Frio aquece as vendas para o Dia das Mães. A data deve movimentar cerca de R$ 378 milhões para o comércio do Rio Grande do Sul.

Frio aquece as vendas para o Dia das Mães. A data deve movimentar cerca de R$ 378 milhões para o comércio do Rio Grande do Sul.

A data mais importante para o varejo, após o Natal, o dia das mães, deve movimentar cerca de 378 milhões para o comércio do Rio Grande do Sul. Segundo pesquisa realizada pela Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo, 77,2% dos entrevistados comprarão presentes alusivos à data. Para o presidente da AGV, Vilson Noer “a importância da data das mães e o clima de inverno supera qualquer crise”. As mães e esposas receberão mimos de 84,2% e as sogras de 37,9%. Além delas, avós, irmãs e madrastas também apareceram na lista de presenteadas em 2016. Roupas 45,7%, cosméticos 18,1%, acessórios 16%, calçados 14,9%, lideram as intenções de compra, juntamente com “o que ela pedir”. Noer destaca que “nessa pesquisa, o que podemos  perceber é que o momento atual da economia fez com que as pessoas diminuíssem seus gastos médios, mas mesmo assim irão comprar alguma lembrança para suas mães, com um tíquete médio de R$ 107,00”.

O cartão de crédito foi apontado pela maioria como forma de pagamento preferida (53,7%), seguido de dinheiro (42,1%) e do cartão de débito (13,7%). Cerca de 79,8% dos gaúchos participantes farão as compras em lojas de rua. A semana que antecede o dia das mães é a escolhida por 60,4% das pessoas para fazerem as compras. A imensa maioria, 85,2% dos gaúchos fará surpresa no presente. Mas, 12,9% das mães escolherá o que quer ganhar.

 

Cidade Comportamento Economia Negócios Notícias

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *