Diretor do Inep é remanejado para assessoria do Ministério da Educação

Diretor do Inep é remanejado para assessoria do Ministério da Educação

O economista Murilo Resende Ferreira, que tinha sido nomeado diretor de Avaliação da Educação Básica do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), foi remanejado para a assessoria da Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação (MEC).

Assinada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, a portaria que anula a nomeação de Resende foi publicada em edicão extra do Diário Oficial da União de quinta-feira (17). A nomeação para o cargo de assessor do Ministro da Educação (MEC), assinada pelo ministro Ricardo Vélez Rodríguez, foi publicada no Diário Oficial de sexta-feira (18).

Em nota, o MEC informou que, como assessor, Resende atuará “em grupo especial de trabalho no âmbito do Inep que, entre determinadas atribuições, ajudará no acompanhamento, análise e direcionamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)”. A nota diz que a decisão foi tomada pelo ministro da Educação em conjunto com o presidente do Inep, Marcus Vinicius Rodrigues – indicado para o cargo na última segunda-feira (14).

O MEC afirma que, com o remanejamento, o novo assessor especial “conseguirá desenvolver o trabalho de forma ampla e substantiva”.

O Inep é uma autarquia federal vinculada ao MEC, responsável por subsidiar a formulação de políticas educacionais federais. Compete à diretoria Avaliação da Educação Básica do Inep definir e propor parâmetros, critérios e mecanismos de realização das avaliações da educação básica e coordenar o processo de elaboração do Enem, entre outras ações articuladas com os sistemas estaduais e municipais de ensino.

Por Alex Rodrigues – Agência Brasil

Comunicação Destaque Notícias