Governo quer reformulação na oferta de cursos de qualificação profissional do Sistema S Trabalho : Maioria das capitais cria empregos com carteira assinada

Governo quer reformulação na oferta de cursos de qualificação profissional do Sistema S

Prestes a reduzir a contribuição das empresas para as instituições do Sistema S (entre as quais Sesi, Senai, Sesc e Senac), o governo se prepara para fechar um acordo cujo objetivo é promover ajustes na oferta de cursos de qualificação, permitindo que as próprias empresas indiquem as especializações de que necessitam em seus quadros de pessoal. Segundo explicou, nesta quarta-feira, o secretário especial de Produtividade e Emprego do Ministério da Economia, Fernando Holanda , os cursos serão oferecidos de acordo com a demanda apresentada pelos empregadores.

Esse sistema se dará por meio de “vouchers” – espécie de crédito de horas de treinamento a serem usados pelas empresas. Os empregadores apresentarão a demanda por qualificação profissional e o Sistema S formará turmas com esse objetivo.

Leia mais em O Globo


Comunicação Destaque Notícias