Porto Alegre: Hospital Vila Nova reforça atendimento com 33 novos leitos Entrega de 33 novos leitos de retaguarda para o SUS no Hospital Vila Nova. Fotos: Cristine Rochol/PMPA

Porto Alegre: Hospital Vila Nova reforça atendimento com 33 novos leitos

Para reforçar o atendimento nos meses de inverno e desafogar os pronto-atendimentos, a Prefeitura de Porto Alegre e Hospital Vila Nova entregaram 33 leitos de retaguarda (média complexidade), nesta segunda-feira, 19. A cerimônia contou com a presença do prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, e do secretário municipal de Saúde, Erno Harzheim, além do colaborador da entidade, o ex-jogador Dunga, entre outras autoridades. Com atendimento 100% SUS, o hospital construiu uma nova ala para abrigar os leitos, nos quais a permanência do paciente não pode ser superior a dez dias.

Porto Alegre, RS - 19/06/2017  Entrega de 33 novos leitos de retaguarda para o SUS no Hospital Vila Nova. Foto: Cristine Rochol/PMPA
Entrega de leitos SUS no Hospital Vila Nova

O diretor da Associação Hospitalar Vila Nova, Dirceu Dalmolin, disse que a instituição está em uma nova etapa, prestando diversos serviços. “Nosso perfil é de instituição parceira da cidade”, destacou. Segundo ele, são 350 consultas/dia e 1.250 internações/ mês. Entre outros serviços, a instituição atende 600 pacientes com glaucoma e cerca de 200 pacientes com o Serviço de Atendimento Domiciliar.

Marchezan ressaltou o compromisso com o trabalho de forma articulada. Segundo ele, o estabelecimento de saúde transforma o recurso público em respeito e atendimento à população, direcionando os serviços aos que mais precisam. “Não tem prefeito, secretários ou vereadores que consigam fazer isso sem a participação popular”, disse.

Para o secretário Erno Harzheim, o Vila Nova é um hospital geral, aberto à comunidade que vem cumprindo seus compromissos com o Ministério da Saúde e mostra como a gestão nesta área pode melhorar. Assinalou que os 33 leitos farão com que a rede de urgência tenha mais eficiência e reforçou que gestos como esse vão melhorar a saúde da cidade.

A iniciativa da prefeitura soma-se a outras para qualificar o atendimento do SUS em Porto Alegre. Desde o início do ano, foram contratados 45 profissionais para atuar nas equipes de saúde da família e foi ampliado o horário de atendimento até as 22h em duas unidades de família (Modelo e São Carlos). O Executivo está contratando emergencialmente 70 profissionais para trabalhar na Operação Inverno.

 

Cidade Marchezan Notícias Porto Alegre prefeitura Saúde