Deputada Tia Eron afirma que agiu com a consciência em voto que definiu pedido de cassação de Eduardo Cunha

A deputada federal Tia Heron (PRB-BA) disse que não considera uma vitória o voto pela cassação de Eduardo Cunha no Conselho de Ética, mas um dever de quem agiu com a consciência. Em entrevista ao Programa Agora, da Rádio Guaíba, destacou que diante das provas analisadas formulou seu voto com base no texto do relator. Ela disse que teve o cuidado de ler todo o relatório e ainda pediu um resumo do trabalho para não correr o risco de errar, pois essa decisão definiria o destino político de um colega.

Tia Eron, que ainda não havia manifestado sua posição e era considerada o voto decisivo no Conselho de Ética da Câmara, votou a favor do parecer do relator, Marcos Rogério (DEM-RO), que pede a cassação do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). O relatório foi aprovado por 11 votos a 9 nessa terça-feira (14).

Entrevistas Notícias Poder Política Vídeo

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *