Mesa diretora da Assembleia Legislativa aprova plebiscito para privatização de estatais. Próximo passo será o encaminhamento do projeto para o plenário Cresce o número de concorrentes a deputado federal e estadual, mas a maioria é homem e branco

Mesa diretora da Assembleia Legislativa aprova plebiscito para privatização de estatais. Próximo passo será o encaminhamento do projeto para o plenário

A mesa diretora da Assembleia Legislativa aprovou, na manhã desta terça-feira, por 4 votos a 3, a convocação do plebiscito para privatização da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), Companhia Riograndense de Mineração (CRM) e da Sulgás. O próximo passo será o encaminhamento do projeto de decreto legislativo (PDL)  ao plenário para que se discuta a aprovação e convocação do questionário com as eleições.

O projeto foi encaminhado à Casa Legislativa pelo governador José Ivo Sartori, que aposta na privatização de estatais para a adesão do Rio Grande do Sul ao regime de recuperação fiscal.

A Assembleia deve votar, a partir da próxima semana, o projeto de lei que prevê mudança no prazo para convocar consulta plebiscitária em anos eleitorais. A previsão era de que o PL 69-2018 fosse votado ainda hoje, mas como os deputados do PT, PDT e PSOL aguardam a resposta de um recurso na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que questiona sua legalidade do projeto, a discussão foi adiada. A reportagem completa está no Correio do Povo.

Destaque Poder Política Porto Alegre Sartori