Ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto diz que o público potencial do programa é de famílias com renda de até R$ 1,2 mil mensais

Clube de Opinião repudia censura do STF a veículos de comunicação

O Clube de Opinião, que reúne alguns dos principais jornalistas do Rio Grande do Sul, vem a público repudiar, com veemência, o ato de censura imposto pelo Supremo Tribunal Federal à revista Crusoé e ao site O Antagonista. Causa-nos enorme preocupação que a suprema Corte, responsável pela salvaguarda da Constituição Federal, invista contra um dos princípios fundamentais de nossa Carta Magna: a Liberdade de Imprensa.

ClubedeOpiniãoA liberdade para que profissionais de imprensa possam investigar, apurar, escrever e publicar informações — agradem essas, ou não, aos poderosos de plantão — é parâmetro aferidor e garantidor, de qualquer democracia. Os últimos movimentos do STF, com a abertura de inquérito para investigar manifestações contra a instituição e seus ministros, e que no dia de ontem, 15 de abril, culminou com a censura imposta a veículos de comunicação, se configura numa preocupante escalada ditatorial, uma ameaça à nossa claudicante democracia. Esperamos — e mais do que isso, exigimos — uma mudança urgente no posicionamento da nossa corte constitucional, a fim de que todos nós brasileiros, e em especial a imprensa de nosso país, possamos ter garantida, assegurada e reafirmada nossas liberdades mais caras e voltemos a respirar ares de plena democracia em nosso país!

Porto Alegre, 16 de abril de 2019.

JULIO RIBEIRO Presidente do Clube de Opinião RS

 

 

 

Saiba mais: “O amigo do amigo de meu pai”; por Rodrigo Rangel e Mateus Coutinho/Crusoé. Leia a reportagem da Crusoé que o STF censurou

 

Comunicação Destaque Direito