Governo deverá desculpas se não achar “caixa-preta”, diz ex-chefe do BNDES, por Eduardo Militão/UOL, em Brasília

Governo deverá desculpas se não achar “caixa-preta”, diz ex-chefe do BNDES, por Eduardo Militão/UOL, em Brasília

 

O ex-presidente do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) Paulo Rabello de Castro disse que é preciso “ir até o fim” na apuração da acusação de que haveria uma “caixa-preta” na instituição e que, se isso não for comprovado, é necessário um pedido de “desculpas”. Nesta semana, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse em rede social que “vai abrir a caixa-preta do BNDES”, argumento usado no dia em que foi empossado o novo dirigente da instituição financeira, Joaquim Levy.

Leia mais em UOL

Comunicação Destaque Notícias