Justiça determina penhora da taça do Mundial do Corinthians Presidente do Corinthians afirmou em entrevista coletiva que o clube tem dois dias para saldar a dívida. Foto: Kazuhiro Nogi / AFP / CP memória

Justiça determina penhora da taça do Mundial do Corinthians

Nesta quinta-feira, o juiz Luis Fernando Nardelli, da 3ª Vara Cível de São Paulo, determinou a penhora da Taça do Mundial da Fifa, conquistada pelo Corinthians em 2012. O pedido foi feito para saldar uma dívida de R$ 2,48 milhões que o clube tem com o Instituto Santanense.

Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, afirmou em entrevista coletiva que o clube tem dois dias para saldar a dívida e vai resolver o problema.

“Em 48 horas nós vamos resolver isso. Vamos pagar a conta e acabar tudo isso. É um direito deles fazer este pedido. A Justiça está aí para isso e ele conseguiram um efeito midiático. O juiz deve torcer para outro time. Nós temos 48 horas para resolver e vamos resolver. Vamos pagar a nossa parte e esperar a justiça para receber o que eles devem para gente também”, explicou o dirigente.

Leia mais no Correio do Povo.

Esporte Notícias