Linha vermelha; Editoral de O Estado de São Paulo

Linha vermelha; Editoral de O Estado de São Paulo

Destaque Educação Notícias Opinião Trabalho

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, tem de ser demitido imediatamente. Sua errática gestão – se assim pode ser chamada – à frente de um dos mais importantes Ministérios já seria razão suficiente para sua substituição por quadros mais qualificados, e estes não faltam no País. Mas há outra razão, muito mais séria, que torna a sua permanência no cargo uma indignidade.

No feriado da República, Abraham Weintraub postou-se a defender a monarquia na rede social. A Constituição não o proíbe de ter a opinião que for sobre as formas de governo. Em se tratando de um ministro de Estado, no entanto, manifestar predileção pela monarquia é, no mínimo, uma conduta inapropriada. Mas Weintraub foi além. Acometido por algo próximo de um “surto antirrepublicano”, o ministro da Educação classificou como “infâmia” a proclamação de 15 de Novembro de 1889 e passou a desfiar uma série de aleivosias contra personagens da história brasileira ligadas ao movimento republicano.

Uma pessoa que acompanha as postagens do ministro no Twitter respondeu que “se voltarmos à monarquia, certamente você (o ministro Abraham Weintraub) será nomeado o bobo da corte”. “Uma pena. Eu prefiro cuidar dos estábulos. Ficaria mais perto da égua sarnenta e desdentada da sua mãe”, retrucou o ministro da Educação. Diante da agressividade da resposta do ministro, outro cidadão, em tom jocoso, disse “ter encontrado o seu bom senso na rua, que mandou-lhe lembranças”. Mais uma vez, o ministro desceu ao rés do chão: “Quem (sic) bom. Agora continue procurando o seu pai”. Não são palavras que se supõe proferidas por um ministro de Estado, mas por um grosseirão.

É admissível que o ministro da Educação pudesse ter usado um canal público de comunicação, como hoje é o Twitter, em especial para este governo, para estabelecer um debate com a sociedade sobre os desafios que o regime republicano certamente tem de enfrentar passados 130 anos de sua vigência no País. Mas, para tanto, o ministro teria de ser outra pessoa.

Abraham Weintraub achou por bem classificar o marechal Deodoro da Fonseca como um “traidor” da Pátria e compará-lo ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Diante de uma estultice dessa natureza, na melhor hipótese, o ministro da Educação está absolutamente desinformado. Na pior, trata-se de alguém que se move por ressentimento, revanchismo e má-fé. Seja como for, a sua permanência à frente do Ministério da Educação é um enorme desserviço ao País.

Especula-se que Abraham Weintraub tenha sido escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro para substituir o ex-ministro Ricardo Vélez Rodríguez justamente para adotar esse comportamento, digamos, mais “combativo” à frente do Ministério da Educação. A ser verdade, esse modo de proceder do ministro pode muito bem ser mais uma fagulha a manter acesa a chama da militância bolsonarista nas redes sociais, mas chegará o momento em que o presidente da República precisará de uma rede de apoio muito mais ampla do que as chamadas “milícias virtuais”. Não será mantendo no cargo um ministro que avilta as tradições do Exército brasileiro e as mais comezinhas regras de conduta social que Jair Bolsonaro atingirá o objetivo.

Os brasileiros de bom senso, independentemente de suas predileções políticas, hão de estar estarrecidos com a mais recente explosão do ministro da Educação. Se ainda assim Abraham Weintraub não for substituído, o que mais pode vir?

Vidas transformadas: Emoção marca a formatura de 38 novos técnicos em enfermagem

Vidas transformadas: Emoção marca a formatura de 38 novos técnicos em enfermagem

Destaque Educação Saúde Trabalho

ENFERMAGEM3

“Essa é a realização de um sonho que talvez eu não conseguisse alcançar sozinha.” As palavras da então estudante e recém graduada Glória Soares, 22 anos, resumem o sentimento dos alunos da 10ª turma do curso de Técnico em Enfermagem para moradores da Restinga e do Extremo-Sul de Porto Alegre, promovido pelo Hospital Moinhos de Vento em parceria com o Programa de Desenvolvimento Institucional do SUS (PROADI-SUS). A formatura, realizada na noite de quinta-feira (14), marcou o início de uma nova caminhada para 38 profissionais da área da saúde.

Para Glória, mais do que uma carreira, o curso representa a transformação de uma vida. “Eu estava procurando emprego quando surgiu essa oportunidade. Trabalhar com a saúde sempre foi um sonho. Agora, tenho uma profissão e vou pode fazer aquilo que eu gosto: cuidar das pessoas”, disse, ao cair em lágrimas, a caçula de quatro irmãos. Dois deles estavam na solenidade: o mais velho, Luiz, e a do meio, Edina. “A conquista dela é restauradora. Esse canudo também é nosso”, comemorou a irmã.

A emoção de Glória foi compartilhada por Alexandre Guedes Motta, de 28 anos. “Quando apareceu a oportunidade do curso técnico na Restinga, eu agarrei com unhas e dentes. Era a chance que eu tinha para tomar o meu caminho. Eu senti que viver o Moinhos e trabalhar com profissionais de larga experiência era o meu futuro”, celebrou o orador da turma. “A formatura foi um momento ímpar na minha vida”, concluiu.

ENFERMAGEM2O misto de sentimentos, no entanto, não estava restrito aos alunos. O corpo docente e a direção da instituição emocionaram-se com a conclusão da 10ª turma do curso. “Escolhemos uma região vulnerável de Porto Alegre para oferecer gratuitamente vagas nos cursos técnicos. Educação transforma. E, dando essa oportunidade, podemos ver uma efetiva transformação social”, destacou o superintendente de Educação, Pesquisa e Responsabilidade Social do hospital, Luciano Hammes.

Festejada pelos alunos, a diretora da Escola Técnica do Hospital Moinhos de Vento, Rosângela Maria da Rosa Vieira, foi a responsável pela seleção e pelo acompanhamento dos alunos ao longo do curso. Foi uma espécie de “ponte” entre o passado e o futuro dos novos técnicos em enfermagem. “Temos a oportunidade, através da formação profissional, de transformar indivíduos e famílias. E, assim, contribuir para a condição e a inserção social de uma comunidade”, enalteceu.

Os 38 novos técnicos em enfermagem se somam aos outros 232 graduados ao longo das dez edições do curso. A formação é inteiramente gratuita, e os alunos recebem, além de uma bolsa, transporte, uniforme e material. Ao todo, 270 moradores da Restinga e do Extremo-Sul tiveram suas vidas transformadas pelo Hospital Moinhos de Vento.

Exemplo para o Brasil

O curso, com duração de 1,6 mil horas, tornou-se um case de sucesso e será replicado em todo o país. O projeto, em parceria com o PROADI-SUS, iniciou com a formação profissional de moradores do bairro Restinga para atuação no Hospital Restinga e Extremo-Sul e chegou à sua 10ª turma em 2019. “O Moinhos tem graduação, pós graduação e, desde sua fundação, ensino técnico. E nós pensamos: porque não dividir esse conhecimento com o SUS?”, questionou Hammes.

Reconhecido pelo Ministério da Saúde e pelo Ministério da Educação, o programa deu tão certo que motivou o Hospital Moinhos de Vento a apresentar o projeto ao governo federal para replicá-lo em outros estados. “Estamos compartilhando nossa metodologia de ensino e os nossos currículos para multiplicar com todo o Brasil”, explicou.

A formação ocorre de acordo com as metodologias de ensino da Escola Técnica do Hospital Moinhos de Vento e visa qualificar a assistência no âmbito do SUS. A intenção é melhorar o atendimento nas instituições de saúde e proporcionar geração de emprego e renda aos egressos do curso.

Paim Comunicação lança Laboratório de Experiências do Consumidor. Centro de pesquisa é resultado de uma parceria com a Escola de Negócios da PUCRS

Paim Comunicação lança Laboratório de Experiências do Consumidor. Centro de pesquisa é resultado de uma parceria com a Escola de Negócios da PUCRS

Comportamento Direito do Consumidor Economia Negócios Notícias Tecnologia Trabalho

Entender o comportamento do consumidor sempre foi um dos maiores desafios das marcas – e de quem trabalha para aumentar a sua competitividade. É o caso da Paim, que há quase 30 anos desenvolve soluções de comunicação para os seus clientes e que lança, nesta segunda-feira, 4 de novembro, o seu mais novo centro de pesquisa: o Laboratório de Experiências do Consumidor (Labex), uma área de 100m2 no sexto andar do prédio 50 da PUCRS. Resultado de uma parceria do braço de inovação da Paim – o PaimLab – com a Escola de Negócios da universidade, o espaço simula uma loja tradicional que, por meio de um mobiliário adaptável, permite criar múltiplos formatos, desde o segmento de cosméticos até o ramo alimentício. A primeira parceria já está definida: será com uma das marcas de sapatos femininos da Grendene, a Zaxy – os consumidores serão convidados a participar de estudos que avaliarão a experiência no ambiente da loja integrada ao e-commerce da marca.

190LABEX-e1561575113409
O primeiro projeto é com a Zaxy, marca do grupo Grendene Foto: Camila Cunha

Em meio às prateleiras, o primeiro laboratório da Região Sul dedicado a estudar as experiências de consumo está equipado com programas de realidade virtual, rastreamento de visão, mapas de calor e reconhecimento facial – tudo com a intenção de mapear a jornada do cliente e detectar padrões de escolha. “O Labex se propõe a ser um espaço de pesquisa multidisciplinar. Além da abordagem da Comunicação e de Negócios, ele também envolve áreas como Psicologia, Marketing, Computação e Arquitetura”, explica Kim Gesswein, diretor de Inovação da Paim, professor da Escola de Comunicação, Artes e Design da PUCRS e um dos coordenadores do Labex ao lado de Vinícius Sittoni Brasil e Stefânia Ordovás de Almeida, docentes da Escola de Negócios.

A Paim Comunicação se movimenta a partir de um ecossistema de serviços empenhada em contribuir com a competitividade de marcas, ideias e empresas, colocando a tecnologia a serviço da emoção. Com 28 anos de atuação, a Paim acredita na competência, na verdade e na ética como requisitos para a criatividade eficaz e para a inovação que faz sentido. Além da atuação no Labex, a busca pelas soluções de ponta está presente no cotidiano da equipe, com o suporte de suas estruturas junto a plataformas de inovação: PaimLab Tecnosinos, no RS, e InovaBra, em São Paulo. A equipe interdisciplinar deste ecossistema hoje é formada por parceiros de pesquisa e serviços complementares que operam junto aos 172 profissionais da Paim, que atendem 33 clientes no Brasil e na América Latina.

Para as marcas, espaços como o Labex representam a oportunidade de realizar testes para entender mais sobre o comportamento do consumidor, ampliando a competitividade dos seus produtos, melhorando a experiência de compra e explorando novas possibilidades tecnológicas. “Em vez de investir em espaços específicos ou de fazer testes nas próprias lojas, elas poderão testar modelos e fórmulas no Labex”, explica Vinícius. “As marcas precisam estar próximas do consumidor para serem relevantes. É muito importante acompanhar o que acontece em toda a jornada do consumidor”, comenta César Paim, presidente da empresa.

 

Inauguração do Labex

Data: 4 de novembro (segunda-feira)

Horário: 16h (experimento prático apenas para a imprensa) e 17h (abertura oficial do Labex)

Local: Sexto andar do prédio 50 da PUCRS

Psiquiatra Nelio Tombini lança site e reforça trabalho nas redes sociais com insights comportamentais

Psiquiatra Nelio Tombini lança site e reforça trabalho nas redes sociais com insights comportamentais

Comportamento Cultura Destaque Saúde Tecnologia Trabalho

Nelio Tombini, psiquiatra, escritor, palestrante e consultor especializado em relações institucionais e corporativas, acaba de lançar seu site www.neliotombini.com.br.  Autor do livro A Arte de Ser Infeliz , o médico criou uma forma simples e verdadeira de se comunicar com as pessoas sobre problemas e questões que perpassam a vida de todos nós. São esses insights que ele leva para suas palestras por todo o Brasil e que têm como mote o tema Desarmando as Armadilhas Emocionais.

nelio_400x400Em 1989, criou o Serviço de Doenças Afetivas da Santa Casa de Porto Alegre, onde foi coordenador da Psiquiatria por 18 anos. Foi responsável por implementar terapias de grupo para dar conta das demandas dos pacientes do SUS. Atualmente, desenvolve um projeto de suporte psicológico aos médicos residentes na Santa Casa. Fundou e dirige a Clínica de Psicoterapia Breve – Psicobreve. Colaborador de vários veículos de comunicação, já escreveu artigos para o jornal Zero Hora, Jornal do Comércio, Pioneiro e NH. Tem inserções frequentes na Rádio e TV Gaúcha e na Band. Colunista do programa Happy Hour BandNews FM de Porto Alegre.

Empresas como Claro São Paulo, Fasa América Latina, Unimed, Panvel, Petrobras, Tintas Killing, RBS e laboratórios Weinmann já contrataram suas palestras, além de instituições e órgãos públicos como Santa Casa de Porto Alegre, Prefeitura de Porto Alegre, Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul, AJURIS, Universidade de Caxias do Sul, IPE, Amrigs, Federasul e Hospital Mãe de Deus, entre outros.

O psiquiatra, escritor e palestrante desenvolve workshops sobre conflitos emocionais no trabalho e levou para o YouTube a série de vídeos “5 minutos com o psiquiatra Nelio Tombini”, nos quais aborda os aspectos emocionais vinculados ao cotidiano.

 

http://neliotombini.com.br

https://www.instagram.com/drneliotombini/

https://www.facebook.com/psicobreve/

https://www.youtube.com/user/Psicobreve

Saúde: Palestrantes internacionais falam sobre câncer de pulmão no Hospital Moinhos de Vento

Saúde: Palestrantes internacionais falam sobre câncer de pulmão no Hospital Moinhos de Vento

Agenda Notícias Saúde Tecnologia Trabalho

O Rio Grande do Sul é o estado com maior incidência de câncer de pulmão do país. Entre as capitais, Porto Alegre lidera o ranking. Diante desses dados alarmantes, o Hospital Moinhos de Vento promoverá encontros para discutir o avanço da doença na população gaúcha. Entre sexta-feira (1º) e sábado (2), será realizado o II Simpósio Internacional de Câncer de Pulmão.

Arquivo Pessoal (2)O encontro contará com uma série de mesas redondas. “A intenção é discutir, de forma multidisciplinar, os diferentes aspectos da doença e a aplicação das novas tecnologias disponíveis para o tratamento da neoplasia”, diz o coordenador da Unidade de Oncologia Torácica do Moinhos de Vento, Guilherme Geib. No Hotel Sheraton, a programação trará 30 palestrantes nacionais e três oncologistas internacionais.

“Enormes avanços no manejo ocorreram nos últimos anos, como o rastreamento e diagnóstico precoce com a tomografia de baixa dose, tratamento com a cirurgia robótica, imunoterapia e terapias alvo. Tudo isso e vários outros aspectos serão abordados no simpósio”, explica o chefe do Serviço de Pneumologia do Moinhos de Vento, Marcelo Gazzana.

O ponto alto do seminário será a sessão plenária, na sexta, às 18h. O painel reunirá a canadense Natasha Leighl, o francês Elie Fadel e o brasileiro radicado no Canadá Sérgio Faria. O grupo debaterá temas relacionados à imunoterapia do câncer de pulmão, o limite da cirurgia na doença e aspectos relacionados à radioterapia estereotáxica.

Clique aqui e confira a programação completa.

Porto Alegre: Especialistas propõem ações para combater clínicas geriátricas irregulares

Porto Alegre: Especialistas propõem ações para combater clínicas geriátricas irregulares

Comportamento Notícias Porto Alegre Saúde Trabalho
IMG_1357
Evento do SINDIHOSPA e da OAB/RS discutiu desafios no cuidado dos idosos. Fotos: Antonio Purcino

O reforço de políticas públicas na atenção à população idosa é chave para combater a proliferação de clínicas geriátricas irregulares. Esse é o consenso de especialistas reunidos no workshop “ILPIs – Desafios e tendências em moradia para idosos”, que ocorreu nesta segunda-feira (28), na OAB Cubo, em Porto Alegre. Desde o ano passado, operações da Polícia Civil e de secretarias municipais fecharam diversos locais clandestinos na capital gaúcha.

“A população de idosos no Rio Grande do Sul já é superior à de crianças e adolescentes. Esse é um fenômeno demográfico irreversível. Temos de aproveitar as oportunidades e discutir como sociedade e poder público estão preparados para esse tema”, ressaltou Cristiano Martins Lisboa, membro do Núcleo de Residenciais Geriátricos do Sindicato dos Hospitais e Clínicas de Porto Alegre (SINDIHOSPA) e presidente da Comissão Especial dos Direitos da Pessoa Idosa da OAB/RS, entidades que organizaram o encontro.

Diretora de Atividades Culturais da Escola Superior da Advocacia da OAB/RS (ESA), Cristiane da Costa Nery destacou que “os residenciais sérios são verdadeiros centros de convivência”, que oferecem um tratamento adequado à terceira idade. Presidente do Conselho Municipal do Idoso, Lélio Luzardi Falcão ressaltou que Porto Alegre foi recentemente reconhecida como Cidade Amiga do Idoso. “Precisamos trabalhar para que ela seja a melhor cidade para essa população viver”, salientou. “É necessário fortalecer a rede de acolhimento. Somos poucos os que trabalhamos nessa área. Temos de nos unir e discutir cada vez mais”, apontou Cristine Ramos, titular da Delegacia do Idoso.

Atuação do MP

Com mais de 100 participantes no local e 300 assistindo pela internet, o workshop teve como destaque o painel sobre o trabalho do Ministério Público na fiscalização das clínicas irregulares. Maristela Schneider, promotora de Justiça do MP de Cachoeira do Sul, apresentou a experiência do Projeto Cuidar, realizado na cidade.

“Cachoeira virou um nicho de mercado para casas geriátricas. Havia situações extremas, com péssimas condições, idosos misturados com deficientes e outras pessoas”, afirmou. Desenvolvido desde 2015, o projeto formou uma força-tarefa que fechou diversas casas irregulares. Com o apoio do poder público, articulou uma rede de proteção, encaminhando as pessoas para locais adequados. “A família tem de se fazer presente nessas instituições, não apenas jogá-las naqueles locais”, orientou.

Edes Cunha, da Promotoria de Justiça de Defesa dos Direitos Humanos de Porto Alegre, falou da atuação na capital para combater os espaços insalubres. “A fiscalização, além de cumprir a lei, tem de garantir um atendimento de qualidade, dentro de um preço razoável. Não podemos inviabilizar as entidades que prestam um serviço relevante”, disse. O promotor pediu ainda que a população denuncie os locais irregulares pelo Disque 100, ou no próprio MP.

Fórum Nacional de ILPIs

Na sequência do evento, a diretora técnica da Senescentis, Michelle Clós, palestrou sobre as inovações em moradias para idosos, como condomínios, apartamentos e hotéis adaptados para essa população. Ela ainda abordou aspectos que devem ser levados em conta na decisão da mudança para um residencial geriátrico. “Esse é um processo difícil. Ninguém acorda e decide ir para um residencial. A escolha de um modo de modo de morar é também a escolha de um jeito de viver”, alertou.

Encerrando as atividades, o encontro marcou o lançamento do 1º Fórum Nacional de Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), que acontecerá no dia 24 de abril de 2020, em Porto Alegre. “Será uma grande oportunidade de discutirmos, com especialistas e empresas de todo o país, as necessidades do segmento, como legislação, fiscalização e novos tipos de moradia”, salientou Henri Siegert Chazan, presidente do SINDIHOSPA.

Rogério Guaraldi, coordenador do Moderna Idade – Núcleo de Residenciais Geriátricos do Sindicato, apresentou o trabalho desenvolvido pelo grupo, que hoje reúne 17 empresas, com mais de 300 profissionais e 600 leitos na capital. “Não adianta termos uma instituição barata, mas sem condições de cumprir o que promete. Precisamos ter gestão e nos diferenciar pelo cuidado aos idosos”, ressaltou.

Lei Geral de Proteção de Dados é tema de Almoço Empresarial da CIC Teutônia

Lei Geral de Proteção de Dados é tema de Almoço Empresarial da CIC Teutônia

Economia Negócios Notícias Tecnologia Trabalho

A CIC Teutônia realizou mais uma edição do tradicional Almoço Empresarial. O evento ocorreu no Auditório 03 da entidade e contou com a palestra “Lei Geral de Proteção de Dados – impactos na relação entre empresas e consumidores”, abordado pela advogada Flávia Coêlho Leite.

A LGPD entra em vigor no dia 16 de agosto de 2020 e impacta os segmentos público e privado. A partir da nova legislação, todos os setores deverão investir em segurança de dados coletados dos consumidores em seus sistemas. “O tratamento de dados, seja na coleta, na utilização, na reprodução, no processamento, no armazenamento ou no arquivamento, deverá ser realizado dentro dos princípios e requisitos da legislação, oportunizando mais privacidade na proteção dessas informações”, explicou Flávia.

A partir disso, frisou a advogada, o Brasil pode buscar o alinhamento com o que outros países já fazem, sem prejudicar as relações comerciais. “Isso já ocorre, por exemplo, na União Europeia, e o Brasil deve se adequar a essa tendência mundial, que veio para ficar”, acrescentou.

Entre as áreas impactadas, a palestrante enumerou o setor jurídico, compliance, recursos humanos, marketing, comercial, logística, segurança da informação e financeiro. No que se refere às sanções, estão previstas: advertência, com indicação de prazo para adoção de medidas corretivas; multa simples de até 2% do faturamento, limitada, no total, a R$ 50 milhões por infração; bloqueio dos dados até regularização; multa diária, observado o limite de R$ 50 milhões; publicidade da infração; eliminação dos dados pessoais; e situações adicionais de processos judiciais e danos de imagem/reputação.

“É fundamental conscientizar os empresários sobre como a Lei Geral de Proteção de Dados vai impactar nas relações de negócio e nos processos internos”, concluiu Flávia.

 

Saúde: Estresse crônico ligado ao trabalho em discussão no Cremers

Saúde: Estresse crônico ligado ao trabalho em discussão no Cremers

Comunicação Destaque Notícias Saúde Tecnologia Trabalho

Você sabe o que é Síndrome de Burnout? Mais conhecido como esgotamento profissional, o Burnout é um distúrbio psíquico que acomete especialistas de diversas áreas. Para saber mais sobre o assunto, que é destaque em discussões na comunidade médica, a próxima edição do Cremers Debate apresenta o tema “Estresse crônico no trabalho – Debatendo o Burnout”. O evento ocorre na quinta-feira (31), às 18h30, no Auditório do Cremers (Rua Bernardo Pires, 415), em Porto Alegre.

O presidente do Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul (Cremers), Eduardo Neubarth Trindade, explica a importância em debater a síndrome que é cada vez comum e afeta o desempenho de profissionais. “Trata-se de uma oportunidade para discutir os prejuízos trazidos por esse esgotamento, que afeta os serviços prestados em inúmeros setores. Profissionais cogitam abandonar suas atividades, afetados pelo cansaço, excesso de atribuições e depressão. E um grande e preocupante exemplo disso está na área da saúde”.

O encontro será aberto por Eduardo Neubarth Trindade e pelo presidente da Caixa de Assistência dos Advogados do RS (CAARS), Pedro Alfonsin. Os debates ficarão por conta do médico Jacques Vissoky, especialista em medicina do trabalho e mestre em prevenção de riscos laborais, e da conselheira do Cremers, Niura Tondolo Noro, médica do trabalho e mestre em ergonomia.

SERVIÇO:

O que: O Cremers Debate: “Estresse crônico no trabalho – Debatendo o Burnout”

O evento é gratuito e aberto ao público.

Na ocasião, também será lançada a cartilha “Síndrome de Burnout: O que você precisa saber para enfrentar”.

Quando: Quinta-feira (31), às 18h30

Onde: Auditório do Cremers (Rua Bernardo Pires, 415), em Porto Alegre

Serviços eletrônicos do MPT estarão indisponíveis entre 31 de outubro e 3 de novembro

Serviços eletrônicos do MPT estarão indisponíveis entre 31 de outubro e 3 de novembro

Agenda Notícias Tecnologia Trabalho

Os serviços disponibilizados pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) na Internet estarão inoperantes entre as 20h do dia 31 de outubro e as 14h do dia 3 de novembro, devido à manutenção na infraestrutura de TI da instituição. Portanto, não será possível acessar tanto o portal da Procuradoria-Geral do Trabalho (PGT), quanto os das Procuradorias Regionais do Trabalho (PRTs), nem sistemas como o de peticionamento eletrônico e de protocolo, bem como o correio eletrônico.

Em comemoração aos 10 anos no Brasil, CMPC promove shows gratuitos e oficinas culturais em Guaíba

Em comemoração aos 10 anos no Brasil, CMPC promove shows gratuitos e oficinas culturais em Guaíba

Cultura Destaque Notícias Trabalho Turismo

Referência no mercado de celulose e papel, a CMPC está comemorando 100 anos de história no mundo e 10 anos de atuação no Brasil. Para celebrar, a empresa preparou uma programação especial em Guaíba, onde acontecerão dois dias de festividades com shows, oficinas e atrações culturais, esportivas e gastronômicas. A festividade será na Praça da Juventude na orla do Guaíba, no dia 7 e 10 de novembro, com entrada gratuita.

????????????????????????????????????
César Oliveira e Rogério Melo. Foto: Divulgação

A organização do evento – entre produção, montagem e execução – envolve mais de 40 pessoas. “Preparamos uma grande comemoração com o objetivo de integrar toda a comunidade de Guaíba. Serão diversas atrações especiais que valorizam a cidade e geram renda imediata para os empreendedores locais, visto que exceto os shows, todo restante foi contratado localmente”, afirma o diretor-geral da CMPC, Mauricio Harger.

Desde que chegou no município, a CMPC gera milhares de empregos e movimenta a economia de Guaíba e do Rio Grande do Sul ao estimular a compra de insumos para a produção de celulose com fornecedores locais Dos mais de 900 colaboradores diretos da companhia 64% são residentes de Guaíba, 23% de cidades próximas e 13% de Porto Alegre. Além disso, entre os mais de 5,6 mil colaboradores indiretos aproximadamente 46% vivem no município. Dos mais de R$ 2,2 bilhões em compras feitos para produzir a celulose, 23% é contratado em Guaíba e 71% no RS.

Por meio do diálogo e da criação de valor compartilhado, a CMPC investe cerca de R$ 30 milhões para colocar em prática o maior programa de investimento social privado do Rio Grande do Sul, com mais de 40 iniciativas com foco na educação, geração de renda e na qualidade de vida, das comunidades vizinhas às suas operações. Juntas, as ações beneficiam diretamente 40 mil pessoas, dentro de 278 comunidades em 62 cidades gaúchas.

Programação

Na quinta-feira, dia 7 de novembro, as atividades iniciam a partir das 18h com uma feira gastronômica do Food Park. Às 19h, os jovens da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA Jovem) farão um show especial junto com Renato Borghetti e os alunos da Fábrica de Gaiteiros. Em seguida, às 20h30, a dupla de música tradicional gaúcha César Oliveira e Rogério Melo, o grande destaque do primeiro dia de festa, sobe no palco. Ainda, em paralelo às atrações, oficinas de vôlei e skate estarão na praça oferecendo aulas de iniciação no esporte até o fim da programação, às 22h.

Já no domingo, dia 10 de novembro, a programação inicia mais cedo, a partir das 13h e conta com atrações até às 20h. Quem abre o palco é a Orquestra e Ballet do PROJARI Guaíba, seguido da apresentação de Dança Hip-Hop organizada pela mesma iniciativa. Às 15h, a Bandinha do Barulho se apresenta com uma formação de jovens e adultos do Centro de Referência de Assistência Social Sementes do Amanhã. O espetáculo circense do Grupo Tholl está marcado para às 16h30 e, quem encerra as atrações do palco, é a atração nacional Melim, às 18h.

O público também poderá participar de várias oficinas durante todo o dia. As aulas de skate e vôlei continuam até às 16h na pista e na quadra da praça. O ponto de cultura móvel Kombina prepara uma oficina com mágica, pintura, dentre outras atividades entre 13h e 16h. Neste mesmo horário, acontece a Oficina de Grafitti com o artista visual Xadalu, valorizando elementos da cultura indígena. O PROJARI Guaíba também organiza uma oficina de artesanato das 13h às 16h30.

As atividades são voltadas para maiores de 7 anos de idade e o atendimento aos alunos ocorre por ordem de chegada. Cada uma dessas atividades tem capacidade para atender entre 40 e 60 pessoas, com instrutores que também são do município.

Serviço: Comemorações dos 10 anos da CMPC no Brasil e 100 anos de história no mundo

Local: Praça da Juventude (Guaíba/RS)

 

Data: 7 de novembro de 2019

18h Início das atividades

18h às 22h Food Park

19h às 22h Aulas de Vôlei

Local: Quadra de areia do Parque da Juventude

19h às 22h Aulas de Skate

Local: Pista de skate do Parque da Juventude

19h OSPA Jovem e Fábrica de Gaiteiros + Renato Borghetti

20h30 César Oliveira e Rogério Melo

 

ThollData: 10 de novembro de 2019

13h Início das atividades

13h às 16h Oficinas de esportes (skate e vôlei)

12h às 16h Projeto Kombina

15h às 16h Oficina de serigrafia com Xadalú

15h30 Bandinha do Barulho

16h30 Espetáculo Tholl

18h Show nacional da banda Melim