Cerveró relatou propinas de mais de meio bilhão de reais. Delator apontou 11 políticos como beneficiários de desvios Nestor Cerveró. Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Cerveró relatou propinas de mais de meio bilhão de reais. Delator apontou 11 políticos como beneficiários de desvios

Nestor Cerveró, ex-diretor da Petrobras apadrinhado por PT e PMDB, revelou na delação premiada ter facilitado repasses de pelo menos R$ 564,1 milhões em propinas nos negócios da estatal. Ele apontou 11 políticos dos dois partidos como beneficiários dos subornos, informam ANDRÉ DE SOUZA e CAROLINA BRÍGIDO. Mas o maior valor individual, segundo Cerveró, ocorreu numa negociação da Petrobras na Argentina, em 2002, quando teriam sido pagos US$ 100 milhões para integrantes do governo FH, cujos nomes não revelou. (O Globo)

Notícias Poder Política

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *