Municipários invadem plenário da Câmara de Vereadores de Porto Alegre. Servidores dizem que só deixarão o local após a Prefeitura melhorar a proposta de reajuste da categoria Foto: Alina Souza

Municipários invadem plenário da Câmara de Vereadores de Porto Alegre. Servidores dizem que só deixarão o local após a Prefeitura melhorar a proposta de reajuste da categoria

Municipários ocuparam o plenário da Câmara de Vereadores de Porto Alegre na tarde desta terça. Os servidores dizem que só deixarão o local após a Prefeitura melhorar a proposta de reajuste da categoria, que está em greve há uma semana. O Legislativo municipal ainda não ingressou com pedido de reintegração de posse.

Municipários em greve estão no local como forma de protestar e pressionar município a melhorar a proposta de reajuste da categoria. Mais cedo, o vice-prefeito Sebastião Melo esteve reunido com o sindicato da categoria e condicionou a diminuição no número de parcelas do aumento do salário a um incremento de receitas no caixa do Executivo. O comando de greve não aceitou, permaneceu no local e, em seguida, se dirigiu ao plenário.

A categoria pede que o parcelamento do reajuste dos salários seja concluído ainda em 2016, antes de o prefeito eleito em outubro assumir o Paço. Até agora, a Prefeitura insiste na falta de condições financeiras para melhorar a oferta — de quatro parcelas, somando 9,28%, até janeiro.

A diretora de comunicação do Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa), Carmen Padilha, ponderou que a categoria já abriu mão de perdas salariais provocadas pelo parcelamento do reajuste no ano passado, concluído também em janeiro. (Felipe Vieira com informações da Rádio Guaíba e Correio do Povo)

Cidade Notícias Poder Política Porto Alegre Prédio prefeitura

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *