Governo estadual tenta antecipar R$ 2 bilhões de venda da CEEE 'É importante que se faça o ajuste estrutural do Estado e precisamos de receitas extraordinárias', afirma secretário da Fazenda, Marco Aurelio Cardoso FOTOS: MARIANA CARLESSO/JC

Governo estadual tenta antecipar R$ 2 bilhões de venda da CEEE

A vida do secretário da Fazenda do Rio Grande do Sul se resume a conseguir dinheiro. E o buraco que o carioca e torcedor do Vasco Marco Aurelio Cardoso precisa cobrir todos os meses, um saldo que só aumenta, é de R$ 1,7 bilhão – mais que uma folha salarial de um mês. Cardoso tem um olho na negociação com a União para firmar o Regime de Recuperação Fiscal (RRF) e outro na tramitação do pacote de reforma do Estado na Assembleia Legislativa, cuja aprovação é ainda incerta e pode render economia de R$ 25,4 bilhões em 10 anos.

Leia mais no Jornal do Comércio

Comunicação Destaque Notícias