 5 anos

GLOBAL segue como a agência d​o Sebrae RS por mais 5 anos

Comunicação Destaque Publicidade

Depois de vencer a licitação pela segunda vez, Global se mantém como a agência do Sebrae Rio Grande do Sul. O novo contrato foi assinado no início de junho e o atendimento já está em operação. A agência dará continuidade à campanha institucional lançada em maio, que apresentou o novo posicionamento da organização. Sebrae. Empreendedorismo que Transforma. “Trabalhar mais cinco anos com uma organização do porte e da alta relevância do Sebrae para a economia do Estado é uma responsabilidade que vamos seguir cumprindo com muita alegria e orgulho”, diz Daniel Skowronsky, CEO da Global.

A agência dará continuidade à campanha institucional lançada em maio, que apresentou o novo posicionamento da organização. Sebrae. Empreendedorismo que Transforma.

Porto Alegre: BikePOA bate recorde de viagens desde 2013

Porto Alegre: BikePOA bate recorde de viagens desde 2013

Agenda Comportamento Comunicação Destaque Porto Alegre prefeitura Publicidade Segurança Tecnologia Trabalho Turismo

O novo sistema de compartilhamento de bicicletas de Porto Alegre, BikePOA, bateu recorde de utilização desde 2013, com 40.186 viagens em abril deste ano. Com base no número de usos de abril do ano passado, que registrou 27.184 viagens, o aumento é de 48%. Abril foi o primeiro mês de operação do novo sistema completo, depois de concluídas as instalações de 41 estações e com 410 bicicletas à disposição da população. Desde o início da operação, em fevereiro, foram registradas cerca de 80 mil viagens com as bicicletas compartilhadas em Porto Alegre. O segundo mês com número recorde foi novembro de 2013, quando as bicicletas foram utilizadas em 40.115 viagens. O sistema, operado pela Tembici, conta com o apoio do Itaú Unibanco.

O recorde já no primeiro mês é o reflexo da aceitação do novo sistema pelo público. “Uso o sistema BikePoa há quatro meses, três vezes por semana, para trabalhar. As novas bicicletas estão melhores e mais firmes. O sistema de troca de marchas também melhorou. Outra coisa que também ficou melhor foi o fato de poder colocar um código quando a bike apresenta problemas. Assim, na hora que outra pessoa vai fazer a retirada, não consegue finalizar o processo”, afirma o professor Gilian Vinícius, 28 anos.

Entre as melhorias do novo BikePOA está a ampliação do número de vagas nas estações, de 500 para 700, o que melhora a otimização do sistema. Além disso, as bicicletas são mais robustas, projetadas especificamente para o uso em grande escala e contam com dispositivo de trava com sistema antifurto. Coordenador de Projetos Cicloviários da EPTC, o arquiteto Antônio Carlos Selbach Vigna não tem dúvidas sobre o êxito do novo BikePoA. “A qualidade do sistema evoluiu bastante e já caiu no gosto da população, para o lazer e também para o trabalho, com uma média de mais de 1,3 mil viagens diárias na última semana. Esse número sobe diariamente. O pico das viagens tem ocorrido pelas 18h, sinal de que as bikes estão sendo utilizadas também para o deslocamento das pessoas até o trabalho.”

As estações mais utilizadas alteram durante a semana e o fim de semana. Nos sábados, domingos e feriados, normalmente a líder em retiradas é a estação Iberê Camargo, que demonstra uma utilização para lazer, com quase o limite do tempo de aluguel, 50 minutos. Durante os dias de semana, a líder em utilização é a Estação da Ufrgs Arquitetura, com um período de cerca de 20 minutos de uso, o que caracteriza a utilização das bicicletas para o deslocamento até a universidade.

Para mais informações e cadastro no BikePoa, basta acessar o site do projeto, ou fazer o download do app Bike Itaú na Apple Store ou Google Play.

Meses com recordes de utilização:

– Abril 2018: 40.186

– Novembro 2013: 40.115

– Abril 2017: 27.184

Viagens BikePOA em abril em diferentes anos:

– 2013: 22.212

– 2014: 19.245

– 2015: 16.948

– 2016: 12.804

– 2017: 27.184

– 2018: 40.186

Novas bicicletas:

– Design mais moderno e exclusivo para compartilhamento, sendo mais leves, ergonômicas e robustas

– Cesto adaptável para o tamanho da bagagem de mão do ciclista, sem acumular água ou sujeira

– Pneus com lados reflexivos e em aro 24 proporcionam uma pedalada mais dinâmica, segura e confortável. Possui tecnologia antifurto, exclusivo no Brasil

– Cobre-correntes que protege a roupa do ciclista

– Banco confortável e canote do selim com marcas para ajuste de altura

– Sistema de freios ‘Rollerbrake, com garantia de freadas mais seguras

– Configuração de marchas para três velocidades

– Refletores frontais e traseiros com sistema de iluminação “Dynamo”, com 10 mil horas de vida útil e que permanece aceso por até 90 segundos, dando mais segurança para quando o ciclista aguarda no semáforo

– Dispositivo de trava com sistema antifurto

Atuais estações:

– Layout exclusivo: bikes foram concebidas para operar de forma ágil, inteligente e simples

– Abastecimento por painéis solares que garantem a autossuficiência energética (preparadas para eventual uso de bicicletas elétricas futuramente)

– Solução modular para as bicicletas, sendo possível adicionar ou remover docks conforme a necessidade. Sem necessidade de fixação ao solo

– Média de 18 vagas por estação

– Quiosque com interface de pagamento digital, de forma mais didática e de fácil utilização, com comunicação sem fio que agiliza o processamento de pagamentos e a transmissão de dados

No aplicativo:

– Permite ao ciclista planejar o passeio, pagar e desbloquear a bicicleta com o código gerado pelo aplicativo

– Encontrar estações próximas manualmente ou usando GPS do dispositivo

– Encontrar bicicletas disponíveis por pontos de devolução livres

– Marcar as estações favoritas

– Encontrar rota para um destino com informações de distância e elevação

– Registrar as viagens com o GPS

Associação dos Arrozeiros apresenta programação da 11ª Semana Arrozeira de Alegrete

Associação dos Arrozeiros apresenta programação da 11ª Semana Arrozeira de Alegrete

Agronegócio Comunicação Cultura Economia Negócios Publicidade

Com o tema “Modelos Econômicos e Comerciais”, evento promovido pela Associação dos Arrozeiros de Alegrete acontece entre os dias 27 de maio e 1º de junho no CTG Aconchego dos Caranchos. Em entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira (17), Fátima Marchezan, presidente da Associação, apresentou a programação das atividades.  Um dos destaques da edição é que a semana contará com mais uma noite de palestra, devido à grande procura de patrocinadores.  Também ocorrerão eventos descentralizados nos polos educacionais da zona rural do município. Outra novidade é a redução do número de palestras por noite. Segundo Fátima, será apenas uma palestra,  onde o painelista contará com mais tempo de fala. O jantar, com pratos típicos à base de arroz, ficará por conta do Panela Campeira.

Leia mais em JORNAL EM QUESTÃO

Presidente da OAB critica decisão do MEC. Lamachia quer que governo adote uma política pública de fiscalização dos cursos existentes

Presidente da OAB critica decisão do MEC. Lamachia quer que governo adote uma política pública de fiscalização dos cursos existentes

Agenda Comportamento Comunicação Cultura Destaque Direito Opinião Publicidade

Em nota oficial, o presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, criticou o Ministério da Educação (MEC), divulgada nesta quarta-feira (16/5), de anunciar abertura de vagas de cursos de direito. Segundo Lamachia, a autorização das vagas “permite o estelionato educacional no país”.

“A sociedade brasileira novamente é atacada pelo MEC, que mais uma vez autoriza a abertura de milhares de vagas de cursos de direito sem que uma avaliação profunda seja feita, permitindo que o estelionato educacional se perpetue em nosso país.

A abertura de vagas dá a falsa impressão de que há um positivo avanço social rumo ao ensino superior de qualidade. Na prática, o que ocorre é bem diferente. São milhares de jovens estudantes e famílias inteiras lesadas pela baixíssima qualidade de cursos criados sem levar em conta critérios básicos como a necessidade social e a estrutura mínima para receber os dissentes, além da falta de capacidade do mercado para recepcionar os alunos nas atividades de práticas jurídicas.

A ampliação da oferta de vagas – uma valiosa moeda de troca, especialmente em período pré-eleitoral – fragiliza a boa formação dos alunos, o que resulta na enxurrada de profissionais diplomados e muitos sem condições de enfrentar a realidade de um mercado de trabalho competitivo ou mesmo de habilitar-se ao exercício da advocacia.

O MEC precisa urgentemente adotar uma política pública de fiscalização dos cursos existentes, para que os alunos deixem de ser vítimas de um verdadeiro estelionato promovido por instituições cujo interesse passa longe da qualidade da formação, mas prioritariamente pelo lucro”.

CLAUDIO LAMACHIA, presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)

 

Retratos da Alma marca nova administração da Delphus Galeria

Retratos da Alma marca nova administração da Delphus Galeria

Agenda Artigos Cidade Comportamento Comunicação Crianças Cultura Destaque Economia Educação Negócios Notícias Poder Porto Alegre Prédio Publicidade Tecnologia Trabalho Turismo

No sábado, 26 de maio, a Delphus Galeria inaugura a mostra fotográfica Retratos da Alma, de Ilka Filippini e curadoria de Liliane Giordano. O evento celebra um ano da nova administração da galeria e molduraria, fundada em 1974. O tradicional espaço da cidade comemora nova fase, promovendo um local de diálogo com o público divulgando a produção artística do Estado, sob direção de Salete Salvador, nome conhecido no mercado das artes há 20 anos.

Ilka FilippiniRetratos da Alma apresenta uma coleção de imagens de pessoas que Ilka registrou de 2006 a 2017 durante viagens para Cuba, Peru, Índia, Nepal, Vietnam, Camboja e Myanmar, além de registros em Caxias do Sul e Viamão. Um dos objetivos do projeto, segundo a artista, é despertar uma reflexão do que aproxima a todos nós como seres humanos. “Nestas fotos, podemos ver, através dos olhos e dos sorrisos, a essência da vida em cada um – afinal, independente de onde vivemos e das diferentes experiências de vida, padecemos de males e prazeres muito semelhantes”, afirma.

Dezesete telas de 70X100 cm, impressas em tela de algodão tipo Canvas, compõem a expografia. O material escolhido tem o objetivo de fazer as fotografias se parecerem com as telas utilizadas em pintura, aproximando a técnica da obra de arte, bem como as molduras remetem aos quadros clássicos. Além dos 17 retratos, a exposição conta com 25 fotografias que revelam o contexto de vida de diferentes pessoas, colocando-as inseridas no seu ambiente. Assim, denota o que há de único em cada ser humano. “O que nos torna únicos, também nos torna iguais, e, através da sensação de identidade, mesmo que em um ínfimo momento e de forma sutil, podemos resgatar a nossa humanidade, irmandade, fraternidade”, ressalta Ilka.

“Há alguns aspectos que são intrínsecos à alma humana. E isso transparece mesmo sem nem trocar palavras em um idioma desconhecido. Transparece no rosto, na expressão. No olhar. A força das fotografias de Ilka reside nesta captura do olhar furtivo, na expressão que deixa escapar muito dos anseios da alma. Fica a impressão de que cada retratado está pronto para saltar da sua moldura e começar a conversar conosco, agora mesmo. É uma fotografia que brinca com a ideia de ser pintura, que ilude com o jogo de ser real ou ficção, que, mais uma vez, borra as fronteiras e constrói espaços para reflexão”, conta a curadora Liliana Giordano.

Retratos da Alma terá sua abertura no sábado, 26 de maio, a partir das 10h da manhã. A mostra segue com entrada franca até 30 de junho. A Delphus Galeria funciona de segunda à sexta-feira das 09h às 18h45 e aos sábados das 09h às 13h na Av. Cristóvão Colombo, 1093.

SERVIÇO

Retratos da Alma – exposição fotográfica de Ilka Filippini com curadoria de Liliane Giordano

Abertura – 26 de maio de 2018, das 10h às 16h

Galeria Delphus, Av. Cristóvão Colombo, 1093 – Floresta, Porto Alegre – RS

Visitação: de 28 de maio a 30 de junho de 2018 segunda à sexta-feira das 09h às 18h45 e aos sábados das 09h às 13h na Av. Cristóvão Colombo, 1093.

Eletrobras deve abrir outro plano de demissões até julho

Agenda Comunicação Cultura Destaque Economia Publicidade Segurança Tecnologia

O presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Jr., admitiu nesta quarta-feira (16) que a adesão ao Programa de Demissão Consensual (PDC) no primeiro trimestre do ano ficou abaixo do esperado, o que fará a estatal abrir um segundo PDC até julho deste ano. Segundo ele, houve a percepção por alguns empregados de que a privatização da Eletrobras poderia não acontecer, o que foi descartado pelo executivo. O PDC teve adesão de 735 empregados de janeiro a março de 2018, que demandaram R$ 272 milhões da companhia.

Leia mais em Jornal do Comércio

Fantaspoa 2018 começa hoje e apresentará mais de 100 filmes até 03 de junho

Fantaspoa 2018 começa hoje e apresentará mais de 100 filmes até 03 de junho

Agenda Cidade Comportamento Comunicação Cultura Economia Educação Mundo Negócios Notícias Opinião Porto Alegre Prédio Publicidade Saúde Tecnologia Trabalho Turismo

Fantaspoa 2018 apresentará mais de 100 filmes entre 17 de maio e 03 de junho, muitos deles com sessões comentadas pelos diretores;

O festival homenageia os diretores Mick Garris e William Lusti, as atrizes Elina Löwensohn e Oldina do Monte e investe no desenvolvimento da indústria cinematográfica latino-americana

Ao longo dos seus 14 anos de história é perceptível como, a cada edição, o evento amplia sua presença na cidade, por meio da realização de atividades dentro e fora do cinema, envolvendo cada vez mais os realizadores e o público. Em seus 18 dias, a cidade de Porto Alegre se torna uma referência: a verdadeira capital de cinema fantástico do mundo. A décima quarta edição, apresentada pelo Ministério da Cultura e patrocinada pelo BRDE e pelo Banrisul, terá em sua programação 106 filmes, entre longas e curtas-metragens, provenientes de 32 países. Serão mais de 100 sessões de exibição, sendo 33 com presença de diretores, produtores, atores ou roteiristas dos filmes apresentados, que conversarão com o público, de forma a aproximar os espectadores aos realizadores de cinema.

Reafirmando o seu foco curatorial e mantendo o compromisso de disponibilizar ao público filmes que dificilmente encontrariam distribuição nacional, 52 longas-metragens serão exibidos pela primeira vez no Brasil durante o Fantaspoa. Desses, cinco terão sua primeira exibição pública no mundo, enquanto que 31 estarão em première latino-americana e 16 em première nacional. As obras já exibidas nacionalmente nunca foram disponibilizadas ao público em nenhum cinema de Porto Alegre.

No Instituto Goethe de Porto Alegre, em atividade realizada em parceria com este instituto, o clássico expressionista “Nosferatu” será musicado ao vivo pela banda Skrotes, com entrada franca. A Cinemateca Capitólio Petrobras abrigará a exposição “Frankenstein: 200 Anos do Prometeu Moderno”, organizada por um coletivo de artistas capitaneado por Leo Dias de Los Muertos e que terá uma sessão musicada especial, de “Frankenstein”, de James Whale, com música criada e executada ao vivo pela Quarto Sensorial em colaboração com F_ck the Zeitgeist.

Dando continuidade à iniciativa de difundir o espetáculo cinematográfico, serão realizadas sessões gratuitas em escolas públicas, além de uma oficina gratuita a alunos da rede pública para ensinar a fazer filmes usando ferramentas acessíveis, como o telefone celular.

Reforçando sua busca por promover o conhecimento, o Fantaspoa oferecerá nove atividades de formação, que abordarão áreas importantes da realização audiovisual – como roteiro, atuação, direção e produção -, todas ministradas por experientes profissionais com carreira já consolidada na indústria cinematográfica. Para aproximar o público para além das salas de cinema, o festival passeará pelos mais interessantes locais da boemia porto-alegrense, como 512, Agulha, Dirty Old Man, Hair Home Bar, Mondo Cane, em festas e confraternizações.

A abertura do Fantaspoa será com a première mundial de “A Mata Negra”, quinto longa de Rodrigo Aragão. A primeira exibição mundial de “Pedra da Serpente”, primeiro longa-metragem de Fernando Sanches, marcará o encerramento desta edição. A celebração de abertura será no Groova, num baile de máscaras inspirado em “De Olhos Bem Fechados”; e o encerramento do festival ocorrerá no Cisne Branco, na “Toda La Noche en El Barco”: uma deliciosa festa navegando pelo Guaíba, na tradicional embarcação portoalegrense.

Grande novidade da edição de 2018, o FantasMercado será um evento de mercado dedicado a conectar projetos e realizadores com potenciais parceiros de produção. Contaremos com a presença de mais de 20 produtores e diretores da Argentina, Brasil, Chile e Peru, que apresentarão pitchings de filmes que estão em desenvolvimento e participarão de mesas de negócio. O evento contará, ainda, com uma palestra de Daniel Tonacci, assessor de diretoria da ANCINE, sobre o panorama das coproduções brasileiras com países da América Latina, abordando os mecanismos atualmente disponíveis aos produtores nacionais e estrangeiros. O objetivo é estender o fomento à produção audiovisual para além do papel de janela de exibição, estimulando que diversos projetos cumpram seu real objetivo: de se tornarem filmes.

Outra novidade do festival é o Madrugadão Fantaspoa, que ocupará a Cinemateca Capitólio Petrobras na madrugada do dia 26 a 27 de maio. Serão exibidos três longas e dois curtas-metragens inéditos na capital e, nos intervalos, o público poderá se servir de chope da Cervejaria Bardos e de comidas do Justo, num ambiente embalado por DJsets de Jade Primavera.

Homenageados desta edição:

O Fantaspoa homenageará quatro personalidades por sua contribuição à sétima arte: a brasileira Oldina do Monte, provavelmente a “rainha do grito” com mais idade em atividade e estrela dos filmes do diretor barbosense Felipe M. Guerra; a belga Elina Löwensohn, atriz recorrente nos filmes de Hal Hartley e que trabalhou com nomes como Spielberg, Abdellatif Kechiche, Michael Almereyda, entre outros; e os norte-americanos Mick Garris, cultuado diretor/roteirista/produtor que criou a emblemática série “Mestres do Horror”, uma reunião dos nomes mais respeitados do cinema de horror; e William Lustig, diretor de filmes cultuados como “O Maníaco” e “Maniac Cop” e dono da distribuidora Blue Underground.

Obras brasileiras de bastante projeção internacional, “O Animal Cordial” e “Mal Nosso” serão exibidas no Fantaspoa, em sessões com debates com os realizadores Gabriela Amaral Almeida e Samuel Galli. O primeiro, um thriller impactante e ensaio cruel sobre o comportamento humano, deu a Murilo Benício o prêmio de melhor ator no Festival do Rio e foi exibido em grandes festivais internacionais. “Mal Nosso”, que terá sua primeira exibição brasileira no Fantaspoa, estreou mundialmente no prestigiado festival de Moscou e foi aclamado por público e crítica, sendo apontado como um dos melhores filmes de horror de 2017 e colecionando elogios de publicações como The Hollywood News e Screen Daily.

Sempre buscando valorizar obras da América Latina, a curadoria, realizada por João Fleck e Nicolas Tonsho, selecionou obras de impacto que passeiam por diversos gêneros. O Chile é representado por “O Habitante”, de Guillermo Amoedo, que estreou no festival de Sitges e lida com temas escabrosos, como incesto, abusos, eutanásia e corrupção; e por “Trauma”, de Lucio A. Rojas, elogiada obra repleta de violência gráfica e que é apontada como a mais chocante desde o censurado “A Serbian Film”. País com relevante produção fílmica de gênero, a Argentina marca presença com “Aterrados”, de Demián Rugna, um dos filmes de terror argentino mais incensados pela crítica nos últimos anos; “Madraza”, de Hernan Aguilar, exibido e premiado no festival de Sitges e que conta a história de uma dona de casa que se torna assassina de aluguel; e “Luciferina”, de Gonzalo Calzada, recém-exibido no festival BIFFF, em Bruxelas, sobre uma noviça com o poder de ver a aura das pessoas. Do Uruguai, que não tem muita tradição na produção de filmes de gênero, será apresentado o hilário “Festa Nibiru”, de Manuel Facal, exibido no festival de Sitges. “Framed”, de Marc Martínez Jordán; “Matar a Deus”, da dupla Albert Pintó e Caye Casas; e “Errementari”, de Paul Urkijo Alijo; são algumas das produções vindas da Espanha. “Framed” é a e aguardada estreia do premiadíssimo Marc na direção de um longa-metragem; “Matar a Deus” foi considerado, pelo público, o melhor filme no festival de Sitges; e “Errementari” é uma fantasia obscura produzida pelo célebre Álex de la Iglesia.

A décima quarta edição será marcada pelo maior número de títulos japoneses em exibição no certame do festival. “Argila Vampira”, de Sôichi Umezawa, traz o terror na forma de uma argila possuída e assassina; “Funôhan”, de Kôji Shiraishi, é um thriller sobre um assassino que manipula as mentes das pessoas; o sombrio “Sanî/32”, dirigido por Kazuya Shiraishi, trata de uma criança assassina; “Plano-Sequência dos Mortos”, de Shin’ichirô Ueda, é uma irreverente comédia que brinca com o gênero fantástico; e a fantasia com robôs gigantes “BraveStorm”, assinada por Jun’ya Okabe, mostra uma família que viaja no tempo e constrói robôs gigantes para enfrentar alienígenas.

Da Alemanha, Adolfo Kolmerer e William James assinam o tarantinesco “Floco de Neve”, que mostra uma Berlim anárquica do futuro; Tilman Singer dirige “Luz”, atmosférico filme rodado em 16mm e exibido na Berlinale; Lukas Feigelfeld conta uma sombria história envolvendo bruxas e lendas pagãs, em “Hagazussa”; e Ken Duken apresenta o thriller “Berlin Falling”, sobre um homem – interpretado por Tom Wlaschiha (Game of Thrones), que estará presente no Fantaspoa – que planeja realizar um atentado terrorista na capital alemã.

Acompanhe:

http://www.fantaspoa.com/

http://www.instagram.com/fantaspoa/

https://www.facebook.com/Fantaspoa/

XIV Fantaspoa

De 17 de maio a 03 de junho

Exibições:

Cinemateca Capitólio – Rua Demétrio Ribeiro, 1085. Centro Histórico.

Sala Redenção – Av. Paulo Gama, 110 – Campus Centro UFRS. Centro Histórico

Ingressos:

As sessões da Sala Redenção – Cinema Universitário do XIV Fantaspoa são gratuitas e a entrada é liberada 30 minutos antes do início das sessões.

Os ingressos para as sessões da Cinemateca Capitólio Petrobras possuem um valor promocional único de R$ 10,00 (dez reais), exceto o Madrugadão Fantaspoa, que custará o valor promocional único de R$ 40,00 (quarenta reais).

SBT fará sabatinas com pré-candidatos ao Governo do RS

SBT fará sabatinas com pré-candidatos ao Governo do RS

Agenda Comunicação Cultura Destaque Eleições 2018 Notícias Opinião Poder Política Publicidade Tecnologia

A partir do dia 28 de maio, o SBT RS vai fazer entrevistas diárias de 15 minutos com os pré-candidatos já conhecidos ao Governo do Estado do Rio Grande do Sul. As sabatinas serão feitas a partir das 12h20, durante o SBT Rio Grande. O apresentador, Marcelo Coelho, é quem fará as perguntas aos convidados. Os assuntos a serem abordados serão: saúde, segurança, educação e situação financeira do Estado. Sete pré-candidatos já confirmaram presença: Miguel Rossetto (PT), Roberto Robaina (PSOL), Jairo Jorge (PDT), Abigail Pereira (PC do B), Luis Carlos Heinze (PP), Eduardo Leite (PSDB) e Mateus Bandeira (NOVO).

“A intenção é conhecer as ideias dos pré-candidatos para áreas importantes da vida dos gaúchos, informar o telespectador e eleitor sobre elas, antecipando como vai se desenhar a corrida ao Palácio Piratini”, resume o coordenador do programa SBT Eleições 2018, Matheus Giglio.

Uma reportagem com um resumo de cada uma das entrevistas será veiculada também no SBT Rio Grande 2ª edição, às 19h20.

O SBT RS, em parceria com o UOL e Folha de S. Paulo, também vai promover debates de primeiro e segundo turnos. O primeiro confronto será dia 19 de setembro, das 18h25 até 19h45, e caso haja segundo turno será no dia 10 de outubro, no mesmo horário. Os debates serão mediados pelo apresentador recém contratado Felipe Vieira.

“O horário diferente tem um objetivo só: fazer mais cedo um debate para atingir um público que poucas vezes tem a chance de acompanhar um debate em TV, já que a maioria das emissoras realiza tarde da noite. As outras praças do SBT também vão realizar os debates para governo do estado nesse horário”, garante o editor Regional do SBT RS, Danilo Teixeira.

Elegê é Top Of Mind na categoria Leite

Elegê é Top Of Mind na categoria Leite

Agenda Cidade Comportamento Comunicação Cultura Destaque Economia Notícias Publicidade

A marca Elegê comemora, pelo 14ª vez, a conquista do Top Of Mind 2018 na categoria Leite. O mais recente reconhecimento à indústria gaúcha foi entregue na noite de terça-feira (15/05), durante a cerimônia de premiação realizada pela Revista Amanhã, na sede da Sogipa, em Porto Alegre.

A pesquisa realizada pela Revista Amanhã, que há 28 anos percorre o Rio Grande do Sul para saber quais marcas que estão na cabeça dos gaúchos, mostrou que o leite Elegê, marca do Grupo Lactalis, é o mais lembrado por 33,2% dos entrevistados no levantamento que ouviu 1.200 consumidores de 16 a 70 anos de 30 municípios do Estado. Além da 1ª colocação na categoria leite, a Elegê ainda figurou na 3ª colocação como marca mais lembrada na categoria Queijos.

O diretor de Comunicação da Lactalis do Brasil, Guilherme Portella, compareceu ao evento para receber os troféus, oportunidade em que destacou o expressivo percentual alcançado pela marca que é uma das líderes de vendas do grupo no Brasil. “Mais uma vez tivemos a confirmação da valorização que a marca possui junto aos consumidores”, afirmou o executivo, destacando que a premiação reforça e qualidade e a tradição da marca entre os gaúchos.