Equipe de Paulo Guedes negocia a inclusão de militar na reforma da Previdência, por Marcello Corrêa, Martha Beck e Gabriela Valente/O Globo Mais de 90% dos custos com o pagamento de pensões a oficiais da reserva, reformados e dependentes são bancados pelo Tesouro. Governo estuda incluir militares na reforma da Previdência Foto: Pablo Jacob / Agência O Globo

Equipe de Paulo Guedes negocia a inclusão de militar na reforma da Previdência, por Marcello Corrêa, Martha Beck e Gabriela Valente/O Globo

A equipe econômica do ministro Paulo Guedes negocia com os militares sua inclusão na proposta de reforma da Previdência. A categoria havia ficado de fora do projeto elaborado durante o governo Michel Temer e, inicialmente, também seria poupada em uma primeira versão do texto a ser apresentado pelo presidente Jair Bolsonaro. O cenário pode mudar, no entanto, com a avaliação de que os integrantes das Forças Armadas devam entrar na proposta para “dar o exemplo” de que todos devem contribuir para o reequilíbrio das contas públicas.

Leia mais em O Globo

Comunicação Destaque Notícias