Porto Alegre: Dinheiro da outorga do Mercado Público pode ir para revitalização do entorno Edital do leilão deve trazer restrições a franquias e proibir supermercado dentro do Mercado Público MARCELO G. RIBEIRO/JC

Porto Alegre: Dinheiro da outorga do Mercado Público pode ir para revitalização do entorno

A concessão do Mercado Público de Porto Alegre vai gerar um caixa de, pelo menos, R$ 28,1 milhões ao município, que é o valor da outorga mínima pela exploração do empreendimento por 25 anos. Como vence o consórcio que oferecer maior lance, a receita pode ser ainda maior. O edital que deu largada na concessão não especificou o uso do dinheiro, o que deve ser feito no regramento que vai ditar os parâmetros para a apresentação das propostas dos grupos interessados no leilão.

Leia mais no Jornal do Comércio

Comunicação Destaque Notícias