Porto Alegre: Câmara aprova por unanimidade a criação do Fundo Municipal de Segurança Pública

Porto Alegre: Câmara aprova por unanimidade a criação do Fundo Municipal de Segurança Pública

Agenda Cidade Destaque Direito Direito do Consumidor Poder Política Porto Alegre prefeitura Segurança Tecnologia Vídeo

A Câmara Municipal de Porto Alegre aprovou por unanimidade, na sessão ordinária desta segunda-feira (29/5), o projeto de lei que cria o Fundo Municipal de Segurança Pública. A iniciativa é do presidente da Casa, vereador Cassio Trogildo (PTB). De acordo com ele, o objetivo é proporcionar amparo financeiro a programas, projetos, convênios, termos de cooperação, contratos e ações de segurança pública e de combate à violência em Porto Alegre.

Pelo projeto, o fundo será formado por: recursos aprovados em lei e constantes da Lei Orçamentária; auxílios e subvenções provenientes de órgãos públicos federais, estaduais ou municipais ou de entidades privadas; convênios ou termos de cooperação firmados entre o município e o poder público federal ou estadual, ou ainda celebrados com entidades privadas, nacionais ou internacionais, sob a forma de doação; financiamentos obtidos com instituições bancárias oficiais ou privadas; e rendimentos e juros provenientes de suas aplicações financeiras.

Movimentação de Plenário. Na foto, o presidente da Câmara, Cassio Trogildo.
Vereador Cassio Trogildo.

Aumento do crime

“Nossa Capital é uma das cidades em que os índices de violência mais aumentaram nos últimos 30 anos. Enquanto no Brasil o aumento de homicídios foi de 125% nesse período, em Porto Alegre o aumento chegou a 140%”, lembra Trogildo. O vereador acrescenta que a Capital é hoje a segunda do país em que os jovens estão mais vulneráveis à violência, segundo estudo do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, em parceria com o Ministério da Justiça.

Cassio Trogildo explica que a criação do Fundo Municipal de Segurança Pública prevê investimentos que serão voltados à implementação das políticas públicas de prevenção à violência no âmbito municipal ou utilizados em tecnologias, como câmeras, sistemas de detecção de tiros, equipamentos, viaturas, melhoria da infraestrutura e cursos que possam aprimorar os serviços prestados tanto pela Guarda Municipal quanto pelas forças de segurança públicas estaduais e nacionais. O fundo “aglutinará recursos de origens diversas, não necessariamente constantes dos orçamentos municipal e estadual e, portanto, não engessados em suas destinações na despesa, sendo permitida a aplicação desses recursos em áreas e providências específicas”.

Emendas

Na foto, vereador Felipe Camozzato.
Vereador Felipe Camozzato.

Junto ao texto original, foram aprovadas quatro emendas. Uma do próprio autor, tem o intuito de realizar adequações técnicas na redação. Duas foram apresentadas pelo vereador José Freitas (PRB), estabelecem, respectivamente, a possibilidade de o Executivo destinar verbas do Fundo para aquisição de bens de primeira necessidade e a obrigatoriedade do repasse de, no mínimo, 50% dos valores arrecadados à Secretaria Municipal de Segurança e à Guarda Municipal. Já o vereador Felipe Camozatto, do partido NOVO aprovou emenda permitindo que pessoas físicas e jurídicas realizem doações ao fundo, como já ocorreu com a doação pelas concessionárias no conserto de viaturas e motos, por exemplo. A proposta foi apresentada pelo vereador Felipe Camozzato, do partido NOVO, que na Tribuna ponderou que, apesar da alta carga de impostos, não é possível o poder público se fechar para essas doações. “Caso essas pessoas e empresas queiram doar, o Fundo permite que o dinheiro seja utilizado onde mais precisamos”.

Tecnologia: Bom Dia Associado da Associação Comercial de Porto Alegre mostra o  que Watson pode fazer por você

Tecnologia: Bom Dia Associado da Associação Comercial de Porto Alegre mostra o que Watson pode fazer por você

Cidade Destaque Porto Alegre Tecnologia

O Watson ficou conhecido do grande público em 2011 ao responder perguntas em menos de três segundos, durante o programa de televisão dos Estados Unidos chamado Jeopardy. De lá para cá, evoluiu muito. Na época do desafio, o Watson apenas conseguia ler textos e responder perguntas. Hoje, a plataforma cognitiva da IBM possui mais de uma dúzia de serviços baseados em 50 tecnologias subjacentes. Assim, consegue analisar imagens e áudio, inclusive de exames médicos tornando-se uma importante ferramenta na transformação da saúde.

A “Gestão com transformação digital – o IBM Watson já está em nossas vidas” será o tema da palestra do diretor regional da IBM, Marcelo Violento, no próximo Bom Dia Associado promovido pela Associação Comercial de Porto Alegre que acontece na terça-feira, 30/5, das 8h às 10h, no Palácio do Comércio, Centro Histórico.

O Watson não é simplesmente um supercomputador, o mais potente do mundo, mas uma plataforma de serviços cognitivos na nuvem. “O maior objetivo da IBM com o Watson é aumentar a capacidade cognitiva do ser humano”, explica Violento. Ele dá o exemplo de um grupo hospitalar de Porto Alegre que vai utilizar o Watson para qualificar o diagnóstico no tratamento de câncer dos pacientes.

Outra empresa gaúcha usuária da plataforma Watson é a 4all. Sob o conceito de uma plataforma all-in-one, a 4all é a mais recente iniciativa do empresário José Renato Hopf, fundador da GetNet no Rio Grande do Sul. A 4all busca facilitar a vida das pessoas levando tecnologia para as situações frequentes do dia a dia. Os usuários da plataforma podem fazer reservas em restaurantes, pagar a conta, acessar estacionamentos, solicitar refeições, recarregar cartões de transporte, agendar um horário no médico ou até mesmo em um salão de beleza. Hoje, a plataforma utiliza a API (Interface de Programação de Aplicativos) do Watson Conversation em seu chatbot (assistente virtual). Qualquer empresa, desenvolvedor, ou startup pode ter acesso a tecnologia de computação cognitiva da IBM por meio do IBM Bluemix, onde pode construir sua aplicação utilizando serviços da plataforma e será tarifado a partir de um determinado volume de uso. “No mundo, mais de 80 mil desenvolvedores já estão utilizando serviços do Watson na nuvem e 500 startups construíram aplicações baseadas nessas soluções”, revela Violento.

RS Moda – Varejo & Indústria Conectados: Entre 40 e 50 marcas 100% gaúchas devem participar do evento lançando as coleções de verão 2017/18

RS Moda – Varejo & Indústria Conectados: Entre 40 e 50 marcas 100% gaúchas devem participar do evento lançando as coleções de verão 2017/18

Agenda Destaque Economia Negócios Tecnologia

A empresária e presidente do Sivergs, Dóris Spohr, revela que o principal objetivo do RS Moda – Varejo & Indústria Conectados é unir as pontas da cadeia que compõem o mercado da moda no Estado, proporcionando uma reconexão entre as confecções gaúchas e os lojistas. “A nossa expectativa é ampliar as possibilidades de negócio entre os empresários durante os três dias de evento. É um momento histórico para a moda do Rio Grande do Sul em que sindicatos, representantes da indústria, entidades de fomento e governo do Estado estão unidos por um único objetivo: incentivar os lojistas gaúchos a comprarem de confeccionistas daqui”, complementa. O evento promovido pelo Sindicato das Indústrias do Vestuário do Estado do Rio Grande do Sul), apoiado pela FIERGS e outros sindicatos do setor,  acontece entre os dias 12 e 14 de julho, no BarraShoppingSul, em paralelo à 5ª FBV 2017 – Feira Brasileira do Varejo, promovida pelo Sindilojas Porto Alegre.

Entre 40 e 50 marcas 100% gaúchas devem participar do evento lançando as coleções de verão 2017/18.  O RS Moda – Varejo & Indústria Conectados é voltado principalmente para lojistas, indústrias, estudantes e profissionais de moda. Os estandes serão divididos por segmento: moda feminina, masculina, infantil, moda praia, etc. Uma das principais atrações serão as consultorias pocket gratuitas, abordando diversos temas como dicas de compra e estoque, estudo de comportamento e do consumidor, identidade de marca, planejamento de mídias sociais, vitrine de moda e gestão financeira. De acordo com a organização do evento, a expectativa é receber mais de 2 mil empresários.

 Setor acumula perdas – Para se ter uma ideia, fabricantes gaúchos perderam R$ 4,6 bilhões em vendas para a indústria da moda de Santa Catarina, Paraná e São Paulo em 2015, de acordo com pesquisa da Fecomércio-RS.  Em contrapartida, os fabricantes que atuam no ramo de confecção feminina, masculina e infantil no Estado venderam apenas R$ 1,2 bilhão. Em outro estudo realizado pelo Sebrae/RS entre varejistas gaúchos, 61% afirmaram comprar peças fora do Estado; destes, 20% disseram desconhecer fornecedores do qualidade no RS e 25% possuem um relacionamento antigo com fabricantes de outras unidades da federação. “Nosso intuito é mostrar e divulgar para o mercado o que é produzido no Rio Grande do Sul. Dessa forma, será possível fortalecer a relação de mercado entre a confecção e o varejo local, agregando todos os atores envolvidos: entidades de classe, universidades, sistema “S”, bancos e governo”, pontua Dóris.

 Conceito “Alma Consciente” resgata a importância da economia sustentável – Valorizar a produção local de boa qualidade e resgatar a relação entre fabricantes e lojistas é uma das bandeiras do RS Moda – Varejo & Indústria Conectados. Da mesma forma, as pessoas estão cada vez mais preocupadas em conectar-se de forma verdadeira com o outro, com a natureza – valorizando a produção economicamente sustentável – e também consigo mesmo. Nesse sentido, o evento propõe o conceito de Alma Consciente, aproximando os criativos gaúchos já consagrados aos lojistas e confeccionistas, vinculando as pessoas que fazem parte do mercado aos movimentos culturais e comportamentais mais modernos. “Queremos fortalecer a produção gaúcha economicamente sustentável e com propósito, que valoriza a mão de obra local”, finaliza Dóris. De acordo com levantamento da RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) 2015, promovida pelo Ministério do Trabalho e do Emprego, existem no Estado 6,3 mil confecções, que empregam cerca de 21,7 mil pessoas.

 O RS Moda – Indústria & Varejo Conectados conta com a realização do Sivergs (Sindicato das Indústrias do Vestuário do Estado do RS), além do Sindivest (Sindicato das Indústrias do Vestuário e do Calçado) das regiões do Nordeste Gaúcho, de São Leopoldo e de Santa Cruz do Sul;  Sindivest AU (Sindicato das Indústrias do Vestuário do Alto Uruguai); Sitergs (Sindicato das Indústrias Têxteis do RS); Sivensul (Sindicato da Indústria do Vestuário do Nordeste do RS); e Fitemasul (Sindicato das Indústrias de Fiação, Tecelagem e Malharias da Região Nordeste do RS). Entre os apoiadores estão Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado do RS; Fopempe  (Fórum Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do RS); Sindilojas Porto Alegre; Fecomércio; Sebrae/RS; Senac; Senai e faculdades de moda.

 SERVIÇO

O quê: RS Moda – Indústria & Varejo Conectados

Quando: 12, 13 e 14 de julho

Horário: Das 10h às 21h

Onde: BarraShoppingSul – Avenida Diário de Notícias, 300 – Bairro Cristal – Porto Alegre/RS

Público: Lojistas, indústrias, estudantes e profissionais de moda.

Associação Comercial promove debate sobre a transformação digital com palestra do diretor regional da IBM, Marcelo Violento

Associação Comercial promove debate sobre a transformação digital com palestra do diretor regional da IBM, Marcelo Violento

Agenda Destaque Tecnologia

A “Gestão com transformação digital – o IBM Watson já está em nossas vidas” será o tema da palestra do diretor regional da IBM, Marcelo Violento, no próximo Bom Dia Associado promovido pela Associação Comercial de Porto Alegre, que acontece na terça-feira, 30/5, no Palácio do Comércio, Centro Histórico, as 8 horas.  “O maior objetivo da IBM com o Watson é aumentar a capacidade cognitiva do ser humano”, explica Violento. Ele dá o exemplo de um grupo hospitalar de Porto Alegre que vai utilizar o Watson para qualificar o diagnóstico no tratamento de câncer de pacientes.

O Watson não é simplesmente um supercomputador, o mais potente do mundo, mas uma plataforma de serviços cognitivos na nuvem. Hoje, a plataforma cognitiva da IBM possui mais de uma dúzia de serviços baseados em 50 tecnologias subjacentes. Assim, consegue analisar imagens e áudio, inclusive de exames médicos tornando-se uma importante ferramenta na transformação da saúde. Sócios da ACPA se inscrevem sem custo; não sócios pagam R$ 40,00. Maiores informações pelo fone: 3214-0220 ou pelo email eventos@acpars.net.

Porto Alegre: Cidade Bem Tratada discutirá os desafios para Implantar a Política Nacional de Resíduos Sólidos

Porto Alegre: Cidade Bem Tratada discutirá os desafios para Implantar a Política Nacional de Resíduos Sólidos

Destaque Economia Tecnologia

A Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS (Lei 12.305/10) tramitou no Congresso Nacional por 21 anos e entrou em vigor em 2010. No entanto, muito pouco foi feito até agora. O assunto voltará a ser discutido na 6ª edição do Seminário Cidade Bem Tratada, que ocorre nos dias 19 e 20 de junho, no Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa, em Porto Alegre. Nestes dois dias, Ministério Público, União, Estado, municípios, empresas e sociedade terão a oportunidade de buscar soluções para que a Lei seja cumprida na prática. Também será o momento para conhecer projetos ambientais bem sucedidos.

Assim como na edição anterior, o evento irá debater quatro temas: gestão de resíduos sólidos, drenagem, tratamento e aproveitamento de efluentes e energias alternativas.

Para o idealizador e coordenador do seminário, o advogado, consultor e professor de Direito Ambiental, Beto Moesch, a expectativa é de que o encontro possa promover informações, discussões, reflexões e alternativas que garantam a expansão de práticas sustentáveis no País. “A expectativa com a PNRS era muito maior e pouco se fez. Não há motivo para não avançar”, afirma Moesch, lembrando que a economia brasileira decresceu, mas a geração de resíduos continua aumentando. “Isso é a antítese da PNRS”, observa.

 

SERVIÇO

O QUE: 6º Seminário Cidade Bem Tratada

QUANDO: 19 e 20 de junho de 2017

ONDE: Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa – Porto Alegre

SITE: WWW.CIDADEBEMTRATADA.COM.BR

FACEBOOK: https://www.facebook.com/CidadeBemTratada/

 

PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR

19 de junho – segunda-feira

13h30min: Cerimônia de Abertura com autoridades

14h: Painel 1: Panorama e perspectivas da implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos

Painelistas:

Ana Paula Bernardes, Gerente de Projetos de Embalagem da Abividro (Associação Técnica Brasileira das Indústrias Automáticas de Vidro)

Representante do Ministério das Cidades

Daniel Martini, Promotor de Justiça, coordenador do Centro de Apoio Operacional de Defesa do Meio Ambiente do RS

15h30min: Debates

16h15min: Intervalo

16h30min: Apresentação de case

17h: Painel 2: Consequências da má gestão dos resíduos sólidos

Painelistas:

    Mário Soares, engenheiro químico da Fundação Estadual de Proteção Ambiental / FEPAM

Odilon Amado Jr., Diretor Regional Sul da Assoc. Brasileira de Empresas Tratamento de Resíduos/ABETRE

Walter Plácido, consultor em resíduos sólidos – RJ

18h30min: Debate

19h15min: Encerramento dos debates

19h30min: “A última gota”, peça estrelada pelo Grupo de Teatro Caixa de Pandora, da APCEF

 

20 de junho – terça-feira

9h: Painel 3: Tratamento e aproveitamento de efluentes – a situação das águas no Brasil

Painelistas:

Representante do Departamento de Recursos Hídricos do RS

    Malu Ribeiro, coordenadora da Rede das Águas da Fundação SOS Mata Atlântica

    Eduardo Viegas, Promotor de Justiça

Representante do Ministério das Cidades

11h: Intervalo

11h15min: Debate

12h: Case

12h30min: Almoço

14h: Case: Autossuficiência energética: reaproveitamento de 99,7% dos resíduos do processo produtivo – Walter Lídio Nunes, presidente da Celulose Riograndense

14h30min: Painel 4: Energias Alternativas

Painelistas:

    Odorico Konrad, coordenador do Parque Científico e Tecnológico da Univates

Representante da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis – ANP

    Mauro Passos, Diretor Presidente do Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas na América Latina/IDEAL

16h: Debate

16h45min: Intervalo

17h: Cases

 

RS: Presídio Federal vai ser construído em Eldorado do Sul. Área pertence à extinta Fepagro e está sendo doada à União pelo governo estadual

RS: Presídio Federal vai ser construído em Eldorado do Sul. Área pertence à extinta Fepagro e está sendo doada à União pelo governo estadual

Destaque Poder Política Sartori Segurança Tecnologia

O município de Eldorado do Sul, na região Metropolitana de Porto Alegre, é o escolhido para receber a construção de um presídio federal no Rio Grande do Sul. A decisão, tomada pelo Ministério da Justiça e Segurança e publicada no Diário Oficial da União (DOU), ocorre após os técnicos rejeitarem o terreno oferecido em Charqueadas, na região Carbonífera.

A área, que ainda não teve a extensão definida, pertence à extinta Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (Fepagro) e fica localizada entre a Estrada do Conde e a BR-116 (veja mapa abaixo). O terreno está sendo transferido, por meio de doação, pelo governo do Estado à Secretaria de Patrimônio da União (SPU). A comissão técnica, que escolheu o município, visitou o local em abril.

O processo está a cargo da Comissão de Trabalho do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e, conforme o órgão, o projeto para a construção já existe e a previsão é que as obras se iniciem no segundo semestre. A Penitenciária de Segurança Máxima vai comportar 208 vagas individuais e mais 20 vagas para inclusão. O governo federal estima um investimento de R$ 40 milhões na obra.

O prefeito de Eldorado do Sul, Ernani de Freitas Gonçalves, recebeu com surpresa a informação e, até o momento, disse não ter sido informado oficialmente. “Não posso opinar, ninguém informou com clareza se vai ter algum benefício ou algum prejuízo e que tipo de impactos vai causar para a comunidade”, disse Ernani.

Conforme o Ministério da Justiça e Segurança, os contatos com o município ficaram a cargo do governo do Estado e os benefícios diretos para a cidade incluem a geração de empregos diretos e indiretos, decorrentes de contratos de prestações de serviço, como manutenção, lavanderia, fornecimento de alimentação, por exemplo.

A construção de um presídio federal no Rio Grande do Sul havia sido anunciada no início do ano. O Sistema Penitenciário Federal (SPF) soma hoje quatro unidades, localizadas em Campo Grande (MS), Mossoró (RN), Catanduvas (PR) e Porto Velho (RO), além da quinta em construção em Brasília (DF). O Plano Nacional de Segurança prevê mais cinco prisões no mesmo modelo, incluindo a do Rio Grande do Sul. (Daiane Vivatti/Rádio Guaíba)

Disney On Ice – Festival Mágico no Gelo estreia nesta terça-feira no Gigantinho

Disney On Ice – Festival Mágico no Gelo estreia nesta terça-feira no Gigantinho

Agenda Cidade Cultura Destaque Porto Alegre Tecnologia Turismo

Em 1997, Porto Alegre viu pela primeira vez o espetáculo internacional que dá vida ao encanto do universo Disney com patins deslizando em uma pista congelada. Duas décadas depois, a cidade receberá mais uma grande apresentação de Disney On Ice, desta vez com o espetáculo Festival Mágico no Gelo. A montagem será a 14a realizada na capital gaúcha marcando 20 anos de parceria entre a Feld Entertainment e a Opus Promoções – que juntas receberam público superior a 730 mil em todas as apresentações feitas na cidade. O novo espetáculo estreia nesta terça-feira, dia 23 de maio, e fica em cartaz até domingo, dia 28, no Ginásio Gigantinho, levando o público para mergulhar mais uma vez em um mundo de emoções com Mickey, Minnie, Donald e Pateta em um palco que transbordará com os momentos mais mágicos. A família irá se encantar com momentos cheios de aventura de filmes como A Pequena Sereia, Enrolados e A Bela e A Fera. São as histórias tradicionais da Disney contadas de uma maneira como nunca antes, neste novíssimo espetáculo no gelo.

Os espectadores ainda serão transportados para uma terra de maravilhas geladas com o longa-metragem de animação número um de todos os tempos e vencedor do Oscar® Frozen – Uma Aventura Congelante. “Neste ano, o Disney On Ice está realmente cheio de magia, com elementos da Disney repletos de emoção e personalidade”, conta a produtora Nicole Feld. “Temos princesas exuberantes e de caráter forte, mas também ampliamos os papéis de personagens coadjuvantes espirituosos para que eles tenham mais destaque no espetáculo.”

Os patinadores invadem o gelo para a hipnotizante introdução com uma explosão de cores, que inclui um número de música e dança entre meninos e meninas, liderado por ninguém menos que Mickey e Minnie. Todos os membros da família vão se sentir parte do show ao serem encorajados a se levantar e dançar com a música do Disney Channel. “Estamos dando um toque renovado e fresco no modo como apresentamos as histórias da Disney”, afirma a produtora Juliette Feld. “Estamos amarrando os quatro universos das irmãs da realeza Anna e Elsa, Ariel, Bela e Rapunzel, cada uma delas embarcando na sua própria jornada épica.”

15551_d33_20120907_01542-editO público vai ser transportado para o mundo gelado de Arendelle, para se unir às irmãs Elsa e Anna, ao hilário boneco de neve Olaf, ao resistente homem das montanhas Kristoff e à sua leal rena Sven na descoberta de que o amor verdadeiro vence qualquer desafio. O filme de animação vencedor do Oscar® ganha vida no gelo e está repleto de ação, aventura, magia e personagens inesquecíveis. “Em nossos mais de 30 anos produzindo os espetáculos Disney On Ice, a Feld Entertainment sempre esperou por um filme como Frozen”, conta a produtora Nicole Feld. “A parte mais emocionante de trazer personagens como Anna e Elsa para o gelo é saber que elas têm uma mensagem poderosa e inspiradora com a qual o público se identificará, que é quando as irmãs descobrem o verdadeiro significado do amor.”

A Feld Entertainment mais uma vez levou seu elenco de patinadores de classe mundial ao limite com um número de tecido acrobático apresentado durante a sequência de A Pequena Sereia. A sereia Ariel se transforma em um ser humano ao emergir do caldeirão de Úrsula e fica suspensa a mais de 10 metros acima do gelo, exibindo suas pernas novas em folha. “Todo mundo se surpreenderá ao ver Ariel ser lentamente erguida e, então, rapidamente rodopiar acima do gelo”, diz a diretora Patty Vincent. “Esta é a primeira vez que capturamos sua transformação desse modo em uma produção. É isso que torna o Festival Mágico no Gelo diferente: selecionamos cenas que nunca havíamos feito antes e dedicamos o nosso tempo para os detalhes, para torná-las realmente especiais.”

Em À Vontade, de A Bela e A Fera, os elementos teatrais dos figurinos dos guardanapos e pratarias reluzentes vão impressionar a plateia. A figurinista Cynthia Nordstrom deu vida aos habitantes encantados do castelo, ao escolher tecidos que se desdobram à medida que os artistas erguem os braços e ao acrescentar peças que ampliam as fantasias. “Os figurinos foram criados para enfatizar a quantidade imensa de objetos de mesa que aparecem no filme”, conta Nordstrom. “Os guardanapos se desdobram para aumentar de tamanho e os garfos se empilham sobre as cabeças dos artistas. Este é um momento importante para Bela, e as fantasias precisam refletir essa sensação.”

Cada aspecto de A Bela e A Fera é exagerado e além dos limites, estimulando o público a seguir a aventura. Gaston lidera uma multidão de aldeões com tochas com fogo de verdade para perseguir e matar a Fera em Kill the Beast; a icônica rosa vermelha é superdimensionada, com pétalas que caem de verdade; o cenário do castelo ganhou uma forma caprichada, que dá a sensação de que ele é realmente vivo. Esses elementos do cenário e muitos outros, como o deslumbrante lustre que se ilumina à medida que desce em À Vontade, foram criados pelo designer de cenários Walt Spangler, na sua primeira produção Disney On Ice.
Spangler desenhou diversas peças que se apoiam no gelo para criar um cenário tridimensional, permitindo que os personagens interajam com ele, escalando-o e patinando sob os elementos. “O cenário não só precisa se destacar no gelo, mas também criar um pano de fundo para cada uma das histórias”, argumenta Spangler. “Conseguimos fazer isso desenhando uma cortina austríaca que mascara o fundo e pode se erguer em seções, recolhendo o tecido a partir da ponta inferior.” Ao ser erguida e descida em seções, a cortina acrescenta uma presença de palco ao espetáculo no gelo. Ela pode ser aberta ou fechada a partir de qualquer uma das pontas para as personagens individuais, sem interromper a cena como um todo. Ela também amplia a tela em branco do gelo e assume os desenhos de iluminação do espetáculo. Isso fica especialmente evidente quando Rapunzel recebe as calorosas boas-vindas ao seu reino natal. Maximus trota para a frente e para o centro à medida que todos se reúnem para saudar Rapunzel e Flynn com um grandioso número com bandeiras e lançamento de lanternas. As luzes das lanternas flutuantes se refletem tanto no gelo quanto na cortina, que serve como pano de fundo para a cena. A combinação da cortina e do design da iluminação acrescenta profundidade à cena ao multiplicar as lanternas e fazê-las aparecerem à distância no céu noturno.

A iluminação também tem um papel fundamental ao dar à produção uma sensação realmente mágica. Além de selecionar cuidadosamente os tons para colorir cada uma das quatro histórias no gelo e na cortina, o designer de iluminação Sam Doty escolheu padrões de luz que empolgarão a plateia durante a parte dos talentos. “As cores realmente levam o público aos diferentes mundos das princesas, mas é o modo como as luzes são organizadas que comanda a atenção quando os personagens estão se apresentando”, explica Doty. “Por exemplo, quando as filhas de Tritão são apresentadas, a iluminação destaca cada uma delas individualmente. Os olhos do público seguem os holofotes.”

 

O espetáculo termina com um número com bastões de luz, com as estrelas da Disney reaparecendo para uma emocionante despedida. Ariel, Bela e Rapunzel são trazidas de volta ao gelo pelos seus carismáticos amigos da Disney, junto das irmãs Anna e Elsa, que voltam para também se despedir do público. Com tantos talentos e histórias para contar reunidos em um único espetáculo, Disney On Ice traz a magia de verdade até você.

 

video

 

A cada ano, as produções de Disney On Ice que chegam à capital ficam mais sofisticadas. “As mudanças variam muito a cada show, mas, no geral, nós ficamos muito mais avançados tecnicamente durante os últimos anos, incorporando mais efeitos especiais nos espetáculos, como névoa, iluminação em LED e o uso de projeções”, conta a diretora de elementos cênicos Angela Millwood. “Nós também descobrimos maneiras de construir cenários que são mais leves e mais resistentes para se adaptar às viagens das turnês. No processo de criação, podemos contar atualmente com a tecnologia para desenvolver elementos, principalmente com a técnica de impressão em 3D”, completa. A concepção e montagem da pista de gelo também evolui muito nos últimos anos. “Em 1997, usávamos refrigeradores que precisavam de constante abastecimento hídrico para funcionar. Agora, as unidades são refrigeradas a ar, o que economiza o uso da água”, explica o diretor técnico Bill Raley. O profissional também explica que hoje os refrigeradores precisam de menos eletricidade e os painéis usados para formar gelo são mais eficientes, o que ajuda a construir a pista numa velocidade muito maior do que há 20 anos.

De acordo com a Coordenadora Corporativa de Produção, Andresa Spagnolo, com a evolução da tecnologia, tudo fica muito mais ágil. Mesmo à distância – a equipe Disney está sediada nos Estados Unidos – é possível implantar o evento com antecedência, mapear e visualizar a estrutura pronta com mais exatidão e também compartilhar detalhes. “É possível prever possíveis problemas e dividir soluções. Atualmente, as empresas conversam como se estivessem lado a lado, embora estejamos distantes geograficamente, antes das realizações das apresentações”, assegura Andresa.

gr_0.253312001286559468
Carlos Konrath, Presidente da Opus,

Carlos Konrath, Presidente da Opus, ressalta a alegria em realizar Disney On Ice em Porto Alegre há tantos anos. “O espetáculo faz parte de nossa história. A cada ano a Feld Entertainment apresenta um novo desafio para nossas equipes. Além disso, uma das principais razões do sucesso dessa parceria é a comunhão de valores e missão entre as empresas: a partir da reunião dos melhores atletas, artistas, equipe técnica e elenco proporcionamos alegria, magia e encantamento ao público. Estamos felizes em comemorar essa data tão importante. São 20 anos de história que reforçam a confiança em nosso trabalho”. Para quem não sabe,  a gaúcha Opus Promoções é hoje uma das principais empresas do setor no Brasil. Consagrada entre público, artistas e produtores pela qualidade e diversidade de sua programação, há quatro décadas de intensa e ininterrupta trajetória, com sede em Porto Alegre/RS, administra nove importantes casas de espetáculos pelo Brasil. São elas: Teatro Bradesco (São Paulo/SP), Teatro Bradesco Rio (Rio de Janeiro/RJ), Teatro do Bourbon Country e Auditório Araújo Vianna (Porto Alegre/RS), Teatro Feevale (Novo Hamburgo/RS), Teatro Riachuelo (Natal/RN), Teatro RioMar Recife (Recife/PE) e Teatro RioMar Fortaleza (Fortaleza/CE), além do mais recente empreendimento ainda não inaugurado, que está localizado dentro do Shopping VillaLobos, o Teatro Opus, também em São Paulo. Comprometida com a excelência em todos os projetos em que se envolve, a Opus Promoções contabiliza números expressivos ao longo de sua história:

  • Mais de 14 mil eventos;
  • Público de mais de 21 milhões de espectadores;
  • São 13.848 lugares distribuídos em 9 casas de espetáculo;
  •   Potencial máximo de circulação de 41.544 pessoas por dia nos teatros administrados pela Opus.

 

ARRECADAÇÃO DE ALIMENTOS

No dia 26 de maio, a partir das 18h, voluntários do Banco de Alimentos de Porto Alegre estarão posicionados em frente aos cinco portões de acessos do Gigantinho, antes do início da sessão de Disney On Ice, para arrecadar doações do público que desejar contribuir.  Serão pelo menos dez pessoas, que devem permanecer no local até às 20h para a coleta. A entidade sugere que os mantimentos sejam alimentos não-perecíveis. Mais informações sobre o Banco de Alimentos de Porto Alegre no e-mail bancodealimentos@bancodealimentosrs.org.br ou pelo telefone (51) 3026-8020.

 

O Banco de Alimentos é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, que atua como um gerenciador de desperdícios administrando três operações: coleta de doações, armazenamento e distribuição qualificada de alimentos para entidades beneficentes. Em dezesseis anos, o Banco de Alimentos de Porto Alegre arrecadou e distribuiu 35 milhões de quilos de alimentos para entidades carentes. Atualmente, beneficia 312 entidades de todos os bairros da capital gaúcha, doando 250 toneladas de alimentos todos os meses.

 

SOBRE A FELD ENTERTAINMENT

A Feld Entertainment é líder mundial na produção e apresentação de turnês ao vivo de experiências de entretenimento para famílias que elevam o espírito humano e criam memórias indeléveis, com 30 milhões de espectadores por ano nos seus espetáculos. As produções da Feld Entertainment foram exibidas em mais de 75 países nos cinco continentes até agora, e incluem Ringling Bros. and Barnum & Bailey®, Monster Jam®, Monster Energy Supercross, AMSOIL Arenacross, Disney On Ice, Disney Live! e Marvel Universe LIVE! Mais informações sobre a Feld Entertainment estão disponíveis online em www.feldentertainment.com.

 

 

15547_d33_20120906_00410-editSERVIÇO

DISNEY ON ICE – FESTIVAL MÁGICO NO GELO

De 23 a 28 de maio

Ginásio Gigantinho (Av. Padre Cacique, 891 – Bairro Cristal. Porto Alegre/RS)

 

Duração: 108 minutos
Classificação: Livre

MINISTÉRIO DA CULTURA e BRASILPREV apresentam

Apresentador Oficial: BRASILPREV

Patrocinador Oficial: ZAFFARI e BOURBON SHOPPING

Lei Federal de Incentivo à Cultura

Realização: FELD ENTERTAINMENT, OPUS PROMOÇÕES e MINISTÉRIO DA CULTURA, Governo Federal – Ordem e Progresso

 

DATAS E HORÁRIOS DAS APRESENTAÇÕES

DATAS HORÁRIOS
23/05, terça-feira 19h30
24/05, quarta-feira 19h30
25/05, quinta-feira 19h30
26/05, sexta-feira 19h30
27/05, sábado *11h, 15h e 19h (sessão extra)
28/05, domingo 14h (sessão extra) e 18h

 

* Na sessão do dia 27/05, às 11h, haverá audiodescrição.  Este recurso é limitado a 50 ingressos, em qualquer setor do ginásio, conforme disponibilidade. Além disso, um material especial sobre a megaprodução da Disney será entregue com textos em Braille. Ambos são gratuitos, não havendo incidência de valores adicionais. Descontos de ingresso conforme lei.

 

INGRESSOS

SETORES VALORES INTEIROS MEIA-ENTRADA
Arquibancada (Lote 1) R$ 50,00 R$ 25,00
Arquibancada (Lote 2) R$ 112,00 R$ 56,00
Cadeira Superior R$ 112,00 R$ 56,00
Cadeira Inferior R$ 140,00 R$ 70,00
Especial Pista R$ 210,00 R$ 105,00
VIP R$ 250,00 R$ 125,00

 

PARCELAMENTO:

– 3X no cartão de crédito para compras efetuadas de 13/04 a 28/05.

 

DESCONTOS

– 50% de desconto na sessão de estreia (23/05, às 19h30) para titular e um acompanhante do Clube do Assinante RBS e Cliente Cartão Zaffari Card, Bourbon Card e Rancho Card;

– 20% de desconto para titular e um acompanhante do Clube do Assinante RBS e Cliente Cartão Zaffari Card, Bourbon Card e Rancho Card nas demais sessões.

 

* Crianças até 24 meses que fiquem sentadas no colo dos pais não pagam;
**Descontos não cumulativos a demais promoções e/ ou descontos;

*** Não será permitida a entrada após o início da apresentação;

**** A lei da meia-entrada mudou: agora o benefício é destinado a 40% dos ingressos disponíveis para venda por apresentação. Veja abaixo quem têm direito a meia-entrada e os tipos de comprovações oficiais no Rio Grande do Sul:
– IDOSOS (com idade igual ou superior a 60 anos) mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
– ESTUDANTES mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) nacionalmente padronizada, em modelo único, emitida pela ANPG, UNE, UBES, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos. Mais informações: www.documentodoestudante.com.br
– PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E ACOMPANHANTES mediante apresentação do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que ateste a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.
– JOVENS PERTENCENTES A FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA (com idades entre 15 e 29 anos) mediante apresentação da Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.
– JOVENS COM ATÉ 15 ANOS mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
– APOSENTADOS E/OU PENSIONISTAS DO INSS (que recebem até três salários mínimos) mediante apresentação de documento fornecido pela Federação dos Aposentados e Pensionistas do RS ou outras Associações de Classe devidamente registradas ou filiadas. Válido somente para espetáculos no Teatro do Bourbon Country e Auditório Araújo Vianna.
– DOADORES REGULARES DE SANGUE mediante apresentação de documento oficial válido, expedido pelos hemocentros e bancos de sangue. São considerados doadores regulares a mulher que se submete à coleta pelo menos duas vezes ao ano, e o homem que se submete à coleta três vezes ao ano.

*****Caso os documentos necessários não sejam apresentados ou não comprovem a condição do beneficiário no momento da compra e retirada dos ingressos ou acesso ao local da apresentação, será exigido o pagamento do complemento do valor do ingresso.

 

CANAIS OFICIAIS DE VENDA (sem taxa de conveniência):

Bilheteria do Teatro do Bourbon Country: Av. Túlio de Rose, nº 80 – Porto Alegre / 2º andar (de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h). Formas de pagamento: dinheiro, cartões de crédito e débito, exceto Banricompras.

No local: Av. Padre Cacique, 891 – Porto Alegre
De 15 a 22 de maio, de segunda-feira a sábado, das 10h às 18h (exceto no dia 21 de maio, domingo).

Após essas datas, somente em dias de apresentações: das 9h às 20h.

Formas de pagamento: dinheiro, cartões de crédito e débito, exceto Banricompras.

 

CANAIS OFICIAS DE VENDA (sujeito à taxa de conveniência):

Site: www.ingressorapido.com.br
Call Center: 4003-1212 (de segunda a sábado, das 9h às 22h, e domingo, das 12h às 18h).
Rua Coberta, Campus II da Universidade Feevale: Novo Hamburgo (de segunda a sexta, das 13h às 21h, e sábado, das 9h às 14h). Mais informações pelo telefone 3271-1208. Forma de pagamento: dinheiro, cartões de débito e crédito, exceto Banricompras.
Bourbon Shopping Novo Hamburgo: Av. Nações Unidas, 2001, Novo Hamburgo – Quiosque no 2º piso (de segunda a sábado, das 12h às 22h). Forma de pagamento: somente cartões de crédito e débito, exceto Banricompras.
Agência Brocker Turismo: Av. das Hortênsias, 1845 – Gramado (de segunda a sábado, das 9h às 18h30min, e feriados das 10h às 15h). Forma de pagamento: somente em dinheiro.

 

SESSÃO ESCOLA

Dia 25 de maio

Quinta-feira, às 14h30

(Acima de 20 pessoas, sem assento marcado, conforme ordem de chegada nos setores)

 

VALORES PROMOCIONAIS PARA A SESSÃO ESCOLA

SETORES VALORES
Arq. Portão 5 R$ 40,00
Arq. Portão 3 R$ 40,00
Cad. Portão 1 R$ 50,00
Cad. Portão 2 R$ 50,00
Cad. Portão 6 R$ 50,00

 

Informações:
projeto.escola@ingressoshow.net.br

(51) 3235-4579

 

Venda para sessão escola:

Bilheteria do Teatro do Bourbon Country (Av. Túlio de Rose, 80 / 301 – Porto Alegre, RS). Funcionamento: segunda a sábado, das 10h às 22h, e domingo e feriados, das 14h às 20h. A retirada poderá ser feita após agendamento e confirmação via e-mail.

 

Forma de pagamento para sessão escola:

Depósito em conta com retirada de ingressos após a confirmação (48h) via e-mail, cheque (somente em nome da Escola), dinheiro, cartões de crédito e débito (exceto Banricompras).

Vinhos: Filipa Pato apresenta Post-Quercus (ou depois do carvalho) nesta sexta-feira na Porto a Porto

Vinhos: Filipa Pato apresenta Post-Quercus (ou depois do carvalho) nesta sexta-feira na Porto a Porto

Cidade Cultura Destaque Gastronomia Porto Alegre Saúde Tecnologia Turismo

Com formação em Bordeaux, estágios na Argentina, Austrália e França, Filipa Pato lidera o projeto Vinhos Autênticos, Sem Maquiagem. A enóloga que elabora vinhos fortemente identificados com o local onde são produzidas as uvas, conquistou o consumidor internacional, apresenta suas criações nesta sexta-feira em um almoço para convidados no showroom da Porto a Porto. Há cinco gerações a família Pato se dedica aos vinhos na região da Bairrada, em Portugal. A filosofia comum a todas as gerações sempre incidiu na inovação da viticultura e enologia em cada colheita, numa busca pelo aperfeiçoamento dos vinhos baseados nas uvas locais.  Entre os enólogos que hoje se destacam mundialmente está a portuguesa Filipa Pato, criadora do tinto Post-Quercus, assinado também por seu marido, o sommelier William Wouters, que chega agora ao Brasil.

Elaborado com a uva Baga, proveniente de diversos microclimas da região da Bairrada, esse exemplar é o resultado de vinhas que passaram por manejo com técnicas biodinâmicas praticadas no local desde a geração dos avós de Filipa. As uvas são colhidas e selecionadas manualmente e então o vinho fermenta e estagia em ânforas de barro que são enterradas no solo, pois assim mantém-se a temperatura correta para a vinificação. “O solo da Bairrada é composto de argila e calcário e quando os romanos ocuparam essa região eles já utilizavam esta técnica para a elaboração do vinho. A fermentação e o estágio desta forma possibilitam a troca de oxigênio e assim os taninos da Baga ficam muito mais macios, além de os aromas serem mais delicados do que seriam se elaborássemos o vinho por meio de outro processo”, conta Filipa. O resultado é que o vinho pode ser desfrutado também mais jovem, além de ter potencial de guarda de aproximadamente 8 anos. O nome Post-Quercus significa depois do carvalho. “A nossa visão é sempre olhar para o passado e pensar no futuro. As ânforas são feitas de barro, o mesmo elemento que existe no vinhedo; como a Baga gosta muito desse tipo de solo, surgiu a ideia de fermentá-la em ânfora”, completa a enóloga.

Na degustação, o Post-Quercus apresenta aromas de frutas delicadas como cereja e ameixa e em boca é muito suculento. Robert Parker, o grande crítico mundial de vinhos, deu 90 pontos à safra 2015. Além de excelente para ser degustado sozinho, acompanha peixe grelhado, camarão, lagosta ou outra carne de qualidade preparada de forma simples, com legumes frescos para acentuar a pureza do vinho. Combina perfeitamente com queijos de pasta mole como Serra da Estrela, Brie e Camembert. Indica-se decantar e servir a uma temperatura entre 12 e 14º Celsius, ou seja, mais fresco que o comum para tintos. O Post-Quercus é apresentado em garrafas de 500ml, pois como a primeira edição, elaborada em 2013, foi muito pequena, diminuiu-se a capacidade para a obtenção de mais garrafas. Da safra 2015 foram produzidas 4.000 garrafas de 500ml e 1.500 garrafas de 1 litro. Os vinhos da Filipa Pato são trazidos ao Brasil pelas importadoras Porto a Porto e Casa Flora.

 

filipa-pato-post-quercus

Post-Quercus (after oak-depois do carvalho)

Baga 2015

Origem : Bairrada, Portugal. Uma região muito antiga localizada a norte do rio

Mondego, dominada pela bravura do Atlântico e delimitada a nascente pela serra do Caramulo.

Criação: 4000 garrafas de 50c e 1500 garrafas de 100cl.

Uva: 100% Baga de diferentes micro-climas da Bairrada.

% Alcohol: 11%

Solo/Terroir: Solo argilo-calcário do período Jurássico Inferior.

Viticultura: Cultivo orgânico em conversão para Biodinâmico desde 2014( na verdade é um regresso ao passado, a viticultura praticada já pelos meus avós)

Vinificação : uvas apanhadas e selecionadas à mão das vinhas velhas de baga, fermentação em amfora feitas de barro- o mesmo que existe no vinhedo

(Bairrada vem de Barro- os solos da região. A fermentação e estagio em barro possibilita a troca de oxigénio com o exterior e assim aveludar os taninos característicos da Baga. Parece que a flor se abre e os aromas ficam mais delicados.

Notas de prova: a cor é brilhante com reflexos de vermelho cereja. A fruta é delicada e muito pura de cereja e ameixa. Muito sucolento e desafiante fim de boca.

Gastronomia: para desfrutar com peixe grelhado, camarão, lagosta ou carne de qualidade preparada de forma simples com legumes frescos para acentuar a pureza do vinho.

Este Baga casa na perfeição com queijos de pasta mole (Serra da Estrela, Azeitão, Brie, Camembert,…)

Notes

– Julia Harding; Jancis Robinson: 17 points – Post Quercus 2015

– Mark Squires, Robert Parker: Post Quercus 2015- 90 points;

Especialistas alertam para novo ciberataque em grande escala em curso

Especialistas alertam para novo ciberataque em grande escala em curso

Destaque Tecnologia

Um novo ciberataque em grande escala para roubar moeda virtual afeta centenas de milhares de computadores em todo o mundo nesta quarta-feira, de acordo com especialistas em segurança cibernética. Após o ataque de sexta-feira, especialistas descobriram um novo ataque vinculado ao vírus Wannacry, chamado Adylkuzz. “Utiliza com mais discrição e para diferentes propósitos ferramentas de pirataria recentemente reveladas pela NSA e a vulnerabilidade agora corrigida pela Microsoft”, afirmou o pesquisador Nicolas Godier, especialista em segurança cibernética da Proofpoint.

“Ainda desconhecemos o alcance, mas centenas de milhares de computadores podem ter sido infectados”, disse Robert Holmes, da Proofpoint, o que indica que o ataque é “muito maior” que o WannaCry. Concretamente, este ‘malware’ se instala em equipamentos acessíveis através da mesma vulnerabilidade do Windows utilizada pelo WannaCry, uma falha já detectada pela NSA (Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos), que vazou na internet em abril.

Este malware cria, de forma invisível, unidades de uma moeda virtual não localizável chamada Monero, comparável ao Bitcoin. Os dados que permitem utilizar este dinheiro são extraídos e enviados a endereços criptografados. Para os usuários, “os sintomas do ataque incluem sobretudo uma performance mais lenta do aparelho”, afirma a Proofpoint em um blog. A empresa detectou alguns computadores que pagaram o equivalente a milhares de dólares sem o conhecimento de seus usuários.

De acordo com Robert Holmes, “já aconteceram ataques deste tipo, com programas que criam moeda criptográfica, mas nunca nesta escala”. O WannaCry afetou mais de 300 mil computadores em 150 países, de acordo com Tom Bossert, conselheiro de Segurança Interna do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. (Correio do Povo)

Porto Alegre: Aplicativo que monitora irregularidades no transporte público soma quase 400 participações em um mês

Porto Alegre: Aplicativo que monitora irregularidades no transporte público soma quase 400 participações em um mês

Agenda Cidade Comportamento Comunicação Destaque Direito Direito do Consumidor Economia Marchezan Negócios Plano Safra Porto Alegre prefeitura Tecnologia

O aplicativo Fiscaliza Tu, criado para monitorar irregularidades no serviço de transporte público oferecido aos porto-alegrenses, fechou o primeiro mês de atuação com quase 400 participações. O primeiro balanço parcial, divulgado pela autora da iniciativa, vereadora Fernanda Melchionna (PSol), se refere ao período entre 27 de março e 30 de abril. A intenção é compilar as participações a cada 30 dias.

O aplicativo, disponível também na Internet, visa registrar as reclamações dos usuários de ônibus da Capital através de uma plataforma virtual. Ao acessar o dispositivo, o passageiro pode relatar atrasos e superlotação, além de circunstâncias especiais, como sujeira ou má conservação. No total, foram 389 participações em 35 dias.

A maior parte dos usuários – cerca de 200 – reclama de atrasos nas linhas, o maior deles de 44 minutos em relação à tabela que deve ser cumprida. Outros 23% denunciaram superlotação, presente principalmente nas linhas que conduzem os usuários às universidades. No total geral, 105 linhas diferentes foram alvo de críticas de quem usou o aplicativo.

Conforme Melchionna, os dados registrados no Fiscaliza Tu serão encaminhados à EPTC em duas etapas, de modo imediato e também periodicamente. Além disso, a vereadora também deve solicitar um relatório acerca de todas as multas aplicadas às empresas por atrasos em 2017, para verificar se batem com as denúncias da comunidade. Todas as reclamações serão formalmente apresentadas em sessão plenária na Câmara dos Vereadores na quinta-feira.

A EPTC informou à reportagem que “recebe as denúncias de qualquer problema no atendimento do transporte coletivo pelo fone 156″, e que “isso serve de base para as ações de fiscalização de transporte, que são diárias”. A empresa complementou que está a disposição para receber as queixas vindas do aplicativo da vereadora, que poderão ser encaminhadas “via assessoria parlamentar ou da forma que achar mais interessante.” (Ananda Müller/Rádio Guaíba)