Marco Antonio Campos fala sobre a obra cinematográfica de Hector Babenco. Veja trailers de filmes de Babenco Hector Babenco morre ao 70 anos | Foto: Edson Vara / Press Photo / CP Memória

Marco Antonio Campos fala sobre a obra cinematográfica de Hector Babenco. Veja trailers de filmes de Babenco

Conversei com o ex-presidente do Clube de Cinema de Porto Alegre, Marco Antonio Campos (https://cinemarcoblog.net/) sobre a obra do cineasta Hector Babenco morto na noite dessa quarta-feira ao 70 anos em São Paulo. O diretor argentino, radicado no Brasil, estava internado no Hospital Sírio Libanês e sofreu uma parada cardíaca. A informação da morte de Babenco foi confirmada à Folha de São Paulo pela esposa Raquel Arnaud.

O filme “O Beijo da Mulher Aranha” deu notoriedade a Babenco, que chegou a ser indicado ao Oscar de melhor diretor e o prêmio de melhor ator para William Hurt. Outro longa-metragem conhecido é “Pixote: A Lei do Mais Fraco”, sobre um garoto paulistano que se afeiçoa a uma prostituta interpretada por Marília Pêra.

Com Carandiru, Babenco ganhou vários prêmios dedicados ao setor no Brasil e no Exterior. O filme foi baseado no livro Estação Carandiru, do médico Drauzio Varella. A publicação aborda a rotina dos encarcerados na extinta unidade prisional, que ficava na zona norte da cidade de São Paulo. No local, em 2 de outubro de 1992, ocorreu a ação policial que resultou em 111 mortes e ficou conhecido como Massacre do Carandiru.

 

Comportamento Cultura Hector Babenco Notícias Vídeo