Duda Streb pede demissão da RBS

Duda Streb pede demissão da RBS

Meu whatspp começou a vibrar: uma, duas, três vezes, quatro vezes… A Dudinha (me permitam usar o apelido  carinhoso) saiu da RBS! A Duda Streb foi demtida! A Duda isso, a Duda aquilo… Na hora que li estas mensagens me bateu um desânimo. A Duda fazia parte de um time maravilhoso de repórteres e editores da RBS, que me teve como Chefe. Não sei se eles consideram, mas eu me autoconsidero o pior coordenador de esportes do século passado no Morro Santa Tereza. Eu que adoro coberturas políticas e economia aceitei em função do salário coordenar o departamento. Muito colorado, não conseguia me concentrar direito nas atividades que incluem aquela parte da “isenção e imparcialidade”. Saltei fora dali! A Duda ficou. Ela tava iniciando a carreira e já mostrava muito talento, criatividade, garra e aquela simpatia que cativou o público nas últimas duas décadas seja aqui no Rio Grande do Sul, seja no Rio de Janeiro onde também trabalhou (namorou e de lá trouxe a linda Luísa, de 5 anos), seja mundo afora por onde andou. No caso da Dudinha, andou, correu, nadou, voou… Porque ela é uma inquieta. Daquelas que se não  fez tudo em reportagem esportiva faltou muito pouca coisa…
600eduardaeluiza Pois bem, a Duda pediu demissão. Ela tá naquela de todo mundo que rala trabalhando com muito pouco tempo para cuidar de si e da família… No caso dela e da galera do jornalismo esportivo é todos os dias mesmo. Pensa bem, a guria é repórter esportiva, quando consegue um sábado ou domingo de folga tem e quer descansar. Mas, como parar e curtir? A dupla Gre-Nal está em campo e várias das competições esportivas estão tendo decisões… Não! Para esses jornalistas, o prazer de ver uma disputa esportiva é diferente do nosso. Eles se envolvem de outra forma e quando percebem estão trabalhando. Pensando no texto de amanhã, na imagem que viram na transmissão esportiva e tem que ser recuperada e na forma como vão contar a história… É complicado! E no caso da Duda, a gracinha da Luísa tá crescendo e demandando atenção. A menina é ativa como a mãe e merece todos afagos que recebe da Dudinha. Eu como fã da Duda tô triste. Me acostumei com ela na TV. Por sinal, do time de vídeo de 97, só o Paulo Britto segue no Morro Santa Tereza. Regis Rosing, Andrei Kampff, Marjana Vargas, Luiz Antonio Corazza, Gretchen Ihitz, Mariano Batista e até que fiz umas aparições no esporte deixamos a cobertura pela RBS TV. Mas, todos seguem por aí na Globo, Terra, Record e empreendendo como agora a Dudinha vai fazer.
Por favor, ninguém pense que “serelepe” como é a Duda vai baixar o ritmo. Não… Eu falei com ela e são vários os projetos: uma assessoria de imprensa com ênfase em esportes, mas onde ela pretende atuar em outras áreas também; Duda MC, como tinha muitas viagens pela TV, ela não conseguia atender todos convites para atuar como mestre de cerimônia e finalmente um site onde pretende usar para divulgar o trabalho dos assessorados e também como canal de interatividade com os fãs que não são poucos. Vêm aí o www.eduardastreb.com.br ! A menina que eu conheci em 1997 é uma usina e vai seguir gerando muita energia para quem estiver no redor dela. Sucesso Dudinha!
Comunicação Negócios Notícias Publicidade