Manuela e Luciana lideram corrida eleitoral em Porto Alegre

Manuela e Luciana lideram corrida eleitoral em Porto Alegre

A pouco menos de um ano das eleições municiais de Porto Alegre, o Instituto Methodus,corrida  em parceria com o Correio do Povo, foi ouvir a opinião dos moradores da Capital sobre suas preferências eleitorais. No questionamento espontâneo, onde o eleitor cita o nome do candidato em quem gostaria de votar para prefeito sem ser estimulado com possíveis nomes, ainda temos um percentual de 63,9% que não definiram sua opção de voto. Entre os nomes mais citados estão o prefeito José Fortunati (que não poderá concorrer novamente) com 8,5%, seguido de Manuela d’Ávila com 3,4% e Olívio Dutra com 2,8% dos votos. Este número ainda alto de indecisos mostra que a eleição está em aberto e vários nomes podem chegar ao segundo turno.

No primeiro cenário estimulado, onde é apresentado ao entrevistado um disco contendo os nomes de possíveis candidatos, a deputada estadual Manuela d’Ávila (PCdoB) é a mais citada pelos entrevistados com 23,9%, seguida por Luciana Genro (PSol) com 14,5%, Vieira da Cunha (PDT) com 10,2%, Sebastião Melo (PMDB) com 8,1%, Beto Albuquerque (PSB) com 7,8%, e Nelson Marchezan Jr. (PSDB) com 6,5%. Ainda estão em dúvida 11,9% dos eleitores e declararam votar branco ou nulo 17,1%.

No segundo cenário apresentado, onde é suprimido o nome da deputada Manuela d’Ávila, Luciana Genro assume a liderança com 19% dos votos, seguida por Vieira da Cunha com 12,7%, Maria do Rosário com 10,1%, Beto Albuquerque com 9,3%, Sebastião Melo com 8,5% e Nelson Marchezan Jr. com 6,8%. Indecisos são 14,5% e branco/nulo 19,1%.

No terceiro cenário eleitoral, Luciana Genro permanece em primeiro lugar com 19,8% dos votos, seguida por Vieira da Cunha com 12,9%, Beto Albuquerque com 9,5%, Raul Pont com 9%, Sebastião Melo com 8,2% e Nelson Marchezan Jr. com 7,3%. Indecisos são 14,8% e branco/nulos ficam em 18,5%.

Quanto à rejeição, a deputada federal Maria do Rosário (PT) apresenta o maior percentual com 32,4%, seguida por Luciana Genro com 24,7%, Raul Pont (PT) com 24,6%, Manuela d’Ávila com 21,1%, Nelson Marchezan Jr. com 17%, Sebastião Melo com 16,2%, Beto Albuquerque com 13,1% e Vieira da Cunha com 10,9%.

Segundo o diretor do Instituto Methodus, Jefferson Jaques, os dados que mais chamam a atenção na pesquisa são a liderança de Manuela d’Ávila e o crescimento de Luciana Genro quando o nome de Manuela sai de cenário.




Notícias Poder Política