Morre o humorista Paulo Silvino, aos 78 anos, no Rio; do G1

Morre o humorista Paulo Silvino, aos 78 anos, no Rio; do G1

Cultura Destaque Vídeo

Morreu, na manhã desta quinta-feira (17), aos 78 anos, o ator Paulo Silvino, que lutava contra um câncer no estômago. Segundo a Central Globo de Comunicação, o humorista morreu em casa, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, no início da manhã. Em redes sociais, o filho mais novo do ator, João Paulo Silvino, lamentou a morte do pai. “Que Deus te receba de braços abertos meu pai amado”.

“Ser comediante nasceu por acaso. Talvez seja pela minha desfaçatez, porque eu nunca tive inibição de máquina. Tenho tranquilidade com a câmera e tive vantagem em televisão por isso. O riso dos cinegrafistas é o meu termômetro”. Paulo Silvino.

Segundo a família, Silvino chegou a ser submetido a uma cirurgia no ano passado, mas o câncer se espalhou e a opção da família foi que ele fizesse o tratamento em casa. O artista estreou na TV Globo em 1966, apresentando o Canal 0, programa humorístico que satirizava a programação das emissoras de TV.

Paulo Ricardo Campos Silvino cresceu nas coxias do teatro e nos bastidores da rádio. Isso porque seu pai, o comediante Silvério Silvino Neto, conhecido por realizar paródias de figuras públicas no Brasil dos anos 1940 e 1950, levava o menino para acompanhar seu trabalho. Paulo Silvino também mostrava talento para a música, revelado durante as aulas que tinha com a mãe, a pianista e professora Noêmia Campos Silvino. A reportagem completa está no G1.

VEJA AINDA: Paulo SIlvino fala sobre acidente de seu filho Flávio e como se tornou comediante

Porto Alegre: Rodrigo Y Gabriela abrem show de John Mayer. Esta será a segunda passagem da dupla pelo país, e a primeira pela capital gaúcha

Porto Alegre: Rodrigo Y Gabriela abrem show de John Mayer. Esta será a segunda passagem da dupla pelo país, e a primeira pela capital gaúcha

Agenda Cidade Cultura Destaque Porto Alegre Turismo Vídeo

Os shows da turnê The Search for Everything, de John Mayer, chegam ao Brasil em outubro com convidados especiais: a dupla mexicana de rock acústico Rodrigo y Gabriela. O dueto reconhecido internacionalmente vem ao Brasil pela segunda vez, após apresentações no Rio e em São Paulo, em 2016, e fará sua primeira apresentação em Porto Alegre na abertura do show do cantor norte-americano no Anfiteatro Beira-Rio, dia 24 de outubro.

Com quatro álbuns de estúdio lançados, Rodrigo y Gabriela se consagraram como uma das bandas instrumentais acústicas mais populares em todo o mundo. Eles já acumulam 1,5 milhão de álbuns vendidos ao redor do mundo e tiveram inúmeros shows com entradas esgotadas em lugares como o Royal Albert Hall, em Londres, o Hollywood Bowl, em Los Angeles, e o Le Zenith, em Paris. Em 2010, Rodrigo y Gabriela tocaram na Casa Branca, em Washington, para o Presidente Obama. Seu trabalho inclui a trilha sonora de filmes como “Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas” e “Gato de Botas”.

Além de passar pela capital gaúcha, a turnê The Search for Everything de John Mayer visita São Paulo, no Allianz Parque, dia 18 de outubro; Belo Horizonte, na Esplanada do Mineirão, dia 20 de outubro; Curitiba, na Pedreira Paulo Leminski, dia 22 de outubro; e Rio de Janeiro, na Jeunesse Arena, dia 27 de outubro.

Os ingressos para a apresentação em Porto Alegre estão à venda no site www.livepass.com.br e também na loja Livepass do Shopping Moinhos de Vento. Além da abertura de Rodrigo y Gabriela, a noite também terá show de uma atração local que será divulgada em breve.

A passagem de John Mayer pela Capital é uma realização e produção da Move Concerts, Live Nation e BMOOV.

 

The Search for Everything World Tour é a terceira grande turnê mundial de John Mayer depois do lançamento do álbum homônimo no início deste ano, seu sétimo álbum de estúdio, iniciada em 31 de março em Albany, Estados Unidos.  Ao chegar ao Brasil em outubro, Mayer terá se apresentado em mais de 55  arenas e anfiteatros na América do Norte e Europa.

Cantor, compositor e produtor musical, nascido em 16 de outubro de 1977 em Bridgeport,  Connecticut, John Clayton Mayer é um dos mais instigantes e talentosos artistas de sua geração. Estudou na Berklee College of Music antes de se mudar para Atlanta, Geórgia, em 1997. Seus dois primeiros álbuns de estúdio, Room for Squares e Heavier Things, obtiveram enorme sucesso comercial, atingindo multi-platina nos E.U.A. Em 2003, ele ganhou o prêmio de “Melhor Performance Vocal Pop Masculina” no Grammy Awards para Your Body Is A Wonderland.

Mayer começou sua carreira tocando rock, principalmente acústico, mas, aos poucos, começou uma transição paa o blues em 2005, colaborando com artistas de renome como B.B. King, Buddy Guy e Eric Clapton, e acabou por formar o John Mayer Trio. A influência do blues pode ser ouvido em seu álbum Continuum, lançado em setembro de 2006. No 49th Annual Grammy Awards, em 2007, Mayer ganhou o prêmio de Melhor Álbum Pop Vocal para Continuum e Melhor Performance Vocal Pop Masculina por Waiting On The World To Change. Esse álbum foi seguido por Battle Studies em 2009, um retorno ao universo pop.

Em 2010 Mayer começou a trabalhar em um álbum de acompanhamento, chamado Born and Raised, que se inspiraria na música pop dos anos 70 de Laurel Canyon. No entanto, a descoberta de um granuloma em suas cordas vocais atrasou a liberação do álbum até maio de 2012 e, finalmente, forçou-o a cancelar a turnê planejada. Mesmo assim, o álbum teve uma recepção favorável, embora tenha sido menos bem sucedido comercialmente do que seu trabalho anterior. Depois de extensos tratamentos para seus problemas vocais – e um hiato de dois anos – Mayer começou a se apresentar como cantor novamente em janeiro de 2013, e nesse ano lançou o álbum Paradise Valley, com influências da música country. Em 2014, ele havia vendido um total de mais de 20 milhões de álbuns em todo o mundo.

Depois de desenvolver um interesse no Grateful Dead e se conectar com Bob Weir, Mayer formou o Dead & Company com três músicos do ex-Grateful Dead,  com quem fez duas turnês bem recebidos no outono de 2015 e no verão de 2016.

Como resultado de sua turnê com Dead and Company, Mayer adiou trabalhar em seu próximo álbum de estúdio até janeiro de 2016, com planos de terminá-lo até o final daquele ano. Em 17 de novembro de 2016, Mayer lançou Love on the Weekend como o primeiro single de seu EP The Search for Everything: Wave One, lançado em 20 de janeiro de 2017.  Um segundo EP, The Search for Everything: Wave Two, foi lançado em 24 de fevereiro de 2017, antes do lançamento do álbum em abril.

 

 

SERVIÇO

JOHN MAYER COM A TURNÊ THE SEARCH FOR EVERYTHING

Dia 24 de outubro

Terça-feira, às 21h

Anfiteatro Beira-Rio (Av. Padre Cacique, 891 – Praia de Belas – Porto Alegre/RS)

 

INGRESSOS

Setor Inteira Meia-entrada
Cadeira Superior R$230,00 R$115,00
Pista Premium BudZone R$400,00 R$200,00
Cadeira Inferior R$420,00 R$210,00
Tribunas R$520,00 R$260,00
Lounge* – ESGOTADO R$700,00 R$450,00

 

*O setor Lounge inclui serviço de open bar com cerveja, água, refrigerante e finger foods.

 

mapajohnmayerpoa

 

PONTOS DE VENDA

– Vendas online (com taxa de conveniência): www.livepass.com.br

Formas de pagamento: com cartões de crédito Visa, Mastercard, Elo, Amex e Diners.

– Loja Livepass no Shopping Moinhos de Vento (Rua Olavo Barreto Viana, 36 – Bairro Moinhos de Vento – Porto Alegre). Funcionamento: de segunda a sábado, das 10h às 22h, e em domingos e feriados, das 14h às 20h.

Formas de pagamento: cartões de crédito Visa, Mastercard, Elo, Amex e Diners, cartões de débito e dinheiro.

 

– É permitida a compra de até 6 ingressos por CPF

 

BENEFÍCIOS EXCLUSIVOS PARA CLIENTES BANCO DO BRASIL COM CARTÃO OUROCARD

  • Desconto de 50% (não cumulativo)*  limitado a 10% capacidade por setor e até 4 ingressos por cliente**, inclusive para resgates de ingressos na plataforma Livelo (já esgotado).
  • Parcelamento exclusivo
    – Elo e Visa: 4 vezes sem juros
    – Mastercard e Amex:  3 vezes durante a pré-venda
    – Mastercard e Amex: 2 vezes durante a venda
  • 50% de desconto na troca de pontos por ingressos em Livelo*

* O desconto de 50% para compra com Ourocard na função crédito não é cumulativo com o desconto de 50% para troca de pontos Livelo por ingressos, e vice versa.

 

 

Estado projeta dois novos presídios por meio de permuta em Porto Alegre e Bento Gonçalves. Nesta terça, novo Centro de Triagem de presos foi inaugurado com 96 vagas; por Daiane Vivatti/Rádio Guaíba

Estado projeta dois novos presídios por meio de permuta em Porto Alegre e Bento Gonçalves. Nesta terça, novo Centro de Triagem de presos foi inaugurado com 96 vagas; por Daiane Vivatti/Rádio Guaíba

Destaque Segurança Vídeo
 Dois novos presídios vão começar a ser construídos até o fim do ano no Rio Grande do Sul: um ao lado da Cadeia Pública de Porto Alegre (antigo Presídio Central) e outro no município de Bento Gonçalves, na Serra. Cada unidade prisional vai contar com 400 vagas, informou hoje a Secretaria de Segurança Pública.

A nova penitenciária em Porto Alegre vai ser construída a partir de permuta com a Companhia Zaffari, aprovada em setembro de 2016 pela Assembleia Legislativa, em troca da área da sede da extinta Fundação para Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH), localizada no bairro Praia de Belas, na Capital. A planta do terreno foi entregue à empresa nesta terça-feira e o prazo de conclusão da edificação é para 240 dias.

“Serão entorno de 400 vagas e a nossa expectativa é que em 11 meses a obra esteja concluída. Isso é o começo das mudanças no Presídio Central. Também ao lado vamos construir um novo centro de triagem com 112 novas vagas. Não se faz segurança pública sem ter um sistema prisional adequado. Isto é, número de vagas compatível com a necessidade. Uma das causas de todo esse quadro doloroso da insegurança que vivemos é um sistema prisional caótico. Vamos enfrentar também por esse lado”, destacou o secretário de Segurança, Cézar Schirmer.

A obra em Bento Gonçalves também envolve permuta e o governo estuda duas alternativas: lançar um edital para encontrar empresas interessadas em fazer a construção em troca de imóveis ou contratar a empresa Verdi, que detém exclusividade para realizar edificações em monobloco e permite inexigibilidade de licitação – também entregando imóveis como contrapartida.

O terreno para a obra foi doado pela prefeitura. Conforme o secretário adjunto da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP-RS), coronel Everton Oltramari, neste momento está sendo feito um estudo com a Procuradoria Geral do Estado (PGE) para definir o modelo de construção e a previsão é de que um contrato seja assinado até o dia 15 de setembro.

O anúncio foi feito pelo governo, nesta terça-feira, durante a inauguração de um novo centro de triagem (CT) para presos. Segundo o secretário de Segurança, Cézar Schirmer, a instalação é mais uma de uma série de projetos que visa aumentar o número de vagas para presos no Estado.

“Estamos inaugurando um novo centro de triagem com 96 vagas. Construído em 19 dias. Uma obra não só feita com muita rapidez, mas com muita solidez e segurança dentro do Presídio Central”, afirmou o secretário. A obra do prédio começou em 18 de julho. Um novo centro de triagem, com 112 vagas, vai começar a ser construído no mesmo terreno com previsão de entrega para entre 40 e 60 dias.

Os presos que eram custodiados no alojamento do Instituto Penal Pio Buck foram transferidos para o novo CT no início da tarde. A previsão da Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe) é fazer a desativação total do prédio, onde vai ser implementado outro projeto, já que o espaço não é adequado para manter apenados de regime fechado, conforme a superintendente Marli Ane Stock.

 

 

 

Ex-presidente do Inter é punido pela Comissão de Ética do Clube por agressão a jornalista

Ex-presidente do Inter é punido pela Comissão de Ética do Clube por agressão a jornalista

Comunicação Destaque Direito Esporte Vídeo

A Comissão de Ética do S. C. Internacional decidiu, por unanimidade, na noite desta segunda-feira, 14 de agosto, punir o ex-presidente Fernando Miranda pela agressão ao jornalista Julio Ribeiro, ocorrida em 12 de dezembro, durante um programa de televisão, em Porto Alegre. A pena imposta pela Comissão é de suspensão de 8 meses de seus direitos como sócio e conselheiro do Clube. Neste período, ele que é membro nato do Conselho Deliberativo, por ser ex-presidente, não poderá participar de nenhuma reunião do Clube e não poderá fazer check-in em jogos do Internacional.

A punição começa a contar em 30 dias, caso não haja recurso ao Conselho Deliberativo. O jornalista Julio Ribeiro foi representado, nesta ação interna no Internacional, pelos advogados Charles Tizato e Tito Montenegro Barbosa Jr., que também o representam em ação cível por reparação de danos morais, que tramita na Justiça gaúcha. Para o jornalista, a pena imposta ao ex-presidente foi branda, uma vez que foi pedida a sua exclusão do quadro de sócios do Internacional, “mas, pelo menos, não deixa passar em branco uma agressão gratuita de um ex-dirigente do clube, contra um profissional de imprensa”. Segundo Julio Ribeiro, a imagem do clube foi prejudicada pelo ato do ex-presidente, uma vez que o ocorrido foi notícia em todo o mundo e os vídeos que mostram a agressão já tiveram mais de um milhão de visualizações no Youtube. Julio Ribeiro processa Miranda na justiça comum, não há previsão de sentença.

 

Carlos Araújo morre aos 79 anos em Porto Alegre. Na minha última entrevista com ele falamos sobre denúncias da imprensa, economia, governo Dilma…

Carlos Araújo morre aos 79 anos em Porto Alegre. Na minha última entrevista com ele falamos sobre denúncias da imprensa, economia, governo Dilma…

Destaque Entrevistas Vídeo

O ex-marido de Dilma Rousseff, o advogado e ex-deputado estadual Carlos Franklin Paixão de Araújo morreu aos 79 anos, na madrugada deste sábado, no Complexo da Santa Casa, em Porto Alegre. Ele havia sido internado no último dia 25 de julho com quadro de cirrose medicamentosa. Durante o tratamento, Dilma realizou algumas visitas ao ex-marido. A ex-presidente estava no Rio de Janeiro participando de um evento na Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e está retornando para Porto Alegre.

Carlos Araújo era político histórico do PDT, partido do qual se afastou no ano de 2000, junto com Dilma e outros correligionários. Ele retornou à sigla em 2013, partido que ajudou a fundar com o ex-governador do Rio Grande do Sul e do Rio de Janeiro, Leonel Brizola.

Ex-guerrilheiro, Araújo é reconhecido como um defensor das ideias de esquerda e do trabalhismo. Durante a gestão de Dilma Rousseff na presidência e mesmo após o impeachment, foi uma das pessoas mais próximas da petista.

Ainda não há informações sobre os atos fúnebres. O presidente regional do PDT, Pompeo de Mattos, disse em entrevista para a Rádio Guaíba que gostaria que velório ocorresse na Assembleia Legislativa. “É um dia triste, que vai marcar de forma muito profunda na memória de quem tinha relações com Carlos Araújo”, destacou.

“(Araújo) era uma referência. Foi nosso candidato a prefeito em 1992. Um ativista, homem de articulação muito profunda, de conhecimento político muito relevante. Colocou em risco a sua próporia vida para lutar contra a ditadura militar, ao lado da Dilma Rousseff”, lembrou Pompeo de Mattos. “Tinha um convívio muito grande com o (ex-governador Leonel) Brizola. Brizola o ouvia e o respeitava”.

 

 

Abaixo minha última entrevista com Carlos Araújo…

Fiz centenas de entrevistas com ele, especialmente no período que foi deputado estadual. De todas, sinto que não tenho arquivado a entrevista que ele concedeu, pós derrota eleitoral em 1992, na garagem da casa dele. Naquele dia ele se emocionou e falou sobre a trajetória política antes, durante e depois da ditadura. Da luta armada, das prisões (o tempo que ficou Ilha do Presídio), a abertura, a eleição para deputado, as duas derrotas para prefeitura de Porto Alegre…

 

 

Felipe Vieira com informações do Correio do Povo)

Expointer: governo gaúcho demonstra cautela e projeta vendas semelhantes às do ano passado

Expointer: governo gaúcho demonstra cautela e projeta vendas semelhantes às do ano passado

Agronegócio Economia Negócios Notícias Vídeo

O governo gaúcho lançou hoje a 40ª edição da Expointer com discurso cauteloso em relação à projeção de vendas durante a feira, que abre no fim do mês. De acordo com o governador José Ivo Sartori, se o evento for semelhante ao do ano passado, o resultado deve ser considerado positivo pelo Piratini. “Se nós tivermos uma Expointer idêntica à de 2016, nós teremos um bom e grande resultado”, ressalta o líder do executivo gaúcho. Na edição anterior da feira, o volume de negócios foi de R$ 1,9 bilhão.

O secretário de Agricultura, Pecuária e Irrigação, Ernani Polo, destacou que, no momento, os agricultores vivem uma dupla realidade, de boas colheitas e preço ruim. “Nós tivemos uma boa safra, uma boa produção, mas uma frustração de renda ao produtor. Nem sempre uma grande produtividade é sinônimo de rentabilidade e é exatamente o que está acontecendo esse ano, de uma forma geral, em diversas culturas. Nós crescemos uns 15% em produtividade e produção, no entanto os preços estão 30, 40, 50%, no caso do milho, mais baixos que no ano passado”, explica. Por isso, a estimativa de um volume de vendas próximo a R$ 2 bilhões, já que se espera maior cautela dos produtores.

No total, serão cerca de 200 expositores de agricultura familiar e cooperativas, mais de 280 eventos paralelos e mais de 3 mil animais inscritos para a feira. De acordo com o governo, o Ministro da Agricultura, Blairo Maggi, vai participar da abertura da Expointer.

A feira abre em 26 de agosto e encerra em 3 de setembro, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, ba região Metropolitana. A cerimônia de lançamento do evento foi realizada na manhã desta quinta, no Theatro São Pedro, com destaque para a edição comemorativa de 40 anos da Expointer. (Daiane Vivatti/Rádio Guaíba)

Porto Alegre: Expoagas 2017 vai movimentar R$ 497 milhões em negócios. Feira acontece de 22 a 24 de agosto, no Centro de Eventos Fiergs

Porto Alegre: Expoagas 2017 vai movimentar R$ 497 milhões em negócios. Feira acontece de 22 a 24 de agosto, no Centro de Eventos Fiergs

Agenda Cidade Destaque Entrevistas Negócios Poder Política Porto Alegre Sartori Tecnologia Vídeo

 

 

 

Projetada para receber varejistas dos mais diferentes portes e de diversos segmentos da economia, a 36ª Convenção Gaúcha de Supermercados – Expoagas 2017 irá congregar 44 mil pessoas ligadas ao varejo, ao setor atacadista, ao segmento produtivo e à indústria no Centro de Eventos Fiergs, em Porto Alegre, entre os dias 22 e 24 de agosto, para a maior feira do setor no Cone Sul. A exposição e o ciclo de palestras, oficinas práticas e visitas técnicas vão oportunizar networking, novas parcerias, qualificação e negócios para toda a cadeia do abastecimento, em um evento cada vez mais voltado para a concretização de negócios: realizadora da Expoagas 2017, a Associação Gaúcha de Supermercados projeta a movimentação de R$ 497 milhões em transações entre visitantes e os 347 expositores somente nos três dias de feira, volume 6% superior ao da edição passada. Tradicional termômetro de vendas para o setor supermercadista gaúcho, o encontro vai oportunizar aos expositores o lançamento de pelo menos 800 novos produtos, equipamentos e serviços que chegarão ao alcance dos consumidores cerca de 15 dias após o encerramento da feira.

Presidente da Agas, o supermercadista Antônio Cesa Longo aposta na qualificação e na diversificação do público visitante para alavancar o crescimento dos negócios desta edição. Segundo ele, a Associação desenvolveu um trabalho de prospecção de novas empresas varejistas para conhecerem a feira, ampliando cada vez mais o leque de setores impactados pela Expoagas – neste ano, as inscrições realizadas até 18 de agosto mais uma vez são gratuitas para supermercadistas e para representantes de padarias, farmácias, bares, restaurantes, lojas de conveniência, açougues, bazares, lojas de 1,99, petshops e hotéis. Os valores para visitantes de outros setores vão variar de R$ 30,00 a R$ 150,00 para os três dias de evento. “Queremos desmistificar a ideia de que a feira é para grandes empresas. O pequeno comerciante que visitar a Expoagas 2017 certamente sairá melhor e mais preparado para os desafios do mercado, seja pelo ciclo de palestras proporcionado no evento ou pelas parcerias comerciais que estarão à disposição na feira”, projeta Longo.

Longo
Antônio Cesa Longo, presidente da AGAS

Participação de gaúchos entre os expositores caiu – Realizada há 17 anos consecutivos no Centro de Eventos Fiergs, a Expoagas 2017 mais uma vez contará com pequenos espaços de 4m² e de 9m², com valores reduzidos, para que pequenos expositores participem. “A feira estava praticamente 100% comercializada há um ano, o que nos deu a tranquilidade de cuidarmos dos detalhes e da programação”, explica o presidente da Agas. Majoritária, a participação de empresas gaúchas entre os 347 expositores é de 72% neste ano, enquanto em 2016 era de 76%. “É um dado que nos preocupa, já que queremos alavancar o crescimento da indústria regional. O varejo só terá um crescimento consistente e sustentável se a indústria e os demais setores também crescerem no mesmo ritmo. Uma economia só é forte se sua indústria for pujante, e por isso fazemos questão de realizar a Expoagas no Centro de Eventos Fiergs, justamente a casa da indústria gaúcha”, sublinha o dirigente. Além de empresas gaúchas, os estandes serão formados por companhias paulistas, catarinenses, pernambucanas, paranaenses, goianas, cearenses e argentinas.

Entre as 347 empresas expositoras, 81,9% já participaram de outras edições da Expoagas. O presidente da Associação comemora, entretanto, uma renovação de 18,1% nos expositores, que estarão estreando no evento nesta edição. “É importante oportunizarmos a cada vez mais empresas este grande palco de negócios e de novas parcerias, já que teremos varejistas de 25 estados da Federação visitando a feira”, lembra Longo. Reflexos das mudanças do setor, dois novos segmentos ganham destaque e aparecem pela primeira vez entre os estandes: em 2017, estrearão na Expoagas expositores dos ramos de eficiência energética e de engenharia. “A feira é um grande espelho das necessidades do setor varejista, cada vez mais atento aos custos e à minimização de desperdícios, sem abrir mão de reformas e inaugurações”, observa Longo. Também ganham destaque entre os expositores as empresas com soluções em segurança, prestadoras de sérvios administrativos e indústrias que apostam em linhas de alimentos com apelo saudável, garantindo aos consumidores a preocupação com sua qualidade de vida e bem-estar.

Na área da tecnologia e equipamentos, softwares que garantem a segurança da gestão e robôs que podem auxiliar no atendimento das lojas estarão novamente em destaque. Empresas fornecedoras de alimentos, materiais de higiene e limpeza, beleza, bebidas e equipamentos seguem, entretanto, sendo majoritárias entre os estandes da Expoagas 2017.

Para fomentar a participação de varejistas do Interior do Estado, a Agas está subsidiando 50% dos custos de viagem para caravanas que contemplarem pelo menos três empresas varejistas. “São 90 núcleos regionais que alugam um ônibus e vêm à feira dos mais diferentes pontos do Estado”, explica o presidente da entidade.

Carro será sorteado entre os compradores – Para estimular que os negócios sejam concretizados durante os três dias da Expoagas 2017, a Agas sorteará seis notebooks e um automóvel HB20 zero quilômetro entre os visitantes que efetuarem pelo menos R$ 1 mil em compras junto aos expositores. “Muitas negociações são levantadas na feira e concluídas posteriormente. Os sorteios são incentivos para que o fechamento das transações ocorra já durante o evento”, justifica Longo.

Prêmio aos estandes mais destacados é uma das novidades – Em uma iniciativa inédita na história do evento, a Agas concretizou uma parceria com a Popai Brasil para premiar os expositores que mais criarem diferenciais para atrair os visitantes durante os três dias da Expoagas 2017. Serão agraciados os três melhores estandes nas categorias Melhor design de estande, Melhor ação promocional e Melhor exposição de produtos, subdivididos nas classificações Médio Porte (até 50 m²) e Grande Porte (mais de 50 m²). Para a avaliação dos destaques, cada participante terá seu estande visitado por uma comissão de jurados no primeiro dia da Expoagas. Este comitê julgador deverá atribuir, baseado nos critérios referidos e nas categorias escolhidas, notas de zero a dez. A somatória das notas dará a pontuação final do participante e determinará a sua classificação e premiação. No segundo dia da Expoagas, os estandes mais bem classificados serão marcados como finalistas e receberão a informação sobre a divulgação da premiação, que será entregue às 20h30 do dia 24 de agosto, após o sorteio do automóvel entre os compradores do evento.

 

Inscrições:

Até 18 de agosto em www.agas.com.br

Varejista – Gratuito

Fornecedor Sócio Agas – R$ 30,00

Fornecedor não sócio Agas/ Visitante – R$ 150,00

 

Após 18 de Agosto – Na secretaria do evento

Varejista sócio Agas – R$ 30,00

Varejista não sócio Agas – R$ 80,00

Fornecedor sócio Agas – R$ 50,00

Fornecedor não sócio Agas/ Visitante – R$ 150,00

Atingido por ovo em Salvador, Doria faz discurso exaltado contra esquerda

Atingido por ovo em Salvador, Doria faz discurso exaltado contra esquerda

Notícias Poder Política Vídeo

Antes do evento, o tucano se reuniu com o prefeito ACM Neto (DEM) na Prefeitura de Salvador. Depois, atravessaram a rua até a Câmara de Vereadores, localizada no centro histórico da capital, quando foram alvos do ataque.

Os seguranças da prefeitura sabiam que haveria um protesto com ovos e prepararam guarda-chuvas para evitar a alvejada. Porém tanto Doria como Neto foram atingidos.

Depois de se limpar, Doria repudiou o ato, que classificou de “intolerância do PT e dos partidos de esquerda”. A reportagem completa está na Folha de São Paulo.

 

Eleições 2018: Mateus Bandeira para governador e Feijó para o Senado? Ex vice-governador assina ficha no Partido NOVO

Eleições 2018: Mateus Bandeira para governador e Feijó para o Senado? Ex vice-governador assina ficha no Partido NOVO

Destaque Entrevistas Poder Política Vídeo

Em ato realizado nesta sexta-feira, 4, no restaurante da Federasul, em Porto Alegre, o Partido Novo recebeu novos filiados da Capital, Pelotas e Taquara.  Entre as lideranças que formalizam seu ingresso na sigla, Mateus Bandeira, pré-candidato do partido ao Palácio Piratini, em 2018. Mateus tem uma trajetória bem-sucedida no setor público (presidente do Banrisul, Secretário Estadual de Planejamento  e Gestão e com importantes passagens no Ministério da Fazenda) e privado (presidente da Falconi Consultores nos últimos seis anos),

Mateus Bandeira tem se dedicado a difundir e fortalecer o projeto do Novo, que defende o princípio da igualdade, liberdades individuais com responsabilidade, livre mercado e o indivíduo como agente de mudanças. Coloca-se, ainda, contra o Fundo Partidário, exige ficha limpa de seus candidatos e veta que os filiados eleitos para cargos legislativos concorram a mais de uma reeleição consecutiva, entre outros preceitos inovadores e diferenciados da “política tradicional”. Confira algumas das ideias do candidato na entrevista que concedeu a Rádio Guaíba.

Entre os novos filiados do Partido NOVO, surpreendeu a presença do ex vice-governador do Rio Grande do Sul, Paulo Afonso Feijó. Segundo ele, sem intenção de concorrer em 2018, mas como a sigla pretende montar uma chapa “puro-sangue”, se cogitou no evento a possibilidade dele em concorrer ao Senado. É bom lembrar que antes de fazer dobradinha com Yeda Crusius, Paulo Afonso era candidato ao Senado pelo DEM, em 2006.

Quem também circulou pelo evento foi o vereador e secretário municipal, Ricardo Gomes, hoje filiado ao PP. Gomes e o deputado Marcel Van Hatten já foram convidados para integrar o NOVO e podem se transferir na próxima janela eleitoral.

Nas próximas semanas, o Novo prossegue com filiações de lideranças e com a formação de núcleos em Porto Alegre e nas principais cidades do Interior do Estado.  Ele e o deputado estadual, Marcelo Van Hattem, também do PP são  pretendidos pelo NOVO. A transferência se daria na próxima janela permitida pela legislação eleitoral. Gomes, negou a especulação e disse que estava ali para cumprimentar amigos que estavam ingressando na vida partidária.

Foram filiados ao Novo

Ademir Piccoli – Empresário e consultor de TI, ex-presidente da Procergs

Adriana Salvadori Zaca

Alexandre Martins – Professor universitário e empresário

André dos Santos Oliveira – Empresário do setor de TI

Angelo Tedesco Muratore – Empresário, sócio da Sá Pierpar

Bruno Miragem – professor da Faculdade de Direito da UFRGS, advogado e consultor jurídico, ex-procurador-geral do município de Porto Alegre

Bruno Otávio dos Santos – Empresário, sócio da Fertilizantes Piratini

Carmen Barth Cláudio Goldsztein – Empresário, sócio das empresas Goldstein

César Mendes – analista de sistemas e consultor, ex-secretário de Gestão da Prefeitura de Pelotas

Cristiano Martins – Empresário, sócio da Egali Intercâmbio

Cristiano Krause – Educador físico

Daniel Rigon – Administrador e consultor de Gestão

Evandro Karpss – Empresário

Eduardo Baltar – CEO Makena Máquinas

Eurico Tatsch Nunes -Dirigente de empresa

Fernando Carravetta – Advogado

Felipe Beck – Administrador e empresário, sócio da Fiatesi

Fernando Conrado – Fotógrafo profissional

Gabriel Gil – Empresário, sócio e diretor da Qualicoco

Guilherme Foletto  – Médico

João Verner Juenemann – Consultor de Administração de Empresas

José Adil Albrecht – Engenheiro Eletricista

Lívia Wurth

Leandro Santos – Empresário da construção civil

Luís Antônio Nasi – Superintendente Médico do Hospital Moinhos de Vento

Micael Schneider

Marcelo Gazen – Advogado e consultor Jurídico

Marisa Maia

Marco Antonio Foletto

Milene Blessmann

Oduvaldo Dornelles Pinto – Ex-auditor da Receita Estadual do RS (aposentado)

Rael Colpo Mairesse

Reginaldo Back – Empresário e consultor de TI

Richard Gerdau Johannpeter – Empresário e conselheiro do Grupo Gerdau

Sonia Szabo

Vanessa Oliveria – Publicitária

Walmir Bandeira – Empresário da construção civil

 

Livros: Alexandra Lopes da Cunha lança “Demorei a gostar da Elis”, seu primeiro romance dia 15 de agosto

Livros: Alexandra Lopes da Cunha lança “Demorei a gostar da Elis”, seu primeiro romance dia 15 de agosto

Agenda Cidade Cultura Destaque Feira do Livro Porto Alegre Vídeo

Libertad e Brasil se conheciam, mas não lembravam disso. Fatos da vida, se reencontraram décadas depois numa situação que não era das melhores. Conversa vai conversa vem, descobriram que tinham muitas coisas em comum. Ou não. Fim. Podia se esse o resumo do livro “Demorei a gostar da Elis”, trabalho de estreia de Alexandra Lopes da Cunha no arriscado mundo dos romances – a autora já tem em seu currículo dois livros de contos e um de poesias – mas não é. A obra, recheada de referências dos anos 80 – quem não lembra da guaraná frisante Polar e do cyborg? – faz a felicidade dos saudosistas ao pontuar cada abertura de capítulo com trechos de músicas. Belchior, Blitz, The Smiths, Pixies, David Bowie e até Guilherme Arantes situam o leitor numa Porto Alegre de hoje, mas com várias passadas pelas décadas de 70 e 80. O lançamento e sessão de autógrafos ocorre no dia 15 de agosto, a partir das 19h, no Odessa (João Telles, 528).

A capa e as ilustrações de Thiene Magalhães, são livremente inspiradas no ábum Falso Brilhante, lançado em 1976 pela cantora Elis Regina. O livro viaja entre a capital federal e a capital gaúcha – a autora, assim como a personagem principal, Libertad, nasceu em Brasília e se mudou para o Sul em função da profissão do pai. Mas ficam por aí as semelhanças entre criador e criatura, segundo a autora. “Fui e sou uma escritora de vocação, mas tardia”, revela Alexandra. “Me dei conta de que nunca saberia o suficiente, mas já tinha vivido metade da vida. Escolhi começar, mesmo que errando, mas comecei”, resume. E começou com dois livros de contos: Amor e outros desastres, depois Vermelho-Goiaba (ganhou o prêmio IEL 60 anos na categoria contos, autor
estreante em 2014). Em 2016, Bífida, em parceria com o fotógrafo Raul Krebs, foi sua estreia em poesia.

Agora, com “Demorei a gostar da Elis”, editado pela Kazuá a partir de um concurso nacional que deu a autora o prêmio Pavão de Romance, e a edição do livro, Alexandra se apresenta ao grande público com um trabalho planejado e
corajoso, que faz o leitor refletir sobre a vida e a morte, o passar do tempo, o envelhecimento e o amor.

20232365_10213433448300998_5269451990547511261_oO que: Lançamento e sessão de autógrafos do livro
“Demorei a gostar da Elis”, de Alexandra Lopes da Cunha
Quando: Terça-feira, dia 15 de agosto
Onde: Odessa (João Telles, 528).
Quanto: R$ 60 nas livrarias, no lançamento desconto de
10%, preço de R$ 54.