Dado Bier presidirá Conselho de Administração do Hospital Moinhos de Vento

Dado Bier presidirá Conselho de Administração do Hospital Moinhos de Vento

O empresário Eduardo Bier Corrêa (Dado Bier), assumirá em março, a presidência do Conselho de Administração da Associação Hospitalar Moinhos de Vento. Ele substituirá José Adroaldo Oppermann no comando do colegiado formado por cinco associados a quem cabe traçar as diretrizes estratégicas para a Instituição. Segundo Dado, o Conselho que é responsável pela indicação do Superintendente Executivo, já definiu que Fernando Andreatta Torelly, será mantido na superintendência-executiva do Hospital Moinhos de Vento.

Entre as metas do Hospital Moinhos de Vento está a conclusão do novo Centro de Oncologia, o mais moderno do Sul do país e um dos principais centros de referência no tratamento do câncer. O núcleo, que entrará em funcionamento a partir de março de 2016, será o primeiro a oferecer a tecnologia TrueBeam, equipamento desenvolvido para tratar tumores com grande precisão e rapidez, com radioterapia e radiocirurgia avançadas guiadas por imagem. Com o investimento estimado em mais de R$ 30 milhões, o Hospital vai disponibilizar os melhores recursos médico-assistenciais e tecnológicos para o diagnóstico e tratamento da doença.

A nova unidade contará com o apoio do Instituto Ling, que há mais de 20 anos contribui na transformação da sociedade brasileira e colabora com a melhoria da qualidade de vida tanto em áreas como educação, cultura e agora em saúde. A homenagem à Lydia Wong Ling para o novo centro de oncologia é um reconhecimento ao trabalho voluntário da matriarca da família ao longo de mais de três décadas, especialmente na Liga Feminina de Combate ao Câncer no Rio Grande do Sul.

Outro objetivo é o término do novo prédio que atenderá 100 pacientes por convênios e particulares. A nova unidade que está em construção será dividida em Internação, Centro de Terapia Intensiva Adulta e Centro de Terapia Hematológica (especializado no tratamento de doenças oncohematológicas). A construção de oito andares e com área total construída de 9.300 m² gera 500 empregos e beneficiará três mil pacientes por ano. A previsão é de que a obra localizada na Rua Dr. Vale seja concluída até a metade de 2017.

 

Negócios Notícias Saúde