Diplomatas brasileiros na ONU fazem protesto e param por 24 horas

Diplomatas brasileiros na ONU fazem protesto e param por 24 horas

Contas atrasadas, um problema que perdura já há algum tempo no Itamaraty ganhou espaço hoje nas redes sociais. Vários servidores da Delegação do Brasil junto à ONU em Genebra (Delbrasgen) se mobilizaram como informa o correspondente na Suiça, de O Estado de São Paulo,  Jamil Chade. Eles postaram fotos nas redes sociais com cartazes de:  Itamaraty, pague o aluguel! 13522715_10208152069094252_4976356844926213688_oNão cortem nosso 13o.! A questão não é nova como mostra reportagem de Lizandra Paguassú, em edição de 2014 do Estadão. Antigo ou não, o problema tem que ser resolvido de forma urgente pelo Ministro das Relações Exteriores, José Serra.  Afinal de contas é a imagem do Brasil que está sendo mostrada para o mundo inteiro. As fotos publicadas aqui foram retiradas do perfil no Facebook do gaúcho Ezequiel Gerd Chamorro Petersen (Zeca Petersen)

No início do mês eu já informava aqui no site que: Diplomacia brasileira segue esperando o reajuste dos salários.

Sobre outros problemas do Itamaraty, em viagens a trabalho, a lei determina que as diárias para hotel, transporte e alimentação sejam pagas antecipadamente. O Itamaraty não paga desde março. Isso faz com que os diplomatas, principalmente os em início de carreira, não queiram viajar – e são os que mais viajam, já que não são chefes de equipe. O salário deles é de R$ 13 mil. Uma semana de viagem custa US$ 1 mil (R$ 3,5 mil). Isso significa o Brasil não participar de reuniões diplomáticas importantes. Segundo eles, para não sustentar “a pedalada das diárias”. O Decreto 5992/06, Artigo 5, parágrafos I e II, prevê a diária antecipada. Isso poderia dar processo no TCU, mas…. ninguém se arrisca a denunciar. Por que? Porque as promoções no Itamaraty se dão por tempo de serviço e, principalmente, por merecimento. Quem decide o mérito é a Secretaria-Geral do Ministério e o próprio Ministro, que são os responsáveis pela pedalada. Os diplomatas mais incomodados com os prejuízos causados por estas questões estão tentando pressionar José Serra via Associação classista. Mas, os resultados não tem sido bons.

NOTA ATUALIZADA ÀS 16h01.

 

Mundo Notícias Poder Política

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *