Ministério quer enviar remédio perto de vencer para paciente com hepatite C, por Lígia Formenti/O Estado de S. Paulo Governo federal avisou que distribuirá 2,2 mil tratamentos que precisam ser usados até 28 de fevereiro, e Estados reclamam de prazo apertado para entregar as drogas

Ministério quer enviar remédio perto de vencer para paciente com hepatite C, por Lígia Formenti/O Estado de S. Paulo

O Ministério da Saúde corre contra o tempo para tirar de seus estoques um medicamento essencial para tratar pacientes com hepatite C e que está prestes a vencer, o sofosbuvir. Nesta semana, a pasta enviou aos Estados alerta de que vai mandar uma quantidade do remédio para que o início do tratamento seja feito até dia 25. Se a data-limite não for cumprida, perderá a validade. Ao todo, são 2,2 mil tratamentos que têm de ser usados até 28 de fevereiro. Caso contrário, o prejuízo será de R$ 18 milhões – a pasta pagou US$ 49,46 por comprimido em 2017, época da compra.

Leia mais em O Estado de S.Paulo

Comunicação Destaque Notícias