‘Hoje existe sim pena de morte, que é a sentença imposta pelo bandido’, afirma Beltrame; por Eduardo Paganella / Rádio Guaíba Secretário de Segurança Pública do RJ participou de evento na Câmara de Vereadores de Porto Alegre. Foto: Eduardo Paganella/Rádio Guaíba

‘Hoje existe sim pena de morte, que é a sentença imposta pelo bandido’, afirma Beltrame; por Eduardo Paganella / Rádio Guaíba

O secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro participou de um evento nesta segunda-feira, na Câmara de Vereadores de Porto Alegre. José Mariano Beltrame foi enfático ao dizer que existe pena de morte no Brasil, que é a sentença imposta pelo bandido. Ele discursou por cerca de 45 minutos durante reunião do Comitê Permanente de Segurança Metropolitana. Entre os temas discutidos, Beltrame destacou problemas constitucionais que prejudicam todo o rol da segurança pública.

O titular da pasta de Segurança do Rio destacou o contexto de saída do período de regime militar afetou a Constituição de 1988, que apresenta uma falha significativa no que tange à determinação de que os estados são responsáveis pela segurança. Para Beltrame, atualmente, faltam iniciativas de cunho federal. Ele também disse que os problemas dentro das instituições de polícia são reflexos dos problemas sociais.

Beltrame destacou ainda que a cadeia da segurança pública vai além das polícias, passando pelo Ministério Público, Judiciário, presídios e programas e projetos de assistência social, especialmente para menores. Sobre as Unidades de Polícia Pacificadoras, disse que a implementação do sistema foi como uma anestesia a um paciente que precisa de uma grande cirurgia. O secretário finalizou sua fala afirmando que sem segurança não há desenvolvimento social.

Notícias Poder Política Porto Alegre prefeitura Segurança

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *