Julgamento de recurso de Lula suspende expediente, desde a véspera, no TRF4; por Camila Diesel/Rádio Guaíba Portaria estabelece que, no dia 23, maioria dos servidores da Corte só trabalhe até o meio-dia. Prazos e intimações terão dois dias de suspensão. Foto: TRF

Julgamento de recurso de Lula suspende expediente, desde a véspera, no TRF4; por Camila Diesel/Rádio Guaíba

A Presidência do Tribunal Regional Federal da 4ª Região publicou, nesta quinta-feira, uma portaria que estabelece o horário de expediente na véspera e no dia em que os juízes da 8º Turma vão analisar o recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso tríplex.

Em 23 de janeiro o expediente fica restrito ao período da manhã, das 8h às 12h. Já no dia 24, data da sessão, não vai haver expediente administrativo e judicial, exceto para os servidores diretamente envolvidos com a realização e apoio da sessão de julgamento.

Os prazos processuais e as intimações nos processos físicos e eletrônicos em trâmite no tribunal ficarão suspensos nos dois dias.

A suspensão leva em conta as medidas que vem sendo adotadas pelos órgãos de segurança pública do Estado do Rio Grande do Sul e pela Polícia Federal (PF).

Nesta quinta, um reunião, no TRF4, entre Secretaria de Segurança do RS, PF e Grupo de Ações Táticas Especiais, definiu detalhes da ações que serão tomadas nos dia anteriores e durante o julgamento. As informações, no entanto, serão divulgados só nos próximos dias.

Destaque