Profissionais do Hospital Moinhos de Vento integram livro sobre Segurança do Paciente

Profissionais do Hospital Moinhos de Vento integram livro sobre Segurança do Paciente

Educação Notícias Saúde Trabalho

Um livro escrito em uma linguagem simplificada e direcionada para aqueles que buscam aprofundar o conhecimento com uma abordagem rápida, prática e multiprofissional. Essa é a proposta do Guia Prático para Segurança do Paciente, publicação que tem como uma das organizadoras a dra. Elenara Oliveira Ribas, coordenadora do projeto Saúde em Nossas Mãos, no Hospital Moinhos de Vento e responsável técnica do Projeto Paciente Seguro.

A obra, organizada em parceria com Patrícia dos Santos Bopsin e Débora Monteiro da Silva, foi lançada nesta quarta-feira (3), durante o Congresso Internacional da Rede Brasileira de Enfermagem e Segurança do Paciente (REBRAENSP), na PUCRS.

A superintendente Assistencial Vania Rohsig e a enfermeira Aline Brenner, coordenadora de Qualidade e Segurança do Hospital Moinhos de Vento, assinam o capítulo “Equipes de Alto desempenho e a utilização do programa Comprehensive Unit-based Safety Program – CUSP”, voltado para a cultura da qualidade e segurança na saúde.

Outros importantes especialistas em segurança do paciente estão entre os autores presentes no livro. Do Brasil, Claudia Garcia (HIAE), Ethel Torelly(HSL), Paola Andreolli (HAOC), Semeia Corral (HCOR), Luciana Ue (Ministério da Saúde) e Victor Grabois (Fiocruz), entre outros, integram a obra. Os especialistas internacionais Paulo Souza, Viviana Rodriguez e Ezequiel Elorrio completam o time.

Interessados podem adquirir o livro clicando aqui.

Porto Alegre: Balada Segura autua 530 condutores por álcool ao volante

Porto Alegre: Balada Segura autua 530 condutores por álcool ao volante

Cidade Comportamento Destaque Educação Porto Alegre Saúde Segurança Tecnologia Trabalho

Em 64 blitze da Operação Balada Segura realizadas pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) no primeiro trimestre deste ano, de um total de 4.434 motoristas abordados, 530 condutores (12%) foram autuados em razão de álcool ao volante. As ações tiveram apoio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Brigada Militar (BM), Polícia Civil e Guarda Municipal. O percentual (12%) permanece o mesmo do primeiro semestre de 2018, quando ocorreram 687 autuações por alcoolemia em 5.482 abordagens, em um total de 61 blitze.

As ações da Balada Segura são diárias nas ruas da Capital, como também as atividades educativas da EPTC de orientação à população para um trânsito mais seguro. O diretor-presidente da EPTC, Fabio Berwanger Juliano, avalia os números. “Mesmo com todas as atividades educativas, ações de fiscalização e também as inúmeras campanhas na mídia, ainda é expressivo o número de pessoas que misturam álcool e direção. Elas colocam em risco as suas próprias vidas, dos seus familiares, amigos e também das demais pessoas que respeitam as leis do trânsito. A mudança de cultura, de um maior respeito nas relações do trânsito, com menos riscos de acidentes, é uma missão de toda a sociedade.”

Código de Trânsito Brasileiro (CTB) – Dirigir sob influência de álcool, artigo 165, ou de outra substância psicoativa que determine dependência, é caracterizada uma infração gravíssima, com suspensão do direito de dirigir por 12 meses, multa de R$ 1.950,23. O mesmo vale para quem se recusa a fazer o teste do etilômetro / artigo 165 A.

Turismo & Tecnologia: Canela ganha uma aplicativo inovador. O Guia de Canela desenvolvido por Sandra Pecis, Marina Gil e Ilana Bonder  traz inovações e roteiros personalizados para os cerca de 5 milhões de visitantes da cidade serrana

Turismo & Tecnologia: Canela ganha uma aplicativo inovador. O Guia de Canela desenvolvido por Sandra Pecis, Marina Gil e Ilana Bonder traz inovações e roteiros personalizados para os cerca de 5 milhões de visitantes da cidade serrana

Cidade Crianças Cultura Destaque Direito do Consumidor Economia Negócios Notícias Tecnologia Trabalho Turismo
1445608432
Canela oferece tranquilidade, hospitalidade, compras, opção de lazer, gastronomia, belezas naturais, parques, matas nativas e turismo aventura.

A cidade de Canela ganhou essa semana um aplicativo para smartphones. Desenvolvido pela jornalista Sandra Pecis, pela empresária Marina Gil e pela webdesigner Ilana Bonder para a Prefeitura Municipal da cidade, o Guia de Canela traz uma série de inovações e roteiros personalizados para os visitantes da Serra gaúcha, que em 2018, ultrapassaram a marca de 5 milhões de pessoas. “Quando pensamos no aplicativo, vínhamos de uma constatação: a Internet está cheia de informações desencontradas sobre Canela, que confundem os visitantes. Com tanta informação disponível, no que confiar?”, comenta Sandra Pecis, que apostou em um produto interativo e no conteúdo com sabor local.

A ideia de oferecer gratuitamente um produto inovador contou com a receptividade do secretário de Turismo Ângelo Sanches e do prefeito Constantino Orsolin, que agora vão investir na divulgação do aplicativo, seguros de ter nas mãos um grande diferencial.

A ideia de facilidade de uso foi a base do projeto criado por Ilana Bonder, baseada em Nova York, onde cursa o último semestre do mestrado em Tecnologia e Arte Digital Interativa da New York University. “Criei um modelo de navegação para auxiliar o usuário a descobrir todas as funcionalidades do produto. E como o grande diferencial do aplicativo é a qualidade e o sabor local do conteúdo, o foco foi facilitar esse entendimento e a exploração de cada seção proposta”, explica Ilana. Criadora do tradicional Festival de Bonecos e hoje diretora do jornal Nova Época de Canela, Marina Gil, resume: “O visitante se sentirá como se estivesse acompanhado de um guia local”. Para Marina, o guia é um presente da gestão município para toda a comunidade canelense pois beneficia o turismo e todo o seu entorno.

O aplicativo Guia de Canela é gratuito e pode ser encontrado para download na Google Play para usuários de smartphones Android e na Apple Store para IPhones.

1445608357
Canela oferece tranquilidade, hospitalidade, compras, opção de lazer, gastronomia, belezas naturais, parques, matas nativas e turismo aventura.

 

Técnica desenvolvida por pesquisadores gaúchos é apresentada em Simpósio Internacional de Cirurgia Cardiovascular

Técnica desenvolvida por pesquisadores gaúchos é apresentada em Simpósio Internacional de Cirurgia Cardiovascular

Agenda Comunicação Notícias Saúde Tecnologia Trabalho Vídeo

Arritmia cardíaca bastante frequente e que atinge cerca de 10% da população acima dos 60 anos, a fibrilação atrial pode provocar a formação de coágulos que, ao se deslocarem, causam embolias ou AVC isquêmico. Tratável com medicamentos ou procedimentos pouco invasivos, esse tipo de arritmia pode causar morte ou invalidez, caso não seja diagnosticada e revertida. Entre 1998 e 2004, juntamente com sua equipe de pesquisadores em Porto Alegre, o cirurgião cardíaco Renato Kalil desenvolveu uma técnica simplificada e igualmente eficiente para o tratamento da fibrilação atrial, que deriva de técnicas utilizadas anteriormente e cujos riscos são menores. É justamente essa experiência, já adotada em várias partes do mundo, que o médico gaúcho deve discutir, em comparação com outras técnicas utilizadas para o mesmo fim, em uma mesa redonda coordenada por ele no Simpósio Internacional da American Association for ThoracicSurgery (AATS), que ocorre no próximo dia 4 de abril, em Belo Horizonte. Kalil vai debater o tema da fibrilação atrial com os pesquisadores americanos VinayBadhwar e Joseph Sabik, juntamente com especialistas do Brasil, Austrália e Canadá.

O Simpósio Internacional ocorre como programação paralela do 46º Congresso da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular (SBCCV), a ser realizado nos dias 5 e 6 de abril de 2019, também em Belo Horizonte. Com o tema Inovação, Incorporação e Expansão, o Congresso pretende atualizar e sintonizar os cirurgiões brasileiros com o que há de novo na pesquisa e no desenvolvimento de técnicas inovadoras na cirurgia cardíaca no mundo. O evento também divulga para os médicos de outros países os avanços e descobertas feitos pelos pesquisadores locais. Diretor científico da SBCCV, Kalil participa da organização do evento e coordenará a conferência de abertura, no dia 5 de abril, às 11h.

Clique aqui e veja a entrevista de RENATO KALIL ao programa BAHTCHÊPAPO!

O que: Association for Thoracic Surgery International Symposium
Quando: 4 de abril de 2019
Local: Fundação Dom Cabral – Campus Aloysio Faria – Belo Horizonte, MG
O que: 46º Congresso da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Quando: 5 a 6 de abril de 2019
Local: Fundação Dom Cabral – Alphaville – Belo Horizonte, MG

Porto Alegre: Federasul recebe hoje Paulo Roberto Falcão no Tá na Mesa

Porto Alegre: Federasul recebe hoje Paulo Roberto Falcão no Tá na Mesa

Agenda Cidade Esporte Notícias Trabalho

 

 

A Federação de Entidades Empresariais do Rio Grande do Sul (Federasul) recebe, nestaa quarta-feira (03/04), o ex-jogador, ex-técnico do Sport Club Internacional, Paulo Roberto Falcão – o Rei de Roma. Com uma brilhante carreira no futebol, alcançou seu apogeu quando jogou na Itália, nos anos 80. Ele vem ao palco do Tá Na Mesa para falar sobre sua trajetória, erros e acertos na carreira, e uma de suas maiores paixões: o voluntariado. Falcão é o principal padrinho do Instituto da Criança com Diabetes do RS e entusiasta da Corrida pela Vida, que acontece há mais de 20 anos em Porto Alegre.

 

TÁ NA MESA

PALESTRANTE: Paulo Roberto Falcão – ex-jogador de futebol

TEMA: “A Vitória na Derrota”

QUANDO: quarta-feira, dia 03 de abril de 2019, 12h

ENDEREÇO: Largo Visconde de Cairú, 17, no Centro de Porto Alegre

IEE seleciona 10 negócios para participarem do Start Hub – Conectando Empreendedores

IEE seleciona 10 negócios para participarem do Start Hub – Conectando Empreendedores

Agenda Cidade Destaque Economia Trabalho Vídeo

O Instituto de Estudos Empresariais (IEE) selecionou os dez negócios que irão participar da primeira edição do Start Hub – Conectando Empreendedores. São eles: Portal do Médico, Doc9, Cap Table, Clube do Valor, Pulsus, Vinci Shoes, Eyxo, Todo Cartões, Essent Jus e Arco. A iniciativa é destinada a negócios, startups e scaleups, que buscam mentoria, capacitação e aceleradores para desenvolvimento de projetos. O Start Hub é patrocinado pela Ipiranga; e apoiado pela Amcham Brasil, AnLab, Ciclo Empreendor, Endeavor, Souto Correa Advogados, Tecnopuc e Wow Aceleradora.

“O objetivo foi selecionar empreendedores de alto potencial e proporcionar um momento exclusivo de conexão com agentes do ecossistema local de negócios. Além disto, o intuito foi oferecer uma dinâmica de mentoria com um time extremamente qualificado de profissionais e propiciar um bate papo com um empreendedor de sucesso que já passou pela trajetória que eles estão começando a traçar. A oportunidade de exporem suas iniciativas para todo público do Fórum da Liberdade também é um diferencial”, afirma o diretor de Relações Institucionais e Fórum da Liberdade, Caio Rizk.

O Instituto de Estudos Empresariais foi fundado em Porto Alegre há mais de 30 anos por 20 integrantes. A entidade tem como intuito a formação de jovens lideranças empresariais que se comprometam com um modelo de organização social e política para o Brasil baseado no ideal democrático de liberdades individuais e orientado à defesa e manutenção dos valores da economia de mercado e da livre-iniciativa. Desde 1988 o IEE promove anualmente o Fórum da Liberdade – consagrado nacionalmente e considerado o maior evento liberal da América Latina.

Os vencedores, eleitos por Banca Avaliadora, receberão: mentorias da Wow Aceleradora, da Endeavor Brasil e do Ciclo Empreendedor; vaga na semi-final da Amcham Arena; participação em um encontro do comitê estratégico da Amcham em 2019; dois ingressos para o CEO Forum da Amcham; assinatura premium do Innovation Club da AnLab; horas em assessoria jurídica da Souto Correa Advogados; e divulgação do projeto em Colóquios do Fórum da Liberdade.

*CLIQUE AQUI E CONFIRA A ENTREVISTA DA PRESIDENTE DO IEE, GIOVANA STFANI, NO BAHTCHÊPAPO !!

 

Porto Alegre: Santa Casa realiza  transplante de fígado em criança de 11 meses. Cirurgia é inédita no Rio Grande do Sul

Porto Alegre: Santa Casa realiza transplante de fígado em criança de 11 meses. Cirurgia é inédita no Rio Grande do Sul

Destaque Saúde Trabalho
Cirurgia2
Momento da cirurgia em andamento na Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre
cirurgia3
Foto: Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre

A solidariedade da família de um bebê com menos de 20 dias de vida possibilitou uma nova chance à pequena Laura Ixchel Gomes de Souza, de apenas 11 meses. Graças à doação de órgãos, Laura e sua família agora podem projetar um futuro de saúde e alegrias. Em lista de espera desde setembro do ano passado – quando tinha cinco meses de vida – devido a uma atresia biliar* congênita – uma má formação do fígado, na qual o portador nasce sem os canais da bile, ou seja, ele não consegue excretar a bile e o fígado fica rapidamente com cirrose -, a menina era portadora desta doença desde que nasceu, o transplante de fígado tornou-se a única esperança de cura e, no dia 23 de março (sábado) um órgão compatível com ela – pesando apenas 130 gramas – foi oferecido à Santa Casa pela Central de Transplantes do Rio Grande do Sul. “O caso da Laura estava muito grave e a doença progredindo rapidamente, com a necessidade de transplante atingindo a pontuação máxima. Por isso, quando nos foi oferecido o fígado de um bebê de somente 19 dias, não hesitamos em salvar esta vida”, informa o coordenador do Programa de Transplante Hepático Infantil da Santa Casa Antônio Nocchi Kalil.

O especialista salienta ainda que, no Rio Grande do Sul, este foi o primeiro transplante de fígado com um doador tão pequeno, tanto em relação ao tamanho do órgão, quanto a sua idade. Agora, a pequena Laura encontra-se em recuperação na UTI do Hospital da Criança Santo Antônio, devendo ser transferida para a unidade de internação nos próximos dias. Para Jaqueline Gomes, mãe de Laura, “não existem palavras que possam agradecer o suficiente para esta família que autorizou a doação dos órgãos do seu filho, pois eles salvaram a vida da minha bebê”, cita, emocionada.

A lista de espera por um transplante de fígado pediátrico na Santa Casa conta com, em média, cinco crianças. “Não se trata de uma lista muito grande, pois nossa equipe é capacitada para realizar transplante de fígado intervivos, ou seja, a partir da compatibilidade entre algum familiar e o receptor”, explica Kalil. O hospital é o único fora de São Paulo que realiza este tipo de procedimento de forma continuada, e que amplia as chances de cura de pequenos pacientes com doenças hepáticas, pois, neste caso, não é necessário aguardar por um órgão compatível de doador falecido. “Nosso índice de sucesso em transplantes intervivos é de 90%, entretanto, no caso da Laura não foi possível localizar um familiar compatível, sendo o transplante a partir de doador falecido a sua única chance de vida”, finaliza o especialista.

 

Mais de 100 suspeitos de divulgar pornografia infantil foram presos. Entre os detidos estão policiais e profissionais da saúde

Mais de 100 suspeitos de divulgar pornografia infantil foram presos. Entre os detidos estão policiais e profissionais da saúde

Cidade Crianças Direito Notícias Tecnologia Trabalho
Ao menos 106 suspeitos de cometer crimes de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes na internet já tinham sido presos até as 11h30 de hoje (28), na quarta fase da Operação Luz na Infância. As ações ainda estão em andamento e o número deve mudar ao longo do dia.

Além das detenções, policiais civis dos 26 estados e do Distrito Federal estão cumprindo 266 mandados judiciais de busca e apreensão em endereços ligados aos investigados, em todo o país.

A produção, guarda e disseminação de material digital contendo cenas de pornografia infantil foram identificadas por equipes do Laboratório de Inteligência Cibernética, da recém-criada Secretaria de Operações Integradas, do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

O coordenador do Serviço de Inteligência do Ministério da Justiça, Alessandro Barreto, durante coletiva de imprensa sobre a  Operação Luz da Infância 4.
O coordenador do Serviço de Inteligência do Ministério da Justiça, Alessandro Barreto. Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil

Segundo o coordenador do laboratório, delegado Alesandro Barreto, a maioria dos presos é do sexo masculino, tem entre 19 e 29 anos e vive em estados da Região Sudeste. Os suspeitos pertencem a diferentes classes sociais. Já entre as vítimas, há crianças a partir dos 2 anos de idade.

“São crianças que são abusadas por parentes, por pessoas próximas. Nas operações anteriores, vimos que a parte mais importante deste trabalho é identificar vítimas e tirá-las da situação de abuso e exploração”, disse Barreto, destacando a capacidade das polícias estaduais e Federal de identificarem quem comete crimes cibernéticos.

Internet não é território sem lei

“Há uma impressão de que a internet é um território sem lei, mas as polícias dos estados estão sendo capacitadas para buscar as evidências neste ambiente. E a operação de hoje é uma demonstração de que as polícias estão cada vez mais aptas a identificar os autores de crimes neste ambiente.”

A pena para quem armazena esse tipo de conteúdo varia de um a quatro anos de prisão. Já quem o compartilha pode ser condenado à pena de de três a seis anos de cárcere. A produção de conteúdo relacionado aos crimes de exploração sexual de crianças e adolescentes pode ser punida com quatro a oito anos de detenção. Somadas, as três primeiras fases da Operação Luz na Infância resultaram em mais de 400 prisões e instauração de vários inquéritos.

“Ocorrem verdadeiros absurdos no ambiente online e estamos identificando algumas pessoas que, em tese, são acima de qualquer suspeita, pois não têm antecedentes [criminais], nem nada. Já foram presos policiais, profissionais que tratam com crianças e da área de saúde”, afirmou Barreto.

Mais de 1,5 mil policiais civis participam da nova fase, deflagrada nas primeiras horas da manhã de hoje, em todo o país. Após destacar a dificuldade da coleta de provas capazes de responsabilizar os investigados, o coordenador do Laboratório de Inteligência Cibernética destacou a importância dos pais estarem atentos às atividades dos filhos na internet.

“Nós falamos para nossos filhos não falarem com estranhos na rua. Precisamos ter este mesmo cuidado com o ambiente online. É importante que os responsáveis legais orientem as crianças e denunciem [os casos suspeitos] pelos canais digitais, às delegacias de proteção ou pelo Disque 100 para que as polícias possam identificar esses criminosos”, defendeu o delegado.

Novas ações

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou que operações semelhantes voltarão a ser realizadas.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, fala sobre a  Operação Luz da Infância 4, que cumpre mandados de busca e apreensão contra acusados de crimes de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes na internet.
O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil

“A operação revela os propósitos da criação da Secretaria de Operações Integradas, com todo o poder de coordenação e operações entre as polícias estaduais; entre as polícias estaduais e federais e entre as forças federais”, comentou o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. “Já foram feitas operações semelhantes a esta no passado, mas não com esta envergadura. Certamente, vamos realizar novas ações desta espécie”, acrescentou o ministro.

De acordo com o ministro, as investigações vão continuar e, a partir da análise do material apreendido, será possível identificar a eventual rede de conexões existente entre os investigados e outros internautas.

“Este é um crime muito grave e que nos traz um desgosto por atingir muito fortemente a nossa infância e adolescência”, acrescentou Moro, garantindo que as autoridades não vão tolerar as práticas criminosas.

“É importante realizarmos esta operação cumprindo todos os mandados numa mesma data porque, assim, mandamos um recado claro: este tipo de crime não pode ser tolerado”, afirmou Moro. ( Agência Brasil)

Vizinhança na Calçada : Neste sábado acontece nova edição na Cidade Baixa em Porto Alegre

Vizinhança na Calçada : Neste sábado acontece nova edição na Cidade Baixa em Porto Alegre

Agenda Cidade Cultura Destaque Porto Alegre Trabalho

Encontro da Vizinhança na Calçada ocorre neste sábado, 30 de março, na Rua Olavo Bilac – entre a Lima e Silva e a José do Patrocínio. Com atividades gratuitas, o objetivo é reunir vizinhos para se divertirem e discutirem melhorias para a região, entre às 14h30min e às 19h. A Vizinhança na Calçada faz uma série de ações e parcerias nas áreas da segurança, meio ambiente, adoção responsável de animais, educação, alteração de leis, congregando moradores e empresários dos 19 bairros que compõem a região centro de Porto Alegre. O encontro  é aberto às famílias. O RPMon levará cavalos para as crianças passearem, o Ônibus Brincalhão disponibiliza uma série de jogos e brincadeiras a crianças do zero aos 90 anos, o canil do BOE faz apresentação com os cães adestrados, o que sempre encanta o público.Vizinhança2

Haverá coleta de óleo de cozinha e resíduos eletrônicos, fruto de parceria com o DMLU, além de cuidados com a saúde, como aferição de pressão arterial e medição de glicose. Cãezinhos que esperam uma família participam do evento, que incentiva a adoção responsável. Ás 16h, acontece o agradecimento ao TC Rodrigo Mohr Picon pelo seu trabalho à frente do 9º BPM; e o novo comandante, TC Luciano Moritz será apresentado à comunidade. Há uma série de brindes. Para concorrer ao sorteio, o convidado deve levar um prato de doce ou salgado, colaborando com o piquenique coletivo.

Marchezan Jr. vê oportunidades no terceiro ano de mandato. Na Federasul, ele falou sobre relação com o Simpa, desestatização e reformas estruturantes

Marchezan Jr. vê oportunidades no terceiro ano de mandato. Na Federasul, ele falou sobre relação com o Simpa, desestatização e reformas estruturantes

Cidade Destaque Marchezan Política Porto Alegre prefeitura Trabalho

Na semana de Porto Alegre, quando a Câmara dos Vereadores aprovou a restrição e extinção de gratificações para os servidores públicos da capital, o prefeito Nelson Marchezan Jr., no Tá na Mesa dessa quarta-feira (27), comemorou a ampliação da bancada de apoio no município. Segundo ele, passadas as eleições, pautas verdadeiramente benéficas para Porto Alegre poderão ser melhor discutidas, sem a interferência de interesses pessoais e partidários.

“Esse terceiro ano de mandato traz um panorama de oportunidades para o município. Estamos com a expectativa de aprovar reformas fundamentais, que possibilitarão que o próximo prefeito, no seu primeiro ano no poder, possa fechar as contas de Porto Alegre com saldo positivo”, ressaltou. De acordo com o prefeito, ainda são desafios a redução da máquina pública, a conclusão de obras e a aprovação da reforma da previdência, fundamental, principalmente, pela tendência de envelhecimento da sociedade porto-alegrense.

image006
Simone Leite e Nelson Marchezan Jr. Foto: Rosi Boni

Pegando o gancho da previdência nacional, Marchezan aproveitou para dizer que “também no município pagamos hoje mais servidores inativos do que ativos”. Por causa disso, reforçou a importância de se discutir, enquanto comunidade, as soluções para o futuro da cidade. Disse estar aberto ao diálogo, principalmente com sindicatos e organizações, mas confessou que com o Sindicato dos Municipários (Simpa) o tom já é diferente. “Fizemos 23 reuniões com o Simpa em 2017. Acredito que mais diálogo do que isso, principalmente depois da invasão e da depredação de patrimônio público que eles promoveram, não é possível. Não há mais contato”, finalizou.

Quanto à importância da desestatização de empresas públicas, Marchezan reforçou sua opinião. Segundo ele, a Carris, por exemplo, foi profissionalizada e deverá passar por uma consultoria para definir seu futuro. “Não haverá privatização de empresas, porque não estamos vendendo nada, o que propomos é uma desestatização, uma contratualização em diferentes áreas para impulsionar o desenvolvimento do município”, complementou.

Além desses assuntos, o prefeito ainda apresentou perspectivas e resultados para segurança, saúde e educação.

Segurança

Ao ressaltar que 850 mil placas são monitoradas por dia em Porto Alegre, o prefeito garantiu dedicação na busca de soluções para o município. Entre as possibilidades que estão sendo testadas é o uso de identificação facial. “Estamos integrando dados e usando a inteligência a nosso favor”, reforçou.

Saúde

Entre as vitórias do governo, a ampliação de leitos SUS, que ultrapassam a quantidade disponível em Florianópolis, São Paulo e também em Curitiba, além dos mais de 3 mil atendimentos por mês em cada unidade de saúde entre às 17h e às 22h.

Educação

Os grandes destaques foram para o aumento em 30% do tempo a mais do professor com o aluno em sala de aula e o aumento, entre 130 e 200%, do repasse trimestral para despesas das escolas da rede.

No mesmo tom de pauta positiva, a presidente da Federasul, Simone Leite, reforçou que é fundamental o fomento do desenvolvimento econômico para transformar Porto Alegre. “Esperamos que sejam aprovadas essas reformas e que seus resultados positivos reflitam na melhoria da sociedade”, finalizou.